SIC

Perfil

Semana de 18 a 24 de maio

Célia também é dona da Universidade! Branca fica furiosa!

Claudius diz que Maria Paula trouxe Ferraço de volta para a sua vida e que ele não pode envolver-se nessa confusão. Ferraço promete a Renato que ninguém vai separá-los. Ronildo pega no dinheiro e joias de uma mulher. Dorgival entra em casa amparado por Alzira. Manuela e Dorginho vibram. Alzira diz a Dorgival que não tem nada com Juvenal. Narciso propõe a Maria Paula que fiquem juntos e ela aceita. Heitor apresenta Gislaine e Priscila à agente de viagem, Telma. Gislaine enfrenta Telma que insiste que ela tem que pagar mais uma taxa. Petrus e Bijouzinha visitam Andréia. Dália diz que ama Bernardinho e propõe que eles morem juntos. Evilásio e Júlia trocam juras de amor. Ferraço mostra-se impaciente quando Renato reluta em dormir. Gislaine dá informações para Claudius. Solange não gosta de ver os dois juntos. Claudius conta para Solange que Gislaine está a servir de “isca” para que eles apanhem o aliciador. Bernardinho muda-se para a casa de Dália. Heriberto e Rudolf propõem um acordo a Macieira, na véspera da acareação. Heraldo diz que o seu quartinho no restaurante está inundado e dorme na casa de Dália também. Macieira não aceita demitir-se. Victória é atacada pelo sufocador. Jojô e Denise a socorrem. Célia pede o exame e confirma que Clarissa é filha de Joca.

Clarissa abraça a mãe emocionada e as duas reconciliam-se. Alzira aguarda uma resposta de Juvenal. Juvenal fica atormentado sem saber o que decidir. Dália concorda com a sugestão de Bernardinho de Heraldo permanecer em sua casa até a conclusão da obra no seu quartinho. Renato diz a Maria Paula que ela devia pedir desculpas a Ferraço. Bárbara ouve a conversa e conta para Ferraço, que fica exultante. Macieira insiste que não ofendeu Rudolf. Gislaine pede para ser ouvida pelo delegado. O delegado conclui que não houve crime de racismo. Gioconda convida Barreto para ir para a Europa. Lenir diz que ela quer investigar o desaparecimento de Vanessa. Barreto deixa claro que esse não é um trabalho para amador. Gislaine, Claudius, Condessa e Gioconda combinam a estratégia para o flagrante. Priscila avisa Gislaine que o embarque foi antecipado para aquele dia. Gislaine conta que Priscila está quase a embarcar. Telma sai a correr ao ver Gislaine com a polícia. Gioconda enfrenta-a e ela é presa. Priscila e outras mulheres não embarcam. Claudius persegue e imobiliza Heitor. Evilásio pede que Barreto interfira, pois foi ele quem armou a confusão com o policia. Júlia fica furiosa ao saber disso. Barreto promete ver o que pode fazer. Sílvia assina um documento passando 25 % da universidade para Clarissa e dando poderes para ela administrar os seus 25%. Evilásio vê Ronildo a tentar roubar Gioconda. Branca fica muda de espanto e ódio quando Célia mostra todos os documentos que provam que Clarissa agora também é dona da universidade.

Ronildo foge com a mala de Gioconda e Evilásio persegue-o. Branca diz que não vai dividir o poder na universidade com Clarissa. Macieira separa a briga entre Branca e Célia. Clarissa leva a mãe embora e garante que Branca vai se arrepender. Clarissa passa os seus poderes para Célia, para que ela enfrente Branca e a faça engolir os insultos. Ronildo é preso. Vanessa é encontrada e todos festejam na ONG. Sílvia diz que planejou tudo para acabar com a arrogância da mãe. Branca fica impressionada com o ódio da filha. Barreto convence um policia a interceder para que a acusação contra Evilásio seja retirada. Ramona discute com Rudolf, que a deixa furiosa. Barretinho confessa para Gioconda que é apaixonado por Sabrina e que vai lutar para que ela seja sua mulher. Barreto leva a proposta de Ferraço para Maria Paula assinar e ela pede um tempo para pensar. Mariozinho garante que Zé vai fazer sucesso. Benoliel dá uma aliança e um cordão de ouro para Fernanda. Clarissa diz que António será sempre seu pai e ele a abraça emocionado. Bernardo exige que Amara lhe dê o dinheiro que ganha com a chantagem. Macieira é reempossado. Célia aparece na cerimónia e diz que também é dona da Universidade. Juvenal exige que Alzira escute o que ele tem para dizer.

Alzira diz que ama Juvenal, mas Dorgival é o pai de seus filhos. Juvenal termina tudo com Alzira. Branca fica furiosa ao ver as procurações de Sílvia e Clarissa dando poderes a Célia. Sílvia diz à mãe que esta é a vingança pela humilhação sofrida por Ferraço. Branca diz que ela vai cair muito fundo e, quando ficar sozinha, vai pedir a sua ajuda. Guigui paga a fiança de Ronildo, que pega dinheiro com ela e vai embora sem conversar. Juvenal fica arrasado. Guigui confessa o seu amor por Juvenal e ele diz que não pode ter nada com ela por amar Alzira. Amara exige mais dinheiro de Débora. António pede Débora em casamento. Geraldo avisa Juvenal que Guigui não abriu a associação. Juvenal descobre que Guigui foi embora e chora. Edivânia faz planos de conquistar Ezequiel. Dália, Bernardinho e Heraldo combinam que vão morar juntos. Denise descobre que os dobrões de ouro foram roubados. Maria Paula não assina a proposta de Ferraço, mas permite que ele veja o filho duas vezes por semana. Narciso diz a Evilásio que a sua ficha está limpa e o convida a ir a Brasília. Passam sete meses. Evilásio constrói a sua casa. Zé grava o seu CD. Débora e António casam. Juvenal sonha com Alzira. Heraldo e Bernardinho cuidam de Dália, que está grávida. Célia dá entrevista a Graça. Renato insiste que Maria Paula fique amiga de Ferraço. Júlia sente as contrações e teme porque o bebé nascerá prematuro.

nas redes

pesquisar