SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 15 a 21 de fevereiro

Júlia descobre que Raquel é acompanhante de luxo; Madalena conta a Duarte que Júlia esteve grávida de um filho seu!

Francisco apresenta Camila ao seu amigo estrangeiro e apresenta-se ele próprio a Raquel, como se não a conhecesse. O advogado esboça um sorriso trocista, enquanto Raquel, encarnando o papel de Eva, mantém-se em silêncio e com um ar sério. Francisco encaminha todos para a mesa, para tomarem uma bebida.

Júlia lembra Urbano de que têm de ir à ópera nessa noite. Ele tenta esquivar-se ao compromisso, argumentando que ela deve descansar. No entanto, Júlia diz que está bem e que agora tem de distrair-se, fazendo com que o marido aceite as suas razões.

Áurea mente a Inês, garantindo que está a tomar os comprimidos que o médico lhe receitou. Não perde a oportunidade de dizer que está contente por ela ter roubado o namorado a Júlia, mas a filha repreende-a. Inês pede para falar com Carminho quando ela chega à sala. Áurea fica desconfiada quando elas se afastam. Carminho faz-lhe ver que não foi correto ameaçar Júlia, por pensar que ela lhe pode roubar o namorado. Carminho pede desculpa à tia por tê-la comprometido perante a amiga e promete concentrar-se na relação com Duarte.

Júlia ouve Madalena a cantar e insiste com ela para se inscrever no concurso de novos talentos do shopping. Repentinamente, sente uma forte dor no útero e deixa-se cair no sofá. Madalena fica muito aflita. Madalena e Urbano decidem levar Júlia ao hospital.

Francisco telefona a Teresa para dizer que não vai jantar, justificando-se com o convite que o cliente que está a acompanhar lhe fez. A mulher fica deprimida e muito contrariada. Francisco, depois do telefonema, encaminha-se para a mesa onde estão Richard, Camila e Raquel, dizendo que está na hora de irem jantar. Raquel continua a fingir que se chama Eva e não esconde que está muito constrangida com a situação. Francisco diverte-se por vê-la tão desconfortável.

Zé Maria vai às compras com Mariana e depois sentam-se a tomar um café. Por insistência da filha, envia uma mensagem a Emília, convidando-a a ir ter com eles. Emília fica aflita mas, “empurrada” por Luísa, acaba por ir ao encontro de Zé Maria e de Mariana. Hernâni aparece entretanto e Luísa tenta seduzi-lo. O segurança finge que não está afetado pela provocação e trata de ir embora rapidamente. Luísa fica frustrada e murmura que Hernâni está mesmo apostado em resistir-lhe.

Emília fica envergonhada quando Zé Maria lhe segura a mão. Mariana tranquiliza-a dizendo que já sabe de tudo e que gostou dela logo à primeira. O empresário, por seu lado, acha que já está na altura de assumirem o namoro. Emília fica radiante, mas quando Mariana os deixa a sós, confessa que estava muito nervosa.

Enquanto Richard e Camila se envolvem em jogos de sedução, Francisco sussurra a Raquel que nunca imaginou que ela prestasse aquele tipo de serviços. Ela está em grande tensão, mas esforça-se por mostrar-se calma, respondendo que também não imaginava que ele solicitasse tais serviços. Francisco sugere que a noite pode ser animada e coloca-lhe a mão na perna, mas Raquel responde que só se for a do outro casal, porque a dela acabará a seguir ao jantar. Francisco excede-se insinuando que está disposto a pagar para ter mais do que a sua simples companhia. Ao perceber que se excedeu, diz que é melhor deixarem a noite correr.

Júlia chora deprimida no hospital, reconhecendo que a sua vida mergulhou no vazio. Madalena defende que ela deve contar a Duarte tudo o que se passou, ciente de que ele voltará para ela. Júlia diz que não pode fazer isso a Inês e também não pode deixar Urbano sozinho e doente. Urbano entra nesse instante, interrompendo a conversa, para dizer a Júlia que vai ter alta ainda nesse dia.

Duarte esforça-se por meter juízo na cabeça de Gui, fazendo-lhe ver que anda sem rumo, pois não vai à faculdade, deixou o escritório do pai e saiu de casa. Gui assegura que pretende acabar o curso quando Duarte lhe pergunta se tenciona viver à custa da namorada. Inês interrompe a conversa com a sua chegada e Gui vai embora, justificando que tem a namorada à espera.

Mariana conversa com Zé Maria e ao olhar para o sofá de onde Carolina caiu sente-se incomodada. O pai diz que não é possível controlar sempre os filhos e recomenda a Mariana que não se sinta culpada com as criticas que Teresa lhe faz.

Emília confronta-se com Raul, depois do filho dizer abertamente que não gosta de Zé Maria e que ele não é o homem certo para ela.

Isabel conta a Luísa que Emília esteve de mão dada com Zé Maria. Luísa torce para que o namoro da amiga resulte, pois já se está a ver nas piscinas dos hotéis do empresário. Hernâni aparece nesse instante e, enquanto Isabel se afasta para o atender, Luísa começa a provocá-lo, sedutora. O segurança tem dificuldade em resistir, principalmente quando Luísa de afasta com um movimento sensual de anca. Isabel censura Hernâni e recomenda-lhe um banho de água fria.

Francisco chega tarde a casa e não se livra de uma reprimenda de Teresa, que está acordada à sua espera.

Raquel regressa à pensão e, isolada do mundo, chora a sua má sorte enquanto limpa a maquilhagem.

Júlia regressa a casa triste e debilitada, amparada por Urbano e Madalena. Inconformada, Madalena procura Duarte na agência de viagens e conta-lhe que Júlia abortou dum filho que era dele e que Inês foi à clínica confrontá-la, para garantir que ela não lhe rouba o namorado. Duarte fica em choque, mas pensa que Madalena foi mandada por Júlia, com o intuito de o afastar de Inês, acabando ali com a conversa.

Raquel recebe uma chamada de Francisco e recusa-se a atender. Ele, persistente, envia-lhe uma mensagem a dizer que gostou muito de a rever. Ao mesmo tempo, Adriana contacta Raquel e informa que tem um novo cliente para ela. Raquel aceita o trabalho, depois de saber que não se trata de Francisco.

Teresa sugere a Francisco que pressione a juíza que vai decidir a custódia de Carolina, para que ela atribua a Gui a guarda da criança. Perante a repulsa do marido, acaba por recuar, mas diz que já falou com Duarte para que ele coloque juízo na cabeça do irmão. Mas tudo isto é em vão, pois o filho mais novo não está recetivo a mudar de vida.

Inês aparece jovial na agência de viagens, mas esbarra em Duarte que lhe pergunta, zangado, como é que ela conseguiu esconder-lhe que Júlia esteva grávida. Inês fica muito comprometida.

Inês justifica-se a Duarte, dizendo que teve medo de o perder e que por isso escondeu a gravidez de Júlia. O namorado assevera que não é com mentiras que vão manter uma relação e Inês, já de lágrimas nos olhos, jura que o ama demais. Duarte limpa-lhe as lágrimas e volta a sorrir, garantindo que Júlia já faz parte do passado e que não tem intenção de falar com ela, até porque abortou. Inês promete que nunca mais lhe esconde nada.

Mariana vai visitar Júlia, avisada por Urbano de que a mãe teve de ir ao hospital, ressentindo-se do aborto que sofreu. Depois de ser tranquilizada por Júlia, Mariana conta que Teresa requereu a guarda parental de Carolina. Urbano avisa que a mãe de Gui é perigosa, mas Júlia conforta Mariana e defende que o tribunal vai perceber que ela é a pessoa indicada para cuidar da filha.

Cátia lamenta-se a Sónia por estar no princípio do mês e já não ter dinheiro. Em compensação, afiança que está muito bem no amor. Cristóvão não aguenta ouvir os elogios de Cátia ao namorado e escapa-se para ir beber um café. Sónia apercebe-se, trava-o e dá-lhe um raspanete, armada em patroa. Depois, deixa-o sair apenas por minuto e meio, começando a controlar o tempo com um cronómetro. Cátia diz que ela está a exagerar mas Sónia não liga ao que a prima diz.

Cristóvão desabafa com Ivo, triste por ser enxovalhado por Sónia e ignorado por Cátia que está apaixonada por outro. Jorge e Lisete provocam o pânico no caixa, dizendo que já toda a gente sabe da sua paixão por Cátia. Ele diz que se calhar também sabem que ele andou a treinar com Sónia. Jorge insiste em saber como são os seios que ela implantou. Cristóvão, cada vez mais atrapalhado, foge para a loja porque se lembra que está a ser cronometrado. Ivo fica contrariado porque Jorge lhe acaba com o recreio, obrigando-o a ir arrumar o armazém.

Madalena, muito angustiada, confia a Carminho que procurou Duarte e lhe revelou que Júlia perdeu um filho dele. Agora está arrependida e não sabe como contar a Júlia o que fez, temendo que ela não a perdoe. Carminho reconhece que ela não devia ter feito o que fez, mas mostra-se convencida de que Júlia irá compreender as suas boas intenções e desculpá-la, pois é notório que gosta muito dela.

Depois de Mariana sair para o curso de fotografia, Urbano insiste de tal forma com Júlia para ficar a tomar conta dela, que a irrita. Apesar de se sentir rejeitado, tenta disfarçar com um sorriso e acaba por deixá-la sozinha. Júlia sente-se culpada por ter sido brusca com o marido.

Raquel apresenta-se como Eva ao seu novo cliente e fica incomodada quando Álvaro diz conhecê-la das revistas que a mulher compra. O homem puxa-a para si com maus modos e quer comer rapidamente, dizendo que a seguir têm coisas mais interessantes para fazer. Raquel hostiliza-o e vai-se embora, sentenciando que não está para aturar a sua falta de educação. Álvaro ameaça vingar-se.

Mariana conta a Zé Maria que Júlia teve de ir ao hospital com uma hemorragia, ao mesmo tempo que acha estranho o relacionamento da mãe com Urbano. Zé Maria assegura que o médico a ama. Mariana diz temer que o tribunal entregue a guarda de Carolina a Teresa, enquanto o pai confessa temer a condenação pela tentativa de homicídio de Hugo. Entretanto, Zé Maria mostra a Mariana a pulseira que comprou para oferecer a Emília. A filha aprova a escolha e brinca, dizendo que também quer uma. Zé Maria confessa que Emília o aceita como é e anima Mariana, confiante de que ela ficará com a custódia da filha, como até aqui.

Luísa começa a seduzir Hernâni e pede-lhe para dar uma voltinha na segway com que ele patrulha o centro comercial. O segurança começa a ficar excitado com o corpo de Luísa mas, assim que vê Miguel despedir-se de Nicole, corre atrás da ex-mulher para a sua loja de manicura. Luísa fica sozinha em cima do veículo que sai disparado por um corredor, com ela aos gritos. Isabel e Emília vão atrás dela para a socorrer.

Hernâni oferece um voucher a Nicole para ela fazer uma sessão de acupunctura, pretendendo provar que está mudado. Nicole diz que em milagres só acredita em Fátima. Depois do pai ir embora, Tânia opina que a mãe o devia apoiar mais. Nicole muda de assunto mas fica a interrogar-se se o tratamento resultará.

Alberto confere os movimentos da bolsa para enfado de Bruno e Paulo. Um estafeta vai entregar um aspirador que Áurea encomendou para oferecer a Ester. Bruno e Paulo troçam quando ela anuncia que se trata de um aspirador ciclónico. Ester questiona onde arranjou o dinheiro tendo em conta que já não tem cartões de crédito, mas Áurea diz logo que sabe gerir muito bem os seus rendimentos. Perante as dúvidas levantadas pela mãe, vai para o quarto amuada e garante que nunca mais lhe oferece nada. Ester, Amélia e Alberto ficam preocupados.

Madalena confessa a Júlia que traiu a sua confiança, ao contar a Duarte que ela esteve grávida de um filho seu. Júlia não esconde que ficou desiludida com ela, pois agora vai ficar sempre à espera que ele a procure. Madalena fica muito aflita enquanto vê a amiga isolar-se no quarto.

Gui, sem qualquer tipo de inibição e sem esconder total desleixo, confessa que passou pela faculdade só para conversar com amigos e tirar umas fotocópias. Ainda acrescenta que vai ter de cravar mais dinheiro ao pai porque, desde que sabe os podres dele, fará o que quiser.

Teresa fica surpreendida porque Francisco regressa mais cedo a casa. Ele reclama porque a mulher lhe fala mal, mas ela desculpa-se, dizendo que não estava à espera de o ver àquela hora. Para aliviar o ambiente propõe uma bebida no jardim.

Raquel conta a Adriana que deixou Álvaro a falar sozinho porque não aceita ser tratada como uma prostituta. O incidente leva-a mesmo a pensar em desistir da sua actividade como acompanhante. Adriana conta que conseguiu acalmar a fera arranjando-lhe outra companhia e entrega-lhe um envelope cheio de dinheiro, recomendando-lhe que pense melhor no assunto. Raquel recebe uma chamada e aceita encontrar-se com quem lhe telefonou.

Mariana confessa a Nonô que não sente a falta de Raquel, apesar de ter sido sua mãe durante dezasseis anos. Já sobre Zé Maria, não tem dúvidas em afirmar que é o seu verdadeiro pai, pois está sempre a seu lado. Mariana diz que gostava que Gui fosse tão bom pai como ele é.

Teresa pergunta a Natércia se viu Francisco, pois o marido disse que ia buscar um livro e nunca mais voltou ao jardim. Penalizada, a empregada diz que ele saiu, deixando Teresa indignada.

Francisco encontra-se com Raquel e diz ter uma proposta para que ela recupere a sua vida antiga, sem se humilhar. O advogado propõe-lhe que seja sua amante em exclusividade. Raquel fica incrédula a olhar para ele.

Raquel fica indignada com a proposta de Francisco e recusa ser sua amante exclusiva. Diz que não é nenhum bibelô, vincando que ainda é dona da sua vida. Para despedida acrescenta que os homens em crise de idade são ridículos. Francisco fica desconsolado.

Júlia perdoa Madalena e lamenta ter conhecido Duarte, pois não compreende como é que ele nem sequer lhe telefonou para perguntar como é que ela está, depois de ter abortado.

Urbano, Zé Maria e Alberto cruzam-se no ginásio. Após uma breve troca de palavras, concordam em agendar mais uma partida de golfe. Urbano retira-se, justificando que tem Júlia à sua espera. Alberto confessa que está fascinado pelo mundo bolsista e Zé Maria fornece-lhe o contacto do corretor que lhe faz os negócios. Alberto, sempre sonhador, combina que quando ganhar o primeiro milhão, abrem uma garrafa de champanhe.

Raquel aparece na loja de Nicole e esta pergunta-lhe se decidiu aceitar o emprego como manicura. Orgulhosa, a irmã de Júlia avança que foi arranjar as mãos e, perante a desconfiança de Nicole, garante que não vai passar um cheque sem cobertura.

Júlia responde mal a Urbano mas, percebendo o excesso que cometeu, pede imediatamente desculpa, reconhecendo que ele a tem tratado de forma exemplar. O marido aconselha-a a procurar ajuda num psicoterapeuta, mas ela volta a irritar-se assegurando que está triste e não deprimida. Urbano sugere-lhe que vá descansar para uma unidade hoteleira de luxo em Tróia. Júlia responde que vai pensar no assunto e aceita que ele lhe prepare o jantar.

Nicole conversa com Madalena e estranha que Raquel esteja outra vez a gastar dinheiro quando ainda há pouco tempo não tinha nem para comer. Hernâni chega ao café e entrega a Isabel mais folhetos de inscrição para o concurso de deteção de novos cantores que o shopping está a organizar. Isabel, Nicole e Hernâni obrigam Madalena a concorrer. Tânia também quer participar e Hernâni quase lhe faz a vontade. No entanto recua, ao perceber que Nicole não aprova a ideia. A filha queixa-se que a máquina de karaoke avariou e Hernâni oferece-se para ir lá a casa arranjá-la. Nicole decreta que só o permitirá no dia que ela própria escolher. No entanto, ao ver que o ex-marido acata tudo o que ela diz, decide tratá-lo com mais delicadeza.

Ester combina com Carminho a assinatura dos documentos necessários para alugarem os armazéns onde vão produzir os salgadinhos para fora. Amélia relembra que Alberto ainda não tratou das licenças e Ester aperta com o marido. Áurea aparece de repente e diz que quer inscrever Bruno no ginásio, para que ele ganhe corpo, esclarecendo que ele tem de defender-se quando na escola nova souberem que o pai é gay.

Carminho não consegue mentir a Jorge e acaba por lhe contar que Júlia engravidou de Duarte, mas perdeu a criança. Preocupada, pede ao companheiro para guardar segredo.

Júlia estranha que Raquel tenha dado a volta à sua situação, a ponto de estar a gastar dinheiro que até há bem pouco tempo não possuía. A única explicação que encontra é que a irmã esteja a endividar-se para manter as aparências. Mudando de assunto, Madalena insiste para que Júlia vá falar com Duarte para dizer que o ama e que é com ele que quer ficar. Júlia resiste, argumentando que teve a sua oportunidade e que a desperdiçou.

Inês contempla Duarte e não resiste a beijá-lo ao de leve, fazendo com que ele desperte. Inês agradece-lhe por ser tão compreensivo com ela.

Teresa exalta-se com Francisco, recriminando-o por tê-la deixado sozinha no jardim, sem avisar que ia sair para ir ter com o amigo. Para acalmar a fúria da mulher, Francisco conta que Mariana já foi notificada para a audiência do poder paternal e que ela deve estar a receber igual convocatória. Teresa fica animada e confessa que não vê a hora de receber a neta, farta de a ver com aquela miúda irritante.

Carolina custa a adormecer e Marina comenta com Elvira que a filha parece pressentir os problemas. A empregada confia que a audiência vai correr bem, mas Mariana diz que só vai descansar quando ouvir o juiz decretar que a filha fica com ela.

Áurea, muito agitada, mostra vontade de ir passear e protesta porque os centros comerciais não estão abertos vinte e quatro horas por dia. Alberto pede o computador emprestado a Vera e mente, dizendo que quer pesquisar informações sobre golfe. Na realidade, quer aceder à conta bancária, via internet.

Roberto dá um dia a Ricardo para que pague o que lhe deve, ameaçando pôr-lhe um braço ao peito se não o fizer. O segurança afasta-se furioso e Ricardo tenta disfarçar quando Hugo aparece e diz que Roberto lhe deu um grande raspanete. Perante a desculpa do funcionário, Hugo sorri, dando a entender que está a par de tudo. Babi informa que está a chegar um grupo que reservou lugar na discoteca e Hugo atira que vai ser bom encher a casa de miúdas giras para ela não ser a única.

Madalena acorda Júlia e obriga-a a levantar-se para tomar o pequeno-almoço. Júlia resmunga mas acaba por dar razão à amiga quando ela diz que Mariana e Carolina precisam dela e não merecem que ela se deixe afundar por causa de Duarte. Júlia decide reagir.

Raquel esconde de Babi que tem sido acompanhante de luxo nos últimos tempos, dizendo que está apenas mais bem disposta e que encara os problemas de outra forma. Fica incomodada ao saber que Teresa está a tentar tirar a guarda de Carolina a Mariana. Com raiva contida murmura que aquela mulher é insuportável e que devia estar mais atenta ao que se passa na sua casa. Babi não percebe que Raquel está a falar de Francisco. Raquel mostra-se resignada por Mariana não querer falar consigo e espera que Zé Maria e Júlia a apoiem.

Mariana recebe Gui com grande agressividade e não permite que ele esteja com Carolina, acusando-o de lhe querer tirar a filha. Gui defende-se e esclarece que foi Teresa a interpor a ação, e que ele deseja apenas o que for melhor para a criança. Mariana, insensível aos argumentos do ex-marido, considera-o igualmente responsável e expulsa-o aos gritos.

Ester interceta uma carta que chega registada em nome de Áurea e fica sem pinga de sangue, ao ler que a filha gastou mais de três mil euros com um cartão de crédito que fez às escondidas. O pânico instala-se na família e, a pedido da mãe, Carminho começa a consultar o saldo da conta para ver se é possível pagar a dívida, sem ter de perder os armazéns que queriam arrendar. Áurea refugia-se no quarto dizendo que fazem sempre uma tempestade num copo de água. Alberto, começa a ficar muito aflito e comprometido, porque Carminho está a escassos segundos de aceder á conta bancária da família.

Sónia desabafa com Cátia e diz que tem de arranjar um homem novo que lhe encha as medidas e esquecer Cristóvão. A prima, por seu lado, está preocupada porque Gui tem a audiência pela guarda da filha, mas conta que ele acha que Carolina fica melhor com Mariana. Sónia deixa escapar que ele é apagado por permitir que Teresa o manipule.

Isabel conta com entusiasmo a Jorge que já encontrou uma casa para morar. Os irmãos abraçam-se e combinam um jantar para comemorar as suas novas vidas.

Carminho descobre que a conta bancária está quase a descoberto e percebe que foi feita uma compra de ações pela internet. Ester olha para Alberto e pergunta-lhe, já assustada, se foi ele a realizar a operação. Carminho insiste na pergunta e fica na expetativa de uma resposta de Alberto.

Alberto confessa que gastou o dinheiro da família porque comprou umas ações, seguindo o palpite de Zé Maria. Carminho faz-lhe ver que não há investimento mais inseguro que a bolsa. Ester, com os olhos marejados de lágrimas, corta relações com o marido e jura que só voltará a falar com ele quando o dinheiro for reposto. Alberto implora perdão, mas em vão. Carminho segue a mãe até à cozinha, apanhando-a a chorar, inconsolável. Ester reconhece a sua culpa por ter desculpado Alberto anos a fio. A filha promete estar mais presente. Alberto faz nova tentativa para se reconciliar com Ester mas só tem o silêncio como resposta.

Urbano esforça-se para animar Júlia, mostrando-lhe uma reportagem de um evento onde aparecem em destaque. Ela pede desculpa pela forma como o tem tratado e promete descansar durante a manhã, pois à tarde vai com Mariana ao tribunal. Reconhece que a filha está muito nervosa.

Mariana não esconde a angústia que está a viver, dividida entre deixar a filha entregue à empregada ou levá-la para tribunal consigo. Zé Maria tenta transmitir-lhe a confiança de que a filha continuará à sua guarda.

Duarte critica Gui por permitir que Teresa esteja a tentar retirar Carolina a Mariana. Faz ver ao irmão que não tem condições para tomar conta da filha, nem Cátia está preparada para ser mãe de um momento para o outro. Gui diz que já pensou em todas essas coisas e que até tem feito frente à mãe noutros assuntos da sua vida.

Teresa faz uma visita a Inês, que ficou em casa a trabalhar. Não se cansa de repetir que Duarte está agora mais feliz depois de ter voltado para ela. Inês sorri e Teresa confessa que está uma pilha de nervos por causa da audiência em que requer a guarda de Carolina, lamentando ser a única a preocupar-se com a neta.

Inês confessa que lhe faz alguma confusão que alguém queira tirar uma filha à mãe, mas Teresa contrapõe com exagero que Mariana quase matou a filha. A esse propósito, embaraça Inês aconselhando-a a pensar em ter filhos, pois vai ficando tarde para isso.

Carminho confidencia a Júlia que Alberto voltou a desbaratar o dinheiro da família e que Áurea lhe seguiu as pisadas, endividando-se a fazer compras a crédito. Enquanto massaja a amiga, Carminho relata que Ester ficou tão zangada que deixou de falar ao pai. Júlia oferece-se logo para ajudar, mas Carminho diz que ela já fez muito por eles e que, desta vez, a mãe não vai permitir interferências.

Gui apresenta Cátia a Duarte. A namorada fica atrapalhada mas recompõe-se ajudada pela simpatia de Duarte. Os irmãos vão almoçar e, perante a pergunta de Duarte, Gui confirma que o seu namoro com a lojista é coisa séria. Duarte avisa-o para não arranjar mais nenhum filho indesejado e Gui responde-lhe que ele é que já tem idade para ser pai. Duarte adota uma cara séria e acaba por contar que Júlia sofreu um aborto dum filho que era seu, admitindo que poderia voltar para ela se a gravidez tivesse vingado. Por outro lado, reconhece que a situação seria explosiva, pois agora está com Inês.

Nicole aprova o namoro de Emília com Zé Maria, mas ela acusa Isabel de ser uma boca de trapos por contar a toda a gente que ela namora com o empresário.

Júlia confessa a Carminho que está magoada com a indiferença de Duarte e tenta convencer-se de que já não gosta dele. Carminho brinca com ela e deixa claro que não acredita que a amiga tenta esquecido o amor da sua vida.

Amélia conta a Ester que Alberto já deu ordem para vender as ações ao preço que as tinha comprado. Ester, um pouco mais aliviada, espera não perder dinheiro e que o senhorio aceite esperar que elas tenham dinheiro para sinalizarem os armazéns que querem alugar. Amélia diz que nunca tinha visto Alberto tão desanimado, mas a mulher só consegue responder que talvez agora ele aprenda a não fazer disparates. Ester acrescenta ainda que já contou a Inês os gastos que Áurea fez, contando com ela para conversar com a mãe.

Inês lamenta o comportamento de Áurea e Duarte levanta a possibilidade de poderem interná-la para a tratar. Inês deseja apenas uma mãe normal, tal como Teresa se preocupa muito com os filhos. Duarte argumenta que ela não conhece a verdadeira Teresa, única e verdadeira responsável por ter obrigado o irmão a casar. A namorada defende que ele devia passar mais tempo com a mãe, mas Duarte diz que isso só seria possível se ela mudasse muito.

Mariana chora de preocupação abraçada a Carolina, antes de saírem para o tribunal. Zé Maria, comovido, pede-lhe que não chore, para não passar essa tristeza à filha, garantindo que ninguém lhe vai tirar Carolina. São interrompidos pelo toque da campainha e Mariana vai abrir a porta. Depara-se com Raquel que, timidamente, oferece o seu apoio. Mariana escorraça-a, dizendo com frieza que já tem o pai e a mãe verdadeira ao seu lado. Raquel vai embora sem conseguir dizer mais nada. Zé Maria assiste a tudo, apreensivo.

Francisco entra em casa apressado à procura de um documento. Teresa fica agastada porque ele diz que não vai poder acompanhá-la ao tribunal e que a ação contra Mariana é um disparate. Francisco diz, também irritado, que Carolina está bem com a mãe, sem necessidade de ficar dependente da irresponsabilidade do pai. Teresa sai de casa furiosa.

Gui dá largas à sua irresponsabilidade e come gomas diretamente do expositor, repreendido por Cátia que não gosta da sua atitude. O namorado conta que Duarte simpatizou com ela e diz não estar preocupado com a audiência pela guarda da filha, uma vez que Teresa está desejosa de tomar conta da neta. De tal forma é a sua displicência que combina passar a noite com Cátia.

Despeitada por ter sido rejeitada por Cristóvão, Sónia continua a tratá-lo mal. Ele reclama, mas Sónia diz que faz parte da sua missão de chefe tratá-lo assim.

Sob o efeito da cocaína, Ricardo e Vera têm um comportamento estranho que não passa despercebido a Isabel. Ainda mais por que Vera tem de ir embora apressada, porque se esqueceu que tinha um trabalho marcado. Fica aflita, com medo de ser despedida.

Apesar dos esforços de Ester e Inês, Áurea recusa admitir que não está bem de saúde e recusa-se devolver os artigos que comprou a crédito. Alberto entra em casa e Ester retira-se sem lhe falar. Inês tapa a cara com as mãos, desesperada com a mãe e com o clima entre os avós.

Raquel aceita mais um serviço de acompanhante, mas apressa-se a desligar a chamada de Adriana, pois percebe que Babi está a chegar. As duas amigas conversam e Raquel conta que Mariana rejeitou o seu apoio, continuando a tratá-la com indiferença. Babi acha que quando ela endireitar a sua vida conseguirá reaproximar-se de Mariana. Raquel confirma que é isso que está a fazer, mas mente ao dizer que está a sobreviver com a venda de alguns vestidos e que as jóias que possui também dão para se aguentar mais um tempo.

Gui chega atrasado à audiência de poder paternal e a juíza mostra-lhe o seu desagrado, bem como Teresa que o censura com o olhar, nervosa com o incidente. Mariana não está menos preocupada, mas tem o apoio de Zé Maria e Júlia. A juíza comunica que o relatório da assistente social sobre Carolina foi de grande utilidade e que contribuiu para chegar rapidamente a uma decisão. Todos ficam mergulhados numa grande tensão, à espera de saber com quem vai ficar Carolina.

Pensando que vai garantir a custódia de Carolina, Teresa trata de elogiar o relatório da assistente social que a juíza está a ler. Mariana, muito nervosa, tem de ser controlada por Júlia, que a abraça. Farta de ser interrompida, a juíza impõe-se e anuncia que a criança vai permanecer com a mãe, podendo passar um fim-de-semana com o pai de quinze em quinze dias. Gui sai da sala rapidamente, enquanto Teresa não se conforma e protesta. A juíza lembra-lhe que foi ela a elogiar o relatório que serviu de base à decisão. Acrescentando que ele contém uma referencia à sua natureza manipuladora. Teresa fica estarrecida com esta resposta e deixa que o seu advogado a arraste para fora da sala. Mariana, Júlia e Zé Maria esforçam-se para não rir na cara dela.

Gui telefona a Duarte e conta que Mariana continua com a custódia de Carolina. Duarte desliga e comenta com Inês que a mãe não aprende com os erros e que este episódio só vai fazer com que a sobrinha se afaste mais da sua família, pois Mariana não vai esquecer que lhe quiseram tirar a filha. Inês mostra-se esgotada, impotente para lidar com a doença de Áurea. Duarte abraça-a, dizendo que vão recuperar energias para Tróia.

Alberto tenta que Ester o perdoe, mas a mulher nem olha para ele, indiferente ao argumento de que vendeu as ações ao preço que tinha comprado. Amélia aconselha-o a fazer alguma coisa que se veja se quiser fazer as pazes com Ester. Alberto, irritado, responde que dispensa os comentários da criadagem.

Carminho, Madalena e Lúcia ficam surpreendidas quando Raquel aparece na clínica para fazer uma massagem. Vem carregada de compras e fala-lhes com altivez. Carminho interroga-se se ela não terá arranjado um namorado novo.

Mariana celebra com Zé Maria e Júlia o facto de Carolina continuar consigo. O pai avança que com esta decisão do tribunal e com a humilhação que Teresa sofreu, não vai ter coragem de reabrir o processo. Mariana liberta o pai para ele ir ter com Emília, dizendo que ainda vai comprar uma sobremesa para o jantar com Nonô. Júlia despede-se da filha e vai ter com Urbano.

Teresa está irritada com a decisão do tribunal e quer processar a assistente social que a acusou de ser manipuladora. Gui ainda enerva mais a mãe, assumindo que não tem perfil para ser pai a tempo inteiro e concordando que a filha fica melhor com a mãe. Francisco chega a casa nesse instante, troca um olhar tenso com o filho e prepara uma bebida que toma de um trago. Teresa fica à beira de um ataque de nervos quando Gui diz que vai viver com Cátia com a mesada que o pai gentilmente lhe dá. Francisco controla a fúria e devora outra bebida, vociferando que, mais tarde ou mais cedo, Gui terá de trabalhar para se sustentar.

Cátia vai à loja gourmet e escolhe uma garrafa de vinho bom para regar o jantar especial que quer preparar para Gui. Sónia olha para Cristóvão e assegura que há gente que faz maravilhas se beber uma daquelas. Cristóvão enerva-se e suja o chão. Sónia volta a cronometrar a limpeza e faz com que ele fique maldisposto. Cátia fica impressionada pela dureza com que a prima trata o rapaz.

Cristóvão encontra Ivo no café e corrige-lhe o discurso de apresentação do livro. Hugo apanha Ivo fora da loja e dá-lhe uma palmada, irritado porque ele não está a trabalhar, acabando de perder um cliente. Sónia grita a Cristóvão que acabou o recreio. Cátia passa por Hugo e diz que o shopping está cheio de malucos.

Vera fica angustiada porque foi despedida e Ricardo só pensa nele e no dinheiro que tem de fazer com a droga, para pagar a Roberto. Tenta animá-la ao dizer que tem uma proposta para ir buscar droga a Espanha e que a dívida fica paga se o fizer. Ela alerta-o para a possibilidade de ser preso. Ricardo sugere a Vera que venda a máquina fotográfica ou que peça ajuda a Júlia. Como a namorada recusa, fica amuado.

Madalena conta a Júlia que Raquel esteve na clínica para fazer uma massagem, carregada de compras. Júlia diz não acreditar que ele tenha voltado a trabalhar mas não dá importância ao assunto.

Na pensão, Raquel arranja-se para mais um encontro, orgulhosa do que vê ao espelho.

Hernâni consegue arranjar a máquina de karaoke de Tânia, que dá pulos de contente e abraça o pai. Nicole fala ao telefone com Miguel, que fica irritado por perceber que Hernâni está lá em casa. Nicole põe Miguel no lugar e diz não admitir que fale com ela em termos menos próprios. Hernâni fica satisfeito por assistir ao desentendimento. Tânia quer que o pai jante com elas mas Nicole não permite. Ele acata a decisão sem dramas e sai. Nicole é obrigada a concordar com a filha quando Tânia afirma que o pai está diferente.

Carminho e Jorge partilham a felicidade de Isabel que encontrou o apartamento ideal para morar.

Emília troca presentes com Zé Maria e acabam por beijar-se. Raul entra nesse instante em casa e reaje com desagrado à situação, principalmente quando ela revela que namora com o empresário. Emília pede desculpa em nome do filho, mas Zé Maria descansa-a antecipando que o rapaz vai acabar por aceitar o namoro deles.

Raquel vai jantar com dois clientes e mais uma colega acompanhante ao mesmo restaurante em que Júlia está com Urbano e troca olhares com eles, tentando disfarçar o incómodo. O marido conta a Júlia que o homem com quem a irmã está é um grande empresário do norte. Com desprezo, Júlia murmura que agora já percebe como é que Raquel tem ganhado dinheiro.

Mariana confessa a Nonô que está preocupada, porque Gui vai buscar Carolina no dia seguinte para passar o fim-de-semana com a filha.

Gui conta a Cátia que Carolina vai ficar com eles no fim-de-semana e que já disse aos pais que está a viver com ela. Cátia quer logo saber da reação de Francisco e se lhe mantém a mesada. Gui responde que se o olhar do pai matasse já estava a ser enterrado, mas afiança que ele vai continuar a sustentá-lo sob pena de ele contar à mãe que foi traída.

Teresa pede a Francisco que vá falar com Cátia e retire a mesada a Gui para o filho voltar para casa. O advogado fica incomodado e recusa ambas as hipóteses, pois está de pés e mãos atados.

Duarte e Inês combinam ir sair para espairecer. Ela diz que o adora e diz que vai vestir uma roupa mais sexy. Ele finge ciúmes e ainda a entusiasma mais.

Urbano suja-se ao jantar e vai ao balcão pedir um tira-nódoas ao empregado. Como Raquel foi à casa de banho, Urbano ouve o empresário comentar com o outro amigo que, se quiserem levar as acompanhantes para a cama, têm de pagar esse extra. O médico regressa à mesa e conta a Júlia o que ouviu. Esta fica estupefata e vai ter com a irmã, puxando-a para um canto. Raquel reaje com indignação mas acaba por ficar surpreendida quando Júlia lhe revela que sabe que ela anda a receber dinheiro para estar com homens.

Júlia segura Raquel pelo braço e recrimina-a por estar a ser sustentada por homens a troco de os acompanhar. A irmã deixa claro que isso não quer dizer que durma com eles, pois não é uma prostituta. Raquel acrescenta que lhe pediu ajuda e que ela só a quis humilhar, oferecendo-lhe um emprego de manicura. Júlia contrapõe que só lhe quis fazer ver o valor das coisas, mas Raquel diz que ela não tem nada a ver com a sua vida e vai para junto do seu grupo. Júlia volta à sua mesa e conta a Urbano a conversa que teve com a irmã.

Cátia desperta algo apreensiva e, quando Gui acorda, pergunta-lhe se não é melhor avisar Mariana que levam Carolina com eles para Espanha onde vão passar o fim-de-semana. Ele responde que é o pai e que não tem de dar satisfações à ex-mulher. Cátia mostra-se também preocupada com a falta de dinheiro mas Gui volta a agir com displicência e responde que não há problema, porque vai cravar ao pai.

Inês conversa com Aníbal e tranquiliza-o dizendo que aprova que Bruno vá passar o fim-de-semana com ele e com Germano, até porque tem direito a isso como pai. Depois de desligar o telefone, Inês é abraçada por Duarte, que a anima a descrever o hotel onde vão ficar em Tróia.

Paulo diz a Bruno que deviam inscrever-se no karaté para baterem em quem troçasse dele na nova escola, por causa da homossexualidade do pai. Amélia e Áurea não gostam do que ouvem e repreendem-nos. Ester entra na sala e anuncia que a encomenda está pronta. Amélia diz a Alberto que pode avançar com e entrega. Ele protesta porque não lhe deram os bons dias e que contava ir de manhã ao ginásio. Ester ignora-o e continua sem lhe falar. Alberto irrita-se e diz que podiam ganhar bom dinheiro com as ações que ele comprou. Amélia, Áurea e os miúdos riem-se dele. Alberto repreende a filha, lembrando-lhe que nem deve abrir a boca depois do dinheiro que gastou. Ela começa a discutir, dizendo que sabe muito bem cuidar de si. Ester regressa da cozinha e contraria a filha. Áurea grita para que mudem o assunto, causando um silêncio constrangedor. Vera senta-se ensonada à mesa e mente, ao dizer que não tem serviço de manhã, escondendo que foi despedida.

Madalena ensaia para o concurso de canções mas engana-se na letra e fica desanimada. Quando Júlia aparece, finge que está a preparar-se para sair. Júlia conta-lhe que confrontou Raquel no restaurante, depois de descobrir que a irmã é paga para sair com homens. Madalena fica de boca aberta com a novidade, enquanto Júlia se sente culpada por não ter ajudado a irmã. Madalena defende que não deve sentir-se assim, porque foi Raquel que a humilhou vezes sem conta.

Raquel telefona a Babi, desafiando-a para fazerem umas compras e um spa. A amiga fica atrapalhada porque passou a noite com Hugo na casa que foi de Raquel. Ele percebe com quem Babi esteve a falar e brinca com a situação, sugerindo que ela lhe podia ter dito que está na sua antiga casa. Hugo conta a Babi que vai até ao Dancin’ Days para tirar uma coisa a limpo, pois não gosta que o façam de tonto.

Emília confessa a Zé Maria que não está a gostar que Raul não o aceite, mas ele acha que o filho está só a querer protegê-la. Emília não entende o comportamento do filho e sensibiliza Zé Maria ao dizer que ele é muito mais do que um episódio isolado da sua vida, referindo-se ao incidente com Hugo.

Mariana arranja as unhas na loja de Nicole e confessa a Nonô que está preocupada com o facto de Carolina ir passar o fim-de-semana com Gui, que já deixou que a filha fosse raptada. A amiga acredita que tudo não passou de um caso isolado e que ele tratará bem da menina. Nicole trata Mariana muito bem, dizendo que só pode ser assim com a filha de Júlia. Quando as raparigas saem da loja, Miguel entra fazendo uma surpresa a Nicole. Conta que a feira de automóveis correu muito bem e que arranjou uns bons contactos para melhorar o negócio do stand. Nicole começa a desembrulhar com curiosidade o presente que Miguel lhe trouxe.

Jorge fica muito feliz quando Isabel conta que conseguiu alugar a casa que pretendia. Hernâni brinca e diz que ela estava desejosa de morar sozinha para receber visitas à vontade. Isabel manda-o ter tento na língua e Jorge ri da piada. Hernâni fica furioso por constatar que as suas intrigas não surtem efeito para separar Nicole de Miguel, pois a ex-mulher parece cada vez mais apegada ao namorado. Quando Cátia aparece para beber café, Hernâni sofre uma recaída devorando-a com o olhar. Isabel reprova a sua atitude.

Francisco recusa dar mais dinheiro a Gui, muito menos para ir passar o fim de semana com Cátia. O filho ameaça contar à mãe que Cátia foi sua amante e Francisco acaba por ceder, passando-lhe um cheque. O pai controla a fúria que sente, mas avisa que é a última vez.

Inês convence Áurea a não levantar problemas quando Aníbal for buscar Bruno para passar o fim de semana com ele e o companheiro. A mãe diz que não responde por ela se o ex-marido aparecer com Germano.

Vera está desesperada, sem encontrar um novo emprego e diz a Ricardo que nem vai almoçar a casa, porque já não aguenta mentir mais à avó, que não sabe que ela foi despedida. Ricardo pede-lhe dinheiro emprestado para pagar a Roberto, que continua a pressioná-lo. A rapariga acede ao pedido, avisando que tem de devolver-lhe o dinheiro assim que receber. Ricardo beija-a.

Raquel entra na clínica acompanhada por Babi e quando se cruza com Urbano pergunta se gostou do restaurante onde foi com Júlia. O médico responde que é um dos seus preferidos e Raquel comenta que Júlia se habituou depressa às coisas boas. Urbano vai para o seu gabinete e conta a Júlia que a irmã está na clínica. Júlia sente-se culpada pela fase que a irmã atravessa, sem saber como ajudá-la. Recorda os tempos distantes em que eram as melhores amigas. Urbano estranha nunca mais ter visto Alberto e sente-se culpado ao saber por Júlia que ele cometeu mais um erro, comprando ações com o dinheiro da família, depois de uma conversa com Zé Maria a que ele assistiu, prevendo na altura que ia dar asneira.

Ester faz as pazes com Alberto e conforta-o com um abraço. O momento é quebrado pela chegada de Aníbal que vai buscar Bruno. Alberto e Áurea cumprimentam Aníbal com frieza, por contraste com Bruno que fica radiante ao ver o pai.

Inês continua preocupada com o reencontro entre Aníbal e Áurea e Duarte sugere-lhe que telefone ao pai mais tarde para saber como correram as coisas.

Mariana entrega Carolina a Gui, mas faz questão de dizer que não fica descansada. Ambos se provocam, mas acabam por evitar discutir. Mariana fica convencida de que Gui vai levar Carolina para casa dos pais dele, ignorando que ele vai com Cátia para Espanha.

Teresa não se conforma que Gui vá passar o fim de semana com Cátia, levando Carolina com eles. Francisco fica comprometido quando a mulher insinua que ele não tem dado o melhor aos filhos.

Ricardo entrega algum dinheiro a Roberto, mas este diz que ele tem até à meia-noite para pagar o resto. Hugo entra no Dancin’ Days e pergunta se estavam a namorar. Ambos sorriem e saem cada um para seu lado. Hugo fica pensativo.

Júlia vence a resistência de Raquel e diz-lhe que vai ajudá-la verdadeiramente. Convida-a para ir viver com ela, prometendo arranjar-lhe um emprego. Júlia pergunta-lhe se está em condições de ultrapassar as divergências que tiveram, começando de novo. Raquel fica perplexa com a proposta da irmã.

nas redes

pesquisar