SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin'Days - Resumo de 5 a 11 de setembro

Júlia vai a casa de Duarte e beija-o; Raquel sai em liberdade condicional e tem uma surpresa à porta da prisão!

Christian Gnad

Júlia, indignada, grita a Morgado que se ponha na rua. Ele está acabrunhado e diz não perceber o que é que ela pretende de si. Júlia afirma que a única coisa que pretendia era que ele lhe falasse da mãe, que não conheceu, recriminando a atitude de Morgado por este querer comprar o seu silêncio, acreditando que o dinheiro tudo resolve. Os ânimos acabam por serenar e o pai senta-se à frente dela e recorda os momentos mágicos que partilhou com o amor da sua vida, a mãe de Júlia. Esta acompanha Morgada na emoção que ele põe em cada palavra.

Nonô chama Mariana à razão e diz não ser justo que ela descarregue as suas frustrações em cima de João e que pense que o namorado está mais preocupado com os treinos do irmão do que com ela. No entanto, Mariana está demasiado afectada por não ter a guarda de Carolina, para reconhecer que Gui tem direito a refazer a sua vida com outra pessoa e que João está sempre a seu lado a apoiá-la.

Inês reclama com o psiquiatra da clínica, que se recusa dar-lhe alta, argumentando que ela ainda não está preparada para ter uma vida normal, sem fazer mal a si própria. A arquitecta argumenta que até assinou o divórcio sem fazer escândalo, abdicando da pessoa que amava. O doutor Carvalho elogia essa atitude mas vinca que ela não é suficiente para ela pensar que está curada. Depois do médico sair, Inês chora desesperada por continuar internada.

Alberto fala entusiasmado dos negócios mas Hernâni está distraído e não ouve nada. O sócio desperta-o dos seus pensamentos e convida-o a desabafar sobre o problema que o preocupa. Hernâni abre o jogo e conta, com ar triste e preocupado que anda a falhar com Nicole na cama. Alberto sugere-lhe que recorra aos comprimidos milagrosos, revelando que um amigo tem-nos usado com sucesso, sem qualquer problema de coração. Hernâni aceita que talvez essa seja a solução para o seu caso.

Nicole queixa-se a Isabel de que Hernâni continua sem virilidade e que já está a ter insónias por causa disso. A amiga conta em segredo que, certa noite, Urbano também estava a sentir dificuldades e que ela resolveu o problema dando-lhe uma massagem. Nicole fica agradada com a sugestão de Isabel e telefona de imediato ao marido, dizendo para a ir buscar à clínica ao fim do dia, mas que não leve Tânia, inventando que a filha deve ficar em casa a adiantar o jantar. Hernâni resmunga, mas acata o pedido da mulher.

Rafael visita Áurea na loja de lingerie e conforta-a por causa da doença de Inês e pelo facto de ela também não poder contar com Bruno na estreia da peça que levam à cena. A conversa entre ambos decorre com grande cumplicidade e preocupação do encenador com os filhos de Áurea deixam-na sensibilizada.

Sónia geme de prazer com a massagem terapêutica que Ivo lhe aplica e provoca a ira de Luísa, que quase chega a vias de facto com ela.

Cátia prossegue o seu plano secreto para reconquistar Cristóvão e faz-se convidada para o acompanhar com Matilde a uma exposição, mostrando-se muito interessada nos fenómenos da astrofísica. Matilde nem desconfia que Cátia lhe quer roubar o namorado.

Filipa confessa a Jorge que está a gostar da experiencia de estar mais tempo com Carolina e o director da Blondie adivinha que ela, não tarda nada, também vai ter um filho de Gui.

Júlia conta a Carminho que o pai, que acabou de conhecer, vive numa tristeza e num arrependimento que não se explica, depois de ter sido confrontado com a sua existência. Júlia afirma que Morgado lhe falou da mãe de uma forma que não deixa dúvidas quando ao amor que os uniu.

João chega a casa e atira-se para o sofá. Mariana pergunta-lhe como correu o seu dia mas ele responde, com displicência, que foi promovido. Ela estranha a resposta e João, ainda magoado, afirma que a sua carreira não tem qualquer importância, ao contrário de Gui ou a custódia de Carolina. Mariana reconhece que não o tem tratado bem e pede desculpa pelo seu comportamento insuportável nos últimos dias, dizendo que o ama. João retribui e ela obriga-o a prometer-lhe que nunca se irá esquecer disso.

Gui convida Duarte a sair para o irmão festejar o divórcio. Duarte diz que se sente aliviado mas que não é motivo para festa. Gui, sempre a brincar suplica-lhe que aceite porque se não o fizer, Filipa não deixa ir divertir-se sozinho. O irmão ri-se e assegura que se vão para a noite, então que seja a sério.

Bernardo chega a casa exuberante e conta a Teresa que alugou um jacto privado para viajarem para o Mónaco e que a secretária lhes preparou um fim-de-semana de luxo. Teresa mostra-se perplexa, temendo que o marido esteja a esbanjar dinheiro. Ele, habilidoso, pinta um quadro cor-de-rosa e assegura que ainda falta muito para que o dinheiro acabe, acrescentando que espera receber uma pequena fortuna em acções, convencendo Teresa a investir também. Ela fica também entusiasmada e coloca inteiramente nas mãos do marido a sua gestão financeira.

Carminho prepara-se para ir para casa quando se cruza com Vasco à saída da clínica. Fica atrapalhada porque ele a convida para jantar. A massagista responde que tem o marido e a filha à sua espera e Vasco reconhece que ele é que não tem ninguém à sua espera e, por isso, queria uma boa companhia para jantar. Quando vai a sair, cruza-se com Jorge que transporta Joaninha no carro de bebé. Jorge nota alguma tensão em Carminho, mas ela disfarça dizendo que teve um dia de trabalho puxado.

Urbano acaba de falar com Mónica e depois de desligar o telefone comenta com Isabel que nunca sentiu a filha tão animada como agora, por estar junto dos irmãos. O médico confessa que também ele começa a ficar preocupado e Isabel fica ainda mais angustiada com a possibilidade da rapariga já não querer voltar para eles. Urbano acredita que Mónica vai assumi-los como pais e que vai voltar para casa.

Vera confirma com Nonô se ela tem os bilhetes para o concerto e Lucas volta a brincar com a sua cegueira, dizendo que para ele este é um programa tão interessante como ir ver um jogo de futebol. Nonô repreende-o com ternura e afirma que a musica é para ouvir e não para ver. Vera estranha que Sebastião ainda não esteja com eles mas Nonô não atribuiu importância ao facto, acreditando que ele ainda está a trabalhar.

Alberto propõe a Ester que recomprem a Urbano a casa onde vivem, uma vez que as finanças estão mais compostas. Ester reconhece que o negócio da exportação de vinhos vai de vento em popa e fica radiante com a ideia do marido. Amélia, rezingona, pergunta se também vão comprar uma empregada nova. Ester pede-lhe que para com os disparates, pois ninguém tem intenção de a dispensar.

Júlia arruma algumas peças de roupa na sua cómoda quando começa a recordar um dos últimos momentos íntimos que viveu com Duarte. Quando volta à realidade solta um suspira tenso.

Carminho comenta com Jorge que acha que Júlia ficou mais nervosa com a notícia do divórcio de Duarte do que com a conversa que manteve com o pai biológico. Nisto, o seu telemóvel sinaliza uma mensagem e Carminho ruboriza ao lê-la. Perante a curiosidade do marido, limita-se a dizer que é apenas um colega do trabalho que lhe escreveu, nada de importante.

Com a cumplicidade de Lúcia, explicando-lhe que precisa de ter acesso a uma das salas de massagens para salvar o casamento, Nicole arrasta Hernâni pela mão, dizendo que precisa que ele a ajude a fazer uma coisa. O marido estranha a situação mas acompanha-a.

Como quem não quer nada, Sónia propõe a Luísa que partilhem Ivo tal como fizeram com Miguel. Luísa recusa a proposta e transpira ciúmes. Ivo aparece nesse instante a perguntar o que se passa mas Sónia esquiva-se, deixando para Luísa as explicações. Esta avisa Ivo que o cega se descobrir que ele anda metido com Sónia.

Mariana disfarça o incómodo quando João lhe sugere que aproveitem o facto de Artur estar a viver em Praga para irem conhecer a cidade.

Duarte está a preparar-se para ir buscar Gui ao hotel quando é surpreendido pela chegada de Júlia. Por momentos ficam ambos sem conseguirem dizer palavra.

Duarte disfarça o nervosismo que sente e pergunta a Júlia se vai ficar à porta. Ela entra e, sem dizer uma palavra que seja, precipita-se para ele e beija-o com grande paixão. Duarte corresponde e leva Júlia para a cama.

Isabel não para de se martirizar pela ausência de Mónica e desabafa com Urbano dizendo que lhe custa muito ver a cama da filha vazia. O marido tenta animá-la mas Isabel cede ao impulso de lhe telefonar. A conversa é breve, porque a filha está entretida a jogar com os irmãos. Isabel fica com desejo de comer chocolates para compensar a carência afectiva que sente. Urbano oferece-se para ir comprar os doces, embora avise que se trata de uma bomba calórica. Isabel pede-lhe que passe na clínica e traga o óleo especial que usam para as massagens, pois como estão sozinhos podem aproveitar para se divertirem. Urbano fica atrapalhado mas diz que os seus desejos são ordens. Isabel está agora bem mais animada.

Duarte começa a despir Júlia mas ela detém-no e diz-se arrependida por tê-lo procurado. Júlia recusa-se a trair Artur mas Duarte argumenta que o que está errado é estarem separados uma vez que se amam. Júlia irrita-se e responde que ele desconhece a sua relação com Artur ao passo que Duarte, já em tom de discussão, garante que não lhe vai perdoar outro acto de cobardia. Júlia agarra na mala e foge do apartamento, enquanto Duarte bate a porta com toda a força.

Nicole e Hernâni fazem amor com sofreguidão em cima da marquesa quando Urbano entra na clínica. Lúcia fica em pânico, desejando que o médico não se aperceba dos ruídos que vêem da sala de massagens. Urbano diz que se esqueceu do telemóvel para justificar a sua presença e avança para o seu gabinete. Quando regressa inventa que tem de ir buscar uma coisa à sala de massagens. Lúcia tenta impedi-lo mas sem êxito. Quando Urbano abre a porta depara-se com Nicole e Hernâni em trajos menores, ficando em estado de choque. O escândalo é inevitável e Nicole assume a responsabilidade, tentando ilibar Lúcia e pedindo que saiam para que ela e o marido se possam vestir. Urbano acede e leva recepcionista consigo para terem uma conversa. A manicura volta-se então para Hernâni e, já que a vergonha ninguém lhes tira, sugere-lhe que continuem a fazer amor. Ele confessa que com o stress que ficou, não consegue continuar. Nicole fica muito desiludida.

Júlia regressa a casa, furiosa consigo própria e esmagada pela culpa que sente por ter procurado Duarte. Depois de se sentar e de se acalmar, faz uma chamada, combinando falar mais tarde uma vez que a pessoa para quem liga está ocupada. Júlia decide então ir tomar um banho para relaxar.

Duarte conta a Gui o que se passou com Júlia e reafirma que é um absurdo continuarem separados. O irmão defende que agora deve pressioná-la até conseguir que ela se separe de Artur para ficarem juntos de vez. Duarte acha que essa estratégia só fará com que Júlia se afaste mais e talvez para sempre. Gui e Duarte acabam por manter a saída que tinham combinado. Duarte confessa que precisa de uma bebida forte para tentar esquecer mais um encontro inconsequente com Júlia.

Urbano chega a casa sem o óleo das massagens nem o chocolate que Isabel lhe pediu. Ainda com os nervos à flor da pele conta à mulher que apanhou Nicole e Hernâni em cenas íntimas num dos gabinetes da clínica. O médico está indignado e decide que vai pedir a Júlia que repreenda Nicole para que a situação não se repita. Isabel acalma o marido e explica-lhe que Hernâni está com um problema de impotência e convence-o a fingir que nada se passou. Isabel puxa o marido para si e diz que mesmo sem óleo ele lhe está a dever uma massagem.

Teresa desce as escadas e comenta com Bernardo que ele se levantou muito cedo. O marido responde que estava a ver a cotação das acções que compraram e informa-a de que se vendessem agora, já estariam a ganhar dinheiro. Teresa entusiasma-se na preparação da viagem ao Mónaco e vai escolher a roupa que vai levar, pois afirma que quer estar no seu melhor. Bernardo mostra-se despreocupado e confessa que gosta de viajar leve. Teresa dispõe-se a escolher-lhe as indumentárias.

Gui tem um despertar difícil e Filipa brinca com ele, lembrando-lhe que a dor de cabeça se deve à noite de copos que teve com o irmão. Gui defende-se e diz que o divórcio do irmão merecia uma comemoração assim. Filipa considera-o perdoado porque se divertiu com Carolina e Martim e garante que quando eles forem grandes é ela que os leva para os copos. Gui concorda que o sobrinho saia mas quanto à filha quer que ela fique quietinha em casa.

Mariana ajuda João vestir o casaco e compõe-lhe a gravata. Ele confessa que já sentia saudades de ter a sua atenção. Mariana pede-lhe desculpa por ser tão obcecada com a filha e ele faz-lhe ver que tem de se habituar a conviver com essa distância. João avisa-a de que vai chegar mais tarde porque tem treino com Lucas e com a selecção. Antes de sair, conta que esteve a estudar as melhores datas para viajarem para Praga e concluiu que o melhor será depois das provas em Berlim. Ela concorda e esconde algum desconforto, dizendo que vai telefonar à mãe para lhe propôr irem visitar Raquel à prisão. É isso que faz depois de João ir embora. Júlia aceita a proposta e Mariana concentra-se depois no computador, pesquisando uma viajem só com bilhete de ida para o Rio de Janeiro.

Ester e Alberto vão ter com Urbano à clínica e dizem ao amigo que querem comprar a casa de volta. O médico fica radiante ao saber que a situação financeira da família já estabilizou e concorda com o negócio. Ester e Alberto entreolham-se em clima de grande felicidade.

Sebastião leva um raspanete de Vera pelo telefone, porque na noite anterior chegou atrasado ao concerto que tinham combinado ver juntos e nem sequer a procurou quando chegou. Ele justifica que houve um problema na clínica que o fez atrasar-se mas a namorada desconfia que ele teve uma recaída e voltou a consumir droga. Sebastião nega e é salvo pela saída de Ester e Alberto do gabinete de Urbano, dizendo a Vera que fala com ela mais tarde porque nesse momento tem de desligar. Urbano deseja as melhoras de Inês e Ester confirma que a neta ainda está internada.

Na clínica, o estado de saúde de Inês piora. Obcecada por reaver Duarte, ataca um enfermeiro e tem de ser sedada para acalmar.

Mariana entra num hotel e tenta passar despercebida entre os hóspedes que ali circulam nesse momento.

Vasco queixa-se a Carminho que anda a perder clientes por causa da crise e na sequência da conversa convida-a para almoçar. Ela aceita de imediato e o treinador volta para o ginásio. Júlia chega nesse instante e a sua cara deixa perceber que não dormiu nada de noite. Carminho pensa que ela está a sentir saudades de Artur mas Júlia confessa que foi ter com Duarte e que voltaram a beijar-se. No entanto ressalva que nada de mais se passou porque acabou por se sentir culpada e fugiu. Júlia assume que ama Duarte e, consciente de que tem andado a enganar-se e a enganar Artur, desata a chorar nos braços de Carminho.

Rafael conversa com Áurea na loja de lingerie e conta que tem de apressar-se a arranjar o cenário para a peça que estão quase a estrear. Ela afirma que gostava de o ajudar mas não pode porque o filho está quase a viajar para Londres e ela quer aproveitar todos os momentos que tem para estar com ele. Rafael dá-lhe os parabéns pela forma como tem controlado a ansiedade e oferece-se para o que ela precisar. Áurea diz saber que pode contar com ele.

Nicole pede a Isabel que se desculpe a Urbano por ela e Hernâni por tê-los apanhado a fazer amor na clínica. A amiga desvaloriza o incidente e confessa que acabaram por se rir da situação. Nicole confessa que chegou a pensar que o marido estava curado, mas não pode comprovar porque Urbano os interrompeu. Luísa chega nesse momento e quando Isabel sugere a Nicole que vá fazer uma massagem com Ivo, grita que nem pensar porque ele está muito sobrecarregado e depois não vai conseguir corresponder às necessidades das clientes. Nicole e Isabel ficam espantadas com aquela reacção e a manicura provoca Luísa dizendo que se o resultado for igual ao obtido com o marido, é dinheiro deitado ao lixo.

Cátia prossegue o seu plano para conquistar Cristóvão e convence-o de que Matilde se queixou que ele não avança na relação. Cristóvão estranha e afirma que a namorada é que não tem querido envolver-se intimamente por achar que ainda não está preparada. Cátia convence-o de que ela está a fazer-se difícil. Sónia aparece nesse instante e Cristóvão faz-lhe notar que está atrasada. Ela justifica-se com o facto de lhe terem roubado os pneus do carro, obrigando-a a andar nos transportes públicos. Cristóvão e Cátia não conseguem esconder o riso, o que deixa Sónia bastante desagradada. Depois do gerente ir embora, Cátia conta a Sónia que se tornou amiga de Matilde e que isso lhe vai ser muito útil. A prima fica sem perceber o alcance da sua frase.

Hernâni não quer deixar Tânia ir para Madrid fazer o curso e espanhol, uma vez que Mónica desistiu de ir. Nicole exige ao marido que não seja retrógrado e afirma que essa é uma experiencia que vai fazer muito bem à filha. Hernâni deixa Nicole ainda mais preocupada porque começa a dar sinais de ter medo que ela lhe toque. Apesar de concordar que o seu impedimento sexual resulta de uma questão nervosa, Hernâni sente-se demasiado pressionado e retrai-se na presença da mulher. Nicole começa a desesperar.

Mariana aproveita que a camareira do hotel está a arrumar a suite de Gui, para se esconder lá dentro. Alheio a esta intrusão, Gui acerta com Duarte questões de trabalho, ambos de ressaca pela noite de diversão que tiveram. Gui é entretanto chamado a resolver um problema junto de um cliente e encaminha-se para uma das salas de conferências. Ao mesmo tempo, já sem a empregada no quarto, Mariana revolve as gavetas de Gui e Filipa e consegue descobri o passaporte de Carolina, guarda o documento da filha na mala e vai embora. Quando está quase a alcançar o átrio do hotel, esbarra em Gui que fica espantado por encontrá-la ali. Mariana, comprometida, nem sabe o que dizer.

Mariana, surpreendida por Gui a sair do hotel depois de ter roubado o passaporte da filha, inventa que andava procura dele para lhe pedir que a deixe levar Carolina ao circo. Ele estranha que não o tenha feito por telefone, mas a ex-mulher justifica que não queria ouvir um não pelo telefone. Muito a custo, Mariana lá consegue enganar Gui mas, mesmo assim, ele fica desconfiado das suas intenções.

Filipa confessa a Jorge que está com medo de perder o emprego, uma vez que há rumores cada vez mais fortes de que a o grupo empresarial que detém as revistas Blondie está com problemas financeiros. Jorge confirma que está marcada uma reunião com os directores de todas as publicações europeias e que, inclusivamente, Artur está a caminho de Lisboa. Jorge tenta aliviar a angústia de Filipa, lembrando que a administração sabe do bom trabalho que ela tem feito e que a revista em português está com boas tiragens. A jornalista nem por isso fica mais descansada.

Gui está a vestir-se para o almoço de trabalho que tem agendado com Duarte, quando este vai ter com ele, reclamando do seu atraso. Gui explica que foi obrigado a trocar de camisa e que foi retido por Mariana que lhe foi pedir para deixar Carolina ir ao circo com ela. Para espanto do irmão, Gui reconhece ter pensado em tudo o que ele lhe tem dito e conta que decidiu dizer sim à ex-mulher. Duarte também espanta Gui, ao assumir que também pensou nos conselhos que ele lhe tem dado sobre Júlia e que decidiu lutar por ela. Duarte afirma que vai falar com Artur na esperança de que ele aceite deixar Júlia. Gui teme que ela não goste da ideia mas o irmão está determinado a lutar pelo amor da sua vida.

Vera dá os parabéns a Alberto por estar prestes a recomprar a Urbano a casa onde vivem. Ester reconhece que é um grande peso que tiram dos ombros, enquanto Amélia exclama que essa é uma grande notícia. A harmonia familiar é interrompida por uma chamada da clínica onde Inês está internada a comunicar que ela teve um episódio depressivo grave e que os médicos querem falar com a família. Ester convoca Alberto para a acompanhar e Vera encarrega-se de telefonar a Áurea para a avisar. Esta fica muito preocupada com a filha e diz que vai tratar de ir até à clínica o mais depressa que puder.

Cristóvão cai na armadilha que Cátia lhe montou para o afastar de Matilde e arrisca seduzir a namorada. Quando ela entra na loja gourmet, ele sai detrás de uma prateleira com uma rosa na boca, para lhe oferecer. No entanto, faz tudo de forma tão atabalhoada que atira uma série de artigos ao chão. Depois de lhe entregar a flor, abraça-a e beija-a com sofreguidão. Matilde fica indignada, empurra-o com veemência e dá-lhe um raspanete, acusando-o de ser como todos os homens, que só pensam no acto reprodutivo. Cristóvão arrepende-se da táctica que usou e suplica à namorada que lhe dê mais uma oportunidade de provar que é diferente dos outros. Ela aceita mas exige em troca que ele lhe leia em voz alta um livro com mais de três mil páginas.

João está pressionado para ir trabalhar mas arranja tempo para tomar um café com Lucas, Babi e Nonô. Babi esforça-se por demonstrar interesse em saber pormenores da prova em que os irmãos vão participar. Entretanto, Lucas levanta-se para ajudar o João a trazer as chávenas mas Babi comete uma gafe e pergunta a Nonô se não é melhor ir ela. Lucas reage com irritação e assegura que é capaz de ajudar o irmão. Nonô recrimina a mãe pela falta de sensibilidade e Lucas desabafa com João, sublinhando que Babi continua sem conseguir disfarçar a apreensão pelo facto da filha namorar com ele, um rapaz cego.

Nicole procura Isabel na loja esotérica de Ivo para desabafar. Acaba por falar com os dois, preocupada porque combinou almoçar com Hernâni ali no centro comercial e ele não apareceu. A manicura está prestes a aceitar que o marido nunca mais conseguirá recuperar as funções sexuais. Ivo intervém e confirma que ela está demasiado tensa, propondo-lhe uma massagem especial. Isabel é de opinião de que a amiga devia tentar e Nicole aceita marcar uma sessão para o fim do dia. Ivo fica radiante por arranjar mais uma cliente. Nicole telefona a Hernâni para o prevenir que vai fazer a massagem com Ivo, evitando assim que o marido fique com ciúmes. Hernâni tinha acabado de começar a ver uma revista erótica para perceber se consegue dar resposta aos estímulos sexuais. Primeiro fica incomodado por estar a ser interrompido e depois, por não ter qualquer reacção aos belos corpos que vê na revista.

O doutor Carvalho informa os avós e a mãe de Inês de que ela tentou outra vez suicidar-se e deixa Alberto, Ester e Áurea angustiados, ao propor que ela faça um tratamento por choques eléctricos, para debelar a depressão profunda em que caiu, já que a medicação normal não resolveu o problema. Todos recusam essa solução mas têm de vergar-se à vontade de Inês que afirma querer fazer o tratamento, na esperança de conseguir sair da clínica. O médico aceita explicar a Ester, Alberto e Áurea, em que consiste o tratamento. Inês permanece indiferente.

Lucas termina o treino com João e é muito elogiado por Catarina, rapariga de porte atlético, que se oferece para ser sua guia se algum dia o irmão não puder acompanhá-lo. João assiste à distância à conversa, enquanto Catarina dá o seu número de telemóvel a Lucas. Depois da rapariga ir embora, Lucas comenta com João que ela tem uma linda voz. O irmão opina que Nonô não gostaria de escutar aquele elogio e Lucas brinca, respondendo que ela não ouviu.

Mariana e Júlia regressam a casa depois de terem visitado Raquel na prisão. Mariana afirma que a tia tem de deixar a cadeia quanto antes e a mãe conta que o advogado está muito confiante em que ela consiga a liberdade condicional. Júlia começa a fazer planos para quando a irmã for libertada mas Mariana não se mostra muito receptiva. A mãe nota que ela não está bem, mas a filha desculpa-se, dizendo que sente falta de Carolina e que apenas dois dias com ela não chegam. Ao mesmo tempo assegura que isso vai mudar, mas esconde de que forma, dizendo apenas que a filha vai crescer e reclamar que Gui a deixe passar mais tempo com a mãe. Júlia não entende as certezas de Mariana e aconselha-a a não alimentar demasiadas expectativas.

Hugo conta com orgulho a Isabel e Luísa como o seu negócio está a resultar em pleno. Luísa gaba a forma como ele decorou a sua loja e diz que bem podia fazer um desconto à cunhada. Ele responde com ironia que, quanto muito, será meia cunhada. Hugo vai embora e cruza-se com Babi, com quem tem uma conversa ácida sobre Raquel. Depois segue para a loja de Cátia e a sorte sorri-lhe, pois ela convida-o para jantar de novo em sua casa.

Nicole excita-se em último grau com o corpo de Ivo e com a massagem que ele lhe começa a dar. De tal forma que, de repente, se levanta da marquesa e sai da loja a correr. Perante a surpresa do rapaz, que lhe pergunta se fez algo de mal, ela responde que o mal foi ter feito tudo demasiado bem.

Ester, Alberto e Áurea estão muito apreensivos com o tratamento à base de choques eléctricos, que o médico propôs para tentar curar Inês. Alberto diz que vai pesquisar na internet e Ester recomenda-lhe que tenha cuidado com o que vai ver. Amélia também defende que Inês deve é tomar comprimidos, comer canja e ter muitos mimos. Áurea previne que ninguém comente o assunto com Bruno, para que o filho não comece a imaginar a irmã a levar choques eléctricos.

Ester vai preparar o jantar e encontra Bruno e Paulo que estão na cozinha. O neto diz que quer visitar a irmã antes de viajar para Londres. Ester fica constrangida mas disfarça e diz que o médico recomendou repouso absoluto. Paulo aligeira a preocupação de Bruno e afirma que a irmã quer é que ele se vá divertir. Ester assume que vai ter saudades dele e Paulo brinca e diz que não vai sentir nada disso. Bruno dá-lhe um murro amigável e garante que o amigo vai andar a chorar pelos cantos.

Filipa comenta que Artur está em Lisboa porque a Blondie está a sofrer uma grande convulsão em toda a Europa e a administração decidiu reunir com todos os directores da revista para explicar a reestruturação que pretende fazer. Filipa assume o receio que tem de ser despedida mas Gui descansa a companheira dizendo que ela é a melhor jornalista e por isso nada lhe acontecerá. Depois volta-se para o irmão alertando-o para que tem a sua oportunidade de ouro para falar com Artur sobre Júlia. Gui incentiva o irmão a agir, dizendo que fica com Martim se ele quiser procurar Artur. Duarte agradece e sai de casa disparado. Filipa pergunta a Gui o que é que aconteceu e Gui esclarece, com ar trocista, que o irmão foi lutar pelo amor. A namorada fica na mesma.

Mariana prepara-se para fugir com Carolina para o Rio de Janeiro e trata dos pormenores da viajem no computador. De repente tem de esconder tudo, pois João entra em casa, vindo do treino com Lucas. Mariana finge que está tudo bem e trata João com a maior ternura. No entanto, sente-se culpada por estar a enganá-lo.

Teresa aguarda por Bernardo em casa. Quando o marido chega, confessa-se exausto com o trabalho no escritório e afirma que a viajem que vão fazer, surge na melhor altura. Teresa prepara-lhe uma bebida para relaxar e agradece-lhe tudo o que tem feito por ela, assumindo que é mais feliz com ele em tão pouco tempo, do que o que foi com Francisco em tantos anos. Bernardo beija-a na boca, carregado de falsidade.

Artur chega de táxi à porta do prédio e conversa com Júlia que se mostra surpreendida com o facto de ele estar em Lisboa. Os dois despedem-se cordialmente até mais tarde. Depois do táxi arrancar, Duarte, que estava a observar Artur, aproxima-se e pede para falar com ele. Artur não gosta da abordagem e responde que não vê o que podem ter para conversar. Duarte joga pesado e conta que Júlia esteve em sua casa na noite anterior, adivinhando que agora talvez ele tenha tempo para o ouvir. Artur engole em seco e tenta controlar a fúria que se está a apoderar de si.

Duarte desafia Artur à porta de casa dele e diz-lhe que ama Júlia e que ela também não deixou de o amar. Artur, com cara de poucos amigos, responde que ele está a delirar mas Duarte contrapõe que ele deve deixar Júlia sair do casamento sem remorsos. Artur avisa o rival que se voltar a importuná-lo se vai arrepender. Duarte fica a ver Artur afastar-se, muito agastado, para dentro do prédio.

João fala ao telefone com o pai e conta que Lucas está a treinar muito bem, alimentando a esperança que ele tenha bons resultados nos campeonatos europeus paralímpicos. O pai queixa-se que não o vê há algum tempo e João promete ir visitá-lo em breve. Mariana surge deslumbrante, preparada para sair e João não lhe poupa elogios. Ela assegura que vai ser uma noite para namorarem e que vai compensá-lo pelo mau humor dos últimos dias.

Júlia chega a casa e mostra-se feliz pela presença de Artur, que está imóvel no sofá a tomar uma bebida. Depressa percebe que ele não partilha daquela felicidade, pois confronta-a com o facto de Duarte lhe ter feito uma espera para contar que ela o procurou na noite anterior e que ambos se amam. Júlia exibe uma frieza a toda a prova e mente de forma convincente, assegurando que Duarte pertence ao passado e que não conseguirá desestabilizar o casamento que têm alimentado, apesar da distância. Artur olha para Júlia, ainda desconfiado, mas ela não desarma e mostra-se perfeitamente convicta do que acabou de afirmar.

Duarte regressa a casa e já só encontra Gui, pois Filipa foi para o hotel com Carolina. Conta ao irmão que conversou com Artur e lhe pediu para desistir do casamento com Júlia, mas que ele lhe pareceu imperturbável. Duarte duvida igualmente que Júlia queira passar por um segundo divórcio para ficar com ele. De qualquer forma sempre reconhece que jogou as cartas que tinha e cabe a ela dar o próximo passo.

Júlia está à mesa com Artur e confessa que não era aquele o ambiente que imaginou para o seu jantar de boas vindas. O marido contrapõe que também não teve a melhor recepção mas ela garante que só pensa em ser feliz a seu lado e reafirma que Duarte faz parte do passado. Artur acaba por acreditar nas suas juras de amor e beija-a com ternura. Júlia aceita o brinde que ele propõe e sugere que seja à surpresa que ele lhe fez.

Jorge confessa a Carminho preocupação pelos despedimentos que podem ocorrer na revista mas ela não ouve porque está entretida a ler uma mensagem que Vasco acabou de lhe enviar. O marido repreende-a e faz notar que já não está a gostar da situação. Carminho esforça-se por desvalorizar a situação, justificando que se trata apenas de um colega com quem se dá bem. Para acabar com a conversa e com o incomodo que ela lhe provoca, desvia a atenção para o estado de saúde de Inês, achando preocupante que a sobrinha tenha de ser tratada com electro-choques.

Alberto exalta-se e garante que não vai permitir que alguém dê choques à neta mas Ester sublinha que o doutor Carvalho tem feito tudo o que pode para tratar Inês. Vera acrescenta que se ela quer fazer o tratamento, ninguém a pode impedir, Alberto não se convence e diz que Inês está a tomar decisões sem pensar, convencido que ainda a vai fazer mudar de ideia.

Nicole resmunga com Hernâni porque enquanto está a trabalhar deixa os papéis todos desarrumados. O marido nota que ela está muito enervada e pergunta-lhe se não relaxou com a massagem de Ivo. A manicura fica ainda mais tensa e responde que Hernâni massaja muito melhor. O marido estranha e lembra que nunca lhe fez qualquer massagem. Tânia aparece na sala e pede para ver a novela. Ao sentar-se aterra em cima da revista com mulheres nuas que o pai comprou. Tânia exclama que aquilo é nojento e Nicole manda-a para o quarto porque quer conversar com Hernâni. Quando fica a sós com o marido dá-lhe um raspanete mas ele justifica que comprou a revista em desespero para recuperar a virilidade, reconhecendo que falhou. Ao reconhecer o seu fracasso, teme que a mulher se farte dele e arranje outro mas ela garante que não quer outro homem, mas deixa cair os papéis que tem mão, cada vez mais enervada.

Matilde mostra-se intransigente e obriga Cristóvão a ler-lhe em voz alta um manual com três mil páginas afirmando que só assim recuperará a sua confiança. Ele ainda fica esperançado em escapar, quando Sónia entra na loja. Só que ela quer apenas saber se eles lhe querem comprar o carro que ficou sem pneus. Como não consegue, vai embora e deixa Cristóvão entregue à sua sorte. Matilde escuta a leitura, deliciada.

Hugo e Cátia descansam na cama depois de terem feito amor. Ela fica agastada quando ele começa a fazer-lhe perguntas sobre a sua vida. Quando ameaça sair da cama, Hugo puxa-a para si e envolvem-se de novo.

Também na cama, mas já de manhã, Júlia e Artur estão aninhados um no outro. Ele, com ar distante, leva a que ela lhe pergunte se ainda está a pensar em palermices. A conversa vai inevitavelmente parar a Duarte. Júlia consegue que Artur esqueça o rival, mas não deixa de se sentir angustiada e cheia de culpa.

Filipa acaba de se arranjar para ir trabalhar e afirma que Duarte pode dar-se mal por ter ido falar com Artur nas costas de Júlia. Gui defende o irmão, dizendo que ele se limitou a ir lutar pelo que é dele. Filipa fala por si e garante que se fosse consigo não tinha gostado. Ele muda de assunto e auto-elogia-se por ter permitido que Mariana leve Carolina ao circo, reclamando carinhos de Filipa por isso.

Mariana despede-se de João dando-lhe mais beijos do que é normal. Ele liberta-se dizendo que não pode chegar atrasado agora que foi promovido e diz que á noite estarão juntos de novo. Mariana esboça um sorriso amarelo em que ele não repara. Depois do companheiro sair, Mariana dá as suas ordena Rita e informa que está à espera que Gui lhe traga Carolina, assumindo que esse será um dia muito especial para as duas.

Teresa e Bernardo preparam-se para viajar. Ela conta ao marido que enviou uma mensagem a Gui, prevenindo o filho de que vão ficar fora uns dias e que ele respondeu secamente, desejando boa viagem. Bernardo afirma que os filhos dela não a merecem mas acaba por beijá-la na testa ao ver que ficou tristonha. O casal despede-se da empregada e vai para o aeroporto.

Júlia telefona a Duarte e descompõe-no por ter procurado Artur e ter feito perigar o seu casamento com ele. Duarte, desconcertado, defende-se dizendo que ganhou esse direito quando ela foi a sua casa para o beijar. Júlia recorda que se arrependeu e, depois de lhe chamar arrogante, avisa que o seu casamento com Artur até pode acabar mas nunca porque ele acha que isso é melhor para ele. Júlia, furiosa desliga o telefone e fecha os olhos para se recompor da discussão.

Artur conversa com Jorge e admite a possibilidade de deixar a direcção da Blondie na Republica Checa, para ficar perto de Júlia. O jornalista não acredita que Duarte desista facilmente da sua mulher, embora sinta que Júlia não quer o fim do casamento. Filipa interrompe e chama-os para a reunião com a administração. Artur é o primeiro a avançar, enquanto Jorge troca um olhar preocupado com Filipa.

Bruno pergunta à mãe se está nervosa por causa do ensaio geral e da estreia da peça de teatro em que vai participar. Áurea confessa que está desconcentrada por causa da preocupação com o estado de saúde de Inês. O filho tenta animá-la e diz que, apesar de não poder assistir por estar em Londres, acredita que tudo correrá pelo melhor. Áurea mostra-se feliz por ele estar a divertir-se com o pai, longe dos problemas.

Nicole conta a Isabel que ficou em ponto de rebuçado com a massagem de Ivo e que ele tem umas mãos demoníacas. A manicura diz que não contou ao marido, mas teme começar a sonhar com o massagista e que Hernâni se aperceba do que se passou. Nicole acaba por relevar a situação ao lembrar-se de que o marido a traiu anos a fio. No entanto confessa não estar preparada para deixar de ter vida sexual tão nova, dadas as limitações do marido. Isabel sente-se desconfortável com a conversa mas é salva por uma chamada da filha. Depois de se despedir de Mónica, Isabel confessa que tem cada vez mais medo de que ela prefira ficar com os irmãos e não regressa a casa.

Carminho pede a Urbano para chegar mais tarde depois do almoço, para poder visitar Inês na clínica, contando ao patrão que ela teve uma crise e que piorou. Urbano envia cumprimentos a Ester e Alberto, desejando igualmente as melhoras de Inês. Nesse momento, Vasco encaminha um paciente para que Urbano lhe defina o regime alimentar. O treinador não perde a oportunidade de dirigir um galanteio a Carminho que o deixa ir embora olhando pelo canto do olho. Lúcia repara e cometa que Vasco lhe acha graça. Carminho denota alguma atrapalhação e diz que vai preparar a sala de massagens. Nesse instante, Júlia chama por ela e pede para conversarem.

Já na sala de massagens, Júlia conta à amiga o drama que viveu depois de Duarte ter procurado Artur, tentando acabar com o seu casamento para poder ficar com ela. Júlia admite que teve uma recaída ao procurá-lo mas que emendou a tempo, optando por proteger Artur e o casamento. Júlia mostra-se convencida que Duarte já percebeu que ela quer distância, depois de ter discutido violentamente com ele.

Mariana certifica-se de que está sozinha e arruma numa pasta os bilhetes de avião e os passaportes, o seu e o de Carolina. Nisto tocam à porta e ele coloca atabalhoadamente a pasta dentro de uma revista e vai abrir. É Gui que chega com Carolina ao colo e a entrega à mãe. Mariana teatraliza e agradece ao ex-marido por ter permitido que a filha vá com ela ao circo. Depois de Gui se ir embora, Mariana fala para Carolina e diz que a vai levar num grande passeio por cima do mar. De seguida telefona a pedir um táxi e vai buscar as malas. Rita entra na sala para limpar e derruba as revistas de onde sai a pasta onde Mariana havia escondido os passaportes e os bilhetes de avião. A empregada fica alarmada com o que encontrou.

Júlia ainda conversa com Carminho e insiste em convencer-se que Artur é o homem certo para a fazer esquecer Duarte. A amiga ouve desconcertada o que ela diz, mas não a contraria. Nisto, Júlia recebe uma chamada e sai disparada da clínica, sem sequer responder a Carminho se era Duarte ao telefone.

Duarte conta a Gui que Júlia o censurou violentamente e o repreendeu por ter ido falar com Artur à sua revelia. O irmão acha que ou Júlia mentiu ao marido ou ele é um lorpa por alimentar um casamento em que não é amado. Duarte está resignado e conta que Júlia exigiu que se afastasse dela, ao dizer que ele não tem o direito de interferir na vida dela. Gui afirma que ele tem mesmo de a esquecer e que Mafalda é a mulher ideal para isso, porque gosta dele e também de Martim.

Mariana prepara-se para sair de casa, depois do taxista avisar que já está na porta do prédio á sua espera. Empurra o carrinho de Carolina e abre a porta, mas esbarra em Júlia que está do lado de fora. A mãe pergunta onde é que ela pensa que vai e deixa Mariana sem fala.

Júlia consegue impedir Mariana de fugir para o Brasil com Carolina, fazendo-a perceber que ao tomar tal atitude perderia a filha para sempre. Mariana chora convulsivamente, confortada pelo abraço da mãe.

Artur e Jorge comentam o resultado da reunião com a administração da empresa que detém as revistas Blondie e concordam que é preferível terem decidido cortar nos salários, poupando as pessoas ao desemprego. Artur convida Jorge para jantar e diz-lhe para levar Carminho e a filha, pois Júlia vai gostar de os receber. Jorge aceita e também reconhece que essa distracção vai fazer bem a Carminho que tem andado enervada nos últimos dias, por causa da doença de Inês.

Isabel fica horrorizada quando Áurea lhe conta que Inês tentou suicidar-se outra vez e que agora se quer tratar com electro-choques. No entanto, Isabel tenta transmitir alguma confiança à amiga dizendo que esse tratamento tem obtido excelentes resultados. O tema da conversa muda para a experiencia teatral de Áurea e esta diz que conta com Isabel e Urbano na estreia da peça, pois se não fossem eles nunca teria ido para o teatro terapêutico. Isabel garante que ela e o marido irão vê-la com o maior gosto. Áurea pergunta por Mónica e Isabel assume que o facto da filha estar radiante com os irmãos no Porto a faz temer que ela não queira voltar para casa. Áurea confessa que tem o mesmo receio de Bruno, não vá ele querer ficar para sempre em Londres com o pai. Isabel mostra-se certa de que o filho não lhe faria uma coisa dessas, ainda mais numa altura em que Inês está internada. Áurea sente-se culpada por não poder estar permanentemente com a filha na altura em que ela mais precisa. Isabel acha que a filha vai compreender que ela tenha de trabalhar.

Alberto e Ester visitam Inês na clínica. O avô muda os canais no comando da televisão e resmunga por não estar a dar nada de jeito, zangado porque assim Inês não se pode distrair. Ester chama a atenção para o facto de Inês não estar em condições de apreciar a televisão, tal é a sonolência em que mergulhou devido aos sedativos. Ester explica que Áurea não pode ali estar por que está a trabalhar. Inês não se incomoda com isso, mais preocupada em saber quando é que vai começar o tratamento por electro-choques. Alberto adianta-se e diz que essa é uma questão a pensar muito bem, pois não está convencido que esse tratamento resulte. Carminho entra no quarto nesse momento e Inês queixa-se à tia de que não querem que ela faça o tratamento para sair da clínica. Carminho defende que aquele tipo de tratamento é para a família um pouco assustador mas também diz que ela é que decide se o faz ou não. Inês fica mais agitada e acusa Duarte de não querer que ela melhore, pois deseja que ela fique louca para sempre. Percebendo o rumo que a conversa está a levar, Ester aconselha a neta a descansar um pouco e faz-lhe festas na cabeça, levando-a a adormecer.

Duarte está em conversa animada com Mafalda, fazendo-lhe companhia num almoço tardio. Gui chega ao pé deles, alarmado por não encontrar o passaporte de Carolina e começa a desconfiar que Mariana foi a responsável por isso, contrariando o irmão que acha que ele está a ficar paranóico. Para tirar duvidas, telefona à ex-mulher e fica ainda mais preocupado, porque o telemóvel está desligado. Gui diz que está com um mau pressentimento.

Júlia entrega um chá a Mariana para a acalmar e faz-lhe sentir o erro que ia cometer de fugisse com Carolina. Confessa que está magoada por ela não lhe ter dito o que ia fazer e avisa-a de que o passaporte da filha tem de desaparecer, pois Gui não pode desconfiar que ela queria desaparecer com a menina. Em relação a João, Júlia aconselha-a a não lhe contar nada, pois ele vai sentir-se traído. Mariana acusa o toque e sente-se desconfortável, embora reconheça que só pensou em ficar para sempre com a filha.

Cátia diverte-se a dar conselhos a Matilde sobre a forma de adiar a primeira relação sexual com Cristóvão. A rapariga pensa que ela a está a ajudar, sem perceber que o que Cátia deseja é acabar com o namoro entre os dois.

Luísa vai à loja de Nicole para cobrar a massagem que ela não pagou. A manicura fica atrapalhada mas justifica a falha por se ter esquecido. Luísa, desconfiada, pergunta-lhe se não gostou do trabalho de Ivo, uma vez que saiu a correr sem sequer terminar a massagem. Nicole, cada vez mais aflita, garante que gostou muito mas que se lembrou que tinha umas coisas urgentes para tratar, por causa da viagem de Tânia. Luísa vai-se embora mas sem ficar convencida.

Gui irrompe pela casa de Mariana dentro, desesperado à procura da filha e a perguntar para onde é que a ex-mulher a levou. Júlia responde calmamente que elas foram ao circo. Mariana aparece e manda-o calar, dizendo que acabou de adormecer a menina. Gui acredita na encenação e diz que foi tudo um mal entendido, pois ao não encontrar o passaporte da filha, pensou que Mariana a tivesse raptado. João chega nesse momento, a tempo de ouvir Mariana a dar justificações a Gui sobre a ida ao circo. Não se desmancha e sustenta a mentira que ela e Júlia contam a Gui, mas fica claramente desconfortável com a situação. Júlia quebra as desconfianças e diz que vai buscar a neta ao quarto para que Gui a possa levar.

Duarte regressa a casa com Martim e na companhia de Mafalda. A conversa está agradável e acabam por combinar fazer programas juntos.

Júlia esforça-se por acalmar a ira de João que acusa Mariana de o ter traído, ao esconder que ia fugir com Carolina. Mariana diz que o ama e que pensava contactá-lo mais tarde para ir ter com elas. Júlia confessa que não consegue defender a filha, mas recomenda-lhes que conversem com calma e que se lembrem que se amam. Já de saída pede a João que mantenha segredo, pois se Gui desconfia que Mariana queria fugir com a filha, arranja-lhe um processo complicado em tribunal. João ouve as desculpas de Mariana e as suas justificações mas acaba por sair de casa dizendo que tem de ir pensar, sob pena de dizer alguma coisa de que se arrependa. Mariana fica sozinha, a chorar.

Nonô conta a Lucas que a mãe a quer arrastar para Porto Santo nas férias. Ele comenta que é só areal e pouco mais. Nesse momento recebe uma chamada do irmão que combina encontrar-se com ele, porque precisa de conversar. Lucas diz a Nonô que achou que João está estranho.

Isabel conversa com Urbano e queixa-se de a verem como a psicóloga do centro comercial, aludindo aos desabafos de Nicole sobre o problema sexual de Hernâni e às angústias de Áurea por causa da doença de Inês. O marido afirma que isso só acontece porque as pessoas confiam nela. Isabel lembra que não podem falhar à estreia da peça de Áurea e Rafael.

Bruno, assiste ao ensaio da peça de teatro e confessa a Áurea e Rafael que tem pena de não estar na estreia. O encenador aconselha-o a aproveitar a estadia em Londres para ir ao teatro porque lá estão sempre em cena muitas peças. Bruno fica um pouco triste e quando o filho vai à casa de banho, Áurea conta a Rafael que ele se sente um pouco culpado por viajar com a irmã tão doente.

Amélia comenta com Ester que lhe faz impressão que Inês queira sujeitar-se a um tratamento com choques eléctricos. A patroa diz que têm de pensar muito bem se permitem que isso aconteça mas também não está a ver o médico recomendar um tratamento que não seja eficaz.

João desabafa com Lucas a sua mágoa por Mariana ter tentado fugir com a filha, mantendo-o à margem de tudo. João está certo que não tem o papel que pensava ter na vida da companheira. Lucas percebe a tensão que o irmão está a viver e leva-o para fazer uma corrida, assegurando que no final conseguirá pensar melhor no que vai fazer.

Vera volta a questionar Sebastião, desconfiada que ele teve uma recaída e voltou a consumir droga. O namorado nega e Vera pede-lhe que fale com ela se voltar a sentir que quer consumir. Quando vão para pagar as bolachas que foram comprar, Sebastião diz que não tem dinheiro. Vera saca de uma nota e diz que têm de ir ao multibanco para que ele lhe pague o bilhete do concerto. Sebastião pede para saldar a dívida quando receber o que leva Vera a desconfiar novamente dele. No entanto, o rapaz justifica que comprou alguns livros de cozinha e por isso não tem muito dinheiro. Vera acaba por acreditar nas suas palavras.

Amélia e Ester lamentam não ver Joaninha há muito tempo. Ester assume que o problema de Inês não tem facilitado a vida e o receio de que Áurea se possa ressentir disso também não ajuda. Alberto afirma que têm de proteger a filha e a neta, enquanto Ester confia que Inês irá melhorar. Alberto constata que está a braços com muitos problemas ao mesmo tempo. Ester desdramatiza e diz que têm de pedir a Carminho que lhes leve a neta para a verem.

Jorge e Artur conversam com Júlia e Carminho sobre os cortes de ordenados que vão sofrer na revista. Júlia tem de ir ver o jantar que está a fazer e Carminho vai com ela para a cozinha. Artur diz a Jorge que ainda não contou a Júlia que está a pensar regressar a Lisboa, porque quer assegurar-se de que a transferência é mesmo viável. Enquanto isso, Júlia tira uma nódoa que fez na blusa de Carminho e reafirma que está empenhada em defender o seu casamento com Artur, afastando-se de Duarte. Carminho aproveita para confessar que, apesar de Jorge ser o homem da sua vida, tem reparado ultimamente num professor do ginásio, que a faz sentir como uma adolescente.

João regressa a casa e, apesar das súplicas de Mariana, diz que não lhe consegue perdoar e que se vai embora.

João não aceita as justificações que Mariana lhe dá para justificar o facto de lhe ter escondido que planeava fugir com Carolina. O namorado diz que ela foi egoísta e que só não partiu, porque Júlia a impediu. Mariana defende-se, tentando que ele compreenda porque é que ela optou pela filha, mas João não se comove e diz que vai fazer a mala. Mariana chora desesperada.

Júlia janta com Artur, Jorge e Carminho. Falam sobre a reestruturação da Blondie e Artur revela que ainda não tem data para voltar a Praga. Júlia mostra-se feliz por poder estar com ele mais tempo do que é habitual. O casal inteira-se sobre o estado de saúde de Inês e Carminho admite que ela piorou. Jorge não entende como é que ela insiste em tratar-se com electro-choques mas Artur esclarece que esse tratamento é praticado com sucesso em vários países. Entretanto, Júlia recebe uma chamada do advogado de Raquel a informar que a audiência da sua cliente para obter a liberdade condicional está marcada para a manhã seguinte. Embora um pouco tensa, telefona a Mariana para lhe contar a novidade. No entanto, quando a filha atende o telefone, chora desesperada e conta que João está a fazer as malas para sair de casa. Marina diz a Júlia que tem de desligar e suplica mais uma vez a João para que reconsidere e que espere até ao dia seguinte para conversarem com mais calma. O companheiro responde que ela não pode pedir-lhe para ficar, depois de o ter excluído da sua vida. João sai finalmente de casa e Mariana fica com o rosto banhado em lágrimas.

Gui admite a Duarte e Filipa que exagerou ao pensar que Mariana tinha roubado o passaporte de Carolina. Filipa censura-o por isso e diz que está na altura de ele deixar a filha passar mais tempo com a mãe. Duarte vinca que está sempre a dizer-lhe isso. Gui afirma que deu um dedo e que eles querem logo o braço todo e acrescenta que têm é de pedir uma segunda via do passaporte da menina porque estão quase a ir de férias. Filipa duvida que assim seja porque está na eminência de ficar com menos dinheiro no ordenado por causa das restrições financeiras da revista. Gui, sem tacto algum afirma que não vai ser por isso que não vão de férias, provocando desconforto à namorada. Por falar em férias, lembra-se de contar ao irmão que a mãe lhe enviou uma mensagem a dizer que foi de férias para o sul de França. Duarte comenta, com ironia, que Teresa estava tão preocupada com o dinheiro que o pai lhe tinha roubado, que agora viajou para um dos países mais caros da Europa. Duarte interroga-se se Bernardo terá tanto dinheiro que lhe permita acompanhar a mãe nessas viagens e Gui mostra-se convencido de que é ela quem paga tudo. Filipa e Gui mudam de assunto e insistem em pressionar Duarte a namorar com Mafalda. Ele desvaloriza o assunto mas acaba por confessar que passeou com a ama de Martim, durante a tarde à beira do rio.

Artur troca um olhar comprometido com Jorge, depois de Carminho dizer que têm de repetir o jantar antes que ele regresse a Praga. Júlia vem dos quartos com um saco com alguns pertences, uma vez que decidiu ir dormir a casa de Mariana, preocupada com o facto de ela estar sozinha, depois de João ter resolvido sair de casa. Artur dá mimos a Júlia e afirma que compreende que ela queira estar perto da filha quando aquela precisa do seu apoio.

Bruno, diz a Áurea que já tem a mala feita para viajar para Londres e pergunta se pode visitar Inês antes de ir para o aeroporto. A mãe para de passar a ferro e senta-se a seu lado para lhe explicar que a irmã está a tomar muitos medicamentos e que não ia gostar que ele a visse no estado em que se encontra. O filho desiste da ideia, mas exige à mãe que, sem mentiras, o mantenha informado sobre o estado de saúde da irmã.

Paulo queixa-se de que vai ficar sozinho e sem amigos para se divertir porque Bruno está de partida para Londres e Tânia vai para Madrid. Vera brinca com ele e chama-lhe coitadinho. O rapaz deseja que os pais regressem depressa a Portugal para as férias e Amélia conta que o filho António não se pôs ainda a caminho, porque tem o carro na revisão. A empregada confessa que tem vontade de ir passar uma temporada ao Luxemburgo, porque já está a ser um grande estorvo para a família Galvão, desde que fracturou a perna. Paulo garante que se for para lá viver para sempre, fugirá nem que seja a pé.

Ester confidencia a Alberto que está a pensar oferecer estadia lá em casa ao filho e à nora de Amélia, acrescentando que só não preveniu a empregada porque tinha esperança de que Inês pudesse regressar a casa, já recuperada. Ester e Alberto continuam apreensivos com a ideia da neta, que quer tratar-se com electro-choques. No entanto, decidem respeitar a sua vontade e avançarem para o tratamento.

Nicole chega à sala e encontra Hernâni de cócoras à frente de uma tomada. O marido esclarece que está a tentar colocar os dedos na ficha, pois se Inês está prestes a fazer um tratamento com choques, talvez com ele também resulte para recuperar a erecção. Ela ri-se do disparate e consegue convencer o marido a marcar consulta para um urologista. A manicura dá mimos a Hernâni, confiante de que ele vai ultrapassar o problema.

Luísa cerca Ivo e exige-lhe que lhe conte que tipo de massagem deu a Nicole para que ela tivesse saído a correr da loja. Ivo limita-se a responder que sentiu apenas um grande fluxo de energia nela e que lhe aplicou a técnica adequada. Ciumenta, Luísa avisa-o de que não quer que ele dê tratamento especial nem a Sónia, nem a Nicole e obriga-o a compensá-la em dobro. Ivo afiança que será um prazer e leva Luísa para a sala de massagens.

Cátia prossegue o seu plano para roubar Cristóvão a Matilde e aconselha-o a oferecer um jantar romântico à namorada. Maliciosa, conta que ela lhe confessou gostar muito de marisco e Cristóvão acredita, saindo disparado da loja, para ir convidar Matilde. Sónia desconfia e pergunta à prima se a rapariga gosta mesmo de marisco. Cátia sorri e responde que ela odeia e até é alérgica, garantindo que não vai perder Cristóvão para uma feiosa. Sónia afirma que a prima está a ficar perversa. Ao olhar para o computador, Sónia fica indignada com as baixas ofertas que recebe pelo seu automóvel, a quem os ladrões roubaram as rodas.

Júlia e Artur esforçam-se por confortar Mariana mas ela chora e mostra-se convencida de que João não vai voltar para casa. O telemóvel toca nesse instante e Mariana está tão desanimada que nem se dispõe a atender Nonô, apesar de saber que a amiga está preocupada com ela.

Filipa acaba de adormecer Carolina e Gui elogia-lhe o jeito para tratar da menina. Quase de chofre pergunta à namorada quando terão um filho juntos. Filipa, irónica, pergunta onde iria ser o quartinho desse bebé já que estão a viver no hotel. Ele responde que estava a tentar ser romântico e recrimina-a por ter estragado o momento. Filipa justifica que teve um dia péssimo que culminou com a notícia de que vai ganhar menos. Gui adverte que podia ter sido pior e insiste que não será por isso que vão deixar de ir de férias. Ela repisa que não gosta que ele lhe pague coisas mas Gui começa a beijar-lhe o corpo e Filipa deixa-se levar.

João toma um café com o pai e reconhece que se enganou em relação a Mariana, dizendo que ele estava a remar numa direcção e ela noutra. Álvaro questiona se ele não terá sido precipitado ao sair de casa mas João garante que pensou bastante nessa decisão antes de a tomar.

Mariana tem um despertar triste e nem sequer consegue comer, desejando apenas que João volte para casa. Júlia apoia a filha e garante que ela e o namorado ainda se vão entender. Mariana lamenta-se por ter perdido o namorado e ainda por cima ficou com uma divida no cartão de crédito. A mãe oferece-se para tentar recuperar o dinheiro das viagens ou marcar para outra altura, arriscando que até pode fazê-la com João, noutras circunstâncias. Júlia recebe então uma chamada do advogado de Raquel que informa que ela conseguiu que o juiz lhe concedesse a liberdade condicional. Júlia e Mariana abraçam-se emocionadas com a boa notícia.

Babi procura João no banco e aconselha-se sobre a melhor poupança que pode subscrever para acautelar o futuro universitário de Nonô. Depois de tratar do assunto, Babi atreve-se a confirmar com João se ele saiu realmente de casa e rompeu com Mariana. O rapaz mostra-se envergonhado pela situação mas fica agradado com o apoio de Babi, que se mostra convencida de que o amor vai vencer e que ele se vai reconciliar com a namorada.

Isabel insiste em martirizar-se com a ausência de Mónica e confessa a Nicole que tem cada vez mais medo de que a filha queira ficar com os irmãos para sempre. Nicole diz que é natural que, como adolescente, ela esteja entusiasmada por estar a passar férias longe da vista dos pais. Isabel deseja que Nicole tenha razão.

Carminho e Urbano comentam o sucesso que Ivo está a ter como massagista no centro comercial. Nisto, ela lembra-se de que é o dia da audiência que pode devolver a liberdade a Raquel. O médico liga a Júlia para saber se já há novidades. Júlia conta empolgada que Raquel vai sair da cadeia em liberdade condicional. Depois de desligar o telefone, desafia Mariana a irem esperar Raquel. Ela não está muito receptiva mas acaba por aceitar.

Na clínica, Urbano conversa ainda com Carminho sobre o regresso de Raquel, despertando a atenção de Hugo que espera na recepção que Lúcia lhe entregue as toalhas para o treino. O médico e a massagista percebem que ele ouviu e evitam estar a alimentar conversas. Hugo fica pensativo.

Raquel despede-se de Patrícia e aconselha-a a portar-se bem na cadeia, até que possa também voltar à liberdade. Na hora do adeus as companheiras de cela abraçam-se, emocionadas. Depois de passar os portões para o exterior da cadeia, Raquel olha em volta e fica em estado de choque quando Hugo para o carro a seu lado exclamando que ela não parece muito animada por vê-lo.

nas redes

pesquisar