SIC

Perfil

Semana de 9 a 15 de março

Finalmente o encontro! Maria Paula grita que Ferraço a roubou!

Zé e os sambistas sobem ao palco - Martinho da Vila e a Velha Guarda da Portela. Maria Paula pergunta a Claudius o que ela deve fazer se ficar cara a cara com o ex-marido. Claudius acha que o problema deve ser resolvido na justiça. Maria Paula explode e diz que quer que ele seja humilhado publicamente. Claudius diz que ela deve concentrar-se em recuperar os seus bens. Renato ouve a conversa sobre vingança. Todos aplaudem o espetáculo dos sambistas. Mariozinho diz a Zé que irá contratá-lo. Todos sambam animadamente. Narciso dá um convite da festa da empresa de Ferraço para Maria Paula. Ferraço tem um pesadelo com Maria Paula. Dorgival chora e sente uma dor no peito. Misael flerta com Claudine, que adora. A Condessa garante a Juvenal que se divertiu como nunca. Amélia avisa que Zé precisará deixar a bebida de vez. Gavião Sereno dá os votos de Feliz Natal para a comunidade. Setembrina e Lisboa são internados com dengue. Macieira avisa que os professores trabalharão na última semana do ano e que os aumentos serão baseados no mérito de cada um. Gioconda recebe Branca, Macieira, Sílvia e Ferraço para o jantar de Natal. Maria Eva distribui os presentes para os filhos. Bernardinho prepara uma ceia para o pai e os irmãos. Fernanda dá uma camisa de presente para Benoliel. Débora vai passar o Natal na casa de António. Juvenal, Guigui e Solange fazem a ceia. Júlia e Evilásio comemoram com muito carinho o Natal.


A Condessa telefona para desejar um Feliz Natal para Juvenal. Barreto propõe um brinde. Branca percebe que Júlia saiu. Gioconda diz que ela tinha um compromisso. Branca diz que entende o sofrimento de Gioconda, por causa do namoro de Júlia, pois sente o mesmo com relação a Sílvia. Juvenal pensa em Alzira. Célia e Alzira aconselham Clarissa a visitar o pai. Ferraço conta para Sílvia que fez uma vasectomia, pois jamais quis filhos e nunca amou mulher alguma. Sílvia garante que deseja continuar a seu lado e, se for o caso, mais tarde adotarão uma criança. Clarissa não gosta de ver Débora na casa de António e vai embora. Bernardo se preocupa ao não encontrar Débora de manhã. António mostra a oficina para Débora e conta que recebeu uma proposta de uma empresa americana. Débora pede para ler a proposta. Amara e Bernardo se entreolham pasmos quando Benoliel avisa que vai trabalhar. Débora diz a António que conversou com os americanos, que ele vai ganhar muito dinheiro e que ela será sua sócia. António manda que ela prossiga com as negociações. Solange e Gislaine saem com Márcio e Felipe. Ferraço dá instruções a Ronildo, Waterloo e Heraldo sobre a segurança na festa. Bárbara recebe Gioconda, Barreto e Lenir na porta da casa de eventos. Branca pede que Barreto apresente Macieira aos empresários. Maria Paula observa tudo e depois entra na festa. Ferraço faz discurso, anuncia seu noivado com Sílvia e a fábrica de cimento que vai inaugurar ao lado da Portelinha. Maria Paula grita que Ferraço roubou tudo o que era dela e que é um mentiroso.


Maria Paula diz que é chegada a hora do acerto de contas. Ferraço acusa Maria Paula de ser louca. Bárbara manda os seguranças levarem Maria Paula para os fundos. Narciso exige que ela seja solta. Maria Paula diz a Branca que Ferraço é o homem que a enganou. Sílvia pergunta se ela quer dinheiro, pois não pode provar nenhuma das acusações. Maria Paula solta-se e entra de novo a correr no salão, seguida por Bárbara, Narciso e os seguranças. Maria Paula garante que vai colocar Ferraço na prisão. Ezequiel assusta-se ao ver Maria Paula sendo levada pelos seguranças e pega na mala dela, que fica caída no chão. Bárbara tranca-se numa sala com Maria Paula. Narciso avisa que ficará na porta. Bárbara dá ordens a Waterloo e Ronildo sobre o que fazer com Maria Paula. Ezequiel tem visões e descobre que Adalberto é o seu patrão. Bárbara diz que ela se acalmou e foi embora por outra porta, quando Narciso questiona. Ferraço diz que Eva foi incompetente. Gabriel consola Eva, que chora. Ezequiel atende o telefone de Maria Paula e conta a Claudius o que aconteceu. Débora avisa que vai mudar de casa. Ferraço fica furioso porque Bárbara mandou somente que Waterloo e Ronildo deixassem Maria Paula num local ermo. Bárbara diz que ele seria suspeito se algo acontecesse com Maria Paula. Sílvia ouve atrás da porta e fica assustada. Juvenal diz que não vai deixar a fábrica instalar-se.


Juvenal comunica a Evilásio, Guigui, Misael, Lisboa, Setembrina e Geraldo Peixeiro que vai invadir o terreno de Ferraço. Ferraço manda Waterloo terminar o serviço. João Batista ajuda Débora na sua mudança para um pequeno apartamento. Geraldo argumenta que a fábrica pode ser uma boa opção. Juvenal e Geraldo trocam insultos. Claudius dribla a segurança e entra na festa. Ferraço assusta-se ao vê-lo. Os seguranças imobilizam Claudius. Ferraço tenta esconder o rosto, mas é reconhecido por Claudius. Sílvia ouve quando Claudius diz que Ferraço destruiu a vida de Maria Paula. Ezequiel também o acusa. Ferraço manda expulsarem os dois. Geraldo sugere que a comunidade seja consultada e Juvenal concorda com uma votação. Renato diz a Narciso que sua mãe não voltou para casa. Waterloo prepara-se para atacar, mas Ronildo avista uma patrulha. Ferraço garante que é um complô contra a sua empresa, mas Sílvia não acredita. Ferraço encontra a mala de Maria Paula no seu carro e descobre o seu endereço. Juvenal alerta Guigui que vai haver guerra pelo poder. Ferraço conta para Barreto o golpe que deu em Maria Paula. Barreto manda que ele procure outro advogado. Sílvia diz a Branca que Ferraço ficou assustado ao ver Claudius. Ferraço promete afastar Júlia de Evilásio se Barreto pegar no seu caso. Branca diz a Sílvia que acredita em Maria Paula. Lucimar encontra Maria Paula. Juvenal leva Maria Paula para a associação. Ela balbucia o nome de Ferraço. Sílvia pergunta a Ferraço se Maria Paula disse a verdade.

nas redes

pesquisar