SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 04 a 10 de abril

Artur confessa a Júlia que dormiu com Raquel; Hugo fica em prisão domiciliária com pulseira eletrónica; Júlia e Duarte ficam presos no elevador e beijam-se!

Artur surpreende Júlia e aparece-lhe em casa com um pão na mão no momento em que ele toma o pequeno-almoço com Madalena. O jornalista brinca com o facto de estarem ambas ainda de pijama e combina almoçar com Júlia. Esta explica que cancelou o jantar que haviam marcado com a necessidade de ter de apoiar a filha. Depois de Artur sair, Júlia explica a Madalena que a conversa entre Mariana e o pai correu mal, compreendendo que a filha tenha rejeitado a companhia e o apoio do pai.

Marta faz com que Salvador se sinta incomodado, ao perguntar-lhe como foi capaz de viver tantos anos sabendo que tinha uma filha sem nunca a procurar.

Vera sossega Ester e Alberto, confiando aos tios que o interrogatório na Polícia Judiciária correu bem e que o facto de ter sido gravado pode vir a dispensá-la do julgamento, evitando que tenha de olhar para a cara de Hugo.

Hugo está furioso com Vera, que testemunhou contra si na polícia, e também com Roberto, pois o antigo empregado empurrou para ele a culpa do tráfico de droga no Dancin’ Days. A advogada aconselha-o a abandonar as ideias de vingança, pois só vai piorar a sua situação.

Zé Maria comenta com Emília a sensação estranha que teve ao saber que a casa em que viveu com Raquel está à venda, explicando que Hugo se viu na contingência de fazer dinheiro, pois as suas contas foram congeladas pela justiça.

Hernâni desespera sem notícias de Nicole, mas Isabel tranquiliza-o, anunciando-lhe a chegada da ex-mulher à sua loja para trabalhar. Hernâni acena-lhe mas Nicole ignora-o. Isabel e Emília vão ter com ela para saber como está a reagir à separação de Miguel e à traição que ele cometeu. Depois de garantir às amigas que está bem, confronta-se com Hernâni e fica desconcertada quando ele se mostra solidário com ela, compreendendo que Tânia lhe faça companhia e pedindo desculpa por se ter lembrado de convidar a filha para passear a altas horas da noite.

Miguel repara que Hernâni está na loja Nails com Nicole e fica curioso. Sónia dá-lhe um raspanete e lembra-lhe que agora estão juntos. Miguel disfarça e ela começa a beijá-lo. Gustavo prega um susto a Sónia, dando a entender que o patrão se aproxima nas suas costas. Sónia irrita-se com o empregado e ralha-lhe porque atende uma chamada de Mariana que o convida para jantar. Sónia frisa que não é permitido namorar no local de trabalho e Gustavo deixa-a ainda mais irritada ao responder que ela é grande especialista nisso.

Isabel vai ter com Urbano à clínica de estética para lhe agradecer as flores que recebeu e diverte-se com a atrapalhação dele ao falar do assunto.

Raquel vai entregar umas fichas de inscrição a Lúcia e cruza-se com Artur. Júlia quebra o gelo que se instalou entre eles e cumprimenta a irmã. Raquel tem de controlar-se ao perceber que Artur foi à clínica buscar Júlia.

Marta vai a casa de Mariana e, quando nada o fazia prever, pede-lhe que perdoe Salvador por nunca a ter reconhecido como filha. ​

Marta pede a Mariana para perdoar Salvador, garantindo que ele está muito arrependido de não a ter assumido como sua filha. Embora reconheça que também ela está zangada com o marido, Marta diz já não suportar ver o sofrimento em que Salvador mergulhou. Mariana mantém-se irredutível, preferindo afirmar que o seu único interesse é manter o contacto com Tomás, confessando que acaba por se sentir feliz, agora que ganhou um irmão. Marta corresponde ao abraço emocionado de Mariana, agradecendo por ter doado a medula que permitiu salvar o filho. Ao mesmo tempo que Marta se vai embora, chega Nonô, ávida para saber como correu a conversa entre Mariana e a mulher do pai verdadeiro.

Artur e Júlia encaminham-se para o restaurante onde vão almoçar. Ele transborda sedução e arrisca beijá-la. Júlia corresponde ao carinho e, sorrindo, limita-se a dizer que a sorte é que lhe acha piada.

Raul vai almoçar com Madalena ao shopping e, enquanto espera por ela, encontra Inês e Duarte. Todos tentam disfarçar o constrangimento da situação e Raul felicita Inês e Duarte pelo noivado, enquanto confirma que também esta a viver de perto com o casamento da mãe com Zé Maria. Depois de Raul se despedir para ir ao encontro de Madalena, Inês comenta com Duarte que gostou de ver o ex-namorado e que está satisfeita por ele também ter refeito a vida.

Artur e Júlia conversam na esplanada do restaurante num ambiente carregado de romantismo e ele tenta beijá-la outra vez. É apenas traído pela chegada do empregado, que interrompe para começar a servir o almoço.

Raquel não esconde a sua irritação pelo facto de Júlia aceitar o convite de Artur para almoçar. Fica ainda mais impertinente quando Babi, ao invés de a apoiar, defende que ela teve uma atitude mais reprovável do que a irmã, pois levou o jornalista para a cama sob o efeito de drogas.

Mariana tenta telefonar a Júlia para a avisar de que Artur não é de confiança, depois de Nonô contar que ouviu Raquel dizer que se envolveu com ele. No entanto, Júlia tem o telemóvel desligado, impossibilitando que a filha fale com ela. As jovens mudam o tema da conversa e Mariana entusiasma-se ao contar a Nonô que convidou Gustavo para jantar lá em casa.

Sónia quer obrigar Gustavo a trocar de turno na loja mas ele recusa, pois tem jantar marcado em casa de Mariana. Sónia fica ainda mais irritada porque Cristóvão sai em defesa do colega.

Teresa tem mais uma sessão no psicólogo e queixa-se de um mal-estar físico que tem sentido nos últimos tempos, um mal-estar que atribui aos medicamentos para a tensão. Moreira pergunta-lhe como vai a relação com o marido e Teresa acaba por reconhecer que, embora julgue que o marido ainda sente estima por si, o dinheiro que ela possui tem contribuído para ainda estarem casados.

Francisco regressa a casa e aproveita a ausência de Teresa para perguntar à empregada se a mulher se voltou a sentir mal. Lurdes responde que não e retira-se para arrumar os quartos. Francisco observa-lhe o corpo com agrado.

Gui exige a Cátia que o acompanhe no casamento de Duarte, embora a namorada receie ter de se confrontar com Teresa. Sónia interrompe a conversa e Gui vai trabalhar para a livraria, deixando as primas sozinhas. Cátia continua preocupada e avisa Sónia de que Nicole ainda lhe vai pedir explicações por lhe ter roubado Miguel. Apesar do alerta que a prima lhe faz, Sónia diz que Nicole sabe muito bem porque é que Miguel a traiu.

Nicole lima as unhas de Isabel que quase as arranca de raiva, ao falar de Sónia e Miguel. Diz que Sónia até lhe fez um favor porque lhe mostrou a peça que tinha lá em casa. Isabel tenta falar a favor de Hernâni, mas a manicura nem quer ouvir falar do ex-marido e muito menos de outra relação. Garante que a sua prioridade é cuidar da filha e ganhar dinheiro.

Ivo perde mais um candidato a vendedor da loja de som porque quer ter um empregado, mas sem lhe pagar. Entretanto, dá largas ao seu delírio e conta a Cristóvão que enviou um tablet a Lúcia com o vídeo que fez, confiante de que com esse presente ela se declare. O amigo não acredita que a estratégia resulte.

Lúcia esforça-se por manusear o tablet que Ivo lhe ofereceu mas não se entende com o equipamento. Ao mesmo tempo confessa que o acha um pouco esquisito. Carminho comenta que é melhor ser assim do que criminoso como o irmão Hugo. Lúcia desabafa que só lhe tocam malucos. Raquel interrompe a conversa e pede para falar com Júlia. Esta está com Madalena num dos gabinetes da clínica e revela que está disposta a dar uma oportunidade a Artur, por achar que é um homem interessante e simpático. Júlia acrescenta que o convidou para jantar em sua casa. A amiga insiste que nada é melhor do que um novo amor para esquecer outro que não correu bem. Raquel entra no gabinete e, depois de estar a sós com Júlia, simula que está interessada em transferir-se da clínica de Cascais, justificando que pretende estar mais perto de Artur, ao mesmo tempo que insinua que tem almoçado com ele frequentemente. Júlia fica perplexa e não atende a chamada do jornalista quando ele lhe telefona.

Artur aconselha-se com Jorge sobre se há-de ou não contar a Júlia que dormiu com Raquel, pois tem medo que ela não compreenda a situação e o afaste de vez. Jorge diz que é melhor manter o segredo, pois não acredita que Raquel faça essa confidência à irmã.

Babi conta a Raquel que conseguiu o emprego a que se candidatou e exulta pelo facto de já poder deixar o Dancin’ Days. Por seu lado, Raquel contrapõe que também vai tentar mudar de vida, pedindo para trocar o emprego na clínica de Cascais pelo de Lisboa. Queixa-se que Júlia a mandou falar com Urbano e que a clínica é que fica a perder. Babi diz que ela se pôs a jeito para levar uma resposta torta da irmã.

Luísa aproxima-se de Hernâni para o seduzir mas ele resiste à tentação, fugindo rapidamente dela. Luísa resmunga e garante a si própria que não vai ficar em jejum.

Áurea mostra-se radiante pelo casamento anunciado de Inês e Duarte. Ester também diz estar feliz pela neta, mas Carminho, Jorge e Vera ficam desconfortáveis com o tema.

Madalena está de saída para jantar com Raul mas não nega que ainda fica nervosa por estar sozinha com ele.

Inês aceita ir com Teresa visitar a nova casa de férias em Tróia. Duarte apressa-se a perguntar o que a mãe queria dela. Inês brinca com o noivo, sugerindo que seria melhor comprarem uma casa ao lado da dos pais dele.

Júlia janta com Artur e tenta perceber se ele tem algum envolvimento com Raquel. O jornalista garante que só se encontra com ela por casualidade num ou noutro evento.

Depois de receber Gustavo para jantar, Mariana lembra-se que precisa de telefonar a Júlia. Desta vez a mãe atende e Mariana comenta ter sabido por Nonô que Raquel e Artur tiveram um caso. Júlia controla-se e, depois de desligar o telefone, pergunta diretamente a Artur se ele anda a dormir com a irmã dela. Apanhado em falso, o jornalista fica sem saber o que responder.

Artur confessa a Júlia que dormiu com Raquel, mas jura que nem sabe como tal aconteceu, pois nem se lembra como foi parar ao hotel com ela. Júlia tem dificuldade em aceitar a versão de Artur e duvida que ele fale verdade, quando garante que aquela noite não teve qualquer significado. Embora o jornalista insista que quer ficar com ela, Júlia pede-lhe para ficar sozinha para digerir a situação. Artur vai embora triste e resignado.

No conforto do lar, Carminho confessa a Jorge que já tinha saudades de passar algum tempo a namorar com ele. O casal faz planos para o futuro, agora que ele exerce a sua profissão de jornalista, aliviando-a do excesso de trabalho que tinha com os domicílios que estava a fazer. Jorge confidencia a Carminho que Artur desabafou com ele e contou que se envolveu com Raquel, sem saber como. Carminho fica perplexa, pensando o impacto que isso pode ter na vida de Júlia.

Raul leva Madalena a casa e tem dificuldade para deixar de a mimar com beijos. Ainda insegura, ela pergunta-lhe de novo se não sentiu algo ao ver Inês com Duarte. Raul assegura que é completamente apaixonado por ela e acede a ir embora, sem insistir em ficar. Quando Madalena fica sozinha depara-se com Júlia, que confirma, triste, que o jantar com Artur não correu bem.

Gustavo e Mariana beijam-se com desejo, mas ele parece inseguro quando ela se dispõe a deixar Carolina com a mãe, noutro dia, para poderem passar essa noite juntos.

Madalena diz a Júlia que não acredita na inocência de Artur, por ele ter dormido com Raquel. Desanimada, Júlia confessa que já estava disposta a dar-lhe uma oportunidade e lamenta que todas as suas opções esbarrem sempre na irmã.

Inês prepara-se para ir ter com Teresa para ir visitar a casa que ela comprou em Tróia. Duarte comenta que a mãe só a convidou porque não arranjou mais ninguém e incita para que a noiva não se deixe iludir por ela. Inês brinca com a situação e responde que se a convivência com a futura sogra correr mal, ele poderá salvá-la. Duarte contrapõe que provavelmente não o fará, pois já a avisou sobre a tendência dominadora de Teresa. Inês pede-lhe que não desista dela e sai. Duarte fica pensativo e entrega-se às recordações que tem de Júlia.

Artur conta a Jorge que Júlia descobriu que ele dormiu com Raquel, receando tê-la perdido de vez. Jorge é de opinião que Raquel fez de propósito para o prejudicar e Artur concorda, lamentando ter-lhe dado tanta confiança. Desanimado, diz que vai esperar que Júlia queira falar com ele.

Gustavo recebe uma mensagem de Mariana a dizer que adorou a noite anterior. Sónia embirra com o estagiário por estar a ver o telemóvel e ameaça levantar-lhe um processo disciplinar. Ele responde à altura, dando a entender que está a ser injusta. Gustavo afasta-se com a chegada de Miguel que, com o seu tom meloso, consegue “extorquir” algum dinheiro à namorada. Sónia cai no conto do vigário, apesar de insistir que ele tem de arranjar emprego, pois não consegue sustentá-los aos dois.

Zé Maria visita Mariana e espera que Elvira entre na sala para comunicar a ambas que já arranjou uma pessoa para substituir a empregada. Mariana reconhece que vai ser difícil passar sem ela. Mudando de assunto, o empresário conta que está a pensar comprar a casa que Hugo roubou quando se envolveu com Raquel.

Em conversa com Carminho e Madalena, Júlia reconhece que Artur não se portou bem com ela por ter ido para a cama com Raquel, mas desconfia que tudo foi planeado pela irmã, prometendo confrontá-la.

Duarte critica Gui por estar a beber cerveja antes do almoço. O irmão aconselha-o a preocupar-se com a sua vida, pois deixou que Inês fosse com Teresa para Tróia, adivinhando que a mãe vai regressar com o casamento todo organizado sem que ele tenha opinião. Duarte reage irritado e diz que vai querer uma cerimónia discreta.

Teresa e Inês preparam-se para sair de casa e conversam com grande cumplicidade, como se se conhecessem desde sempre.

Amélia atende uma chamada do filho, emigrado no Luxemburgo e, depois de desligar, confirma que ele decidiu vir a Portugal de férias. A empregada reconhece que o neto, Paulo, tem muitas saudades dos pais, que não vê há dois anos. Ester anima a empregada, dizendo que o neto está muito bem com ela. Nesse momento, fica intrigada com um telefonema de Veiga, que lhe quer falar.

Vera está mergulhada numa profunda tristeza, mas Alberto consegue convencê-la a ir com ele entregar as encomendas aos clientes para se animar.

Como Gui tinha previsto, Teresa não resiste em planear o casamento de Inês com Duarte, sem que a futura nora consiga travar-lhe o entusiasmo. A matriarca Sousa Prado fica radiante porque Inês aprova a casa de férias que ela comprou em Tróia, convencida de que Francisco aceitou o facto muito bem, por estar mais perto do escritório. De repente, Teresa sente uma forte tontura e senta-se, deixando Inês muito preocupada.

Nesse momento, Francisco está num quarto de hotel com uma mulher que o beija com muita paixão.

Isabel recebe mais um ramo de flores de Urbano e repreende Hernâni, que lhe pergunta o que diz o cartão que as acompanha. O segurança mostra-se desiludido porque nem com flores conseguiu reconquistar Nicole.

Cátia estranha que Miguel tenha pedido dinheiro a Sónia, mas a prima defende o namorado, acreditando que ele vai arranjar rapidamente emprego.

Cristóvão, iludido, defende Cátia das investidas de Ivo, que a critica por dançar no clube de striptease. O outro, por seu lado, justifica que não abre a loja porque está muito fragilizado para trabalhar e acrescenta que não está preocupado com o que Hugo possa pensar, pois o irmão é um marginal que se perdeu na vida. Como que por castigo, Ivo recebe uma chamada de Hugo a dizer que o quer em sua casa no dia seguinte, pois já saiu da cadeia e precisa de falar com ele. Hugo fica em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

Lúcia comenta com Carminho que não quer nada com Ivo e revela que lhe vai devolver o tablet que ele lhe ofereceu. Jorge aparece na clínica para ver Carminho e, falando da última desilusão amorosa de Júlia, fala sobre a hipótese de Raquel ter drogado Artur para o levar para a cama. Carminho mostra-se aliviada por não ter sido obrigada a esconder da amiga que já sabia da história.

Júlia recebe Raquel em sua casa e confronta-a com o facto de ter dormido com Artur, criticando a irmã por lhe roubar sempre o que é seu. Raquel reage com uma postura agressiva e assegura que se o jornalista gostasse dela, não se tinha enfiado na sua cama. Júlia fica a encarar a irmã com grande nervosismo.

Raquel defende-se das acusações de Júlia e insiste que Artur se envolveu com ela porque quis, garantindo que não quer ter nada com ele e que ambas foram suas vítimas. Júlia não fica convencida com as justificações da irmã.

Gui mostra mais uma vez que é imaturo e diz a Cátia que está farto de trabalhar na livraria, porque foi repreendido pelo gerente. A namorada fica assustada porque ele brinca e sugere que podiam formar uma dupla criminosa como Bonnie and Clyde. Gui divaga, pensando que poderiam fugir para um local paradisíaco e desfrutar do produto dos seus roubos, mas Cátia lembra que a realidade é trabalhar todos os dias.

O negócio de comida feita corre de vento em popa e Ester recebe uma grande encomenda de Veiga para a loja Flor de Sal, no shopping. Áurea exclama que é agora que vão ficar ricas enquanto a mãe diz que vai estabelecer as condições de pagamento com o empresário, pois vai ter de contratar mais gente. Vera dispõe-se a ajudar, desde que não seja na cozinha, e Alberto dá alento à sobrinha dizendo que, se quiser, até pode guiar a carrinha. Ester beija o marido e afirma que não o pode dispensar.

Teresa conversa com Francisco e elogia Inês, considerando que se trata da mulher ideal para Duarte. Comenta com o marido que teve mais uma tontura e Francisco finge-se empenhado em acompanhar o seu estado de saúde, escondendo que é ele quem anda a trocar-lhe os comprimidos.

Duarte admite casar em casa dos pais graças à capacidade de persuasão de Inês, que garante que Teresa apenas se limitou a dar algumas sugestões para a boda. Duarte acaba por beijá-la mas Inês fica incomodada com a falta de entusiasmo que ele demonstra.

Júlia confessa a Madalena que não sabe se deve acreditar na irmã ou em Artur. Madalena é que não tem dúvidas e diz que o facto é que se enrolaram a sério.

Nonô sente-se deprimida por estar farta de estudar e sem perspetivas de trabalho depois de acabar o curso. Babi mima a filha com um cartão do centro comercial para que ela faça algumas compras.

Artur mal consegue trabalhar em condições, ansioso por um contacto de Júlia. Incomodado, chama Jorge ao gabinete e pergunta se ele sabe alguma coisa dela. Como a resposta é negativa, a sua desilusão aumenta. Raquel liga entretanto e Artur aceita encontrar-se com ela ao final do dia, pois pretende saber qual foi a ideia de virar Júlia contra ele.

Raquel convence-se de que afastou Júlia definitivamente do seu caminho, mas Babi lembra que foi ela quem manipulou Artur quando o drogou e levou para a cama.

Júlia confirma a Mariana que Raquel e Artur tiveram um caso de uma noite e a filha apresenta-lhe Rita, a nova empregada. Júlia deseja boa sorte a Elvira, que vai trabalhar para Andorra.

Luísa envergonha Isabel, insistindo que está na hora de ela pensar em engravidar de Urbano. Emília censura o atrevimento da amiga e pergunta-lhe como está o seu romance com Hernâni. Luísa anuncia que terminou tudo com o velho e Isabel pergunta se ela acha que é nova.

Hernâni está de passagem e entra na loja gourmet á procura de Cristóvão. Como ele não está, começa a “picar” Sónia perguntando-lhe por Miguel. Ela garante que está bem e recomenda-se e Hernâni murmura que só se estraga uma casa. Sónia fica na dúvida se percebeu bem e o segurança disfarça. Cristóvão regressa da sua pausa e informa Hernâni que Ivo foi falar com Hugo a casa dele, agora que está em prisão domiciliária. Sónia adianta-se e comenta que se fosse um pobretanas, estava preso.

Hugo recebe a visita do irmão e da mãe em casa. Ivo irrita-o, porque procura com insistência a pulseira eletrónica que ele tem na perna. Celeste confessa que ficou desiludida com a sua prisão, mas diz que se fosse com Ivo, acharia natural. Hugo consegue convencê-los de que está inocente e que foi um empregado seu a traficar droga no clube. Celeste acredita no filho mais velho, enquanto Ivo consegue que ele o autorize a contratar um estagiário para a loja de som.

Nicole pega-se com Sónia no café de Isabel e, sem papas na língua, diz, referindo-se a Miguel, que ela teve de se encher de silicone para arranjar um homem e ficar com os seus restos.

Ivo procura desesperadamente por Lúcia, mas Cristóvão afiança que ela ainda não apareceu.

Na clínica, Júlia procura Carminho, enquanto Lúcia embala o tablet que Ivo lhe mandou. Júlia aproveita o facto de Vera estar com a prima e conta-lhe que Hugo saiu da cadeia, deixando-a cheia de medo. Ao perceber o medo da amiga, Júlia acrescenta que ele não pode sair de casa, pois tem uma pulseira eletrónica.

Júlia confessa ainda a Carminho que ainda não conversou com Artur, mas não quer adiar mais esse momento. O jornalista está, por sua vez, a testar um carro que tenciona comprar quando recebe a sua chamada, combinando encontrar-se de imediato com ela.

Raquel chega à Blondie e fica surpreendida pelo facto de Artur não estar na revista depois de ter combinado encontrar-se com ela ali.

Júlia tem uma conversa definitiva com Artur e deixa bem vincado que não confia nele, apesar de saber que a irmã não é flor que se cheire. Júlia mostra-se inflexível por acreditar que ele a traiu com Raquel e termina tudo, desejando-lhe boa sorte para a vida. Artur aceita, desconsolado.

Gui vai desafiar Duarte para uns comes e bebes, mas o irmão põe-lhe juízo na cabeça e faz com que ele vá visitar a filha. De caminho, ainda lhe garante que se trabalhasse consigo, o punha na ordem.

Madalena acarinha Júlia depois da conversa que ela teve com Artur.

Artur regressa destroçado à revista e tem Raquel à sua espera. Sem perder tempo entra no gabinete e acusa-a de o ter feito perder Júlia e que, por isso, nunca mais a quer ver ali. Se isso voltar a suceder, Artur promete que chama a segurança para a expulsar. Raquel fica chocada e sem palavras.

Despeitada, Raquel exalta-se com Artur e sai da revista Blondie a chamar-lhe ordinário, gritando que já se tinha apercebido que ele não prestava para nada. Jorge apercebe-se da altercação e vai perguntar ao patrão se está tudo bem. Artur desabafa que, pelo menos, o problema com Raquel está resolvido.

Teresa fica agradada com os cuidados que Lurdes demonstra com a sua saúde e a empregada não esconde a satisfação por estar a cumprir bem as suas tarefas. Teresa confidencia que não é fácil substituir Natércia e, perante a curiosidade de Lurdes, revela que teve de a despedir porque ela disse o que não devia.

Cátia chega apressada a casa e encontra Gui a dormir. Quando desperta quer namorar mas a namorada afasta-o porque tem de se apressar para ir trabalhar no clube. Ele queixa-se de não estão tanto tempo juntos quanto deseja e Cátia justifica-se com o cansaço que tem. Por comentar que rasgou dois pares de meias nessa semana, Gui desconfia que os clientes andam a tocar-lhe, ideia que ela rejeita prontamente.

Inês comenta com Duarte que Gui parece desgovernado. Ele concorda e acrescenta estar preocupado com o facto do irmão não se preocupar com o futuro. Inês queixa-se de que Duarte não se tem empenhado em ajudar a escolher a casa onde irão viver depois de casarem, insistindo que não quer continuar a viver num apartamento onde estiveram outras mulheres. Duarte desconversa, aliviando as preocupações da noiva.

Júlia confessa a Madalena que está cada vez mais apaixonada pela neta e que, ao tratar de Carolina, está a compensar o facto de não ter podido acompanhar a infância da filha Mariana.

Mariana desmarca a ida ao cinema com Gustavo porque Carolina está a ficar doente. Raquel oferece-se para ir com ela ao hospital, mas ela diz que não vale a pena. Mariana pergunta a Raquel se não tem novidades e ela acaba por contar, a custo, que a relação com Artur não resultou porque ele é um coleccionador de mulheres, pois também andava atrás de Júlia. Aproveitando o momento de confidências, Raquel conta à sobrinha que Hugo saiu da cadeia e está em prisão domiciliária. Mariana fica nostálgica e desabafa que está na mesma situação, por estar demasiado ligada a Carolina.

Ester anima Vera, que está preocupada pelo facto de Hugo ter deixado a cadeia e estar a aguardar o julgamento em casa.

Alberto volta a ter ideias para negócios megalómanos, mas fica amuado porque Amélia, Áurea e Ester não acolhem as suas propostas.

Ivo contrata o estagiário para a loja de som e obriga-o a ficar no armazém, justificando que está à espera de uma pessoa muito importante, convicto de que Lúcia irá visitá-lo. Cristóvão mantém-se alheado com o pensamento em Cátia. Ao ouvir Ivo falar sobre a importância do dinheiro, tem uma ideia e sai disparado da loja.

Hernâni insiste em reaproximar-se de Nicole e, quando ela lhe pede que leve Tânia a passear, sugere que façam um programa familiar. A manicura ironiza e manda-o ir tratar da vida.

Isabel pega ao colo o bebé de uma amiga e Luísa mete-se com ela, dizendo que está na hora de ela ter um filho de Urbano. Isabel não disfarça o constrangimento e pede-lhe que pare com a brincadeira.

Sónia insiste em embirrar com Gustavo, enquanto o rapaz arruma as prateleiras da loja. Assim que Miguel chega, só tem olhos para ele, levando a que o estagiário comente que lhe passou depressa a competência. Ela fulmina-o com o olhar e ouve os lamentos de Miguel por não ter o que fazer.

Mariana decide levar Carolina às urgências do hospital para ser observada e Júlia combina ir ter com ela. Madalena telefona a Raul para saber se ele está a trabalhar, pois pode consultar a menina.

Artur cumpre o desejo de testar um carro híbrido e acerta com o vendedor as condições para o adquirir.

Raquel assegura a Babi que nunca mais quer ver nem falar com Artur. A amiga, por seu lado, não atende as chamadas de Hugo, argumentando que não quer ficar ligada ao criminoso.

Hugo mostra-se espantado com a rapidez com que Ivo contratou o estagiário para a loja e avisa o irmão para cuidar bem do negócio, pois pode ser a sua única fonte de rendimentos nos próximos tempos. Quando desliga o telefone, Hugo é confrontado com a vontade da mãe, que quer mudar-se lá para casa para que ele não fique sozinho. Hugo acaba por contar a Celeste que não se sente bem por não poder sair de casa.

Vera enche Ester de satisfação ao decidir voltar a estudar. A tia propõe-lhe dar a notícia ao resto da família e Alberto é o principal entusiasta da ideia.

Francisco instala-se no novo escritório e diz à secretária que está muito satisfeito por ter evitado sair de Lisboa. Nesse momento, recebe uma chamada e é avisado que Teresa foi hospitalizada. Calmamente, murmura para si próprio a expressão “começou”.

Duarte é avisado que a mãe sofreu uma queda e, antes de sair para o hospital, avisa Gui.

Depois de ter observado Carolina, Raul aconselha Mariana sobre como deve vigiar a filha.

Júlia, para ver a neta, e Duarte, para acompanhar a mãe, chegam ao mesmo tempo ao hospital e apanham o mesmo elevador. O momento é de grande constrangimento e as palavras que trocam são de circunstância. A tensão entre os dois aumenta quando o elevador encrava.

Júlia tem uma crise de claustrofobia por estar fechada dentro do elevador e Duarte pega-lhe na mão para a acalmar. O desejo sobrepõe-se à razão e faz com que se beijem com sofreguidão. Júlia cai em si e desprende-se de Duarte, gritando que o que estão a fazer é errado. O elevador volta a funcionar e Júlia sai rapidamente, aparecendo ofegante ao pé de Mariana, que já está preparada para regressar a casa com Carolina. Júlia esforça-se por disfarçar o sobressalto pelo encontro com Duarte.

Duarte surge muito perturbado no quarto onde Teresa de recompõe, depois de ter sofrido mais um episódio de hipertensão. A mãe tranquiliza-o, afirmando que já está melhor, mas a médica decreta que algo não está bem com a medicação que ela está a tomar e avança que lhe vai prescrever outro medicamento. Gui chega nesse instante e espanta-se por não ver o pai. Duarte liga então a Francisco, que finge estar no tribunal para justificar a sua ausência. O advogado engana Duarte, mostrando-se preocupado com a saúde de Teresa enquanto degusta um charuto, refastelado na cadeira do seu escritório. Ninguém suspeita que é ele o responsável pelo mau estar de Teresa, por lhe trocar os comprimidos que ela toma para a tensão arterial.

Já em casa, Mariana telefona a Gustavo e explica que falhou ao almoço que tinha combinado porque teve de levar a filha ao hospital. O rapaz aceita com humor a justificação da namorada.

Isabel confessa a Emília que receia que a relação com Urbano não resulte. Nesse momento, um estafeta entrega-lhe mais um ramo de flores acompanhado de um cartão em que Urbano a convida para jantar em sua casa. Emília brinca com a amiga e diz-lhe que têm de ir à loja comprar lingerie. Isabel fica envergonhada.

Sónia conta a Cátia que Miguel teve de desfazer-se do stande por causa das dívidas. A prima avisa que com a crise que se está a viver, não será fácil encontrar emprego. Sónia, altiva, responde que ele também não aceita um trabalho qualquer. Cátia desabafa que nem quer imaginar o que seria, se Gui ou ela perdessem o emprego. De seguida, conta que Teresa passou mal e teve de ser internada. Sónia, sempre viperina, comenta que era melhor ter-lhe dado o badagaio de vez, porque assim deixava de a chatear. Não satisfeita com o que disse, ainda acrescenta que o que dava jeito era que ela se estampasse de carro com Francisco, pois com o dinheiro que têm ainda deixavam uma boa herança para Cátia e Gui endireitarem a vida. Cátia fica um pouco chocada e responde que não deseja a morte à sogra.

Gui pede segredo a Duarte quando conta que foi despedido da livraria. O irmão dá-lhe uma reprimenda, mas garante que vai estar atento caso apareça algum emprego. Teresa não esconde a sua emoção pelo carinho que recebe dos filhos, de Inês e de Lurdes. Duarte agradece a oferta da mãe para que se case com Inês lá em casa, mas ele recusa delicadamente a proposta. A sós com Inês, Teresa discute com a futura nora o vestido de noiva e mostra o desejo de conhecer a mãe dela.

Áurea conversa com Vera e conta, animada, que o médico a incentivou a morar sozinha com o filho Bruno, agora que a sua doença está controlada. Vera também se mostra entusiasmada com a ideia de voltar a estudar. Alberto faz-lhes companhia e começa a ter mais ideias megalómanas para futuros negócios. Pede ajuda a Vera para fazer uma pesquisa na internet, mas combina que será um segredo só deles.

Urbano confidencia a Zé Maria que está apostado em conquistar Isabel e confessa que o seu sentimento por Júlia foi apenas um deslumbramento. O empresário incentiva o amigo e considera que ele é um verdadeiro romântico.

Ivo fica em estado de choque quando Lúcia afirma perentoriamente que não quer nada com ele e lhe devolve o presente que tinha recebido. Raul chega a ficar preocupado por encontrar Ivo a ofegar, ao mesmo tempo que abandona a clínica em alta velocidade. O médico segue para o interior e detém-se a ouvir Madalena cantar no seu gabinete. Júlia chega entretanto e quebra o momento romântico de Raul. Este beija Madalena e deixa as amigas sozinhas a conversarem. Júlia deixa Madalena estupefacta ao relatar o episódio que viveu com Duarte no elevador do hospital e que acabou com o beijo que trocaram. Duarte, por seu lado, regressa a casa e recorda esse momento de paixão reavivada, estampando na face um olhar preocupado.

Artur desabafa com Jorge e lamenta a forma como perdeu Júlia, revelando que, de momento, não tem coragem para voltar a conquistá-la. Jorge, em contraponto, dá-se por muito feliz por ter com Carminho uma relação antiga e de grande cumplicidade.

Raquel visita Mariana e deixa escapar uma pontinha de ciúme, já que Mariana a manteve à margem da doença súbita de Carolina. A rapariga desvaloriza o facto e conta que a mãe a ajudou. Nonô intercede a favor de Raquel e Mariana acaba por permitir que a tia fique para jantar com elas.

Gustavo lamenta-se de que não consegue estar cinco minutos a sós com Mariana e castiga-se, dizendo que ninguém o mandou envolver-se com uma pessoa que já tem uma filha. Cristóvão está alheado da conversa e Gustavo acaba por se rir dele quando consegue despertar-lhe a atenção. Ivo chega nesse instante e ordena que ninguém se ria, pois tem de fazer o funeral do seu coração. Cristóvão deixa que Gustavo saia de cena e convoca Ivo para o acompanhar numa operação de salvamento a Cátia.

Cátia discute com Gui por ele ter perdido o emprego e fica irritadíssima porque a resposta que ele dá ao problema é virar costas e ir embora.

Francisco regressa a casa, fingindo-se ansioso para chegar perto de Teresa. O advogado irrita-se ao saber que os médicos alteraram a medicação da mulher e quase entra em conflito com Lurdes, quando a empregada se propõe deitar fora o medicamento antigo. Teresa deixa que o marido suba para tomar banho e diz à empregada para não respeitar a ordem que Francisco lhe deu. Teresa está desconfiada com o comportamento do marido e pede a Lurdes que lhe coloque alguns comprimidos de reserva, sem que ele saiba.

Cristóvão é expulso do clube de striptease depois de tentar comprar Cátia, como se estivesse a negociar o passe de um jogador de futebol. Ivo, que o tinha acompanhado, é o primeiro a fugir.

Gui desabafa com Duarte, aborrecido por Cátia o ter repreendido, agora que foi despedido. O irmão diz que ele foi um irresponsável e aconselha-o a arranjar emprego rapidamente. Gui devolve as críticas quando Duarte reconhece que já está farto de andar a falar no seu casamento, avançando que ele tem de se decidir entre a mulher que quer para viver consigo. A custo, Duarte assume que o melhor mesmo é casar com Inês. Gui desarma o irmão ao responder que mais vale tornar-se num monge tibetano.

Júlia janta com Madalena, mas está com o pensamento mergulhado em Duarte. A amiga percebe e brinca com ela, dizendo que pode telefonar-lhe e convidá-lo para de juntar a elas. Júlia reconhece que não consegue tirar Duarte da cabeça. Madalena dá entretanto a novidade de que Urbano convidou Isabel para jantar com ele. Júlia não tem dúvidas de que o seu ex-marido merece ser feliz com alguém como Isabel e deseja que lhe dê o amor que ela não conseguiu dar.

Urbano cria um ambiente de grande romantismo para jantar com Isabel, em sua casa. Ambos se desejam, sem conseguir disfarçar o nervosismo que os invade.

Duarte atrasa-se para jantar e Inês faz-lhe sentir o seu desagrado por não ter avisado. Duarte desculpa-se com o facto de ter encontrado o irmão e chama-a para perto de si, dizendo que precisam conversar. Inês junta-se a ele, muito preocupada.

Inês suspira de alívio quando Duarte mostra vontade de apressar o casamento e beija-o com grande paixão. Ele deixa-se envolver, tentando convencer-se de que essa é a solução para esquecer Júlia.

Júlia conversa com Madalena e confessa que gostou de rever Duarte e ainda mais do beijo que deram. No entanto, garante que não o vai procurar, pois não quer ser responsável por destruir o noivado a Inês. Madalena lamenta que a amiga não consiga resolver o seu problema sentimental.

Urbano e Isabel conseguem vencer a timidez e, depois de trocarem um beijo fogoso, seguem atabalhoadamente para o quarto, ardendo em desejo.

Alberto surpreende Ester, Áurea e Amélia ao anunciar que decidiu voltar à faculdade para acabar o curso de Economia. Vera olha o tio com cumplicidade, pois ajudou-o a fazer a pesquisa que precisava.

Madalena desperta muito bem disposta e a cantarolar, confessando a Júlia que é a forma encontrada para diminuir a ansiedade que sente, antes de cada sessão no psicólogo.

Duarte prepara o pequeno-almoço para si e para Inês e corresponde ao beijo intenso que ela lhe dá. A noiva afirma que já está a treinar para quando for sua mulher e diz que vai ter de apressar o casamento. Duarte desvaloriza a tarefa e aconselha-a a não complicar. No entanto, concede a Inês que faça algumas vontades a Teresa quando a noiva chama a atenção de que o enlace é muito importante para a mãe dele. Duarte muda de assunto e mostra a sua preocupação pelo despedimento de Gui, decretando que está na hora de dar a mão ao irmão.

Cátia faz as pazes com Gui mas faz com que ele prometa que vai procurar emprego. Ele faz a namorada desesperar ao fazer referência à mesada que os pais deixaram de lhe dar. Apesar da sua imaturidade, Cátia não consegue resistir-lhe.

Teresa pergunta a Lurdes se Francisco voltou a perguntar pelos seus comprimidos antigos. A empregada responde que fez tudo como ela mandou, entregou ao patrão o medicamento antigo, subtraindo da caixa, alguns comprimidos. Teresa liga imediatamente para um laboratório para mandar analisá-los, cada vez mais desconfiada de que Francisco a quis eliminar.

Luísa e Emília ficam em grande excitação quando Isabel confirma, envergonhada, que chegou a vias de facto com Urbano, acrescentando que ele se revelou muito querido.

Cristóvão lamenta-se a Ivo por não ter conseguido resgatar Cátia ao clube de striptease, apesar de estar disposto a gastar as suas poupanças. Acaba por se irritar, quando o amigo diz que ela vai dançar no varão porque gosta. Cristóvão muda de assunto e percebe que Ivo também está destroçado, por ter sido rejeitado por Lúcia. Propõe-lhe que se apoiem na desgraça, uma vez que são amigos.

Miguel conta a Sónia que já tem várias entrevistas agendadas para arranjar emprego, todas para cargos de direcção. Perante o espanto da namorada, esclarece que falsificou os currículos que mandou, convicto de que não será descoberto. De caminho, pede a Sónia que lhe empreste dinheiro para jogar no euro milhões. Ela pede a Gustavo que retire dinheiro da caixa da loja, gesto que o estagiário cumpre apesar de a repreender. Mariana entra na loja depois de Miguel ir embora e combina um programa nocturno com Gustavo, que aceita, atrapalhado, passar a noite com ela. A rapariga telefona a Júlia para que fique com Carolina. A mãe confessa a Carminho a sua mágoa por estar a desempenhar o papel de avó, sem ter conseguido ser mãe. Carminho consola a amiga e, sem esconder que também gostava de ser mãe, afiança que só pensará em ter filhos quando o emprego de Jorge na revista ficar consolidado.

Artur cruza-se com Júlia na clínica e queixa-se de que ela o trata com grande distanciamento. Júlia corta a conversa e pede-lhe que não piore as coisas. O jornalista consegue que ela considere fazer a produção fotográfica de que já tinham falado antes de Raquel ter estragado o seu relacionamento. Artur despede-se de Júlia no momento em que Vera se aproxima. A rapariga deixa Júlia muito feliz ao contar-lhe que decidiu voltar a estudar. Júlia encoraja-a e diz que sempre acreditou que ela conseguiria ultrapassar a fase negativa que viveu ao lado de Hugo.

Hugo começa a desesperar porque a mãe não lhe dá um minuto de privacidade. Celeste não para de dar sugestões ao filho, o que o deixa visivelmente impaciente.

Raquel gaba-se por ter excedido os objectivos na clínica e conta a Babi que vai ser recompensada por isso. Babi recebe uma chamada de Hugo e fica preocupada, reconhecendo que lhe deve pelo menos uma conversa. Raquel assegura que ela não pode demonstrar que tem medo, mas Babi não se tranquiliza por isso.

Cátia fica apavorada quando o patrão do clube de striptease lhe conta que Cristóvão lhe ofereceu dez mil euros para a despedir. De imediato vai confrontar Ivo, que não consegue negar ter acompanhado Cristóvão, até ao clube. Cátia obriga Ivo a guardar segredo sobre a sua actividade paralela, ameaçando bater-lhe se não o fizer.

Duarte oferece emprego a Gui, para o ajudar na promoção da agência de viagens. Ele brinca com o irmão e diz que quer uns cartões que digam que ele é o novo director de marketing.

Francisco aparece de surpresa em casa dizendo que aproveitou para almoçar com Teresa. Fica agastado quando Lurdes diz que a senhora não está em casa e liga de imediato à mulher. Teresa mente, dizendo que está numa reunião da sua associação de caridade mas, na realidade, aguarda o resultado da análise que mandou fazer aos comprimidos que tomava para a hipertensão. Teresa não consegue disfarçar o choque, quando o seu amigo farmacêutico lhe revela que o medicamento que andava a tomar era exactamente para o efeito contrário, deixando claro que ela podia ter morrido. Teresa relembra o interesse que Francisco revelou na sua medicação, percebendo que o marido está a tentar matá-la. Teresa esforça-se por conter as lágrimas.

O farmacêutico amigo de Teresa diz sem papas na língua que ela podia sofrer um avc caso continuasse a tomar os comprimidos que levou para analisar, pois fazem subir a tensão em vez de a baixar. Teresa esforça-se por dizer que desconhece o que aconteceu, mas está destroçada, quase certa de que Francisco lhe trocou a medicação com o propósito de a matar.

Cátia procura Cristóvão na loja gourmet e faz com que ele deixe cair as laranjas que está a arrumar, explicando a Gustavo como deve fazer. O estagiário tenta não rir e afasta-se para permitir que eles conversem a sós. Cátia repreende Cristóvão por ter ido ao clube oferecer dinheiro para a comprar. Ele justifica-se garantindo que só quis tirá-la daquela vida, ciente de que sabe quem a obriga a dançar no varão. Cátia diz que só dança porque quer e, quando Sónia entra na loja, despede-se fazendo sinal para que ele fique calado. Sónia dá um raspanete ao funcionário por ter as laranjas espalhadas pelo chão.

De regresso à loja de doces, Cátia encontra Gui muito bem disposto por ter vendido uma goma a um miúdo e radiante por ter arranjado emprego. A namorada fica entusiasmada e beija-o. No entanto, arrefece um pouco os ânimos, ao saber que Gui vai trabalhar com o irmão na agência de viagens. Gui trata de garantir que Duarte não lhe faz favores.

Madalena conta a Moreira que o que lhe dá verdadeiro prazer na vida é cantar. No entanto reconhece que tem medo de ser feliz e o psicólogo afirma que terão de tratar esse problema.

Mariana entrega Carolina a Júlia, que fica radiante com as instruções que recebe da filha, para saber como deverá cuidar da neta. Júlia dá-lhe um abraço emocionado e pergunta a Mariana se é com Nonô que vai ao cinema, mas a filha responde apenas, enigmática, que não. A mãe despede-se de Mariana com um sorriso de cumplicidade.

Inês está muito avançada nos preparativos do casamento e diz que faz sentido que Cátia fique sentada na mesa de Teresa, ao lado de Gui. Duarte responde-lhe que ela deve querer que a mesa fique virada ao contrário, mas a noiva aposta numa reconciliação. Inês aproveita a boa disposição de Duarte e consegue convencê-lo a aceitar que a boda se realize no jardim da casa dos pais. Para não ser apenas Inês a transmitir novidades, Duarte conta que deu emprego ao irmão na agência de viagens e Inês comenta que já calculava, por lhe conhecer os pensamentos. Duarte fica preocupado.

Teresa chega a casa muito abatida e Lurdes repara que ela não está bem. Teresa pergunta-lhe se poderia eventualmente ter-lhe trocado os medicamentos, mas a empregada nega peremptoriamente. Lurdes afasta-se quando Francisco aparece vindo do jardim, convidando-a a fazer-lhe companhia. Teresa gere a conversa com cuidado e é surpreendida quando Francisco lhe propõe que façam uma viagem à Suíça, para estarem juntos, sem mais ninguém. A mulher defende-se, considerando que não é o melhor momento e o advogado reclama, dizendo que ela não sabe o que quer. Lurdes assiste a tudo sem ser notada. Já a sós, Teresa murmura para si, que se acabaram as surpresas.

Babi visita Hugo em casa e ele tenta por todos os meios reconquistar a sua confiança, afiançando que nada teve a ver com o caso de tráfico de droga de que o acusam. Babi esquiva-se quando ele ensaia seduzi-la e a entrada de Celeste na sala, permite que Babi vá embora justificando que tem a filha à espera para jantarem. Quando ela vai embora Celeste comenta com o filho que ela é muito bonita. Hugo fica enfadado com mais esta intromissão da mãe.

Raquel telefona a Babi, convidando-a para jantar mas a amiga recusa. Raquel queria contar-lhe novidades, mas não desanima porque encontra Mariana e Gustavo. A sobrinha conta que vão ao cinema e que Carolina ficou entregue a Júlia, para ela poder sair. Ao contrário do que seria de esperar, Raquel despede-se de Mariana com um sorriso de orelha a orelha.

Isabel pergunta com insegurança a Emília se está bem arranjada para sair com Urbano. A amiga anui e Isabel passa à fase seguinte, que é a de comprar pastilhas para a garganta, com medo de tossir durante o concerto a que vai assistir com o médico. Hernâni mete-se na conversa e é alvo de troça pela sua falta de cultura musical.

Quando Isabel vai embora, Hernâni continua a conversar com Emília e jura a pés juntos que consegue resistir às investidas de Luísa. O segurança diz que a única coisa que lhe interessa já nem é reconquistar Nicole, mas sim tomar conta de Tânia, pois acha que a filha tem andado aos caídos.

Regressados de Londres, Bruno e Paulo distribuem pela família os presentes que trouxeram. Bruno, oferece uma écharpe a Ester e diz que Germano ajudou a escolhe-la. Alberto troça e Ester repreende-o com o olhar.

nas redes

pesquisar