SIC

Perfil

Semana de 8 a 14 de junho

Claudius acusa Maria Paula de ainda gostar de Ferraço!

Ferraço concorda em marcar a data do casamento com Sílvia. Renato diz a Maria Paula que Ferraço ficou com ele o tempo todo. Juvenal tenta informações sobre Guigui na clínica e descobre que Fernando morreu. Guigui coloca uma flor no caixão de Fernando. Juvenal admite para Misael que sente muitas saudades de Guigui. Ronildo rouba uma senhora. João Batista pensa em Sílvia e irrita-se porque Débora não fala com ele pelo telefone. Nadir convence Silvano a retirar a queixa. Amara vai à igreja e acaba por brigar com Edivânia. Juvenal pede a Duda para ver o DVD da invasão da Portelinha. Duda vibra quando Juvenal dá-lhe dinheiro para finalizar o filme e lançá-lo. Zé faz um samba para o grupo de ajuda que frequenta. Heriberto, Adelaide, Gilmar e Ignácio vão ver o show do Texas Bar. Ignácio nega que esteja interessado em Vesga, quando os colegas brincam. Diva faz seu show e é um sucesso. Nadir vai à delegacia retirar a queixa. Amara hesita na porta da delegacia. Bernardo é libertado. Waterloo dá comida para Ronildo, mas manda-o embora logo. Ferraço cobra de Barreto o nome de quem conseguiu embargar a sua obra. Juvenal pergunta a Claudius se Ferraço ainda não descobriu que ele é o responsável pelo embargo. Claudius garante que Barreto não vai descobrir. Alzira sofre ao pensar em Juvenal. Bernardo agradece a Nadir. Amara dá um berro de alegria ao ver Bernardo, mas ele a manda para casa e diz que vai acompanhar Nadir. Renato diz a Maria Paula que ela vai organizar a sua festa de aniversário na casa do pai. Bárbara, Benoliel e Fernanda entram no restaurante e ouvem Heraldo falar do “nosso bebé”. Sílvia fica furiosa ao saber que Maria Paula vai organizar a festa de Renato.

Heraldo diz a Bárbara que o filho é de Dália. Bernardo reclama que Amara não fez nada para livrá-lo da prisão e faz questão de acompanhar Nadir. Ferraço perde a paciência com Sílvia, quando ela parte uma peça de decoração. Sílvia diz que vai embora para sempre. Barreto conta a Ferraço que a denúncia contra a fábrica partiu do computador da ONG da Condessa. Evilásio e Júlia comemoram a alta de Misael Neto. Gioconda fica decepcionada quando Evilásio conta que os três irão para a casa nova na Portelinha. Dagmar convida Vesga para jantar. Sílvia vai à casa de Branca e diz que a odeia. Barretinho chega a casa muito vermelho. Nadir e Bernardo comem uma pizza juntos e marcam novo encontro. Claudius leva para Maria Paula o papel da anulação de seu casamento com Adalberto. Bernardinho demite Amara. Claudius diz que Maria Paula está a conviver com Ferraço porque ainda gosta dele. Narciso diz a Maria Paula que ela está a deixar-se levar novamente por Ferraço. Carlão confessa a Amara que vai conquistar Bernardinho. Dália diz a Bárbara que Bernardinho é o pai do seu filho, mas ela continua a suspeitar do filho. Carlão dá um comprimido para Amara dormir e adiar a conversa com Bernardo. Amara é levada para o hospital. Bárbara pede que Heraldo passe na sua casa na manhã seguinte. Juvenal diz a Misael que vai voltar a ser o rei da Portelinha. Maria Paula diz a Renato que não vai fazer a sua festa na casa do pai e reclama de Ferraço.

Renato exige que a mãe não fale mal do seu pai. Sílvia diz a Ferraço que concorda com a festa de Renato, pois quem sabe depois disso Maria Paula aceite o acordo e ele possa afastar-se para sempre dos dois. Ferraço abraça Sílvia, mas mantém um olhar inquieto. Bernardinho, Heraldo e Dália mandam Carlão embora, ao encontrá-lo na porta do restaurante. Dorgival convida Socorro para ir à sua casa. Bernardo espera Amara acordar. Ramona vaia Rudolf, que enfrenta Branca. Narciso comenta com Macieira que sente que o seu amor por Maria Paula não é correspondido. Branca e Célia desentendem-se quando se encontram na sala de Macieira. Ele irrita-se e elas acalmam-se. Rudolf fica com raiva quando Ramona diz que Bruceli será o seu vice-presidente. Diva vende algumas moedas. Ignácio convida Vesga para ir à sua casa, mas ela não aceita. Ramona desconfia quando Rudolf garante que mora numa comunidade carente e que os seus pais trabalham muito para pagar a universidade. Feliz conta para Juvenal que viu Dorgival a agarrar Socorro. Barretinho diz a Celestino que quer pedir perdão e a mão de Sabrina. Jojô diz a Alzira parar de ter pena de Dorgival. Juvenal briga com Dorgival e manda Socorro embora. Dorgival jura que não é ele nas fotos no dia da invasão. Alzira chega e surpreende os dois. Ferraço vai à casa de Maria Paula pedir uma trégua.

Alzira segura Juvenal, tentando fazê-lo soltar Dorgival. Maria Paula irrita-se com Ferraço e tenta bater a porta na sua cara. Ferraço a impede ao ver que Renato se aproxima. Renato afirma que a mãe não pode impedir o pai de vê-lo e ameaça ir morar com Ferraço. Dorgival cai no chão com falta de ar e é levado para o hospital. O médico diz a Juvenal e Alzira que o estado dele é grave. Sílvia implica porque Bárbara vai sair a meio do dia. Ferraço diz a Maria Paula para organizar a festa. Ela pede um tempo para pensar na proposta. Renato joga-se nos braços de Ferraço. Alzira diz a Juvenal que não pode abandonar Dorgival. Juvenal vai embora furioso. Alzira acusa Dorgival, porque o reconheceu na foto. Manuela e Dorginho pedem notícias do pai. Narciso incentiva Evilásio a lançar a sua candidatura. Júlia reclama por não ter saído ainda do hospital. Célia Mara procura Macieira, sugere ideias e um almoço, mas ele desconversa. Benoliel conta a Fernanda que todos comentam sobre o pai da criança de Dália. Bernardo diz a Nadir que ele precisa ficar no hospital com Amara, mas garante que não se esquecerá dela. Sílvia e Branca encontram-se no quarto de Júlia.

nas redes

pesquisar