SIC

Perfil

Semana de 23 a 29 de março

A Portelinha é invadida e Juvenas é atingido!

Ferraço baqueia quando Maria Paula conta que teve um filho dele. Ferraço exige ver o filho. Maria Paula avisa que não tente nada contra ela ou o filho, pois estão sob a proteção de Juvenal. Maria Paula diz que ele tem um mês para confessar todos os crimes, senão ela entrará com uma ação de reconhecimento de paternidade. Ferraço parte tudo, quando ela sai. Sílvia reclama por Ferraço não contar o que aconteceu. Ele garante que Maria Paula não irá perturbá-los. Sílvia manda Branca começar a fazer a lista de casamento. Ferraço procura as fotos na mala de Maria Paula para ver se descobre quem é o seu filho. Os professores combinam boicotar os cursos de verão. Gilmar é contra, mas é voto vencido. Célia diz a Clarissa que Branca não a impedirá de frequentar a universidade, se ela passar na prova. Uma vizinha observa Ferraço parar na porta de Maria Paula e ir embora ao ver Ezequiel. Barreto diz a Ferraço que se ele se recusar a fazer o exame de DNA assumirá a culpa e será declarado pai da criança. Bernardinho quer uma celebridade na inauguração do restaurante. Duda pede desculpas a Evilásio. Juvenal permite que a votação seja filmado. Guigui se chateia por ter sido a causadora do término do namoro de Evilásio. Gioconda consola a filha. Lobato diz a Ronildo que chegou o dia da invasão. Juvenal faz campanha pelo não. Ezequiel conta a Claudius que Maria Paula enfrentou Ferraço. Evilásio fica chocado quando Juvenal diz que se o sim ganhar ele pode mudar o resultado, porque sabe o que é bom para a Portelinha. Gioconda avisa Sabrina que vai à Portelinha. Começa a votação. Lobato e seus contratados preparam-se para entrar na Portelinha pelo terreno de Ferraço.

Sílvia abre champanhe para comemorar o acordo que Ferraço fez com Maria Paula, mas ele permanece disperso. Os homens de Lobato avançam pela Portelinha. Gioconda encontra Narciso e Juvenal e diz que gostaria de conversar com Evilásio. Juvenal é apanhado de surpresa, mas avisa a todos para se protegerem. Gioconda fica no meio da confusão e foge descontrolada. Edivânia é acalmada por Lisboa. Geraldo explode ao ver a preocupação de Alzira com Juvenal. Lobato grita o nome de Juvenal. Guigui reconhece sua voz. Andréia refugia-se no terreiro de Setembrina. Lenir avisa Barreto e Barretinho que Gioconda está na favela. Evilásio vai à casa de Júlia, Barreto avisa sobre a invasão e pede ajuda para resgatar Gioconda. A polícia impede a entrada de Evilásio e de Barreto na Portelinha. Ronildo humilha Dália e briga com Bernardinho. Começa a chover. Narciso e Guigui comentam que ninguém sabe onde está Juvenal. Juvenal aparece de surpresa. Guigui comenta que Lobato é o chefe da invasão. Lobato chega à porta da associação. Juvenal grita que vai sair.

Evilásio fica escondido sem ser notado. Rebeca sai da igreja e começa a cantar. Ronildo avisa Lobato que os seus homens estão dispersando. Guigui disfarça quando Juvenal pergunta de onde ela conhece Lobato. Lobato atinge Rebeca, Lisboa grita desesperado e Juvenal sai do seu esconderijo. Lobato dispara e Juvenal é atingido. Gioconda ajoelha-se ao lado de Rebeca. Rebeca morre. Setembrina tem um enfarte. Guigui avisa Juvenal que os rivais apanharam Solange. Lobato manda Juvenal trocar de lugar com ela. Setembrina coloca uma guia no pescoço de Andréia, pede que ela tome conta do terreiro e morre. Solange escapa. Juvenal e Lobato ficam cara a cara. Guigui dispara contra Lobato. Lobato diz a ela que Ronildo é seu filho. Ronildo diz que foi mandado por Ferraço. Ronildo foge. Barreto abraça Gioconda. Guigui abre o casaco de Juvenal e descobre que ele está ferido. Solange chora e a comunidade reza. Ferraço e Sílvia brindam. Alzira fica deseperada com a notícia e entra na casa de Juvenal.

Alzira grita que ama Juvenal. Guigui chora de emoção e ciúmes. Macieira comunica à comunidade a morte de seu líder. Alzira diz a Guigui que Juvenal a chama. A mão de Juvenal treme lentamente. Juvenal desperta e se assusta ao ver o clima de velório. Ele levanta-se, derruba velas e flores, e caminha meio cambaleante para a porta. Juvenal grita para a comunidade que não morreu. Acontece uma explosão de alegria. Os anões carregam Juvenal. Guigui e Alzira abraçam-se, comovidas. Alzira volta para casa ao receber um telefonema dos filhos. Ferraço fica furioso ao ver as noticias. Solange atira-se para os braços do pai e diz que o ama. Juvenal vai para o hospital e manda Evilásio cuidar da Portelinha. No terreiro, acontece a cerimónia em torno de Setembrina. Zé e Ezequiel choram abraçados. Maria Paula abraça Ezequiel. Andréia diz a Amélia que não quer assumir o terreiro. Misael explica para Maria Paula que o terreiro ficará fechado por um ano. Lisboa abandona a Portelinha e pede que Edivânia entregue a chave do templo a Ezequiel. Evilásio discursa para animar a comunidade e é aplaudido. Barreto diz a Ferraço que tem a solução para seu problema com Maria Paula.

nas redes

pesquisar