SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 20 a 26 de junho

Bernardo mata Lurdes; Júlia e Artur casam-se; Áurea esfaqueia Lourenço e é detida!

Duarte garante a Gui que só está interessado em preservar o seu casamento com Inês, apesar das cenas de ciúmes que a mulher continua a fazer por temer perdê-lo para Júlia. O irmão continua a não acreditar naquele discurso.

Júlia cuida de Artur e mostra-se arrependida por tê-lo trocado pela ilusão de uma relação com Duarte. Arrebatada pela sua confissão, admite que quer que Artur lhe dê nova oportunidade. Ele aceita o desafio mas impõe como condição que ela aceite ir com ele para o estrangeiro, depois de casarem. Júlia fica sem saber o que dizer, perante a declaração de amor, que pode mudar a sua vida por completo.

Artur explica a Júlia que quer casar com ela e viver algum tempo no estrangeiro para ultrapassar as suas inseguranças em relação a Duarte, firme na convicção que só longe dele é que Júlia poderá construir um novo e sólido relacionamento. Ela responde que foi apanhada de surpresa e pede algum tempo para pensar. Artur volta a surpreender, pedindo a Júlia que se decida depressa, pois tem algumas pessoas a aguardarem que ele tome decisões.

Jorge fica incomodado com a insistência de Carminho para que ligue a Artur de modo a saber se o incêndio da Blondie compromete o seu futuro. Urbano lamenta o azar de Jorge mas decide não prolongar a conversa, porque percebe que o casal está prestes a zangar-se. O médico conta que Isabel se enervou muito no dia anterior porque Sónia e Luísa voltaram a desentender-se. Carminho diz imaginar a razão de mais uma zanga.

No centro comercial, Miguel queixa-se de ter passado a noite numa pensão e Isabel diz que é bem feito para não trair Sónia outra vez. Hernâni mete-se na conversa e provoca Miguel, lembrando que quem tudo quer tudo perde. Miguel avista Sónia e tenta a reconciliação. Ela manda-o comprar uma manta e Hernâni volta à carga e comenta que ele já teve a vida mais fácil. O vendedor não gosta da piada e lembra ao segurança que isso aconteceu quando lhe ficou com o negócio e a mulher. Hernâni responde que só não lhe parte a cara para não prejudicar a sua imagem profissional. Miguel desdenha e contrapõe que ele se acha o chefe das forças armadas.

Sónia conta a Cátia que Miguel propôs namorar com ela e com Luísa ao mesmo tempo, garantindo à prima que não quer mais nada com ele.

Isabel faz de confessora de Luísa e irrita-se com ela, porque a decoradora a aconselha a experimentar estar com Miguel. A impor respeito, Isabel afirma que é comprometida e Luísa provoca ainda mais, dizendo na brincadeira que ela pode levar Urbano, uma vez que Miguel é muito liberal. Isabel fica intrigada e pergunta a Luísa o que é que ela fez a Sónia para ela andar tão calma com Miguel, ignorando-o. Luísa comenta que ela se acha melhor do que é, mas já percebeu que não tem mãos para Miguel.

Artur diz a Júlia que a vai deixar a sós para que pense na sua proposta, enquanto ele encontra maneira de colocar a revista de novo a funcionar. Despedem-se com um beijo rápido e, depois de fechar a porta, Júlia faz uma chamada, murmurando para si que precisa de falar com alguém.

Duarte termina a conversa que está a ter com Teresa ao telefone e, depois de desligar, conta a Gui que a mãe já está a caminho de Évora com Bernardo. O irmão está algo distante, absorvido pelo trabalho, mas fica atento quando Duarte lhe pergunta se a mãe lhe deu conta de estar a passar por algum problema. Gui reage com alguma irritação e deixa o irmão desconfiado.

Sem os patrões em casa, Lurdes veste as roupas de Teresa e começa a imitá-la.

Cátia ensaia expressões faciais ao espelho. Cristóvão observa-a sem se denunciar, até que Cátia se sente observada e percebe que ele está ali. Cristóvão elogia-a e pergunta-lhe se o namorado não faz o mesmo. Cátia confessa que, ao fim de algum tempo, as relações caem na monotonia, deixando Cristóvão esperançado de que, um dia, ainda a conquistará. Entusiasmado, aconselha-a a ir com o cabelo solto para o casting, porque é assim que as divas fazem. Cátia sorri.

Artur conta a Jorge como é que Carlos o surpreendeu e pegou fogo ao edifício da Blondie. Depois de relembrar como tudo aconteceu, Artur tranquiliza Jorge, confirmando que os postos de trabalho não estão em causa, pois já recebeu essa garantia da administração. Jorge garante que ele e os colegas que chefia vão dar tudo por tudo para que a revista continue a ser publicada sem interrupções. Artur afirma que confia tanto na sua capacidade de liderança que lhe vai contar um segredo.

Carminho recebe com surpresa a notícia de que Artur pediu Júlia em casamento. A amiga confessa que está cheia de dúvidas, porque ir viver para a República Checa significa voltar as costas à filha, à neta e à irmã, que precisam dela. Carminho tem opinião contrária e argumenta que ela tem de pensar um pouco em si. A conversa é interrompida pela chegada de Inês, que causa grande constrangimento. Júlia decide ir-se embora e trata Inês de forma seca. A arquiteta fica irritada e insinua o seu desagrado a Carminho. A tia deixa claro que não lhe admite certos comentários e duvida que ela tenha percebido que vai cruzar-se com Júlia muitas vezes. Inês fica furiosa.

Áurea esclarece Ester e Amélia que pareceu estar em baixo porque se tinha zangado com Lourenço. Confirmando que agora já se entendeu com o namorado, Áurea centra as suas atenções em Bruno, pois notou que ele tem andado estranho. Ester e Amélia também acham que existe algo para que o miúdo esteja assim e a empregada acha que ele e Paulo não andam em sintonia.

Vera confessa a Sebastião que lhe apeteceu contar aos tios tudo sobre as mentiras de Lourenço. No entanto, assume que não o fez porque cabe a Áurea contar o que entender. Sebastião espera que ela tenha terminado o namoro e Vera concorda.

Sónia e Luísa pedem, quase ao mesmo tempo, água a Isabel. Miguel murmura que elas têm os mesmos gostos. Sónia e Luísa ficam perturbadas com o encontro e afastam-se rapidamente, dizendo em simultâneo que depois pagam. Isabel fica curiosa e pergunta a Miguel como conseguiu acalmá-las. Ele responde que tem os seus truques e vai para a loja de lingerie.

Hernâni diz que é uma vergonha Miguel ter andado a namorar duas mulheres ao mesmo tempo. Nicole lembra-lhe que não pode falar muito, porque também andou metido com várias quando eram casados. Ele abraça-a e diz que pode esquecer essas traições, porque ela é mesmo a mulher da sua vida. Cátia interrompe o momento romântico a pedir auxílio, pois tem uma unha partida e um casting para fazer. Cátia deixa cair a bolsa e, quando a apanha, Hernâni olha-lhe para o rabo. Nicole repara mas não diz nada e corre com ele. Hernâni fica melindrado mas ganha um beijinho. No entanto, Nicole fica a vê-lo afastar-se, desconfiada.

Carminho e Jorge comentam a possibilidade de Júlia e Artur irem viver no estrangeiro. O jornalista mostra pena de perder o seu diretor, enquanto a massagista reconhece que lhe custa ver partir a amiga. Carminho partilha com Jorge a cena que Inês lhe fez, depois de se cruzar com Júlia. O casal continua a pensar que Inês devia consultar um psicólogo, mas Carminho insiste que não pode obrigá-la.

Raquel confessa a Júlia e Mariana que já está farta de falar de Hugo e diz à irmã e à sobrinha para não perguntarem por ele se sabem que não vão gostar da resposta. Mariana mostra-se indecisa em ir ao Funchal, convidada para um trabalho de modelo. Júlia e Raquel reafirmam que podem ficar com Carolina. Nesse momento, Mariana recebe uma chamada de Gui e fica surpreendida, porque ele pede para ver a filha.

Lurdes desfruta do sol à beira da piscina enquanto toma uma bebida.

Gui aproxima-se de Mariana, colocando em prática o plano traçado por Teresa, com o intuito de recuperar a guarda de Carolina. Fala para a menina com carinho e mostra-se interessado na vida da ex-mulher, só para perceber se pode apontar-lhe alguma falha. Quando Nonô chega e fala da viagem profissional de Mariana ao Funchal, Gui redobra o seu interesse, perguntando com quem é que ela tenciona deixar a filha de ambos. Gui também fica surpreendido por Mariana confirmar que fez as pazes com Vera.

Vera não se contém e conta que Áurea foi enganada por Lourenço e que por isso andava abatida. Alberto fica indignado e quer telefonar à filha para lhe abrir os olhos. Ester coloca água na fervura e impede o marido de reagir a quente, preferindo ser ela a tratar do assunto. Na altura em que liga a Áurea, esta está acompanhada por Lourenço e fica irritada ao sentir que os pais se estão a intrometer na sua vida. Lourenço também se mostra receoso com a reação que a família Galvão possa ter, depois de ter enganado toda a gente.

Artur pressiona Júlia para que decida se vai com ele para a República Checa, isto é, se aceita casar com ele nessa condição. Júlia reafirma que está indecisa porque a família precisa dela, mas promete fazer a sua escolha em breve.

Inês mostra a Duarte as roupas que comprou para o bebé e ambos acertam a ida à consulta de terapia conjugal.

Lurdes adormece na espreguiçadeira à beira da piscina e acorda sobressaltada, quando um homem a arrasta para o fundo da piscina. A empregada de Teresa debate-se, mas não consegue fazer nada contra a força do agressor. O assassino é nem mais nem menos do que Bernardo, que sai da piscina ofegante. O corpo de Lurdes fica a boiar.

Bernardo confirma dentro da piscina que Lurdes está morta e começa a trocar a roupa molhada, por outra seca que retira de um saco.

Áurea chega a casa dos pais e obriga Bruno a ir para a saleta onde Paulo está a estudar, para poder falar à-vontade sobre a sua relação com Lourenço. Confirma que se zangou com o namorado e critica Vera por ter contado o incidente. A rapariga fica aflita e diz que o fez porque ficou preocupada. Alberto não se conforma e pergunta à filha porque é que ainda namora com um aldrabão. Ester tenta controlar o marido, enquanto Amélia murmura entre dentes, e com ironia, que o patrão tem uma grande delicadeza. Áurea acrescenta que perdoou Lourenço, pois foi convencida pelas explicações que ele lhe deu. Ester ainda insiste para saber se a filha anda a sustentar o namorado, mas Áurea mente e diz que ele está a receber do fundo de desemprego, ocultando que já lhe emprestou dinheiro da fábrica. Na sala ao lado, Bruno ganha um jogo de consola a Paulo e festeja com agressividade. O amigo chama-lhe à atenção e fica a perceber que o comportamento de Bruno mudou, por pensar que ele está interessado em Tânia. Paulo esclarece tudo, afirmando que só gosta de Tânia como amiga e que nunca se interessaria pela namorada de um amigo. Bruno fica aliviado e pede desculpa a Paulo por tê-lo tratado mal. As pazes são feitas e o jogo prossegue com a desforra de Paulo.

Tânia regressa a casa depois das aulas e Nicole percebe que ela está meio desanimada. A filha ganha coragem e confia-lhe que quer acabar o namoro com Bruno mas não sabe como fazer. Nicole é obrigada a disfarçar quando Hernâni aparece de repente e pergunta com quem é que a filha está encantada. Mas depressa Hernâni passa a ser o alvo da irritação de Nicole porque fala com grande interesse da cor da farda de Cátia, gerando a desconfiança da ex-mulher.

Cátia está eufórica, porque conseguiu finalmente o papel principal num filme. Cristóvão estranha quando ela conta que o realizador só precisou de trinta segundos para gritar que esteve a carreira toda à espera de uma atriz como ela. Sónia não se mostra tão efusiva, ainda magoada com a traição de Miguel. No entanto, não quer reconhecer a dor de cotovelo e afirma que dele só quer é distância.

Luísa culpa Miguel por ter aceitado o telemóvel que Sónia lhe deu, sem pensar que poderia ser um presente envenenado. Isabel critica a amiga por se estar a descartar, em vez de reconhecer que o errado é andar atrás dos namorados das outras. Luísa insiste que não tem feitio para relações estáveis e permanentes. Urbano chega nesse instante e vai buscar Isabel para irem jantar fora. Luísa observa-os enquanto se afastam. O seu olhar esbarra no de Sónia e ambas mostram desprezo uma pela outra.

Artur, pressionado pela administração da empresa que é dona da Blondie, é forçado a pressionar Júlia a aceitar casar-se com ele e ir viver durante algum tempo para fora do País. Júlia fica muito nervosa e ainda tenta argumentar que não pode tomar uma decisão tão importante de um dia para o outro. Artur reafirma que ela terá de tomar uma decisão no dia seguinte, uma decisão que se toma com o coração. O jornalista despede-se com um abraço envolvente e Júlia fecha a porta, ligando muito aflita a Mariana a quem pede para conversar.

Inês conversa com Duarte sobre a consulta de terapia conjugal que vão ter. Confessa que já vê uma luzinha ao fundo do túnel, sentindo que agora estão os dois a caminhar na mesma direção. Duarte sorri e assume que gosta de a ver feliz.

Júlia explica a Mariana que Artur a pediu em casamento, com a condição de viverem uns tempos na República Checa. A filha não se mostra muito recetiva à ideia. No entanto, quando Júlia, já de lágrimas nos olhos, decide ficar porque quer ver a neta crescer, Mariana assume que não tem o direito de lhe pedir esse sacrifício.

Gui recebe uma chamada de Teresa e, depois de desligar, conta a Cátia que a mãe lhe pediu para ir a casa dela porque acha que se esqueceu do cofre aberto, temendo que a empregada tenha tentações. Cátia queixa-se que ele apenas lhe deu os parabéns por ter conseguido o papel no filme, esperando muito mais. Gui limita-se a dizer que ela vai ser maravilhosa e sai, já atrasado para trabalhar. A namorada fica aborrecida.

Ao contrário, Cristóvão comenta com Hernâni que Cátia conseguiu finalmente um papel de relevo num filme. O segurança prefere realçar os atributos físicos de Cátia, mas é repreendido por Cristóvão, que não gosta dos comentários. Hernâni tenta explicar que se ele quer conquistar a rapariga tem de a satisfazer a todos os níveis e tem igualmente de mudar a imagem, mas Cristóvão não entende.

Lúcia conta a Nicole que foi a uma astróloga e que ficou impressionada porque a senhora acertou em tudo sobre a sua vida. A manicura mostra-se curiosa e Lúcia dá-lhe o contacto da vidente. Júlia chega nesse instante e vai com Nicole, pois têm de entrevistar uma rapariga que pretendem contratar. Quando Nicole pergunta a Júlia como está a irmã, ela responde que Raquel está a recuperar.

Raquel conversa com Babi e conta que está a recuperar bem. A amiga recomenda-lhe que continue atenta a uma eventual recaída. Raquel revela que vai fazer mais exames dentro de três meses.

Júlia e Nicole contratam a manicura para a clínica. Carminho chega vinda da sala de massagens e pergunta a Júlia se já decidiu a sua vida. Nicole fica então a saber que Artur pediu a amiga em casamento e que quer que ela vá com ele para a República Checa. A manicura nem se atreve a dar conselhos, apesar de Júlia revelar que Mariana lhe deu todo o apoio para ir com Artur.

Jorge avalia as opções para que a Blondie continue a ser publicada, mas Artur está desatento. O diretor acaba por confessar que está ansioso com a resposta que tem de dar a quem o convidou para ir abrir a revista na República Checa, para além do receio que tem de que Júlia não aceite casar e ir com ele. Jorge concorda que a amiga não gosta de ser pressionada, mas Artur precisa de saber se ela o ama de verdade para não ter mais desilusões.

Gui está a conversar com uma professora da faculdade e Duarte aconselha-o a não estragar a relação com Cátia por causa de um devaneio. O irmão brinca com a situação, dizendo que não é pecado olhar. Duarte decreta que se acabaram as conversas no chat, na agência. Gui convida o irmão para ir com ele a Sintra fechar o cofre da mãe. Duarte diz que não pode, pois tem consulta conjugal com Inês.

Sónia pede uma sopa a Isabel e senta-se. Miguel aproxima-se e pede-lhe que compreenda que é a sua virilidade genética que o faz andar com várias mulheres ao mesmo tempo. Sónia não fica convencida e Miguel pede-lhe que valorize a sua franqueza. Sónia fica amuada.

Lourenço faz questão de pagar o almoço a Áurea, dizendo que tem dinheiro e anunciando que já acertou uma entrevista de emprego. Ao ver Sebastião, dirige-se ao rapaz e pede desculpa por tê-lo enganado, assegurando que não teve a intenção de o prejudicar. Sebastião aceita as desculpas e Áurea, muito orgulhosa, abraça e beija o namorado.

Mariana almoça com Vera e Nonô. As amigas auguram-lhe uma grande carreira como modelo fotográfico. Ela pensa mais nos estudos e pensa escolher comunicação empresarial como curso, já que o pai lhe deixou os hotéis para gerir até Carolina atingir a maioridade. Nesse momento, João manda-lhe uma mensagem e Mariana diz às amigas que vai convidá-lo para passar lá em casa para perceber como é que ele encara Carolina. Vera e Nonô estão muito curiosas para verem como é que a vida da amiga se vai transformar.

Júlia conta a Raquel a proposta que Artur lhe fez. A irmã não sabe o que dizer, afirmando que só ela pode decidir.

Gui chega a casa da mãe e procura por Lurdes. Depois de correr a casa toda sem obter qualquer resposta, fala com a mãe, dizendo que não encontra a empregada e que o cofre, afinal, estava fechado. Teresa aconselha-o a espreitar no jardim para ver se encontra a empregada. Gui vai até ao jardim e fica estarrecido ao deparar-se com o corpo de Lurdes a boiar dentro da piscina.

Inês confessa a Duarte que esteve quase a chorar a certa altura da sessão de terapia conjugal. No entanto, recusa desistir e o marido concorda que estão no bom caminho para curarem as feridas que os afastaram. Nesse momento, Duarte recebe uma chamada de Gui e fica estupefacto quando o irmão lhe conta que encontrou a empregada da mãe morta, dentro da piscina.

Raquel e Júlia trabalham no Dancin’ Days quando Artur bate à porta do escritório. Raquel deixa-os a sós para conversarem à-vontade. Artur pergunta a Júlia qual é a sua decisão. Ela começa por dizer que pensou muito e que ele sabe que ela o adora. Artur fica preocupado e adivinha que ela vai recusar casar e ir com ele para o estrangeiro. Júlia fica tensa, sem saber o que dizer.

Júlia diz a Artur que aceita casar com ele desde que não a obrigue a ficar desterrada na República Checa, prometendo ao mesmo tempo que vai enterrar o passado e fazê-lo muito feliz. Artur perscruta o olhar de Júlia para avaliar a sua sinceridade e rapidamente decide aceitar. Diz que vai comunicar à administração da empresa que não quer sair de Lisboa e levanta Júlia no ar, beijando-a apaixonadamente.

Duarte telefona a Teresa e informa a mãe de que Gui encontrou Lurdes morta, dentro da piscina. Quando desliga a chamada, conta a Inês que a mãe e o namorado vão regressar a Lisboa imediatamente. Inês está nervosa mas quer acompanhar Duarte, que vai ter com o irmão a Sintra. Duarte prefere poupá-la e a mulher pede-lhe que dê um beijo a Gui.

Júlia conta à irmã que decidiu casar com Artur e que ele concordou em ficar em Lisboa. Raquel abraça-a e cumprimenta Artur com um aperto de mão, dizendo que não tem qualquer ressentimento. Júlia e Artur estão de acordo quando preferem um casamento simples e rápido, pensando numa lua de mel prolongada. Júlia comove-se e diz que nunca pensou estar tão feliz, até porque estão todos a conseguir dar-se bem.

Áurea regressa à fábrica e explica que se demorou mais porque Lourenço encontrou Sebastião no centro comercial. Ester e Amélia ficam a pensar que chegaram a vias de facto mas Áurea apressa-se a esclarecer que Loureço, fazendo jus à sua educação, foi ter com Sebastião e pediu desculpa por lhe ter mentido. Acrescenta que o namorado já acertou uma entrevista de emprego numa empresa de bebidas. Ester e Amélia sorriem, como que concordando que tudo acabará bem.

Alberto conta a Urbano como ocupa o tempo na faculdade - mais com atividades extracurriculares do que a estudar -, levando o médico a sorrir. Alberto e Urbano emocionam-se quando recordam Zé Maria, dizendo que têm de combinar uma partida de golfe para homenagear o amigo.

Mariana, Vera e Nonô dividem um pote de gelado. Mariana fica eufórica ao receber uma chamada de Júlia a anunciar que vai casar com Artur e que vão viver em Lisboa. Nonô e Vera também ficam agradadas com a notícia e, antes de irem embora, intimam Mariana a contar-lhes tudo sobre o encontro com João, exigindo no mínimo um beijinho. Mariana diz que não vai haver beijo algum. Todas se riem com a situação.

Miguel vai ter com Luísa à loja de decoração e insiste com ela para que aceite uma relação a três, dividindo-o com Luísa não gosta da ideia inicialmente, mas fica a pensar no assunto depois de Miguel ir embora.

Hernâni mede o seu músculo e compara-o com o de Cristóvão. Este defende que o tamanho não interessa e Hernâni pergunta a Sónia se gosta mais de um homem musculado ou lingrinhas. Ela responde, irritada, que se pudesse atirava todos ao rio. Cristóvão explica que ela ainda está a recuperar da segunda infidelidade, enquanto Hernâni afirma que ficou mais azeda porque se meteu com quem não devia. Sónia fica furiosa. Hernâni diz a Cristóvão de que tem de mudar o seu físico se quer levar Cátia para a cama. O gerente da loja gourmet assevera que só gosta de estar e de falar com ela. Hernâni acha que ele vai gostar mais quando der uma voltinha no "carrossel" de Cátia. Descuida-se e aperta o braço de Cristóvão, fazendo com que ele se queixe.

Nicole brinca com Cátia e diz que ela conseguiu brilhar no casting graças à unha que ela arranjou. Cátia diz estar convencida que ainda vai ser uma estrela. Nicole lembra-se que marcou uma consulta com uma astróloga e não nega que é por desconfiar do comportamento dos homens, insegura com Hernâni.

Duarte conforta Gui, que ainda está pálido depois de ter encontrado Lurdes morta na piscina. Gui não percebe como é que a empregada morreu e começa a pensar que não terá sido por acidente. Duarte não acredita nessa tese, convencido de que a empregada terá escorregado, remetendo para a investigação que a polícia vai fazer. Gui diz não estar a gostar nada daquilo, enquanto Duarte acredita que tudo correrá bem.

João chega a casa de Mariana e pede-lhe logo para conhecer Carolina. Ela diz que a filha está a dormir mas leva-o ao quarto da menina.

Hugo conta a Raquel que conseguiu os financiamentos que precisava para arrancar com a empresa. Depois, confessa que não consegue deixar de pensar nela e começa a beijá-la cada vez com mais intensidade. Ela trava-lhe os ímpetos e ele promete dar-lhe o tempo que necessitar para voltar a confiar totalmente nele. Os dois acabam por sorrir, mas por razões diferentes. Ela porque está a conseguir enganá-lo e ele porque julga estar a reconquistá-la.

Mariana fica derretida quando João pede para pegar em Carolina ao colo, dizendo que ela é a menina mais bonita de todas.

Carminho fica radiante com a notícia de que Júlia vai casar com Artur. A amiga irradia felicidade e confessa que não estava preparada para viver no estrangeiro. Carminho oferece-se para ajudar nos preparativos do casamento e Júlia revela que Artur quer casar imediatamente e que até já anda a falar na lua de mel, que ela considera o mais interessante.

Jorge dá os parabéns a Artur pelo casamento e confessa que estava a ficar apreensivo com a possibilidade de ter de lidar com outro diretor. Artur avisa-o de que terá de tomar conta da revista quando ele for em lua de mel.

Alberto toca harmónica, tentando seguir a música que toca na aparelhagem. O ensaio é tão desastroso que Vera e Paulo se esforçam para não desatarem à gargalhada. Amélia e Ester também não conseguem conter o riso e Alberto fica amuado, sentindo-se gozado. Ester põe água na fervura e faz-lhe uma festa. O marido pergunta-lhe por Áurea e Bruno e Ester diz que ela vai jantar em casa com Lourenço. Alberto irrita-se e acha que deviam envenenar o namorado da filha.

Tânia acaba o namoro com Bruno e deixa-o triste, pois não percebe o motivo de tal decisão, embora garanta que a sua opção nada tem a ver com o regresso de Paulo. Tânia diz que podem continuar amigos como antes e foge para a loja Nails. Chega quase a chorar e conta a história à mãe. Nicole abraça-a e Hernâni entra nesse momento, ficando a saber que a filha namorava com Bruno. O segurança faz uma cena, mas Nicole repreende-o, acusando-o de ter uma mente suja. Tânia atira-se para o sofá.

Cristóvão pede um autógrafo a Cátia, mas ela responde que ainda é muito cedo para isso. O gerente da loja gourmet oferece-se para a ajudar a decorar o texto para a curta-metragem em que vai participar. Inicialmente, Cristóvão começa a ficar excitado porque pensa que ela vai aceitar, mas ela agradece-lhe do fundo do coração e acaba por dizer que está a contar as horas para ir apoiar Gui, que viveu um dia difícil.

Gui informa-se como está a correr a investigação inicial à morte de Lurdes junto do inspetor Barreto. Barreto confirma que o cadáver está a ser avaliado pelo médico legista, confirmando que parece tratar-se de afogamento. Teresa e Bernardo entram em casa e a matriarca vai logo abraçar o filho. Gui apresenta-os ao inspetor que começa a interrogá-los. Gui observa-os atentamente.

Inês conversa com Carminho e confessa que lhe daria uma coisinha má se fosse ela a encontrar a empregada morta em casa. Falando de si e de Duarte, a arquiteta assume que o casamento está melhor e que a sessão de terapia está a ajudá-la a superar a ansiedade. Apesar de reconhecer que tem de deixar de encontrar problemas em tudo, fica perplexa quando a tia lhe conta que Júlia vai casar com Artur.

Mariana conversa com Júlia sobre o vestido que ela deverá escolher para o casamento com Artur. A mãe pergunta-lhe por João e Mariana não consegue esconder que apreciou muito o facto de ele ter gostado muito de Carolina. Júlia pressente a filha apaixonada, mas ela brinca e diz que não está a pensar em casar, como certas pessoas.

Artur entra na agência de viagens de Duarte. Cumprimentam-se com alguma tensão, mas de forma cordial. Duarte pergunta se Artur já está recuperado e ele brinca, respondendo que foi só fumaça. Artur revela então que pretende uma viagem fora dos pacotes habituais, procurando um destino romântico pois vai de lua de mel. Duarte dá-lhe os parabéns, mas quase cai da cadeira quando Artur revela que a noiva é Júlia, que aceitou o seu pedido de casamento.

Duarte encaixa a notícia devastadora que acaba de ouvir e atende Artur com todo o profissionalismo. Explica-lhe as opções de viagem disponíveis para a lua de mel com Júlia. Quando Duarte vai buscar um folheto que quer mostrar, Artur sorri nas suas costas, enquanto ele fica com uma expressão de quem está verdadeiramente incomodado.

Inês duvida que o casamento de Júlia e Artur resulte, acusando-a de escolher os maridos sempre de forma muito conveniente. Carminho não gosta do tom usado pela sobrinha e deixa claro que não admite que ela despeje toda a sua raiva a falar mal da sua melhor amiga, ainda por cima na sua casa e à sua frente. Inês fica indignada e acusa a tia de estar a defender Júlia. Irritada, vai-se embora e nem permite que Carminho a leve à porta, dizendo à tia que está tudo bem e para não se preocupar.

Mariana diz estar ansiosa para ir fotografar no Funchal, de tal modo que nem tem dormido em condições. Júlia pergunta-lhe quando é que lhe deixa Carolina, contente por ficar um bom tempo com a neta. Mariana comenta que Raquel está muito diferente para melhor, lamentando apenas que a tia esteja cada vez mais perto de Hugo. Júlia assume que não vale a pena tentar demovê-la de se vingar dele, pois sempre foi muito obstinada.

Duarte entrega a Artur o dossier que lhe preparou para a lua de mel. Os dois homens mantêm a pose de falsa cordialidade mas, quando Artur sai, Duarte deixa de fingir que nada se passa e adota uma expressão de revolta e perturbação.

Gui, Teresa e Bernardo despedem-se do inspetor Barreto que acaba de concluir o seu interrogatório. Teresa interroga-se, com cinismo, como foi Lurdes morrer daquela forma. Gui diz que não deixa de ser curioso que tenha desaparecido a única pessoa que a podia incriminar da morte do pai. Teresa fica falsamente indignada e o filho pede-lhe desculpa. Teresa até se dispõe a ajudar a família de Lurdes com o funeral. Gui conta à mãe que tem estado mais com Mariana e que ele tem de ir ao Funchal como modelo fotográfico. Teresa pergunta logo onde vai ficar Carolina, pois seria bom que se habituasse a ficar com eles. Gui promete tentar que a filha fique com Teresa, em vez de ir para casa de Júlia.

Áurea percebe que Bruno está triste e pergunta-lhe o que se passa. O filho diz que são coisas dele e que um dia conseguirá falar delas, mas opta por refugiar-se no quarto. Áurea não insiste e murmura para si própria que está a chegar a adolescência, continuando a trabalhar sobre os assuntos financeiros da fábrica. Lourenço chega entretanto e oferece-lhe um ramo de flores. Áurea vai colocá-las numa jarra, enquanto o namorado repara no livro de cheques da empresa, ficando muito tentado em tirá-los.

Alberto resmunga porque Amélia se recusa a coser os emblemas na capa do traje académico. Paulo recebe uma mensagem de Bruno a contar que Tânia acabou com ele. Ester e Amélia entendem que nestas idades não há desgostos e que amanhã já nem se lembra.

Tânia irrita-se com os comentários de Hernâni ao fim do seu namoro com Bruno e pede à mãe para acabar de comer no quarto. Nicole está de acordo e, quando a filha sai da mesa, acusa o ex-marido de ter estragado o jantar de família. Ele contrapõe que ela é que falhou ao permitir o namoro. Nicole deixa Hernâni desconfortável ao dizer que vai consultar uma astróloga e que vai fazer umas perguntas sobre ele. Hernâni jura a pés juntos que é o homem mais fiel à face da terra.

Sónia e Luísa estão prestes a lutar outra vez, porque estão a disputar um galheteiro no café do shopping. Miguel surge nesse instante e consegue separá-las. Insiste para que considerem a sua proposta de namorar com as duas ao mesmo tempo, mas sem sorte porque elas não aceitam. Quando ele se vai embora, Sónia e Luísa acabam por falar sobre o assunto e, quando nada o fazia prever, chegam a um acordo que mais tarde passarão a escrito. Decididas a dividirem os favores de Miguel, vão dar-lhe a novidade. Miguel nem quer acreditar no que ouve e, depois de elas saírem, pula de alegria, dizendo que se trata do milagre.

Gui queixa-se a Cátia do dia que teve, culpado por não ter apetite ao jantar. A namorada fica a saber que ele quer ficar com a filha quando Mariana for para o Funchal e reafirma que acha mal que ele se deixe manipular pela mãe, que insiste em ter a guarda de Carolina. Gui afirma que não quer falar do assunto e prepara-se para dormir.

Teresa e Bernardo falam da morte de Lurdes como um mal necessário e o advogado descansa a noiva, confirmando que não deixou pontas soltas que a polícia possa aproveitar para o incriminar. Teresa aceita que a próxima empregada da casa seja a de Bernardo, que ele referencia como pessoa muito discreta.

Inês fica desconfiada com Duarte quando, ao pensar que está a dar uma grande novidade dizendo que Júlia e Artur vão casar, percebe que o marido já sabia. Ele confirma que não está preocupado, que deseja que sejam muito felizes e que gastem muito dinheiro na viagem. Inês faz um sorriso amarelo.

Lourenço não se contém e ludibria Áurea, roubando-lhe o livro de cheques da fábrica.

Artur reforça a Júlia que quer casar imediatamente, ainda que ela pense que ele está a brincar. Percebe que o noivo fala a sério, quando ele se mostra decidido em entregar os papéis no dia seguinte para partirem logo a seguir em lua de mel. Artur garante que está desejoso de tê-la de papel passado e, num gesto arrebatado, pega em Júlia ao colo e leva-a para o quarto.

Áurea prepara-se para levar Bruno à escola mas fica preocupada por não encontrar o livro de cheques que tinha guardado. O filho começa a ajudá-la a procurar.

Alberto é alvo de chacota, logo pela manhã, quando se prepara para sair para a faculdade, pois vai estrear-se a tocar harmónica na tuna. A conversa é interrompida por uma chamada de Áurea que, aflita, deixa todos preocupados pela forma atabalhoada com que fala.

Carminho desabafa com Jorge e confessa que já não consegue aturar Inês que, na última visita, insistiu em destilar ódio contra Júlia.

Inês insiste em desconfiar de Duarte, pelo facto de Artur ter ido à agência de viagens contar ao marido que vai casar com Júlia. Duarte começa a ficar desagradado com tanta desconfiança e diz-lhe que assim não dá.

Cátia pede desculpa a Gui por se ter intrometido na forma que ele tem de gerir a relação com a ex-mulher por causa de Carolina. Ao tentar reaproximar-se do namorado, Cátia percebe que ele lhe liga cada vez menos.

Gui telefona a Mariana e consegue que ela lhe entregue a filha enquanto estiver na Madeira, argumentando que sente saudades da filha e que enquanto ele trabalha, Teresa poderá cuidar da neta. Mariana aceita, mal sabendo que lhe estão a montar uma armadilha.

Áurea vai a casa dos pais contar que o livro de cheques da fábrica desapareceu. Ao tentar ligar para Lourenço, dá com o telemóvel desligado. Mesmo assim pensa que ele está na entrevista de emprego. Alberto não vai em conversas e dispara que ele é um bandido que nunca o enganou. Ester tenta acalmar as coisas e diz que não se deve acusar ninguém sem provas. Áurea decide telefonar para o banco e pede para cancelar os cheques. Chega tarde demais, porque a agência bancária informa que todo o dinheiro que estava na conta foi levantado. Toda a família Galvão fica em estado de choque.

Áurea conclui que a fábrica sofreu um desfalque, pois o banco informa que todo o dinheiro que estava na conta foi levantado. Alberto acusa Lourenço e lembra que sempre disse que ele não prestava. Ao mesmo tempo, repreende Áurea quando a filha conta que emprestou muito dinheiro ao namorado, que nem tem a noção de quanto foi. Amélia abana a cabeça chocada e Ester é forçada a gritar com Alberto para travar os comentários desagradáveis que ele faz sobre o assunto. Ester estabelece como prioridade apresentar queixa à polícia, concluindo que lhes entrou um burlão em casa.

Teresa e Inês comentam o casamento de Júlia com Artur, criticando o carácter dos noivos. Inês diz que, apesar de tudo, há males que vêm por bem, pois Júlia deixa-lhe assim o caminho livre para ficar em paz com Duarte. Teresa, por seu lado, não esconde a surpresa pelo enlace e aproveita para arrasar Mariana, contando a Inês que a ex-nora vai para fora e lhe deixa a neta para que ela tome conta, quando seria preferível entregar-lhe Carolina de uma vez, já que nem ela nem Júlia têm capacidade para cuidar bem da menina. Inês concorda, já que desconhece que a sogra tem um plano para deitar a mão à fortuna que Zé Maria deixou a Carolina.

Gui pede a Duarte para chegar mais tarde à agência de viagens no dia seguinte, pois tem de ir entregar Carolina aos cuidados de Teresa. Ignorando os planos que o irmão e a mãe têm para retirar a guarda da menina à mãe, Duarte até aprova a ideia, concordando que será bom para Teresa estar ocupada a tomar conta da neta. Duarte conta depois a Gui que Júlia e Artur vão casar e que ele foi à agência para o provocar, pedindo-lhe para organizar a viagem de lua de mel. Duarte assegura ao irmão de que não vai entrar naquele jogo de provocações e conta que cumpriu profissionalmente o seu papel, acrescentando que Artur está a tratar Júlia como se tratasse de um troféu que conquistou.

Artur causa espanto a Jorge ao dizer que vai casar no dia seguinte e passar três semanas fora com Júlia. Confessa também que sentiu um prazer especial, quase infantil, por ter ido fazer pirraça a Duarte ao pedir-lhe que lhe organizasse a viagem de lua de mel. Os dois jornalistas organizam o espaço novo para a revista voltar a funcionar e Artur designa Jorge para coordenar as mudanças enquanto ele estiver fora.

Carminho confessa estar surpreendida pela rapidez como Júlia está a tratar do casamento com Artur. A amiga reconhece que está pressionada e que tem de ir comprar roupa nova para o enlace e para a lua de mel. Júlia mostra-se feliz com o casamento e desabafa que o que viveu com Duarte foram mais dissabores do que outra coisa. A conversa é interrompida quando Carminho atende uma chamada de Ester, avisando que todo o dinheiro da empresa desapareceu da conta, desconfiando-se de que Lourenço está por detrás do roubo.

Áurea não se conforma e sente-se culpada pela situação em que colocou a família, abrindo portas a que Lourenço roubasse todo o dinheiro da fábrica. Alberto insiste que nunca simpatizou com ele e desiste de ir tocar harmónica na tuna para ficar a dar apoio à família. Ester, Carminho e Inês consolam Áurea, tentando que ela tome um calmante. Áurea recusa, num misto de irritação e tristeza, querendo sair para procurar Lourenço. A família não permite, dizendo que é à polícia que cabe encontrar o ladrão.

Vera antevê que o negócio da tia pode acabar com o desfalque que Lourenço deu nas contas. Sebastião confessa que ele já tinha dado sinais de que não era de confiança e aproveita para revelar que não foi aceite para trabalhar nos barcos, lamentando que a sinceridade não valha o emprego. Vera anima-o dizendo que brevemente há-de conseguir um trabalho diferente e melhor, gabando as suas qualidades como pessoa. Sebastião responde num tom romântico, olhando para a mão de Vera, que a retira, sem dar continuidade à conversa.

Isabel fica desconfiada quando Miguel diz que vai comprar bolachas à loja gourmet, avisando-o de que Sónia ainda não acabou o turno. Ele diz que tem tudo controlado e avança sem medo. Quando lá chega, é barrado por Cristóvão, que ameaça bater-lhe outra vez caso importune Sónia. Para seu espanto, ela diz que trata do assunto e Miguel diz com indiscrição que gostou muito da última noite. Sónia disfarça e arrasta-o para o piso superior da loja para escolher o que quer. Miguel segue-a entre apalpões e risinhos. Cristóvão fica desconfiado de que eles podem ter feito as pazes. No café, Luísa mente e jura que nunca mais falou com Miguel e Isabel diz que só quer que ela não volte a meter-se em confusões.

Artur aceita mudar-se para casa de Júlia depois de casarem. O clima de cumplicidade entre os dois é grande e já só pensam em ficar juntos, conversando como um casal apaixonado.

Ester mostra-se preocupada com o facto de Amélia estar sozinha na fábrica, mas Alberto diz que ela dá conta do recado. Áurea pede desculpa aos pais pelo desfalque de Lourenço e desabafa com Carminho que deve ter algo em si que atrai os mentirosos.

Luísa comenta com Isabel que nunca foi com a pinta de Lourenço. Numa mesa do café estão Nicole e Hernâni, que diz que vai ser ele a ir buscar Tânia à escola para meter medo aos rapazes que tenham intenções duvidosas. Nicole repreende-o e proíbe-o de meter ideias antiquadas na cabeça da filha.

Cristóvão anima Cátia, que se confessa triste com o comportamento de Gui. Cristóvão vê ali uma oportunidade para se insinuar à sua amada, mas fica desmotivado quando ela define o seu ideal de homem, apontando para rapazes musculados ou que tenham pelo menos os abdominais definidos. Ele desabafa que a Gui ficou a faltar a parte da inteligência e ela permite que Cristóvão insulte o namorado, só naquele dia.

Hugo informa Raquel que falta apenas que cheguem as licenças para que possam abrir o atelier e começarem a produzir. Raquel continua a desempenhar na perfeição o seu papel, convencendo-o de que está do seu lado. Hugo diz, de forma sedutora, que dá muito valor à sua ajuda. Ela lembra que nem sempre foi assim.

Mariana conta a Vera e Nonô como correu a sua reunião com os responsáveis dos hotéis que pertenciam ao pai e reconhece que tem muito para aprender, mas promete dar o melhor de si para não atraiçoar a confiança que o pai depositou nela. Vera aproveita para pedir a Mariana que arranje um trabalho a Sebastião e a amiga responde que vai tratar do assunto. Nonô e Mariana brincam com Vera e fazem apostas sobre quanto tempo falta para eles começarem a namorar. João chega nessa altura e chega também a vez de vera e Nonô brincarem com Mariana, incentivando-a a iniciar o namoro com o bancário. Quando elas saem, João brinca e diz que Mariana tem umas amigas meio loucas, esperando ter passado no teste.

Gui duvida se será boa ideia retirar a custódia de Carolina a Mariana, mas Teresa exerce a sua influência sobre o filho, incentivando-o a continuar com o plano traçado. Ele conta então que Mariana voltou a ser amiga de Vera, a rapariga que trabalhou no Dancin’ Days e que teve problemas com droga, achando que Bernardo pode utilizar o facto em tribunal. Teresa mostra-se muito animada e persiste em dizer que Mariana proporciona à filha um péssimo ambiente em casa.

Inês informa Duarte que vai a casa da mãe para lhe fazer companhia, esperando que a traição de Lourenço não contribua para a desestabilizar, agora que a doença estava controlada.

Áurea chora nos braços de Carminho por se ter deixado enganar por Lourenço. Quando a irmã vai à cozinha buscar-lhe o calmante que pediu, Áurea esgueira-se para a porta da rua e sai de casa.

Ester receia ter feito mal em deixar as filhas sozinhas. Bruno diz que nunca pensou que Lourenço fosse ladrão, até porque gostava dele. Alberto diz saber que fez falta no concerto da tuna, mas a sua prioridade é estar com a família. Ester fica assustada quando Carminho telefona a dizer que Áurea desapareceu de casa. Imediatamente concluem que ela foi procurar a morada de Lourenço à empresa onde ele trabalhou e decidem contactar Sebastião, que sabe onde ela fica. Alberto diz que vai dar uma volta de carro, na esperança de avistar a filha.

Carminho e Inês tentam, desesperadamente, contactar Áurea. Jorge recomenda-lhes calma, pois estão grávidas e não podem enervar-se.

Áurea encontra Lourenço quando ele se prepara para fugir da casa onde vive, carregando uma mala de viagem. Decidida, confronta-o com o desfalque que fez à fábrica e exige-lhe que devolva o dinheiro que roubou, perguntando como teve coragem de a enganar daquela forma. Lourenço diz não saber do que ela está a falar, dando a ideia de que nada fez. Ela fica ainda mais furiosa e diz que a queixa na polícia já foi feita e que ele pagará pelo que fez. Lourenço muda o discurso e, com ar trocista, reconhece que nunca pensou que a enganaria com tanta facilidade. Áurea ferve de raiva e, num gesto rápido, tira da mala uma faca com que golpeia Lourenço nos braços e na cara, num ataque de loucura que parece não ter fim.

Áurea é detida pela polícia, enquanto Lourenço, esvaído em sangue, é conduzido ao hospital, gritando que ela vai pagar pelo que lhe fez. Áurea permanece absorta, sem se dar conta da gravidade do seu acto.

Em casa da família Galvão, a consternação é grande e Bruno é quem mais impressiona, reclamando que quer saber tudo o que se está a passar com a mãe. Carminho conta que a irmã está em estado de choque e que nem à polícia conseguiu dizer nada. Jorge adianta que Lourenço vai precisar de uma cirurgia estética. Ester está desalentada e envolve a cara com as mãos, sem conseguir prever o que irá acontecer à empresa. Inês revela que telefonou a Bernardo e que o advogado se dispôs a ajudar.

Bernardo inteira-se da situação de Áurea e Teresa agradece o interesse do noivo, porque Inês merece ser apoiada nesta fase em que a mãe está em dificuldade.

Júlia está consternada com o que se passa com Áurea e a sua família, apesar de ela nunca ter gostado de si. Com lágrimas nos olhos, lembra que a família Galvão sempre a ajudou desde que saiu da prisão. Artur mostra-se solidário e, meio a brincar, quer tirar vantagem dizendo que é um homem diferente dos outros. Júlia garante a Artur que, apesar do nervosismo, não vai chegar atrasada ao casamento.

Mariana e João estendem o seu jogo de sedução até que se beijam com paixão.

Gui deixa que Cátia saia para trabalhar e liga a Valéria, uma professora da faculdade, com quem combina um encontro.

Inês chora no ombro de Duarte por ter deixado a mãe no hospital psiquiátrico e por ter incentivado a sua relação com o namorado.

Carminho mal diz a sorte da sua família, mas Jorge assegura-lhe que tudo vai acabar bem.

Alberto pensa em pedir ajuda a Urbano para resolver a situação difícil em que a família ficou com o desfalque dado por Lourenço. Ester contraria a intenção do marido, argumentando que não quer caridade. O casal acaba abraçado, enfrentando a adversidade em conjunto.

Hernâni revela insensibilidade quando Nicole conta que Tânia ficou muito afetada pelo facto da mãe de Bruno ter sido internada por esfaquear o namorado. O ex-marido fica intimidado quando a manicura conta que tem muitas questões a esclarecer com ele, depois de ter ido consultar a taróloga que lhe fez revelações.

Gui chega a um hotel com Valéria e beija-a com desejo, antevendo uma grande noite de amor.

Júlia acorda ao lado de Artur, preocupada com a situação em que a família Galvão caiu por causa de Lourenço. No entanto, só pensa em fazer feliz o futuro marido.

Duarte apoia Inês, dispondo-se a fazer tudo o que ela necessitar para ajudar na recuperação da mãe.

Mariana ralha com Gui porque se atrasou a ir buscar Carolina. Quando ela demonstra todo o carinho que sente ao separar-se da filha de ambos, Gui não evita uma expressão de constrangimento.

Sónia percebe a tristeza de Cátia e diz-lhe, claramente, que tem de reclamar mais sexo junto de Gui.

Teresa exulta de felicidade com a chegada da neta, mas não pára de envenenar Gui contra a ex-mulher. Conta que decidiu ficar com a empregada de Bernardo, cansada de empregadas internas. Acrescenta que gosta de ver Bernardo interceder por Áurea, pela consideração que tem por Inês. O filho acolhe, sem reclamar, tudo o que a mãe decreta.

Júlia fica incomodada quando Carminho recebe uma chamada de Duarte, que quer saber notícias de Áurea.

Babi fica indignada com o facto de Júlia ir casar com Artur mas Raquel explica as razões da irmã, embora acreditando que ela ainda gosta de Duarte.

Áurea recebe a visita da família e mostra-se muito confusa. Alberto tenta sossegar a filha, dizendo que Lourenço está vivo, mesmo depois das facadas que ela lhe deu.

Miguel e Hernâni entram em despique no café de Isabel. Ninguém entende do que estão a falar, menos Luísa que esconde a Isabel que anda de novo enrolada com Miguel.

Artur está preparado para casar, mas começa a ficar ansioso com o atraso de Júlia.

Gui confessa a Duarte que traiu Cátia e o irmão insurge-se, apontando-se como exemplo, confessando finalmente que ama Júlia, embora abdique dela em favor do que acha correto. Gui fica sem argumentos e não responde.

Júlia passeia à beira do rio e recorda as juras de amor que trocou com Duarte. Lacrimejando, levanta-se do banco em que está sentada, dando indícios de ter tomado uma decisão.

Urbano encontra Carminho na clínica e fica surpreendida ao saber que Artur e Júlia vão casar nesse dia.

Na conservatória, Artur desespera porque Júlia nunca mais chega para casar. Depois de lhe telefonar, fica ainda mais desanimado porque a noiva não atende a chamada.

Artur começa a ficar em pânico e pensa que Júlia se arrependeu de casar e que não vai comparecer à cerimónia. O próprio conservador está prestes a ir embora, quando Júlia finalmente aparece, para alívio de Artur que, já com um sorriso, indica ao conservador que pode começar a celebrar o casamento.

Miguel vai à Flor de Sal encomendar um frasco de mostarda e exige que Cristóvão o cumprimente com um bom dia, argumentando que não é com frieza que se tratam os clientes. Cristóvão retrata-se e Miguel troca um olhar cúmplice com Sónia, ao mesmo tempo que dá indicações para que a avisem quando a mostarda chegar. Cátia fica intrigada, tal como Cristóvão, questionando se a prima já perdoou a traição de Miguel. Sónia mente e responde que decidiu não se aborrecer mais com isso, porque está a controlar melhor as suas fúrias. Cristóvão e Cátia ficam espantados com aquela atitude.

Duarte dá um sermão a Gui e diz ao irmão que não está certo andar a dormir com a professora da faculdade, traindo Cátia. Gui, por seu lado, deixa o irmão sem argumentos, quando o confronta com a forma que ele tem de encarar o amor, que também o leva a cometer disparates.

O conservador do registo civil proclama que Artur e Júlia são agora marido e mulher. Depois do beijo da praxe, Artur brinca com Júlia e diz que agora devem ir ao encontro dos cem convidados que os aguardam para o copo-de-água. Perante a desilusão da esposa, o jornalista acaba por desfazer o logro e confessar que o dia será apenas para eles. Júlia dá-lhe outro beijo, mostrando-se bastante mais feliz. Artur faz juras de amor.

Babi conversa com Raquel e confessa que lhe faz confusão que Artur e Júlia tenham decidido casar sem fazerem qualquer festa. Raquel está certa de que o casal está consciente das dificuldades que aquele casamento enfrenta. Babi está de saída e Hugo assoma à porta do escritório do Dancin’ Days. Ficando a sós com Raquel, convence-a a almoçar consigo, com o pretexto de ter novidades para lhe contar. Hugo está mais sedutor que nunca e aproxima-se de Raquel, roubando-lhe um beijo.

Sebastião conta a Vera que Lourenço ficou muito mal tratado depois de ter sido esfaqueado por Áurea. Vera teme que tenham de ser os tios a pagar a conta das cirurgias a que o burlão via ter de submeter-se, acrescentando que há homens que não prestam mesmo. Sebastião diz que não são todos e ela concorda, esboçando um sorriso a que ele corresponde.

Carminho mostra-se arrependida por ter feito ver a Áurea que Lourenço é mesmo um burlão, uma vez que a irmã não está a aceitar bem a situação. Carminho teme que os pais venham a perder o negócio, por não terem dinheiro para cobrir as despesas. Jorge é de opinião que, mais cedo ou mais tarde, Áurea teria de saber que o namorado é afinal um ladrão e defende que só o advogado poderá conseguir recuperar o dinheiro que ele roubou.

Hugo recebe com surpresa a notícia do casamento de Júlia e deseja que ela seja feliz. Raquel não acredita na sinceridade dele, mas Hugo insiste em garantir que está mudado, desejando que, um dia, também Júlia e Mariana lhe possam perdoar. Raquel acredita que isso será possível. Uma vez que ela também fez as pazes com a irmã e a sobrinha. Hugo volta a espantar-se, ao saber que Mariana está a dar os primeiros passos na carreira de modelo fotográfico. Aproveita para incentivar Raquel a fazer a divulgação do negócio que vão iniciar nas revistas. Ela anuncia que já tem a estratégia de comunicação toda pensada.

Teresa e Bernardo cuidam de Carolina em ambiente de grande harmonia familiar. Teresa diz que está radiante por ter a neta consigo e garante que não é apenas por causa do dinheiro que Zé Maria deixou à menina. Bernardo promete ajudá-la a tomar conta da criança, antevendo que Gui não estará preparado para assumir essa responsabilidade sozinho mas acha estranho que, embora não tenha sido pai, esteja agora perto de se tornar avô. Teresa confessa que conta com isso e que gosta muito dele, pedindo que nunca a engane como Francisco a enganou. O advogado garante ser incapaz de tal coisa e faz um carinho à futura mulher. Bernardo fica a embalar Carolina, enquanto Teresa lhe vai preparar o biberão.

Inês fala ao telefone com o pai, colocando-o ao corrente do estado de saúde da mãe. Quando termina a chamada, conta a Duarte que Aníbal está muito preocupado com ela e o irmão, temendo uma recaída de Áurea. Inês abraça-se ao marido e fica contente e agradecida, porque Duarte se dispõe a ficar em casa a fazer-lhe companhia.

Ester conta à família que o banco se mantém irredutível com o pagamento do crédito e que a falta de dinheiro para pagar aos fornecedores vai acabar por ditar o fecho da fábrica. Carminho lamenta não poder ajudar, enquanto Alberto diz que vai dar uma volta para ver se lhe ocorre alguma ideia. A filha pede que não faça nada que possa piorar ainda mais a situação. Amélia dá conta de que Bruno está muito em baixo por causa do estado emocional de Áurea, pois sabe que a mãe pode sofrer uma recaída por ser bipolar. Vera oferece-se para dar um passeio com ele.

Tânia conta aos pais que Bruno teme mais que a mãe possa ir presa por ter esfaqueado Lourenço, do que com o seu estado de saúde. Hernâni, sem qualquer tacto, afirma que Áurea é maluca e Nicole repreende-o, dizendo que a amiga é bipolar. Tânia confessa que tentou animar Bruno, sem grande resultado, pois ele está ainda um pouco zangado com ela. Hernâni fica incomodado e recomenda à filha que não o console demasiado. Ela, na sua ingenuidade, não compreende o alcance do conselho e vai-se deitar. Nicole indigna-se com o ex-marido e acusa-o de querer que a filha abandone os amigos, dizendo que ele tem de ir à astróloga onde ela foi. Hernâni dá a volta ao texto e acalma Nicole dando-lhe beijos no pescoço. A ex-mulher ri.

Alberto vai ao hospital para convencer Lourenço a devolver o dinheiro que roubou. O burlão fica cheio de medo mas Alberto assegura que apenas quer conversar. Lourenço diz que não tenciona devolver nada, que aplicou o dinheiro e que, ao contrário do que se pensa, também fez sacrifícios, como ficar tanto tempo com Áurea. Alberto chama-lhe parasita e garante que ele vai pagar pelo que fez. O burlão fica nervoso e começa a tocar à campainha para chamar a enfermeira. Alberto vira costas e vai-se embora.

Cátia fala com entusiasmo do filme em que está a participar, mas Gui quase não presta atenção. A namorada aproxima-se dele e tenta perceber a razão do distanciamento. Gui responde que anda cansado e a precisar de vitaminas. Ela diz que as vai comprar no centro comercial e mete conversa a propósito da carreira de modelo de Mariana. Gui volta a falar com rispidez e Cátia queixa-se de que ele não a respeita, voltando à cozinha para tratar do jantar.

Teresa usa todo o seu cinismo quando Mariana lhe telefona a perguntar como é que Carolina passou o dia. Longe de imaginar que a ex-sogra lhe quer tirar a filha, Mariana conta que vai ter de ficar mais uma noite no Funchal. Bernardo deixa Teresa na expetativa, dizendo que essa é uma informação que podem utilizar contra a rapariga.

Raquel confessa a Júlia ter estranhado que ela tenha casado sem convidar ninguém e que tenha ido trabalhar a seguir. A irmã reconhece que o seu enlace com Artur pode parecer estranho, mas garante que gosta dele. Raquel fica mais descansada e sorridente e manda a irmã ir ter com o marido.

Isabel e Urbano comentam o casamento de Júlia e são unânimes em reconhecer que gostam de Artur. Isabel pede desculpa ao marido por estar a falar da vida sentimental de Júlia mas o médico não se melindra, pois já percebeu que o que sentia pela ex-mulher não era amor, mas sim uma obsessão. Mudando assunto, o médico revela que Ester recusa ser ajudada para pagar as dívidas da fábrica e Isabel compreende essa decisão, pois sabe que ela não quer ficar a dever favores. Urbano não esconde a gravidade da situação que, para Áurea, representa não só um caso de saúde, mas também um caso de polícia. O médico acha que Ester e Alberto ainda têm a reforma que permite a sobrevivência mas Isabel lembra que eles têm a família às costas, duvidando que o dinheiro chegue para pagar as contas.

nas redes

pesquisar