SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 21 a 27 de março

Mariana faz o teste de compatibilidade que pode salvar a vida de Tomás!

Teresa mostra-se desagradada com o trabalho da nova empregada, enquanto Francisco tenta desculpar a rapariga.

Mariana faz as análises para avaliar se é compatível com o irmão. Salvador agradece à filha pela sua generosidade, mas ela trata-o com frieza. Por contraste, tem uma atitude bem diferente com Marta, sorrindo para a mãe de Tomás, convicta de que o irmão conseguirá salvar-se da leucemia que o persegue. Júlia, que acompanhou Mariana ao hospital, aconselha a filha a ligar a Gustavo, convidando-o para sair, garantindo que se ele gosta mesmo dela não vai afastar-se pelo facto de ela já ter uma filha.

Gustavo fica surpreendido quando ouve Cristóvão contar que andou enrolado com Sónia para aprender como se comportar na cama, antes de conquistar Cátia. Sónia apanha a parte final da conversa, acusando-os de estarem a planear um golpe de estado. Gustavo disfarça e diz que estavam apenas a comentar o atraso dela. Sónia, irritada, confessa que adormeceu.

Hernâni garante a Isabel que Nicole vai voltar para ele, pois agora possui um trunfo imbatível. Isabel fica intrigada ao ver o segurança arrancar decidido para a loja Nails da ex-mulher. O segurança está desejoso de revelar à ex-mulher que Miguel anda a traí-la com Sónia, mas perde a coragem e limita-se a dizer que ela há-de comprovar com os seus próprios olhos que certas pessoas não são o que parecem. Nicole fica intrigada com a observação de Hernâni.

Isabel cora de vergonha por confessar a Luísa e a Emília que ainda não aconteceu nada entre ela e Urbano, nem mesmo um beijo.

Jorge não esconde o seu contentamento quando Artur o contrata como jornalista da Blondie. Depois de Jorge sair, Artur telefona a Júlia para lhe dar a boa nova. Júlia agradece ao jornalista e Carminho agradece a Júlia a ajuda que deu ao namorado. Ela desvaloriza o caso e assume que se alguém está em divida é ela, a quem Jorge e Carminho deram a mão, depois de ter deixado a cadeia.

Raquel visita Mariana e é vítima da sua própria curiosidade ao perguntar se já está marcada a data do casamento de Zé Maria. Mariana responde seca que a história se repete, pois ele gosta mais de Emília do que ela gosta dele. Raquel acusa a provocação mas não reage, ficando curiosa para ouvir Mariana justificar porque razão pode ter de se sujeitar a uma cirurgia em breve.

Hugo pede desculpa a Babi por ter sido desagradável com ela e tenta seduzi-la. Babi afasta-o e diz que não serve para ele ocupar os tempos livres. Hugo tenta adivinhar se ela tem algum namorado novo para estar a rejeitá-lo.

Bruno e Paulo estão em grande excitação a fazerem as malas para viajarem até Londres, onde vão passar alguns dias de férias com Aníbal e Germano. Bruno queixa-se de que lhe falta alguma roupa e Áurea, revelando que está muito melhor da sua doença, diz que vai ao centro comercial comprar um blusão ao filho, assegurando que leva o dinheiro estritamente necessário. Ester fica aliviada por perceber que a filha está quase recuperada.

Teresa consulta Moreira e confessa ao psicólogo que está muito mais confortável, desde que começou a conseguir controlar a vida de Francisco, sentindo que está a dominar o marido.

Duarte felicita Gui por se ter inscrito num novo curso universitário. O irmão pergunta se a relação com Inês melhorou e Duarte reconhece a namorada era menos complicada antes de estarem a viver juntos. Gui opina que ele deve esconder melhor o que sente, para não arranjar conflitos com Inês.

Alberto agradece a Júlia o que está a fazer por Vera e acaba por concordar com a amiga que é fundamental apoiar a rapariga nesta fase difícil. No entanto, confessa que está muito magoado com a sobrinha e que vai ter dificuldades para a perdoar. Júlia amolece o coração de Alberto afirmando que Vera merece uma segunda oportunidade.

Babi conversa com Raquel no café do shopping, garantindo que já não consegue trabalhar com Hugo. Ficam intrigadas ao ver que dois polícias fardados se posicionam à porta da loja de som, enquanto dois agentes da Judiciária entram para darem cumprimento a um mandato de busca. Ivo só pede que não lhe desarrumem o armazém. Ao mesmo tempo, outros agentes fazem busca ao escritório do DancinDays e prendem Roberto, surpreendido a preparar a droga para vender. O segurança ainda pensa em recorrer à arma mas desiste da ideia ao perceber que não tem qualquer hipótese de fuga. Hugo chega entretanto ao shopping e é detido imediatamente por suspeita de tráfico de droga, causando o espanto geral.

Hugo tenta refazer-se do choque ao ser algemado e exige um advogado. Transeuntes e lojistas observam curiosos a sua detenção, enquanto um dos agentes garante que ele terá todo o apoio jurídico quando chegar à sede da Polícia Judiciária. Raquel exibe um sorriso de vingança ao ver Hugo ser levado pelos agentes. Ivo balbucia que não sabe onde foram buscar a ideia de que o irmão é traficante de droga. Cristóvão percebe a angústia do amigo e pergunta se não quer água com açúcar. Sónia vai ter com Cátia que, também ela, fica atónita ao saber que Hugo é suspeito de tráfico de droga. Isabel tira um café para o irmão e comenta que o que se passou é uma vergonha. Jorge, enervado e sabedor dos podres de Hugo, deixa escapar que isto é o que acontece a quem quer ganhar dinheiro fácil. Raquel exulta com a detenção de Hugo e deseja que ele apanhe muitos anos de cadeia. Aproveita o balanço e avisa Babi para que se prepare pois, como trabalha com ele, a polícia vai querer ouvi-la. Babi, ainda em choque, decide ir ao Dancin’ Days.

Com o pretexto de comprar um candeeiro, Raquel procura Emília e aconselha-a a casar com Zé Maria, assumindo o erro de o ter deixado escapar. Emília recusa discutir a sua vida sentimental, mas não deixa de ficar pensativa quando Raquel a deixa sozinha.

Mariana conta a Nonô que decidiu ajudar Tomás, apesar da raiva que sente por Salvador. A amiga convida-a para ir ao cinema descontrair, uma vez que está ansiosa por saber o resultado das análises que fez para avaliar a sua compatibilidade com o irmão. Mariana recusa por estar à espera de Gustavo, a quem convidou para jantar. Acaba por confessar a Nonô que está nervosa, temendo que ele se assuste com o facto de ela, apesar de muito nova, ter já uma filha a cargo e uma vida independente. Nono lembra que essa é mais uma razão para namorar primeiro e preocupar-se depois com o resto.

Júlia entra na loja de som e encontra Jorge apreensivo com a detenção de Hugo. Para confortar o amigo, assegura que ele não tem de se preocupar com isso. Jorge lembra-lhe que pode sofrer retaliações por ter denunciado o traficante, mas Júlia garante não ter medo dele. Jorge agradece a cunha que ela meteu a Artur para o contratar para a Blondie e informa que vai começar já a trabalhar na revista.

Teresa conversa com Duarte, feliz por saber que Gui decidiu voltar a estudar, Habituada a controlar tudo e todos, começa a definir que o filho mais novo não deve dispersar-se a trabalhar para não atrapalhar o curso, defendendo que ele também deve acabar o namoro com Cátia. Duarte repreende a mãe, mas fica agradado por saber que ela e o pai estão a comprar uma nova casa de verão em Tróia. Já o despedimento de Natércia, por estar a beber às escondidas, causa imensa estranheza a Duarte.

Francisco consulta-se no médico depois de ter uma baixa de tensão, mas acaba por sair do consultório pelo seu próprio pé.

Júlia visita Nicole e desabafa com ela, dizendo que por ter estado presa não consegue ter com Mariana a ligação maternal que a amiga tem com Tânia. A manicura confessa que apanhou um susto por pensar que a filha, por sentir saudades do pai, lhe ia propor viver com ele. Nicole acrescenta que, apesar de uma ou outra discussão, está muito bem com Miguel, jurando arrancar as unhas de qualquer mulher que tente roubá-lo. Júlia desvaloriza as preocupações da amiga que ainda se confessa surpreendida pela prisão de Hugo. Áurea comenta também o assunto com Isabel e mostra-se desconfiada que o problema de droga de Vera possa estar relacionado com as atividades ilícitas de Hugo. Tânia despede-se de Bruno e de Paulo, que estão de partida para Londres. Os amigos prometem trazer-lhe uma prenda quando regressarem.

Emília conta a Isabel que Raquel a procurou para a convencer a casar com Zé Maria. A decoradora confessa que está cada vez mais baralhada, sem saber que decisão tomar. Isabel conta, por seu lado, que aceitou jantar em casa de Urbano, mas mostra-se muito enervada, desejando ter um desodorizante que a impeça de transpirar com tanta ansiedade. Urbano também não está melhor e conta a Zé Maria que passou a manhã inteira a escolher as palavras certas para convidar Isabel para jantar. Alberto interrompe a conversa para os cumprimentar e os três combinam mais uma partida de golfe durante a semana.

Madalena protesta suavemente com Raul por insistir em conversar com ela no local de trabalho. No entanto, o tacto que o médico usa para lidar com ela consegue fazer com que a relação evolua para uma cumplicidade maior. Madalena consegue contar que vai ter a primeira sessão de psicoterapia e Raul dá-lhe os melhores conselhos sobre a forma de encarar o tratamento dos seus medos e más recordações.

Ester fica preocupada quando Áurea conta que Hugo foi preso por tráfico de droga, pois teme que Vera seja afetada por isso, uma vez que está prestes a deixar a clínica de reabilitação.

Hugo tem de conter a fúria quando a sua advogada o informa de que, provavelmente, vai ficar preso até ser julgado, fundamentando a sua opinião no facto de Roberto ter sido apanhado a pesar droga no escritório do DancinDays. Hugo só quer saber quem o denunciou, mas a advogada responde que o processo está em segredo de justiça e que, por isso, não pode consultá-lo.

Ivo aproveita-se da prisão de Hugo para pensar em ir de férias, aproveitando a generosidade de Cristóvão que se oferece para o ajudar a tomar conta da loja de som.

Hernâni interrompe a conversa de Miguel com Sónia, quando eles tentam combinar mais um encontro. Miguel fica desconfiado com Hernâni, começando a suspeitar que ele sabe das suas escapadelas com a gerente da Flor de Sal.

Gustavo surpreende Mariana, alheando-se do facto de ela já ser mãe e insiste em levá-la consigo a acampar no Alentejo para assistirem a um concerto. Parecem cada vez mais apaixonados, embora sem grande coragem para assumirem os seus sentimentos. Mariana responde a Gustavo que está tentada a aceitar o convite.

Teresa, dá um raspanete a Francisco, pois está agastada com o atraso do marido para jantar. Ele esconde os comprimidos que anda a tomar e justifica-se com o excesso de trabalho. Para sossegar a mulher, avança que já tem marcadas duas entrevistas com candidatas à substituição de Natércia, já que nenhuma das que experimentaram são de confiança. Mas o que incomoda Francisco, na verdade, é Teresa insistir para que ele mude de escritório para perto de casa.

Duarte detesta que Inês continue a mostrar simpatia por estar com os pais dele, mas não se esforça por alterar o clima de conflito que se instalou entre eles.

Artur não esconde a surpresa quando, ao revelar que pretende investigar a vida de Hugo, Júlia revela que foi ela quem o denunciou por tráfico de droga.

Isabel abre o coração e envolve-se num beijo de grande paixão com Urbano, assim que ele demonstra estar interessado nela.

Gustavo e Mariana beijam-se, apaixonados, quando o choro de Carolina os interrompe. O rapaz opta por ir para casa, mas ambos se mostram empenhados em assumirem um compromisso mais firme.

Francisco antecipa-se a Teresa e, antes de ir tomar o pequeno-almoço, troca os comprimidos que ela está a tomar. Depois, aguarda apenas o efeito que a medicação está a fazer, acreditando que a liberdade vai ser recuperada.

Teresa resmunga depois de tomar o comprimido que Francisco lhe deu, ignorando que o marido trocou o medicamento. Francisco faz conversa, dizendo que ela não deve ser fundamentalista com os remédios. Teresa contrapõe que os químicos também fazem mal e recomenda-lhe que beba menos whisky e fume menos charutos. Francisco argumenta que se trata de pequenos vícios que servem de escape e põe-se a jeito para que a mulher o avise para se preparar caso ela lhe descubra outros vícios para além destes. O advogado começa a comer para acabar com a conversa.

Alberto está de saída para a praia com Bruno e Paulo. Amélia dá sinais de já estar a sentir saudades do neto, na véspera dos miúdos irem para Londres ao encontro de Aníbal e Germano. Ester pede a Alberto que esteja em casa antes de Vera regressar da clínica, pois gostava que toda a família estivesse presente para a receber. Alberto, casmurro e muito ressentido com a sobrinha, resmunga que não controla o trânsito, mas acaba por concordar, já que Ester lhe lembra que Vera só os tem a eles.

Júlia confessa a Carminho que não vai buscar Vera à clínica para não se cruzar com Inês. As duas amigas concordam que o facto de Hugo ter sido preso dará mais tranquilidade e maior segurança a Vera. Júlia fica de passar mais tarde em casa dos pais de Carminho para visitar a amiga.

Inês fica contente porque Duarte se lembrou de pedir a Gui que lhe arranjasse um guia de Londres para oferecer a Bruno e também, ao mesmo tempo, porque ele aceita ir com ela levar o irmão ao aeroporto.

Jorge é apresentado por Artur aos colegas com quem vai trabalhar na Blondie. O diretor da revista fica entusiasmado ao perceber que Jorge pode ser muito útil para o artigo que estão a escrever sobre Hugo, uma vez que o conhece bem. Depois de Artur sair, Filipa ajuda Jorge a integrar-se no trabalho.

Mariana não mostra qualquer compaixão por Hugo e diz que, ao ser preso, teve o que merecia por estragar a vida a toda a gente. Nonô arde de curiosidade e pergunta-lhe como correu o jantar com Gustavo. Mariana sorri e conta que se beijaram mas, ao mesmo tempo, revela-se insegura, pois não sabe se Gustavo vai conseguir conviver com as limitações que ela tem por ser mãe de uma criança ainda bebé. Nonô faz ver à amiga que umas saídas para jantar ou dançar não vão afastá-la da filha.

Cristóvão fica surpreendido quando Gustavo lhe conta que o pai de Carolina é Gui, o seu rival na disputa de Cátia. Cristóvão afirma que até faz sentido pois Gui é do tipo de homem que se aproveita de mulheres frágeis. Gustavo confessa que gostou muito de conhecer a filha de Mariana e que pode namorar com esta sem se preocupar com a criança, precisamente por não ser o pai dela.

Gui aconselha Duarte a desvalorizar o amuo de Inês por causa de Júlia, argumentando que se ele não der importância a namorada acabará por esquecer o assunto.

Urbano chega atrasado à clínica e justifica que adormeceu. Júlia brinca com ele e insinua que deve ter tido uma noite longa de teatro. Urbano fica vermelho e Madalena repara que o médico se envergonhou. A sós no seu gabinete, Urbano telefona a Isabel, a quem já trata por tu, combinando um encontro ao fim do dia. Isabel é surpreendida por Emília que assistiu à conversa, vendo a amiga exibir um ar de adolescente apaixonada. Isabel é forçada a confessar que não resistiu e beijou Urbano na noite passada. Emília fica excitada e ansiosa por contar a novidade a Luísa. Isabel afirma que já era tempo da sua vida ter uma alegria.

Duarte vai almoçar com Gui à mesma esplanada onde estão Júlia e Artur. Fica irritado ao ver que Júlia está de mão dada com o jornalista e acaba por aceitar a sugestão do irmão para irem comer noutro restaurante. Júlia, depois de cruzar o seu olhar com o de Duarte desprende a sua mão da de Artur, tentando disfarçar. O jornalista percebe que algo não está bem mas prefere manter-se em silêncio.

Raquel comenta com Babi a prisão de Hugo e, quando Zé Maria se aproxima para as cumprimentar, chama o ex-marido à conversa, procurando que ele concorde que Hugo teve o que merecia. O empresário remete para a decisão do tribunal e vai embora ao encontro de Emília. Raquel explica então a Babi que tem andado a baralhar a cabeça de Emília, incentivando-a agora a casar com Zé Maria, para que ele a veja como casamenteira e a reaproxime de Mariana.

Emília faz precisamente o que Raquel planeou e pede desculpa a Zé Maria por ter hesitado, afirmando agora com convicção que quer casar com ele, convencida por Raquel. Zé Maria estranha a atitude da ex-mulher, mas deixa escapar que tem de lhe agradecer a ajuda. Feliz como nunca, beija e abraça Emília.

Sónia diz a Cátia que não gosta de Gustavo, desconfiada de que o seu estagiário não é quem aparenta. De seguida, provoca a prima, avisando-a para manter Gui com rédea curta quando ele recomeçar o curso na faculdade, por causa das meninas espertinhas. Cátia afiança que há poucos casais com a chama que ela tem com Gui e avisa Sónia para ter cuidado, não vá a manicura descobrir que ela anda enrolada com Miguel. Sónia ri e diz que é a única que tem tudo a ganhar.

Gui põe o dedo na ferida e irrita Duarte, dizendo que ele sentiu ciúmes de Júlia porque ainda não a esqueceu apesar de estar com Inês.

Vera regressa a casa e recebe o carinho de Ester, Amélia, Áurea e Inês. Ao constatar a ausência de Alberto deixa escapar que vai ter muito tempo para recuperar a confiança do tio.

Madalena relata ao psicólogo os traumas resultantes dos abusos sexuais a que o pai a sujeitou e que a levaram a matá-lo. Moreira ouve com grande cuidado e devolve a esperança à paciente de voltar a ter uma relação normal com Raul.

Raul saúda a decisão de Emília em casar com Zé Maria e deixa a mãe aliviada ao dizer que não quer que ela deixe de fazer a sua vida por causa dele.

Luísa faz um grande alarido depois de saber que Isabel beijou Urbano e censura-a por não ter ido para a cama com ele. Isabel, envergonhada, pede-lhe que seja mais discreta.

Zé Maria conta a Urbano que, afinal, vai casar o mais rapidamente possível com Emília para que ela não mude de ideias outra vez. O médico, por seu lado, revela que se tudo correr bem, vai ter companhia para assistir à boda, referindo-se a Isabel. Zé Maria até equaciona convidá-los para padrinhos.

Alberto regressa a casa com Paulo e Bruno, vindos da praia. Ester deixa um sinal de censura ao marido por ter chegado tão tarde e não ter recebido Vera quando ela chegou. Depois de um momento de crispação em que a rapariga pede desculpa ao tio por ter mentido, quando andava a consumir drogas, Alberto cede em choro e abraça Vera com emoção. Ester junta-se a eles, também muito comovida.

Júlia confessa a Carminho ter ficado abalada por perceber, enquanto almoçava com Artur, que ainda não esqueceu Duarte, depois de ele lhe ter aparecido à frente.

Contrariando o seu coração, Duarte prepara no apartamento uma noite romântica e oferece a Inês um vistoso anel de noivado, pedindo-a em casamento. Inês fica estupefata e nem sabe o que dizer, tal é a surpresa que está a viver.

Francisco surpreende Teresa e chega mais cedo a casa, vincando que quer estar mais tempo com ela. Natércia interrompe a conversa dos patrões e troca um olhar tenso com ele. Francisco retribui e, depois de voltar a ficar a sós com Teresa, começa a falar mal do trabalho que a empregada faz em casa, com o propósito de que a mulher a despeça, mais dia, menos dia.

Dentro do carro de Júlia, Salvador observa Mariana que fotografa Nonô. As raparigas terminam a sessão e afastam-se, enquanto Salvador, escondendo os seus propósitos, confessa a Júlia que, se pudesse voltar atrás, nunca teria rejeitado a filha.

Raquel conversa com Babi e mostra-se convencida de que ela tem um novo namorado. Hugo aparece nesse momento e só cumprimenta Babi, ignorando Raquel, seguindo depois em direção ao café de Isabel. Babi confessa a Raquel que Hugo está muito diferente para pior e deixa escapar que tem de arranjar outro emprego, pois já não suporta trabalhar com ele no Dancin’ Days.

Ivo fica em pânico ao saber que Jorge vai deixar a loja de som, pois acredita que vai ter de fazer todo o trabalho sozinho. Jorge cumprimenta Hugo com frieza e vai almoçar. Ivo aproveita o facto para tentar ganhar o lugar de gerente da loja. Hugo desilude-o, asseverando que não é parvo para tomar tal decisão.

Raul conta com ânimo a Emília que conseguiu convencer Madalena a sair com ele. Emília regista a felicidade do filho mas não consegue deixar de pensar na sua própria relação com Zé Maria.

Madalena, entusiasmada, pede a Júlia que a ajude a escolher um vestido para sair com Raul. A amiga aproveita para contar que estranhou o pedido de Salvador para conhecer Mariana.

Salvador procura Mariana na sua casa e depois de se desculpar por tê-la rejeitado vai direto ao assunto. Revela que o seu outro filho está doente com leucemia e que ela é a única esperança que tem para o salvar. Mariana fica em choque, sem saber o que dizer nem o que pensar.

Salvador suplica a Júlia que convença Mariana a ajudar Tomás a viver. Júlia lembra-lhe que é normal que Mariana não queira ajudá-lo, pois foi rejeitada por ele duas vezes. Salvador implora, dizendo que não está preparado para perder o filho, tal como ela não estaria de fosse a vida de Mariana a estar em perigo. Júlia promete que vai falar com a filha, pedindo-lhe que reconsidere e que se disponha a ajudar o meio-irmão.

Raquel faz compras com Babi, que lhe elogia um vestido que ela comprou. Raquel diz que vai visitar Artur à Blondie e convida-o a cobrir um evento que vai acontecer na clínica de Cascais. Confrontada pela amiga quanto ao que sente por ele, Raquel afirma que gosta mesmo de Artur e que o conheceu primeiro que Júlia, assegurando que não pretende perdê-lo para a irmã.

Teresa encontra um vestido manchado de lixívia e chama a atenção de Natércia. A empregada afirma que tratou a roupa com todo o cuidado mas dispõe-se a pagar o prejuízo. Teresa recusa sujeitar Natércia a esse castigo, pedindo-lhe apenas para ter mais cuidado. No entanto, começa igualmente a pensar que Francisco pode ter razão quando alertou para as distrações e infrações da doméstica.

Áurea estranha a excitação com que Inês está com o regresso de Duarte. Ambas se preparam para sair para visitar Vera. Inês não vê mais ninguém em casa e Amélia conta que Ester foi à sinagoga e que Alberto foi passear ao shopping com Bruno e Paulo, na esperança de que eles se entretenham e não lhe moam o juízo. Inês acredita que a avó foi ao templo rezar por Vera.

Tânia diz que gostava de ir com Bruno e Paulo passar parte das férias a Londres. Como não tem essa possibilidade, contenta-se em ir para Tróia. Paulo atira que lá não existem bares mas Alberto repreende-o, lembrando que, se vai de férias a pensar em beber, já não sai de Lisboa. Urbano chega entretanto e Alberto conta que tem andado a entreter o neto e o amigo. Ficam de voltar às partidas de golfe. Urbano vai então falar com Isabel, verdadeiro motivo para ter ido ao shopping. Ela mostra-se entusiasmada por receber um novo convite para ir ao teatro, mas não gosta muito da ideia de terem a companhia de Zé Maria e Emília. A conversa melhora quando Urbano conta que o tema da peça trata do amor depois dos quarenta. Os sorrisos que trocam traduzem o nervosismo que sentem.

Mariana confessa a Zé Maria que gosta muito dele, levando-o a estranhar esta manifestação de afeto. Mariana perde a coragem para contar que o pai biológico a procurou, pedindo ajuda para salvar o filho que padece de leucemia. Zé Maria lembra a Mariana que a conhece desde bebé, mas não insiste quando ela garante que nada se passa de errado. Para mudar de assunto, a rapariga pergunta ao pai adotivo se já tem casamento marcado, ao que ele responde que vai tratar de tudo com a noiva.

Júlia confessa a Madalena que se sente angustiada por ter de convencer Mariana a ajudar a salvar a vida do meio-irmão, pois teme que a filha se zangue. Júlia assegura que compreende a recusa de Mariana quando Salvador a procurou, pois a filha sente-se usada. Madalena concorda que Mariana esteja magoada mas, tal como Júlia, defende que o menino não tem culpa de nada. A amiga lembra-se de perguntar como correu o jantar com Raul e Madalena irradia brilho no olhar, dizendo que até voltou a cantar em público.

Raul mostra-se radiante e confia a Emília que a saída com Madalena até correu melhor do que previa. O médico conta que combinaram assistir a um concerto nesse dia, ao passo que a mãe diz que talvez vá jantar com Zé Maria. No entanto fica pensativa ao lembra-se de que foi pedida em casamento, mantendo-se insegura.

Vera mostra-se triste por estar internada na clínica de recuperação mas, principalmente, por ter desiludido Ester e Alberto. Áurea e Inês reafirmam que toda a família vai dar-lhe apoio para ultrapassar este acidente de percurso.

Ester regressa da sinagoga, apostada em retomar a sua religião, garantindo que vai tentar que a família volte a seguir o judaísmo. Ester pensa que por se ter afastado de Deus é que a sua vida virou de pernas para o ar. Amélia conforta-a, garantindo que Deus não iria castigar uma pessoa tão boa quanto ela.

Jorge mantém a decisão de deixar de trabalhar na loja de som, apesar de Hugo mostrar a vontade de que ele continue. Jorge não dá espaço a mais conversa. Ivo irrita Hugo ao tratá-lo por "mano" quando quer saber se ele se zangou com Jorge.

Sónia compra um doce para ter energia quando estiver com Miguel e garante a Cátia que, em breve, vai viver com o vendedor de automóveis, convicta de que o casamento dele com Nicole está por um fio. Cátia desvaloriza o que a prima diz, achando que ela está a exagerar.

Francisco faz com que Natércia saia da sala que está a arrumar, com o pretexto de que tem um processo para estudar. Quando a empregada sai, ele esvazia uma garrafa de whisky para um vaso de plantas e sorri, maquiavélico.

Duarte regressa renovado da Turquia e confessa a Gui que precisava desse tempo para si. O irmão não acredita que ele tenha trabalhado assim tanto e não esconde que gostaria de viajar com ele numa próxima ocasião. Duarte brinca com Gui e conta que pediu o desejo na basílica para que ele acabe o curso antes dos trinta anos. Gui atira-se ao irmão, correspondendo à brincadeira.

Júlia conta a Carminho que já voltou a pedir a Artur que arranje emprego a Jorge na revista. A amiga confessa que bem precisam dessa ajuda, porque o namorado vai deixar a loja de Hugo no fim do mês.

Raquel cumpre o seu plano e visita Artur na revista. No entanto, a conversa não resulta como ela tinha planeado porque Artur se esquiva ao jogo de sedução que Raquel pretendeu jogar.

Nonô censura Mariana por ela não querer ajudar o irmão, vingando-se assim do pai, que a ignorou até agora. Mariana muda de assunto e diz que vai ao cinema com Gustavo. Nonô aconselha-a a arranjar um filme que não distraia muito o rapaz, para que ele a tente beijar. A conversa acaba com as duas amigas a rirem-se da sua conversa.

Sónia provoca Cristóvão e Gustavo. Cristóvão deixa-se humilhar mas Gustavo faz-lhe frente e nem sequer permite que ela troque a escala de serviço que o patrão deixou na loja. Sónia fica furiosa e jura que vai afastá-lo.

Tânia pede a Nicole que a deixe ir com Paulo e Bruno para Londres da próxima vez que forem ter com Aníbal e Germano. Como a mãe não deixa, Tânia diz que vai tratar de fazer com que seja o pai a responsabilizar-se por ela. Nicole fica furiosa e promete ter uma conversa com ela mais tarde. Miguel comenta que sempre tinha avisado que o tempo passado com Hernâni ia dar mau resultado. Nicole pede-lhe que não ateie mais a fogueira e zanga-se com ele, pois Miguel diz que não pode tomar conta de Tânia porque tem mais um jogo de futebol com os amigos.

Jorge chega esbaforido a casa para ouvir a última crónica que escreveu para a rádio, como Virgínia Lobo. Fica em choque ao perceber que Cátia lhe alterou o texto todo. Carminho entra em casa nesse instante e tem de acalmar o namorado.

Júlia tenta que Mariana ceda, aceitando submeter-se aos testes necessários para apurar se pode doar a sua medula ao irmão. Mariana reaje mal e diz que a sua decisão já está tomada. Não pretende salvar Tomás, consciente de que Salvador só agora quer reconhecê-la como filha para salvar o filho mais novo. Júlia percebe que é melhor não insistir com Mariana quando ela ameaça zangar-se com ela, se persistir em tentar convencê-la.

Inês regressa do atelier cheia de vontade de cair nos braços de Duarte. No entanto o reencontro não corre com o envolvimento que ela esperava e Inês não consegue esconder o seu desapontamento.

Francisco joga a cartada decisiva para fazer com que Teresa despeça Natércia, mas a jogada corre-lhe mal. A empregada defende-se sem papas na língua e acusa o patrão de estar a querer ver-se livre dela. Teresa pede explicações e Natércia esclarece que ouviu Francisco a combinar um encontro com outra mulher e que comentou, nesse momento, que a patroa não merecia isso. Teresa fulmina Francisco com o olhar e pergunta-lhe, já furiosa se aquilo que ouviu é verdade. O marido respira fundo, à procura de uma resposta que o salve dos apuros em que se meteu.

Francisco nega ter uma amante, irritado com as acusações de Natércia. Apesar de duvidar do marido, Teresa acaba por despedir a empregada, salvaguardando, no entanto, os seus direitos. Natércia mantém tudo o que disse e avisa Teresa que quando deixar de ter a cabeça debaixo de terra vai perceber que ela tinha razão em afirmar que Francisco a trai. Este insiste em atirar mais achas para a fogueira mas Teresa silencia-o com um berro.

Mariana conta a Júlia que vai ao cinema com Gustavo. A mãe lembra que pode sair sempre que quiser, deixando Carolina com ela. Mariana comenta que tem receio de deixar a filha e que não suportaria perdê-la. Júlia aproveita a situação para insistir com Mariana que devia ajudar a salvar a vida do irmão, pois Tomás não tem culpa dos erros cometidos por Salvador. Mariana fica irritada e Júlia, incomodada, oferece-se para a levar ao centro comercial, onde vai encontrar-se com Gustavo.

No hospital, Marta tem dificuldade em deixar o quarto de Tomás, agora que o filho adormeceu. Salvador abraça a mulher e, perante a sua ansiedade por não descobrirem um dador de medula para o menino, sugere que rezem, confiantes de que tudo se resolverá.

Ester limpa um candelabro de culto do judaísmo e mostra-se decidida a voltar à sua fé. Áurea aprova a ideia e lembra que em pequena gostava muito de ver as luzinhas acesas. Alberto duvida que sejam as velas a melhorar a situação da família, que só tem tomado más decisões. Áurea aponta o dedo ao pai mas Alberto corrige-se, argumentando que a frase assenta mais a uns do que a outros. Áurea aproveita para dizer que Vera gostava que ele a fosse visitar. Alberto, orgulhoso e magoado com as mentiras da sobrinha, avança que é melhor que ela se cure e volte para casa. Ester intervém e defende que, apesar de Vera ter errado, a família deve prestar-lhe todo o apoio.

Hugo tenta convencer um DJ a passar música no Dancin’ Days mas tem de terminar a chamada devido a interferências que não consegue explicar. Roberto entra no escritório e avisa que os homens suspeitos que lá estiveram na noite anterior voltaram. Hugo manda suspender a venda de droga, temendo que se trate de uma investigação policial.

Babi conta a Raquel que está prestes a arranjar outro emprego que lhe vai permitir deixar de trabalhar com Hugo. Raquel avista Mariana, que caminha para o cinema com Gustavo, e acena-lhe. Mariana não tem como fugir a uma breve conversa que alimenta, contrariada. Gustavo também se sente constrangido com a situação. De novo a sós com Babi, Raquel comenta que a filha tem de arranjar um homem maduro que aceite criar-lhe a filha, ao mesmo tempo que reconhece que nunca deveria ter deixado Zé Maria, porque a vida tem coisas mais importantes do que sexo.

Zé Maria insiste em marcar a data do casamento. No entanto, fica estarrecido quando Emília diz que não está preparada para casar com ele nem para ir morar para Cabo Verde, acrescentando que não quer deixar a casa onde vive com o filho. Zé Maria é o espelho da desilusão.

Urbano visita Júlia e abre o seu coração, revelando que tem saído com Isabel. Júlia incentiva o ex-marido a refazer a vida, dizendo que Isabel sempre o olhou de forma especial. Perante a curiosidade de Urbano, confessa que Artur é apenas um amigo e que ainda não está preparada para ter um novo amor na sua vida.

Inês conversa com Duarte, mostrando a sua tristeza por Vera estar internada depois de ter ficado viciada em droga. Duarte defende que qualquer pessoa pode cair no mesmo problema e lembra-se de Gui, uma vez que o irmão leva tudo na vida em tom de brincadeira.

Cátia está ansiosa porque a sua substituta na loja de doces nunca mais chega e ela tem de ir trabalhar para o bar de striptease. Gui conta que o irmão regressou todo contente da viagem de trabalho que fez à Turquia e confessa que gostava de ter um emprego em que fosse patrão de si próprio. Cátia riposta que a sua vocação é ser atriz. Assim que Arminda chega Cátia começa a andar com Gui e deixa Cristóvão a falar sozinho, sem tempo para ouvir as suas teorias sobre pessoas que fazem escolhas erradas na vida.

Natércia despede-se de Teresa, garantindo que ela ainda vai sofrer muito nas mãos do marido. A patroa lamenta que ela se vá embora em confronto com ela e Francisco, mas quando conduz a empregada à porta fá-lo muito acabrunhada.

Mariana deixa o cinema algo desanimada. Gustavo tem o ímpeto de beijá-la, mas acaba por se retrair.

Luísa está à conversa com Hernâni e tenta seduzi-lo. Ele vê Sónia sair da loja gourmet atrás de Miguel e arranca com a sua segway, atirando Luísa ao chão. Ela finge que está muito magoada e força Hernâni a levá-la ao colo para o interior da loja. Já no seu território, Luísa faz com que Hernâni a beije com grande paixão.

Madalena regressa a casa com Raul, comentando o concerto de jazz a que acabaram de assistir. Raul não resiste ao encanto de Madalena e beija-a com intensidade a que ela corresponde. No entanto, Madalena decide que é melhor ele ir embora, pois Júlia deve estar em casa. Raul vai embora, para não deitar a perder o que já conquistou.

Mariana confessa a Elvira que está com um problema que não lhe larga a cabeça. A empregada aconselha-a a resolvê-lo, ouvindo o coração.

Pela manhã, Madalena conta a Júlia que já telefonou a Raul e que combinaram encontrar-se para lhe contar toda a sua vida. Júlia lembra à amiga que o médico já deu provas de que gosta realmente dela.

Mariana sai de casa sem sequer comer, cheia de pressa para resolver o problema que a atormenta.

Salvador procura Júlia, na esperança de que Mariana tivesse mudado de opinião, ajudando assim a salvar a vida de Tomás. Perante a resposta negativa de Júlia, Salvador chora, desesperado, prometendo repetidamente que vai assumir a paternidade de Mariana.

Gui pergunta com ironia a Cátia se foi algum velho que lhe deu boleia do clube para casa. Ela responde na mesma moeda e diz que, se ele já tivesse arranjado um emprego decente, ela não precisaria de dançar no varão. A conversa ameniza quando Gui lhe faz a vontade e liga a Duarte e a Inês, convidando-os para jantar em casa deles. Duarte fica satisfeito com a proposta, mas Inês não esconde que gostaria de jantar sozinha com ele, uma vez que esteve tantos dias fora. Duarte reafirma que prefere aceitar o convite de Gui e pede a Inês que reconsidere, despedindo-se dela com um beijo rápido, antes de ir trabalhar.

Teresa está a arrumar e a lavar louça quando Francisco chega a casa. O marido diz que vai encarregar-se pessoalmente de arranjar uma empregada que substitua Natércia. Teresa aproveita, em tom muito sério, para alertar que quer estar mais presente na sua vida, tendo em conta o que toda a gente diz dele. Francisco indigna-se com as desconfianças de Teresa, mas é obrigado a vergar, pois ela sentencia que quem não deve, não teme.

Raquel encontra Artur no ginásio e aproveita para treinar com ele, tentando marcar pontos no seu coração.

Júlia conforta Salvador, dando-lhe esperança de que vai ser possível convencer Mariana a ajudar a salvar Tomás.

Mariana vai ao hospital onde Tomás está internado e entra no quarto do irmão. Ao vê-lo a dormir comove-se e prepara-se para sair. É nesse instante que Marta a surpreende, perguntando quem ela é. Mariana gagueja mas não tem como fugir e responde que é a filha de Salvador. Marta fica espantada.

Marta fica estupefacta com a revelação de Mariana, que diz ser filha do marido dela, aconselhando-a a falar com Salvador sobre o assunto. Mariana deixa, apressada, o quarto de Tomás, sem que Marta a consiga deter. Esta abraça-se ao filho, que entretanto acordou e lhe pergunta quem era a rapariga.

Raquel esforça-se para conquistar Artur, convidando-o para o evento de promoção da clínica de Cascais. Perante a primeira recusa, insiste e desafia-o para almoçarem juntos. Artur volta a recusar, dizendo que tem de ir para a revista logo a seguir ao treino. Raquel fica frustrada.

Emília desabafa com Luísa e Isabel, angustiada por ter dito a Zé Maria que não está preparada para casar. As amigas são unânimes em afirmar que ela está com medo de ser feliz e que está a deitar uma excelente oportunidade à rua. Zé Maria, por seu lado, lamenta-se a Urbano, sem perceber a razão da recusa de Emília, que até aceitou o pedido de casamento e o anel que ele lhe deu. Urbano confessa não entender muito bem o universo feminino mas aconselha o amigo a não pressionar a namorada.

Júlia conversa com Madalena, desejando que Mariana reconsidere e faça os testes para apurar se é compatível com Tomás, tornando-se dadora de medula para salvar o irmão. Madalena confessa que a situação da criança lhe tem causado apreensão. Júlia muda de assunto e pergunta à amiga se está preparada para contar a Raul a sua história de vida. Madalena reconhece que está um pouco nervosa, mas pronta para seguir em frente. Carminho surge nessa altura e não pode aceitar o convite de Júlia para visitar Vera na clínica, por ter muito trabalho. Júlia conta que ainda vai passar no shopping para lhe levar um presente.

Bruno deixa Alberto encavacado quando lhe pergunta quando podem ir visitar Vera. O avô estranha que ele saiba que a prima está internada e Bruno confessa que foi Paulo quem lhe contou, depois de ter escutado uma conversa que ouviu na cozinha. Alberto disfarça o incómodo e diz que Vera está quase a voltar para casa. Bruno e Paulo insistem, lembrando que estão quase de partida para Londres.

Inês não disfarça o ciúme ao saber que Júlia vai visitar Vera à clínica, dizendo com azedume que ela deve estar a pensar adotar a prima. Ester chama a atenção e diz que Júlia merece ser bem tratada, pois já ajudou muito a família. Áurea coloca-se ao lado da filha, afirmando que as contas estão saldadas, pois a família também a ajudou a ela quando saiu da prisão.

Raquel conversa com Artur e diz-lhe que deviam continuar a treinar juntos. Ele, lacónico mas sempre educado, confirma que treina sempre à mesma hora. Júlia cruza-se com eles e Artur diz que precisa de falar com ela. Como está com pressa, Júlia pede-lhe que ligue à noite. Raquel fica enciumada.

Marta confronta Salvador com o aparecimento de Mariana no hospital, obrigando-o a reconhecer que ela é sua filha. Marta não aceita os carinhos do marido quando tenta beijá-la ou abraçá-la, nem as suas desculpas por lhe ter escondido o seu passado. No entanto, percebe que esta é a única possibilidade que tem de salvar o filho e afirma que têm de convencer Mariana a fazer os testes de compatibilidade.

Nonô fica de boca aberta quando Mariana lhe conta que Marta já sabe que ela é filha de Salvador. Ao mesmo tempo, mostra-se cada vez mais baralhada sobre a atitude que deve tomar, ajudando ou não Tomás a sobreviver, pois o facto de ter visto o irmão numa cama de hospital, mexeu com ela.

Ivo censura Cristóvão por estar a contar azeitonas a mando de Sónia. Farto de ver como o colega é maltratado, Gustavo pergunta-lhe se não ficaria contente se Sónia deixasse de trabalhar na loja. Ela chega nesse instante e acusa-os de conspirarem contra si. Todos se dispersam e Cristóvão comenta que, se Cátia é um doce, ela é só azedume. Ivo é da opinião de que ambas são galderice genética. Cristóvão irrita-se e decide falar com Cátia, mas não tem coragem de sair do mesmo sítio.

Jorge vai à loja de doces e diz a Cátia que não a quer mais a gravar as suas crónicas, porque ela lhe alterou os textos. Nem o facto de ela lhe chamar à atenção para o facto do dinheiro fazer jeito aos dois o demove. Jorge sai da loja e entra Cristóvão que finalmente ganhou coragem para conversar com ela sobre a vida que leva, sujeitando-se a dançar no varão para ganhar dinheiro. Gui aparece nesse momento e Cristóvão gagueja cada vez mais, acabando por fugir.

Francisco tenta acalmar as desconfianças de Teresa e aparece em casa de surpresa para a levar a almoçar. A mulher lamenta a forma como Natércia foi despedida, defendendo que podiam ter conversado com ela. Francisco reforça que a doméstica foi insolente e que os patrões não têm de pedir aos empregados que os tratem com respeito. Para sossegar a mulher, revela que já arranjou uma empregada provisória e que já colocou um anúncio à procura de uma interna. Teresa fica ainda mais satisfeita quando Francisco afirma que vai trabalhar o resto do dia em casa.

Duarte surpreende Inês e Áurea e vai almoçar com elas ao shopping. Para infeliz coincidência, cruzam-se com Júlia, que foi comprar flores para Vera. Inês agradece a Júlia a ajuda que tem dado para a recuperação da prima, mas é apanhada de surpresa quando Júlia pergunta a Duarte como lhe correu a viagem. Depois de Júlia de afastar, Inês dá conta do seu desagrado ao namorado, por lhe ter escondido que tinha estado com Júlia antes de viajar, ainda que casualmente. O clima fica pesado e Inês vinga-se de Duarte recusando jantar em casa de Gui e Cátia, mas diz-lhe que ele está à-vontade para ir sozinho. Áurea lança um olhar de reprovação à filha.

Nicole estranha que Miguel tenha de ficar no stand para mais uma reunião com o contabilista. Ele assegura que se tiver de acabar com aquele negócio, há-de arranjar outro para não viver às suas custas. Hernâni fica a ouvir a conversa, escondido.

Madalena chora abraçada a Raul, depois de lhe ter contado que não consegue entregar-se a ele como seria normal porque, durante anos a fio, foi violada pelo próprio pai. Raul fica comovido com o relato e assegura que compreende muito bem o que ela sente, transmitindo a Madalena o carinho e confiança que ela precisa.

Vera fica perturbada quando Júlia lhe conta que denunciou Hugo à polícia. A rapariga teme que ele possa tentar matá-las. Júlia assegura que a história vai acabar mal para ele.

Nonô incentiva Mariana a ajudar o irmão. A amiga corrige e diz que Tomás é apenas meio-irmão. Gustavo liga nesse instante e Mariana diz que não vai poder estar com ele, ficando de acertar um programa para outro dia. Depois de desligar fica a olhar para o cartão que Salvador lhe deixou e hesita em ligar ao pai.

Áurea faz publicidade ao seu cartão de compras do Dolce Vita Tejo. Luísa e Emília combinam vender-lhe um candeeiro de leitura com um generoso desconto. Áurea fica toda contente, porque ainda fica com saldo para comprar roupas. Isabel diz que há-de ir com ela para melhorar o guarda-roupa e Luísa apressa-se a dizer que é para agradar a Urbano. Isabel fica constrangida porque passa a ser o centro das atenções, obrigada a vincar que é apenas amiga do nutricionista. Hernâni assoma à loja e decide ser galante, sentenciando que, com tantas flores juntas, parece que está num jardim. Emília reaje com malícia e, referindo-se a Luísa, aconselha-o a ter cuidado porque pode deparar-se com uma flor carnívora e ser comido vivo. Hernâni fica constrangido mas ainda com lucidez para prevenir Emília que Raquel está no centro comercial, para que ela não seja apanhada desprevenida.

Raquel e Babi cruzam-se com Gustavo. O rapaz esquiva-se para a loja Flor de Sal assim que as cumprimenta. Raquel comenta que, se Mariana está interessada nele, tem de o conhecer um pouco melhor para evitar outro fracasso amoroso como aconteceu com Gui. Por outro lado, aproveita para pedir à amiga que a leve consigo para trabalhar na empresa de eventos, pois na clínica não suporta a proximidade e amizade que todos têm com Júlia.

Artur telefona a Júlia e pede-lhe o contacto de Jorge para lhe fazer uma entrevista, argumentando que, se o amigo é da sua confiança, também será da dele. Em contrapartida, aproveitando a satisfação de Júlia, Artur consegue que ela aceite beber um café.

Mariana chama Salvador a sua casa e devolve-lhe a esperança, ao dizer que aceita fazer o teste de compatibilidade e que, se apurar que é compatível, fará o transplante de medula que Tomás precisa para se curar da leucemia. ​

Emocionado, Salvador agradece a Mariana por ter decidido fazer os testes médicos que podem avaliar a sua compatibilidade para salvar a vida de Tomás. Mariana mantém-se firme e controlada enquanto o pai mostra o seu arrependimento por tê-la rejeitado, ao mesmo tempo que elogia a sua generosidade por se dispor a ajudar o irmão. Quando Salvador vai embora para dar a boa notícia à mulher, Mariana solta finalmente algumas lágrimas.

Artur toma uma bebida com Júlia e assume que deseja conhecê-la melhor, revelando que ela não lhe contou tudo sobre si na entrevista que lhe concedeu. Júlia muda o rumo da conversa e acaba por ir-se embora para evitar falar sobre os grandes problemas da sua vida. Artur observa-a e fica pensativo. De seguida telefona a Jorge e combina com ele uma entrevista com o objetivo de o contratar para trabalhar na Blondie. Ao receber o telefonema do dono da prestigiada revista, Jorge fica tão eufórico que quase abraça Ivo. Só não o faz porque o outro começa a falar das doenças que pode contrair com tais manifestações de afeto, escarnecendo depois do valor de Jorge dizendo que ele não é um escritor como ele. Jorge fica irritado e vai contar a Isabel que está prestes a voltar ao jornalismo a sério. A irmã partilha da sua felicidade mas avisa-o para ter cuidado com o que diz na entrevista e recomenda-lhe a não se armar em parvo. Jorge estranha a reação de Isabel e fica a saber que ela está nervosa porque vai ao teatro à noite. A irmã esconde que o motivo de tal ansiedade se deve à companhia de Urbano.

Raquel confessa a Babi que existe na sua vida um período antes de Júlia e outro depois da irmã ter saído da cadeia. Raquel reconhece que tem saudades da vida que tinha enquanto a irmã esteve presa.

Madalena conta a Júlia que Raul aceitou o seu passado e pergunta à amiga se Artur fez algum avanço. Júlia reafirma que ainda não esqueceu Duarte e que não está disponível para outra relação, até porque se sentiu constrangida ao encontrar o ex-namorado com Inês no shopping. Ao mesmo tempo, fala da visita que fez a Vera, decidida a ajudar na sua recuperação, convicta de que Ester e Alberto vão ter se estar atentos à sobrinha para que não volte às drogas.

Duarte conta a Gui que teve dissabores com Inês. Por ter omitido que encontrou Júlia antes de viajar para a Turquia. Gui continua a defender que ele ainda não esqueceu a antiga namorada embora o irmão queira negar a evidência. Duarte fica ainda mais desconfortável com o telefonema de Teresa, porque a mãe protesta com ele por não lhe ter falado desde que regressou a Portugal.

Quando Teresa desliga o telefone, Francisco aparece vindo do quarto e esforça-se por se mostrar interessado pela vida familiar e pelos filhos. Teresa aperta o cerco ao marido quando ele diz que está a perder clientes e obriga-o a transferir o escritório que tem em Lisboa para outro mais perto de casa, em Cascais. Francisco não tem outro remédio senão calar-se, incomodado por estar a perder espaço para as suas traições conjugais.

Durante uma conversa familiar, Alberto pergunta discretamente se alguém tem notícias de Vera. Ester informa que a sobrinha vai ter alta na semana seguinte e, olhando para o marido, vinca que, quando regressar a casa, tem de ser apoiada. Alberto finge não perceber e muda de assunto.

Salvador conta a Marta que Mariana aceitou fazer os testes de compatibilidade que podem salvar a vida de Tomás. A mulher recebe a notícia com desconfiança mas, pouco a pouco, vai dando lugar à esperança e abraça-se a Salvador a chorar.

Júlia felicita Mariana pela atitude altruísta que tomou para tentar salvar o irmão. Madalena junta-se a elas e Júlia conta à filha que ela está de namoro novo. Feliz pelos últimos acontecimentos, propõe que jantem as três. Madalena deixa a sua decisão em suspenso, não vá surgir um convite de Raul.

Raul conta a Emília que, finalmente, conseguiu conquistar o coração de Madalena. A mãe esforça-se por mostrar-se feliz por ele, embora não consiga esquecer a tensão que a sua própria relação está a viver. Nesse instante, Zé Maria surge na loja de decoração e, depois de Raul ir embora, conversa com Emília, assumindo que se precipitou em pedi-la em casamento e em sugerir que vivessem em Cabo Verde. O empresário está visivelmente desiludido e magoado mas mostra-se disposto a namorar com Emília, sem grandes compromissos.

Isabel está muito enervada a poucas horas de sair com Urbano. Luísa deixa-a ainda mais ansiosa com os conselhos que lhe dá.

Urbano apressa-se a deixar a clínica para ir ter com Isabel. No entanto, ainda tem tempo para se cruzar com Ivo, que entrega mais um dos seus poemas a Lúcia. Esta fica envergonhada e pede desculpa ao patrão, pelo facto de Ivo reagir a uma correção que ele faz, acabando por ser corrigido pelo rapaz. Quando Urbano os deixa a sós, Lúcia pede a Ivo para não a procurar mais no trabalho. Ele aceita o que ela diz, sem perceber que a rececionista não quer nada com ele.

Cristóvão tenta dizer a Cátia que ela não deve continuar a fazer striptease. No entanto, atrapalha-se de tal forma que não consegue fazer-se entender, levando a que Cátia corra com ele, pois tem de trabalhar.

Sónia despede-se de Cátia e Gui. Hernâni observa-a, cada vez mais intrigado. Cátia repreende Gui por se ter babado com o decote da prima e protesta por estar a comer no shopping, depois de ver frustrado o convite que fizeram a Duarte e Inês para jantarem.

Tânia não esconde a Nicole de que gostava de a ver de novo junta com Hernâni. No entanto, a mãe não lhe dá qualquer esperança de se reconciliar com o pai.

Hernâni descobre que Miguel anda a trair Nicole com Sónia, ao vê-los entrar para a carrinha estacionada no parque do shopping. Hernâni escuta, incrédulo, os gemidos que saem da viatura, ao mesmo tempo que a vê abanar como nunca.

Cristóvão fala de Cátia com paixão, enquanto Ivo desvaloriza a rapariga, preferindo enaltecer as qualidades de Lúcia.

Duarte esforça-se por convencer Inês de que nunca pretendeu esconder que se tinha encontrado com Júlia antes de viajar, reforçando que tudo não passou de uma coincidência. Inês aceita o que ele diz com resignação, mas faz questão de afirmar que só quer perceber se confiam um no outro.

Mariana despede-se de Madalena e Júlia, desejando todas que ela seja compatível com Tomás para poder avançar para o transplante de medula que pode salvar a vida do menino. Júlia combina acompanhar a filha quando ela for fazer os exames médicos necessários, na manhã seguinte. Depois de Mariana sair, as duas amigas continuam a conversar e Júlia assegura que não sentiu nada ao reencontrar-se com Salvador, reconhecendo que é muito mais difícil gerir os sentimentos que tem por Duarte.

Inês encosta Duarte à parede e pergunta muito diretamente se ele a ama. Duarte engole em seco, tentando encontrar uma resposta.

Inês pressiona Duarte e força-o a dizer que a ama. Ele disfarça o incómodo como pode, enquanto Inês assume que lhe soube bem ouvir a sua declaração de amor, ainda que quase arrancada a ferros.

Ao mesmo tempo, Júlia, na solidão do seu quarto, relê cartas que Duarte lhe enviou e mergulha nas recordações dos momentos que passou com ele.

Mariana conta a Zé Maria que o pai biológico a procurou, porque o seu outro filho tem uma leucemia e precisa de um dador compatível para fazer um transplante de medula. O empresário mostra-se preocupado com a situação e, perante as dúvidas de Mariana sobre se deve perdoar Salvador, responde que só ela pode avaliar se o deve fazer. Mariana pergunta a Zé Maria se já tem data para o casamento e acompanha a sua consternação quando ele revela que Emília não quer voltar a casar.

Depois do teatro, Urbano convida Isabel para tomar uma bebida e continuar a conversa sobre a peça. Apesar de ter vontade de aceitar, Isabel esquiva-se com o pretexto de que já é tarde.

Roberto entrega dois pacotes com droga a Hugo e ele manda o segurança colocá-los no cofre, depois de se certificar de que o produto é de boa qualidade. Hugo fica irritado com Babi, porque ela chega ao escritório nesse momento, questionando a razão de ele ter a porta trancada. A relações-públicas dá então conta de que houve famosos que recusaram o convite para mais uma festa do Dancin’ Days. O patrão manda que os coloque numa lista negra, proibidos de voltarem a entrar na discoteca. Babi estica a corda quando nota que Hugo está cada vez mais rude, adivinhando que ele está assim por causa da namorada. O traficante fica furioso e expulsa-a do escritório, dizendo para que se meta na sua vida.

Ester lê passagens do livro sagrado judaico e comove-se ao pensar em Vera. Áurea conforta a mãe, que também lhe pede que fale com Bruno para o convencer a festejar o próximo aniversário segundo os costumes judaicos.

nas redes

pesquisar