SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 14 a 20 de março

Artur e Júlia beijam-se; Vera é internada numa clínica de reabilitação; Salvador telefona a Júlia e diz que quer conhecer Mariana!

Hugo aproveita a fragilidade de Vera por causa do funeral de Ricardo e convence-a a ir à Colômbia buscar a droga que vai transportar no estômago.

Urbano informa Carminho que, no dia seguinte, vai ter de o acompanhar para uma promoção da clínica. Ela diz que tem apenas de desmarcar um compromisso que tinha com Jorge, esquecendo-se de que se trata do aniversário de namoro que ele idealizou com tanto entusiasmo.

Nonô está de visita a Mariana e Júlia aproveita para ir para casa, oferecendo-se para ficar com Carolina sempre que a filha precisar.

Zé Maria oferece a Urbano o bilhete para o teatro, deixando o médico radiante. Urbano ignora que o amigo está a executar o plano para o reaproximar de Isabel.

Raquel encontra Zé Maria à entrada do ginásio e tenta reconquistar a sua confiança. O empresário diz que há erros que não se podem emendar e deixa-a para trás. Raquel fica contrariada mas não se dá por vencida.

Mariana confessa a Nonô que tem pensado em Gustavo desde que o encontrou. A amiga brinca com ela, lembrando que ele é um ano mais novo.

A polícia procura Madalena na clínica de estética para a interrogar sobre a fuga de Dulce da prisão. Madalena fica surpreendida e assegura que não sabe do seu paradeiro. Depois dos agentes se irem embora, comenta com Urbano e Lúcia que reparou numas cascas de amendoim no chão da sala de Júlia e conclui que Dulce foi à procura dela para se vingar. Aflita liga à amiga para a prevenir. No entanto, é tarde demais. Quando Júlia se prepara para atender o telefone à porta de casa, Dulce encosta-lhe a pistola à cabeça e pergunta-lhe se sentiu saudades dela.

Dulce ameaça Júlia com uma pistola e obriga-a a conduzir até um barracão abandonado.

Madalena, Urbano e Lúcia começam a ficar preocupados por não conseguirem contactá-la. O médico liga a Mariana para saber do paradeiro da ex-mulher, mas sem sucesso. Notando alguma apreensão na voz da rapariga, tranquiliza-a dizendo que nada se passa e que apenas não consegue falar com Júlia. Madalena desabafa com Lúcia e começa a associar a fuga de Dulce da prisão, à ausência de contacto com a amiga. Nesse instante recebe um telefonema de Raul e rejeita a chamada, deixando o rapaz desanimado. Quando Emília regressa à loja, o filho diz-lhe que vai para o ginásio.

Emília retoma o trabalho e é confrontada por Raquel que, sob o pretexto de estar a ver algumas peças para decorar a casa, mete conversa com ela. Raquel esforça-se por envenenar a relação de Emília com Zé Maria mas a decoradora finge que não percebe onde ela quer chegar.

Ester e Amélia regressam a casa muito cansadas depois de mais um dia de trabalho na fábrica. Áurea, muito bem-disposta, oferece-se para fazer o jantar. Ester fica muito feliz e comenta com a empregada que não via a filha tão bem há muito tempo.

Emília conta a Isabel que Raquel foi à loja para a desestabilizar, tentando minar a sua relação com Zé Maria. Isabel diz que ela está é com inveja por ver que o ex-marido está a refazer a vida, ao contrário dela que está na miséria.

Carminho diz a Jorge que não vão poder viajar para o Alentejo, porque ela tem de ir trabalhar com Urbano numa ação de promoção da clínica. O namorado fica triste e desiludido, vendo-se obrigado a desmarcar o fim de semana romântico para comemorar o aniversário de namoro.

Dulce arrasta Júlia para o interior do barracão e obriga-a a ajoelhar-se. Sempre de pistola em riste, trata-a com agressividade e diz que tem direito a viver bem, tal como ela. O telemóvel de Júlia toca novamente e Dulce permite que ela atenda. Júlia mente a Madalena, dizendo que está tudo bem e que está a caminho da casa de Mariana, porque Carolina voltou a adoecer. Júlia é obrigada a desligar a chamada repentinamente e Dulce destrói-lhe o telemóvel. Madalena estranha a forma como Júlia desligou e Urbano diz que não está convencido com a desculpa que ela deu. Madalena lembra-se que encontrou cascas de amendoins espalhadas pelo chão da casa e está cada vez mais convencida que Dulce esteve em casa de Júlia.

Raul vai ao ginásio da clínica e encontra Zé Maria, que aproveita a ocasião para confessar que está apaixonado por Emília e que tem a intenção de pedi-la em casamento. Raul toma as palavras do empresário como sinceras e dá-lhe a sua bênção para casar com a mãe. Zé Maria assegura que o consentimento de Raul é muito importante para si.

Mariana ajuda Nonô a estudar para um exame, mas diz que prefere fazê-lo numa esplanada ou no shopping. A amiga brinca com ela e diz que no centro comercial sempre pode voltar a ver Gustavo.

Cristóvão e Gustavo ficam escandalizados com Sónia, que rouba o vinho mais caro da loja. Ela responde que, como gerente, faz o que quer e acrescenta que tem levado outros produtos, ameaçando despedi-los se contarem ao patrão. Sónia deixa-os sozinhos a trabalhar e vai conversar com Cátia para a loja de doces, gabando-se da sua relação com Miguel, convicta de que, mais tarde ou mais cedo, ele vai deixar Nicole para ficar consigo. Cátia não aprova a atitude da prima e diz que Miguel tem uma grande lábia.

Gustavo critica Cristóvão por permitir que Sónia o trate mal, mas ele contrapõe que nada pode fazer, pois teme perder o emprego. Gustavo não fica convencido e fica a pensar no assunto.

Hernâni aperta o cerco a Nicole, começando por elogiar o excelente aproveitamento escolar de Tânia. O segurança avança um pouco mais e defende que deviam tentar ser de novo uma família. Nicole, irritada, recorda-lhe as vezes que ele a traiu, insensível ao facto de ele jurar que mudou e que é agora outra pessoa. Hernâni fica desiludido, mas afirma duvidar que ela consiga ser feliz ao lado do intruja do Miguel. Nicole fica intrigada e pensativa.

Madalena telefona a Mariana e confirma que Júlia não está com ela. Disfarça para não preocupar a filha da amiga, mas depois de desligar o telefone diz a Urbano que está cada vez mais convencida de que Dulce pode ter sequestrado Júlia. O médico toma a iniciativa de apresentar nova queixa à polícia, porque através do sistema de localização do carro de Júlia é possível encontrá-la.

Raul termina o treino no ginásio e pergunta a Lúcia por Madalena. Como ela não está, não deixa recado, preferindo falar com ela mais tarde.

No barracão onde está sequestrada, Júlia tenta ganhar a simpatia de Dulce, recordando os tempos que passaram na prisão, a sua amizade e jura que não a traiu. Por momentos, Dulce parece ceder, mas rapidamente retoma o comportamento agressivo. Júlia tenta convencê-la a desistir, prometendo que lhe dá dinheiro e que não vai apresentar queixa. Oferece-se mesmo para a levar a uma esplanada, tomar o gin tónico com que ela sonhava na prisão. Como nada resulta, Júlia começa a chorar em desespero. Dulce acaba por quebrar e chora também, já muito cansada. As sirenes dos carros da polícia começam a fazer-se ouvir e, pouco depois, um agente ordena a Dulce que saia do barracão com as mãos no ar. Lá dentro, ela diz repetidamente que não vai voltar para a cadeia, indiferente aos apelos de Júlia para que se entregue. Repentinamente, Dulce avança para a porta e Júlia repara que ela deixou as balas da pistola no chão, percebendo que a arma está sem munições. Ao tentar detê-la é empurrada para o chão com violência. Dulce sai a correr na direção da polícia e é abatida com dois tiros, ao mesmo tempo que Júlia grita o seu nome em desespero.

Júlia precipita-se sobre o corpo ensanguentado de Dulce e alimenta alguma esperança de que ela consiga sobreviver. Dulce ainda abre os olhos e balbucia umas palavras mas acaba por morrer nos braços de Júlia, que chora de desgosto. Os polícias guardam as suas armas e ficam perplexos ao perceberem que a arma da reclusa estava descarregada.

Depois de mais um interrogatório na esquadra, Júlia e Madalena, muito abaladas, regressam a casa na companhia de Urbano.

Zé Maria pede Emília em casamento e oferece-lhe um bonito anel de noivado. A decoradora aceita ser sua mulher depois se saber que Zé Maria garantiu o apoio dos filhos de ambos, Raul e Mariana.

Mariana abre o coração a Elvira e deseja que o pai refaça a sua vida ao lado de Emília, acrescentando que gosta dela. Mariana reconhece que se deu sempre melhor com o pai do que com Raquel e, olhando para a sua vida, diz que não quer desempenhar apenas o papel de mãe de Carolina, mas sim ter outras atividades. A empregada disponibiliza-se para o que ele precisar.

Teresa janta mais uma vez sozinha e Natércia causa incómodo ao duvidar que ele tenha ficado a trabalhar. Teresa faz cara feia e a empregada pede desculpa pelo comentário.

Áurea chama toda a gente para a mesa, orgulhosa do jantar que acabou de preparar. Bruno e Paulo gostam da ideia de Alberto para passearem de bicicleta e visitarem o oceanário. Amélia provoca o patrão e lembra que, da última vez que andou em duas rodas, acabou dentro de uma montra. Ester telefona a Vera para conferir se ela janta em casa. Vera mente e diz que está ocupada com muito trabalho. Quando desliga o telefone, Vera regressa aos braços de Hugo, que a convence a ser o correio para ir buscar à Colômbia a droga que ele encomendou. Vera está apreensiva com a operação mas Hugo faz com que tudo pareça fácil, seduzindo-a com uma viagem a Veneza, como prémio.

Luísa provoca Hernâni mas como não consegue levá-lo para sua casa no fim do turno começa a seduzi-lo mesmo dentro da loja. Quando estão prestes a beijarem-se, são surpreendidos por Isabel que censura Luísa e acusa-a de estar a desencaminhar o segurança. Luísa confessa que gosta de homens mais novos e garante que não quer nada que tenha sido de Nicole.

Miguel, Tânia e Nicole falam do que podem vir a fazer nas férias e a praia é o destino de eleição. No entanto, a falta de dinheiro começa a complicar os planos e Miguel avança mesmo com a ideia de vender o stand.

Sónia conta a Gui e a Cátia que desviou uma garrafa de vinho da loja e convida-os para beberem consigo. Ele aceita de imediato, mas Cátia responde, algo comprometida, que tem coisas para fazer, ocultando que tem de dançar no bar de striptease. Cristóvão observa-os à distância e tem um ataque de ciúmes, avançando para Gui, a quem quer responsabilizar por Cátia ser obrigada a dançar para ganhar a vida. Ivo não consegue deter Cristóvão mas este acaba por se engasgar ficando sufocado. Gui vai buscar um copo de água e Sónia arranca-o das suas mãos e atira-o à cara de Cristóvão acabando com a confusão.

Jorge não se conforma que Carminho tenha trocado a comemoração do aniversário de namoro pelo trabalho de promoção da clínica com Urbano. Jorge deixa no ar, em tom de ameaça, que a partir de agora vai ser mais exigente, dando a entender que está farto de ficar sempre para segundo plano.

Emília mostra a Luísa e Isabel o anel que Zé Maria lhe ofereceu mas confessa que tem dúvidas sobre se casar será a melhor solução.

Raul consegue finalmente conversar com Madalena e fica atónito quando ela lhe relata o sequestro de Júlia e como ele resultou na morte de Dulce. Raul apoia Madalena mas, quando vai falar sobre eles, ela diz que não é este o melhor momento. No entanto, o facto de admitir falar sobre o assunto deixa o médico cheio de esperança.

Amélia acaba de arranjar o farnel para a ida ao Oceanário. Alberto protesta com ela por estar a dar ar de pobretanas e sugere que ela é uma comilona. Amélia aconselha-o a olhar para a própria barriga e Ester acaba com a discussão. De seguida, convida Áurea para acompanhá-los mas ela prefere ir almoçar com Inês. Ester lamenta que Jorge e Carminho não estejam com eles, triste por perceber que eles têm vivido para o trabalho.

Urbano tenta animar Carminho e garante que a maior parte dos homens não liga a datas. Ela não fica mais feliz por isso, sabendo que Jorge sofre por não poder comemorar como queria o namoro com ela. Urbano mostra-se nervoso por ter de discursar para uma grande plateia no hotel onde vão promover a clínica.

Jorge diz a Cátia que, afinal, vai poder acompanhá-la às gravações da crónica de Virgínia Lobo. Ela tenta dispensá-lo mas Jorge mostra-se inflexível.

Ivo ofende Cátia e Sónia, sugerindo que elas não são pessoas sexualmente saudáveis.

Teresa conta a Francisco os planos que tem para o fim de semana, que incluem ficar com Carolina pois é o dia que tem para estar com Gui. Francisco aproveita para dizer que nessa noite não janta em casa, para compensar o tempo que ficará em casa para estar com a neta. Teresa deixa correr a conversa, mas fica muito desconfiada com a desculpa que o marido dá, dizendo que tem de acompanhar um cliente para garantir que ele renova o contrato com o escritório.

Inês não consegue contactar com Duarte e começa a ficar ansiosa. Áurea acalma a filha, dizendo que ele deve estar a trabalhar.

Teresa despede-se de Francisco com toda a normalidade e, de seguida, pede o carro do jardineiro emprestado para seguir o marido.

Emília conta a Zé Maria que está insegura quanto ao casamento. Ele tenta afastar-lhe os receios e até sugere que vão morar para Cabo Verde onde está prestes a abrir um novo hotel. Emília sorri com a perspetiva da aventura, mas não está convencida.

Júlia cozinha para Mariana e a filha elogia os seus dotes culinários. A campainha da porta interrompe a conversa e ambas ficam desagradadas quando vêm que se trata de Raquel. Mariana trata a tia com uma frieza indisfarçável, enquanto Júlia afirma que ele tem uma grande lata por aparecer a perguntar se ela está bem. Raquel sente-se hostilizada e toma a opção de ir-se embora, só para não ser mais humilhada, pois Júlia afirma que o seu plano para a denegrir aos olhos de Artur não resultou, pois ele fez dela a capa do próximo número da Blondie.

Teresa vê Francisco chegar a um hotel e a encontrar-se com uma mulher a quem beija na cara. Teresa fica convencida de que o marido anda a traí-la.

Teresa tem o impulso de entrar no hotel e confrontar Francisco com o que ela julga ser uma traição. No entanto, acaba por recuar e permanece dentro do carro em nome da dignidade.

Inês confessa a Áurea as suas inseguranças na relação com Duarte. Apesar disso, reconhece que gostaria de casar com ele, até porque a sua família é do tipo tradicional. A mãe, por seu lado, assume que também lhe agrada a ideia. Áurea anima Inês e assegura que, se Duarte ainda não ligou, é porque tem estado em reuniões de trabalho. A essa hora, Duarte conversa ao telefone com Gui, relatando as maravilhas que encontrou na Turquia. Depois de se despedir do irmão, senta-se ao computador para trabalhar.

Mariana confessa a Júlia que está interessada em Gustavo, mas teme que o facto de ser mãe tão nova e de ter, por isso, uma vida diferente possa afetar um futuro relacionamento. Júlia assegura que quando há amor, nada impede as pessoas de ficarem juntas e aconselha a filha a dar um passo de cada vez. Mariana confronta-a com a sua relação falhada com Duarte, mas Júlia afirma que no seu caso as coisas correram de forma diferente.

Francisco sai do hotel despedindo-se da mulher com quem tinha entrado e de mais três homens que agora a acompanham. Quando se prepara para avançar para o seu carro, o advogado repara incrédulo em Teresa, que ainda vira a cara para o lado para não ser reconhecida. Francisco dirige-se a ela e fica irritado quando Teresa confessa que se enganou, pois pensava que ele a estava a trair. Francisco usa linguagem grosseira para expressar a sua indignação e diz que, depois de tratar dos assuntos que tem pendentes, exige ter uma conversa com ela. Teresa vê o marido afastar-se e está visivelmente aborrecida.

Cátia conta a Gui que Jorge insiste em acompanhá-la à gravação da crónica na rádio, quando ela pretendia fazer o trabalho sem as suas interferências. Gui deixa a namorada amuada e ciumenta, porque vai ao encontro de Mariana para acertar com ela a melhor hora para ir buscar Carolina. Depois de Gui se afastar, Mariana ganha coragem para entrar na loja gourmet, mas decide ir embora. É nesse momento que Gustavo a avista e chama por ela. Mariana fica nervosa mas aceita o convite para almoçar com ele.

Júlia recebe um vistoso ramo de flores em casa e fica intrigada por não ter qualquer cartão que identifique a pessoa que o enviou.

Raquel mostra-se desiludida com a cumplicidade que existe entre Júlia e Mariana, acusando-as de estarem as duas contra si. Babi aconselha-a a deixar passar algum tempo, mas Raquel assegura que não vai abdicar de Artur nem de Mariana e acrescenta que só Zé Maria a pode ajudar a reconquistar a rapariga. Para isso conta que já fez uma visita a Emília na tentativa de a afastar do empresário. Babi avisa Raquel que é perigoso abrir mais uma frente de batalha, mas ela diz que só está a lutar pela sobrevivência.

Artur telefona a Júlia perguntando se ela gostou das flores. Ela agradece com contenção mas Artur aproveita para apertar o cerco de sedução e convida-a para jantar. Embora não tenha grande disposição por causa da morte de Dulce, Júlia aceita e sorri melancólica, cheirando o ramo das flores.

Emília continua dividida, sem saber se deve ou não casar com Zé Maria e procura conselho junto de Raul. O filho confirma que deu a sua bênção ao casamento, mas diz que ela só deve dar esse passo se achar que é o melhor para ser feliz.

Gustavo deixa Mariana mais tranquila, quando afirma que não o incomoda nada o facto de ela já ter sido casada e de ter uma filha. Uma queixa recorrente de Mariana é nunca mais se ter divertido como seria normal na sua idade. Gustavo aproveita e convida-a para ir com ele a um concerto no Alentejo. A conversa é interrompida por Sónia que o manda despedir-se da rapariga e regressar ao trabalho. Gustavo faz continência e Sónia percebe que ele está a gozar com ela. Afasta-se, enquanto ele se despede de Mariana com um sorriso nos lábios.

Jorge ouve as teorias de Ivo, sem paciência para lhe prestar atenção. Isabel percebe que o irmão está aborrecido e diz-lhe que não deve estar assim só porque Carminho foi trabalhar. Jorge diz que sente que a namorada o deixa sempre para último lugar.

Urbano também já não aguenta a cara de Carminho e sugere-lhe que passe com Jorge a noite no hotel onde estão a promover a clínica. Jorge, ainda amuado, não se mostra muito entusiasmado pela ideia quando ela telefona, mas Isabel repreende-o e obriga-o a organizar a vida para ir ter com Carminho.

Vera mostra-se apreensiva com a viagem que vai fazer à Colômbia para ir buscar a droga que Hugo encomendou. O traficante, ardiloso, dá a ideia de que a missão não tem qualquer risco e consegue ficar de novo com ela na mão. Quando ela se interroga como é que vai enganar a família para justificar a viagem, ele sugere que diga que foi um fornecedor do Dancin’ Days que a ofereceu.

Bruno e Paulo ficam eufóricos quando Áurea lhes conta que Aníbal já ligou a perguntar para que data deve comprar os bilhetes para irem ter com ele a Londres. Inês convida os miúdos para irem ver na internet locais que devem visitar na capital inglesa.

Esse é também o momento em que Duarte telefona a Inês, desculpando-se com um problema na rede de telemóvel para só agora estar a falar com ela.

Francisco dá largas à sua indignação por Teresa tê-lo seguido, suspeitando que andava a enganá-la. A mulher acaba por revelar que essas suspeitas forma levantadas por Cátia quando discutiram, levando-o a interessar-se mais pela conversa, preocupado como que a antiga amante possa ter revelado. Teresa percebe a mudança de atitude do marido e deixa-lhe um aviso: se ela sonhar que ele a trai, pede o divórcio e deixa-o sem nada. Francisco encara a ameaça com nervosismo e refugia-se numa bebida.

Cátia grava a crónica na rádio mas, a dada altura, atira para o lado os textos que Jorge escreveu e expõe as suas próprias ideias às ouvintes.

Gui surpreende Cristóvão a acusá-lo de obrigar Cátia a trabalhar no clube de striptease. Quando Gui lhe pergunta o que tem contra si, Cristóvão tenta pôr tudo em pratos limpos mas fica muito nervoso e tem de sair para tomar água com açúcar. Sónia troça dele e Gui acaba por rir da situação.

Nicole escolhe casa para as férias de Verão. Miguel, desinteressado, vai dizendo que gosta de tudo o que vê, pois está ansioso por ir para o futebol. Ela zanga-se e dispara que já despachou um por não se interessar pela família. Miguel explode, agastado por Nicole estar a compará-lo a Hernâni, e acusa-a de ter dinheiro para pagar casas de verão, mas não para o ajudar com as contas do stand. Miguel vai embora muito zangado e Nicole conclui que a sua relação não está a correr bem.

Vera chega a casa dos tios e é “assaltada” por Bruno e Paulo que anunciam que vão para Londres para passarem uns dias com Aníbal e Germano. Vera aproveita a deixa para dizer que também está de partida para o Brasil, a convite de uns fornecedores do Dancin’ Days. Ester fica desconfiada e chama-a à parte para saber a verdade. Vera mantém a sua versão e, ao confirmar que Hugo não vai com ela, a tia fica mais descansada.

Duarte fica sem bateria no telemóvel e o facto de o pôr a carregar traz-lhe à memória o último encontro que teve com Júlia. A muitos quilómetros de distância, Júlia também recorda as juras de amor que ambos trocaram quando pensavam ficar juntos para o resto das suas vidas. Júlia desperta com a chegada de Artur, que traz consigo o primeiro número da Blondie, em que ela faz capa. O jornalista mostra-se solidário e impressionado com tudo o que ela tem passado na vida e, depois de lhe fixar o olhar, beija-lhe os lábios com grande delicadeza. Júlia deixa-se abandonar no beijo de Artur. ​

Júlia desfaz o beijo que Artur lhe dá e pede-lhe para parar. Ele desculpa-se dizendo que agiu por impulso, confessando ao mesmo tempo que está apaixonado por ela. Júlia argumenta que não está preparada para ter uma relação e furta-se ao jantar que tinham combinado. Artur concorda que a noite não está a correr bem e vai embora.

Miguel e Sónia voltam a envolver-se dentro da carrinha que está estacionada no parqueamento do shopping. A carrinha abana, ao mesmo tempo que se ouvem risos e gritinhos.

Cristóvão desabafa com Ivo, zangado por Sónia não o ter avisado de que Gui estava atrás de si quando dizia mal dele. Ivo não tem contemplações e diz que Cátia e as suas colegas do striptease deviam ser vistas pelos médicos, pois devem estar cheias de doenças, acrescentando que nunca viu o varão onde dançam ser objeto de limpeza. Cristóvão fica ofendido pela forma como Ivo fala de Cátia e decide ir para casa.

Carminho e Jorge fazem as pazes e desfrutam do fim de semana romântico que Urbano lhes proporcionou. Emocionados, brindam ao amor.

Na véspera de viajar para a Colômbia, onde vai buscar a droga que Hugo encomendou, Vera despede-se da família e tenta não deixar transparecer a sua enorme tensão. Mente, dizendo que vai dormir em casa de uma amiga, porque o voo está marcado para muito cedo, no dia seguinte. Ester não esconde estar preocupada e decreta que vão ter de conversar para estabelecerem algumas regras quando ela voltar. Depois de Vera sair, Ester comenta com Alberto que a sobrinha estava por um fio para não chorar e que esta viagem tem algo que não bate certo.

Madalena culpa-se pela morte de Dulce, convencida de que tudo estaria bem se não lhe tivesse dado o dinheiro que ela usou para fugir da prisão. Júlia garante que ela teria conseguido de qualquer forma. Madalena estranha que Júlia esteja em casa, mas a amiga justifica que não está com paciência para jantar fora.

Isabel espera com impaciência por Luísa e Emília à porta do teatro. Vendo que nunca mais chegam, telefona a Emília que mente dizendo que tiveram um furo. Urbano chega quase de seguida e conta que foi Zé Maria a ceder-lhe o seu bilhete por ter um compromisso com Emília. Isabel percebe de imediato que as amigas a atraíram a uma armadilha para a reaproximarem de Urbano. Assim, seguem ambos em amena cavaqueira para o interior do teatro.

Mariana fica muito feliz com o noivado do pai e diz que está desejosa de ver o anel que ele ofereceu a Emília. O empresário também se ri com o entusiasmo da filha. O momento de cumplicidade é quebrado pela chegada de Raquel, a quem Mariana trata com enorme frieza, apesar dela revelar que já pediu desculpas a Júlia por ter tentado manchar a sua imagem junto de Artur. Zé Maria decide intervir e tentar a reconciliação, fazendo ver à filha que a tia gosta muito dela. Mariana aceita moderar-se e permite que Raquel tome um café com eles. Ela mostra-se surpreendida com o noivado do ex-marido, mas esboça um sorriso amarelo. Zé Maria acaba por se ir embora mas, antes, segreda a Mariana que está a ir muito bem com Raquel.

Emília e Luísa estão ansiosas por saber como está a correr o encontro de Isabel com Urbano. Emília constata que agora só falta Luísa arranjar alguém mas ela defende que prefere ficar sozinha para desfrutar de todos os homens que quiser.

Miguel regressa a casa e Nicole apressa-se a abrir caminho à reconciliação. Nada interessado numa noite de amor, Miguel desculpa-se com o cansaço que o jogo de futebol lhe provocou e prefere ir tomar banho. Nicole nem desconfia que o companheiro a trai com Sónia.

Luísa tenta seduzir Hernâni mas ele resiste e afirma, cheio de determinação, que jurou não trair Nicole. O segurança foge da loja de decoração e Luísa diz para os seus botões que, assim, ainda fica com mais vontade de se atirar a ele.

No intervalo da peça, Urbano confessa a Isabel que já estava com saudades dela.

Vera está muito inquieta antes da viagem à Colômbia e mostra receio de poder ser presa ou de que um dos pacotes de droga lhe rebente no estômago e lhe provoque a morte. Hugo desvaloriza esses cenários e, para não perder o controlo da situação, diz que não vai ao Dancin’ Days para passar a noite com ela. Vera não fica mais descansada e tenta enviar uma mensagem a alguém. É obrigada a esconder essa intenção, porque Hugo começa a desconfiar.

Duarte liga a Inês para lhe desejar boa noite. A conversa é fria e de circunstância. Depois de desligar, Inês olha apreensiva para a casa vazia.

Júlia conta a Madalena que Artur a beijou mas reconhece que não está interessada nele, pois ainda não se refez do desgosto de amor que sofreu com Duarte.

Jorge e Carminho elogiam o espetáculo a que acabam de assistir no casino de Tróia. Ela está grata a Urbano pela noite maravilhosa que lhe proporcionou com o namorado. Jorge está disposto a convidá-lo para padrinho de casamento.

Urbano e Isabel também saem satisfeitos do teatro, elogiando a peça a que assistiram. Urbano desafia Isabel para voltarem a ensaiar juntos e ela, depois de causar algum suspense, acaba por aceitar. Tal como o convite para jantar, uma vez que ele diz conhecer um excelente restaurante que serve até muito tarde. Urbano e Isabel seguem caminho em grande cumplicidade.

Hugo encoraja Vera para a viagem que está prestes a iniciar, depois de ela se mostrar muito nervosa, chegando a pedir um calmante. Vera aproveita o momento em que ele vai apanhar as chaves de que se esqueceu para fugir. Hugo percebe o que se passa quando vê a mala de viagem abandonada na sala e liga para Roberto para o avisar que estão com um problema entre mãos, pois a rapariga pode denunciá-los.

Cansada de estar sozinha, Inês vai a casa dos avós e desafia todos para irem à praia. Bruno e Paulo desatam aos pulos de alegria e Áurea diz logo que também quer ir. Ester pergunta a Inês se soube do rapto de Júlia, provocando incómodo à neta.

Júlia e Madalena assistem com grande pesar ao funeral de Dulce. Sem qualquer constrangimento, Raquel decide aparecer e dirige-se à irmã para lhe prestar apoio. Júlia agradece mas, num tom formal e frio, diz que ela não precisava ter aparecido. Artur também está no cemitério, como havia prometido, e não esconde sentimentos. Quando Raquel o questiona, responde que não faz jogo duplo e que gosta mesmo de Júlia, deixando Raquel ainda mais irritada com a irmã.

Mariana está impaciente porque Gui está atrasado para levar Carolina. Quando ele chega faz questão de demonstrar o seu desagrado. Gui desvaloriza o seu mau humor e até brinca quando ela diz que vai trabalhar como hospedeira num evento.

Teresa toma o pequeno-almoço com Francisco, que está amuado. Ela assume que pode ter desconfiado erradamente dele nesta ocasião, mas não põe as mãos no fogo quanto a outras situações. Francisco pergunta-lhe o que é preciso para acabar com as desconfianças e tem de disfarçar o pânico que o invade quando a mulher diz que vai falar outra vez com Cátia.

Hugo junta-se a Roberto no Dancin’ Days e jura que mata Vera quando a apanhar. Roberto assume o perigo que existe se ela os denuncia.

Júlia e Madalena regressam pesarosas do funeral de Dulce. Vera, que as esperava escondida na rua, vai ao encontro delas e pede que a deixem entrar em casa. Júlia percebe que algo de grave se passa e Vera conta que Hugo a quer obrigar a ir buscar droga à Colômbia. Júlia percebe que ele é traficante e teme que Vera esteja metida no negócio. A amiga não responde diretamente mas pede-lhe ajuda, pois reconhece que tem um problema que já não consegue controlar. ​

Vera conta toda a verdade a Júlia sobre como mergulhou no mundo da droga e como, de um momento para o outro, se envolveu com Hugo e os seus negócios escuros. Júlia, com o apoio de Madalena, decide internar Vera numa clínica de reabilitação, prometendo colocar a família dela a par da situação e protegê-la dos traficantes.

Carminho e Jorge gozam os últimos momentos de namoro no hotel em que passaram o fim de semana. Ele, romântico, rouba um ramo de flores que decora a mesa do pequeno-almoço e oferece-lhe dizendo que a ama. Carminho retribui.

Isabel conta a Emília e Luísa a noite divertida que passou com Urbano mas, para não deixar dúvidas, diz que percebeu logo que elas lhe tinham montado uma armadilha para a reaproximarem dele. Isabel mostra-se disposta a ter um relacionamento mais sério, mas decreta que Urbano terá de dar o primeiro passo.

Urbano conversa com Zé Maria e agradece-lhe o bilhete que o juntou a Isabel no teatro. O médico diz que acabou de chegar do funeral de Dulce e Zé Maria comenta que Júlia voltou a passar por mais uma situação rocambolesca. Quando deixam o gabinete de Urbano, cruzam-se com Alberto, que está preparado para a sua aula de pilates. Zé Maria conta que vai casar-se com Emília e Alberto entusiasma-se, dizendo que não perde a boda nem por nada. Todos riem quando ele pede desculpa por se antecipar ao convite, mas Zé Maria afirma que terá muito gosto na sua presença. Urbano suspira com melancolia, recordando que enquanto uns casam outros se divorciam.

Sónia entra em delírio, convencida de que Miguel vai pedir a separação a Nicole, para ficar consigo. Cátia esforça-se para que a prima não se iluda, mas ela até já fala do vestido de casamento que gostava de usar. Cátia, por sua vez, acha que é difícil casar com Gui, atendendo à família a que ele pertence.

Teresa delicia-se com a presença de Carolina em sua casa e agradece o facto da neta não sair a Mariana. Gui repreende a mãe. Francisco está de saída para acompanhar uns clientes ao aeroporto e, depois de Teresa o questionar, lança-lhe uma farpa, dizendo que se trata dos clientes que ela viu na noite anterior. Gui avisa o pai para que não se demore. A mãe conta que decidiu comprar uma casa em Tróia, mas Gui duvida que Cátia aguente um fim de semana inteiro na sua companhia.

Inês conversa com Áurea na praia e lembra-se de ligar a Duarte. Encontra-o a chegar ao hotel e nota-lhe uma voz cansada. O namorado conta que conseguiu descobrir programas interessantes para vender aos seus clientes, mas é forçado a interromper a conversa com Inês para resolver o problema de um cliente da agência de viagens.

Júlia leva Vera para a clínica de reabilitação, enquanto Madalena lhes dá pressa, pois Hugo pode aparecer a qualquer instante à procura dela.

Raquel e Babi falam com insatisfação pelo trabalho que têm. Raquel vê que Emília se aproxima e decide provocá-la, dando os parabéns pelo noivado com Zé Maria. Emília não dá muita conversa e segue para a sua loja de decoração.

Mariana convida Nonô para jantar em sua casa. Quando estão a combinar o que comer, Mariana recebe uma chamada de Gustavo. As duas amigas estão em grande excitação e Mariana apressa-se a atender a chamada. Gustavo combina almoçar com ela no shopping no dia seguinte, mas não vê que Sónia se aproxima e escuta a conversa. Para se fazer superior, tenta estragar os planos ao rapaz, mas ele enfrenta-a fazendo valer os seus direitos. Como não consegue desestabilizar Gustavo, começa à procura de Cristóvão para embirrar com ele.

Cristóvão está com Ivo, que afirma ter no braço umas borbulhas, resultado da ida ao bar de striptease onde Cátia dança. Cristóvão está cada vez mais incomodado e pensa na maneira de afastar a sua amada dessa atividade.

Francisco procura Cátia na loja de doces e diz que já soube por um amigo que ela voltou a dançar no varão. Com ar de desdém jura que acaba com ela, se voltar a insinuar à mulher que ele anda a traí-la. Francisco avisa que a mesada de Gui, bem como os cheques para despesas acabam nesse mês. Cátia tenta reagir às ameaças, mas está em pânico.

Gui vai entregar Carolina a Mariana e, desta vez, conseguem ter uma conversa civilizada, sem acusações mútuas.

Júlia leva Vera para a clínica de reabilitação e promete não deixar que algo de mal lhe aconteça, tal como garante que vai explicar à sua família como Hugo e Ricardo a arrastaram para a droga.

Hugo avisa Babi que vai ter de olhar pelo clube, dizendo que precisa de descansar uns dias. Ela acha estranho e começa a fazer perguntas, mas Hugo corre com ela do escritório. Assim que fica sozinho, liga para o telemóvel de Vera e fica ainda mais irritado, pois continua sem saber onde ela se meteu.

Ester confessa a Inês a sua apreensão porque Vera ainda não disse nada desde que viajou. Inês tranquiliza a avó, explicando que o voo de Vera demora muitas horas. Ester vai ajudar Amélia com o jantar e Áurea aproxima-se de Inês. A filha confessa não ter gostado que Duarte tivesse terminado a conversa telefónica que estavam a ter, preferindo atender um cliente.

Vera assusta-se quando uma enfermeira entra no quarto para lhe dar um medicamento. A enfermeira percebe a sua angústia e decide fazer-lhe companhia até à chegada do apoio psicológico.

Hugo anda de um lado para o outro no escritório. É surpreendido pela entrada de Júlia, gerando-se um momento de tensão entre ambos.

Júlia faz um ultimato a Hugo, exigindo-lhe que deixe Vera fora dos seus negócios de droga. Numa primeira fase, o traficante tenta negar tudo mas, ao ver que não tem outra saída, argumenta que Vera fez tudo por ser uma toxicodependente e que se não fosse ele tinha acabado como Ricardo. Júlia não vacila e ameaça denunciá-lo à polícia. Hugo adota um comportamento agressivo, aconselhando-a a não se meter nos seus negócios, pois pode dar-se mal, bem como as pessoas de quem gosta. Júlia não se atemoriza e, antes de ir embora, diz que, se ele deixar Vera, pode ser que haja acordo. Assim que fica a sós, Hugo desfaz a pose de duro e fica muito preocupado.

Nicole censura Miguel por dizer mal de Hernâni à frente de Tânia. O companheiro defende-se e defende que não está a dizer mentiras. Quando Nicole se prepara para ir fazer o jantar ele agarra-a para fazer as pazes. Nesse instante, Miguel recebe uma mensagem de Sónia e tem de disfarçar para não ser apanhado.

Na loja gourmet, Sónia ri-se a trocar mensagens com Miguel e deixa um cliente muito desagradado porque não o atende. É Gustavo que salva a situação, substituindo-a. Sónia fica incomodada e volta a descarregar em Gustavo e Cristóvão, que também a critica.

Emília deixa Luísa a fechar a loja e ela aproveita para seduzir Hernâni assim que ele passa à porta. Luísa é tão convincente que o segurança admite dar uma “voltinha” com ela. Isabel e Emília observam a conversa que eles travam e censuram Luísa por desestabilizar Hernâni. Emília queixa-se a Isabel das investidas de Raquel que quer estragar a sua relação com Zé Maria. No entanto, mostra-se firme para combater a ex-mulher do empresário. Isabel confessa, a medo, que Urbano voltou a convidá-la para sair para assistir a mais uma peça de teatro. Emília brinca com a amiga, insinuando que o amor anda no ar.

Carminho e Jorge ficam em choque ao saberem que Vera está internada numa clínica de desintoxicação. Júlia conta que ela podia ter acabado morta, tal como Ricardo, e defende que a única solução é entregar Hugo à polícia, aproveitando o testemunho da rapariga contra ele. Jorge argumenta que isso não servirá de grande coisa, pois será a palavra de uma drogada contra a de um empresário. Perante tal situação, Jorge toma a decisão de se demitir da loja de som, pois não consegue estar mais ao serviço de Hugo. Carminho telefona a Ester e, para a tranquilizar diz que Vera lhe ligou a dizer que está bem.

Alberto desafia Bruno e Paulo para irem com ele jogar minigolfe. Amélia troça dele e leva uma reprimenda.

Hugo fica furioso por perder o negócio de droga que tinha apalavrado na Colômbia. Embora tenha vontade de acabar com Vera e Júlia, diz a Roberto que o melhor é serem discretos durante uns tempos.

Teresa está de saída para Lisboa e quase nem reage ao saber que Francisco não está a pensar jantar em casa. O marido, assim que julga estar sozinho, telefona a Adriana, pedindo que lhe arranje uma companhia feminina para a noite. Depois de acertar o negócio desliga a chamada e apanha um valente susto, pois esbarra com Natércia. A empregada ouviu toda a conversa e repreende o patrão pela sua conduta. Francisco mostra-se indignado e ameaça despedi-la, caso ela conte a Teresa e aos filhos o que presenciou.

Inês fica animada ao receber um email de Duarte, mas desiludida quando o telefone toca, pois a chamada é de Teresa que a quer visitar.

Ester fica desolada ao saber que Vera está internada e culpabiliza-se por não ter percebido que a sobrinha estava a consumir cocaína. Carminho diz à mãe que a acompanha se Júlia conseguir que Vera aceite a sua visita.

Ivo procura Lúcia e, depois de lhe oferecer um poema, convida-a para jantar. A rececionista consegue esquivar-se e diz que já tem um compromisso. Quando ele se vai embora, ainda lê um pouco do poema, mas é tão mau que amachuca o papel.

Depois de uma tórrida noite de amor, Luísa provoca Hernâni, deixando-o muito embaraçado. Quando o segurança fica sozinho, Isabel obriga-o a reconhecer que caiu em tentação.

Gui quer ir falar com o pai depois de saber que ele garantiu que não lhe vai dar mais dinheiro e que ameaçou Cátia, caso contem a Teresa que ela foi sua amante. A dançarina implora a Gui que não vá falar com Francisco, argumentando que conseguem aguentar-se com o que ganham. O namorado não fica convencido.

Teresa reconhece no psicólogo que sempre desconfiou de que o marido a traía e assume a sua parte de culpa por isso.

Raquel esforça-se por ser simpática com Mariana, mas esta não deixa grande margem para isso. O máximo que consegue é dar-lhe boleia para o shopping, onde ela vai almoçar com Gustavo.

Filipa alerta Artur para os comentários favoráveis que a entrevista a Júlia tem suscitado. É o pretexto de que ele precisa para lhe ligar, mas ela recusa o convite para jantar. Quando desliga o telefone, Júlia comenta com Madalena o choque que está a viver com a toxicodependência de Vera. Madalena faz sentir à amiga que foi imprudente por ter ido confrontar Hugo ao Dancin’Days.

Ester e Carminho visitam Vera na clínica de reabilitação e dispensam-lhe todo o carinho, evitando censurá-la por ter ficado dependente da droga. Limitam-se a abraçá-la.

Jorge pede a demissão da loja de som, desculpando-se com o facto de precisar de dispensar mais tempo à escrita. Hugo percebe o verdadeiro motivo para o abandono e Jorge fica incomodado por ter mentido.

Madalena aconselha Júlia a deixar Hugo em paz, pois ele pode tornar-se violento e fazer-lhe mal. Ela insiste em entregar o traficante à polícia e é o que faz, telefonando do gabinete de Urbano.

Júlia recebe a Polícia Judiciária em sua casa e denuncia Hugo como traficante de droga. Os inspetores exigem provas para iniciarem a investigação, mas Júlia só aceita envolver Vera depois de eles garantirem a sua proteção e da amiga, revelando que Hugo as ameaçou.

Isabel fica apreensiva quando Jorge conta que se vai despedir da loja de som, sem revelar a razão que o impede de continuar a trabalhar com Hugo. Apesar de temer pelo futuro do irmão, acaba por confiar na sua decisão, pois Jorge assegura que conta com o apoio de Carminho.

Sónia obriga Cristóvão a ir para o sótão da loja procurar legumes, para poder ficar a só com Miguel. Cristóvão estranha o pedido da chefe mas acata a ordem. Cheios de desejo, Sónia e Miguel combinam encontrar-se na carrinha que ele mantém estacionada no parque do shopping. Hernâni vê-los a sair e fica desconfiado.

Mariana aproveita o almoço com Gustavo para lhe contar as histórias mirabolantes que povoam a sua vida, por ter sido criada pelos tios, antes de saber que afinal eles não eram os seus pais. Confessa que depois de conhecer Júlia como sua verdadeira mãe, descobriu uma pessoa fantástica, ao contrário do pai biológico, que nem sequer a quis conhecer. Gustavo ouve tudo com muita cumplicidade, cada vez mais próximo de Mariana.

Carminho mostra-se muito desiludida pelo envolvimento de Vera com o mundo da droga e desabafa com Madalena. Júlia junta-se às amigas e deixa-as preocupadas ao contar que denunciou Hugo à polícia. Madalena é de opinião que não o devia ter feito e não acredita que a polícia lhes dê a proteção que prometeu. Júlia, determinada, afirma que o lugar de Hugo é na cadeia.

Alberto regressa a casa com Bruno e Paulo, excitados por lhe terem ganhado a jogar minigolfe. Depois dos rapazes saírem para os quartos, Ester conta ao marido que Vera está internada numa clínica de desintoxicação. Alberto constata que afinal tinha razão para estranhar o comportamento da sobrinha e fica muito abalado com a notícia.

Teresa toma chá com Inês e dá-lhe conselhos sobre a forma de viver a relação com Duarte. Nesse instante, Inês recebe uma chamada do namorado, que anuncia o seu regresso para o dia seguinte. Teresa aproveita para enviar um beijo ao filho e aconselha Inês a preparar-lhe um jantar especial para compensar o facto de não poder ir buscá-lo ao aeroporto.

Artur encontra Júlia quando vai treinar no ginásio e cobra-lhe, divertido, o jantar que ela reconhece estar a dever-lhe.

Já sozinha, Júlia é surpreendida com uma chamada de Salvador que se diz arrependido por ter rejeitado Mariana, querendo agora conhecê-la. Apesar de estranhar o pedido e de reagir com irritação, Júlia aceita encontrar-se com o pai biológico da filha.

Raul procura Madalena na clínica e consegue finalmente convencê-la para saírem juntos novamente.

Mariana brinca com Elvira e tira-lhe uma fotografia. A empregada fica constrangida, mas também feliz ao observar o resultado. Nesse momento, Mariana recebe uma chamada de Júlia e fica intrigada com o interesse da mãe em saber onde é que ela vai estar a fotografar Nonô para um trabalho do curso. Júlia disfarça e diz que só queria saber se estava tudo bem. Depois de desligar o telefone, Júlia conversa com Salvador, que entretanto se aproximou. Muito comprometido, pede-lhe por tudo para que o deixe ver a filha, atónito por saber que já tinha falado com ela por uma ocasião, quando estava no parque infantil com a família.

Zé Maria propõe a Emília que façam uma viagem a Cabo Verde. Ela vai sorrindo, mas quase não consegue disfarçar a sua insegurança. O empresário despede-se dela para ir trabalhar e Emília fica à conversa com Isabel. Esta conta, para seu espanto, que Luísa e Hernâni andam a envolver-se às escondidas.

Hernâni vai contar com entusiasmo a Nicole que foi promovido a chefe de segurança do centro comercial. A manicura desvaloriza o feito e garante que se fosse pelo valor que ele tem, andava a limpar casas de banho. Hernâni vai embora amuado, depois de ver frustradas as investidas para se aproximar da ex-mulher.

nas redes

pesquisar