SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 08 a 14 de fevereiro

Júlia sofre um aborto espontâneo e perde o bebé; Mariana expulsa Raquel de casa e esta torna-se numa acompanhante de luxo!

Júlia vê uma mala de Inês e, depois de ler o bilhete que ela escreveu a Duarte a dizer que precisa de mais espaço para as suas coisas, perde a coragem e não consegue revelar que espera um filho dele. Duarte também não dá margem para uma reconciliação, tratando-a com frieza. Júlia lamenta que a vil mentira de Urbano os tenha separado e pede desculpa a Duarte por não ter acreditado nele. Despede-se e deseja-lhe sorte, saindo muito desiludida. Duarte fica pensativo.

Isabel assegura a Carminho que o desejo que tem de morar sozinha nada tem a ver com algo que ela lhe possa ter feito. Jorge brinca com a irmã e diz que a quer a morar pertinho dele. Quando Isabel vai à cozinha, deitar um olhinho ao jantar, Jorge e Carminho mostram-se felizes por poderem ficar com a casa só para eles e beijam-se muito apaixonados.

Júlia desabafa com Madalena, convencida de que perdeu Duarte para sempre. Madalena afirma, com grande convicção, que o destino ainda não está escrito e que ela ainda pode ficar com o amor da sua vida. A amiga incita Júlia a contar a Duarte que está à espera dum filho seu, assim que se sentir mais forte. Júlia suspira em desespero, sem saber o que fazer.

Duarte e Inês jantam envolvidos em grande romantismo. Ela confessa que foi a casa de Raul e que lhe retirou qualquer esperança de voltarem a namorar. Duarte aproveita para revelar que também Júlia o visitou, apressando-se a esclarecer que ela já faz parte do passado, na sua vida.

Cátia desfaz-se em lágrimas, pois acabou de saber que a personagem que representava na série televisiva vai acabar mais cedo do que estava previsto. A rapariga confessa a Gui que receia que todas as portas para representar se fechem, acreditando que é Francisco que se está a vingar por ela o ter deixado. Gui acarinha Cátia e garante que irá ajudá-la.

Tânia diz a Nicole que quer mudar de escola. A mãe é apanhada de surpresa mas Tânia apressa-se a dizer que Bruno também vai sair porque anda a ser gozado pelos colegas, desde que se soube que o pai é gay. Como Bruno e Paulo vão juntos para outra escola, ela também quer ir. Miguel opõe-se e irrita a enteada. Nicole tenta distraí-la e oferece-lhe um programa que inclui jantar e cinema com os dois amigos. Tânia aceita de bom grado mas avisa que vai continuar a querer mudar de escola. Se não lhe fizerem a vontade, ameaça pedir ao pai. Miguel deita um olhar a Nicole, como que exigindo uma resposta, mas ela fica sem saber o que dizer.

Duarte mostra impaciência por estar atrasado, justificando que gosta de chegar cedo à agencia. Inês confirma que vai contar aos pais e aos avós que está a viver com ele, até para Áurea e Aníbal decidirem o que fazer com a casa.

Alberto prepara-se para ir treinar no ginásio e Amélia avisa-o que deve ter cuidado com o excesso de exercício. A empregada constata que Vera não dormiu em casa quando se preparar para a ir acordar. Nesse momento, Vera entra em casa e desculpa-se dizendo que esteve a fazer o fecho da revista e que por isso trabalhou até de manhã. Ester aceita a justificação da sobrinha mas confidencia a Alberto que vai falar com ela a sério, pois o facto de Vera ter um namorado que trabalha numa discoteca não a deixa descansada.

Urbano interrompe o pequeno-almoço de Júlia para lhe implorar que o perdoe. Ao mesmo tempo leva-a para fora de casa dizendo que tem algo para lhe dar. No curto caminho até à rua, Júlia diz que o perdoa, avisando que se voltar a desiludi-la, terminará tudo entre eles. Urbano não cabe em si de contente e estende-lhe as chaves de um carro desportivo topo de gama. Júlia fica estarrecida e Madalena quase sem fala.

Cátia confessa a Sónia que adorou acordar com Gui ao lado, sem ter medo de que Francisco aparecesse. Jorge vai comprar um bolo e queixa-se de que Hugo nunca mais lhe dá aumento. Apesar de se sentir injustiçado, pede às raparigas que não comentem o assunto.

Isabel conversa com Hernâni, corrigindo-lhe alguns comportamentos, para melhor lidar com as mulheres e, em particular, com Nicole, que quer reconquistar. Isabel diverte-se com o que Hernâni diz e Nicole esforça-se por esconder uma pontinha de ciúme, mas Hernâni repara. Isabel acrescenta que ele está no bom caminho para reconquistar a manicura, mas perde o sorriso quando o segurança deixa escapar que ela é das que fazem pela calada.

Cátia quase surpreende Cristóvão a dizer que é apaixonado por ela. Sónia diverte-se com a aflição dele.

Emília fica envergonhada com os galanteios que Zé Maria lhe dirige no ginásio à frente de Lúcia. Urbano sai do gabinete e diz que precisa de tirar umas dúvidas com o empresário e desafia-o para uma partida de golfe.

Carminho fica estupefacta quando Júlia lhe conta que foi Urbano a armar uma cilada a Duarte, para os separar. A massagista tem logo uma outra surpresa, quando Júlia lhe conta que desistiu de Duarte porque ele está a viver com Inês, acrescentando que perdoou a Urbano, porque ele está a morrer. Carminho tem de se sentar, abalada com tantas novidades. Júlia confessa que ficou algo incomodada por ele lhe ter dado um carro. Quando se levanta, sente uma pontada e Carminho lembra-lhe que tem de se recompor, pois Mariana está a chegar. Júlia avança a possibilidade de contar à filha que lhe vai dar um irmão.

Raquel fica furiosa quando Hugo a procura em casa de Mariana, levando consigo várias cartas, quase todas a cobrarem dividas. Cínico, Hugo aconselha-a a pagar o que deve. Raquel reaje e, antes de o pôr na rua, diz que ele é que devia pagar essas dívidas pois foi ele quem a roubou. Hugo vai embora e deixa Raquel a chorar de raiva.

Mariana e Nonô chegam à clínica de Urbano para fazerem uma massagem. Júlia vê a filha e chama-a ao gabinete de Urbano. Ali chegada conta-lhe que vai dar-lhe um irmão. A filha abraça-a emocionada e mostra-se muito feliz. Júlia tem uma dor muito forte e tem de ir para o hospital, acompanhada por Urbano, Madalena e Mariana.

Gui faz uma surpresa a Duarte e aparece na agência de viagens para tomar um café. Desabafa com o irmão, garantindo que o relacionamento com Cátia vai ser diferente dos anteriores. Conta que o pai a afastou do trabalho como atriz de televisão, como vingança por Cátia o ter preferido. Duarte confessa que está cheio de vontade de ter uma conversa com Francisco, zangado com o comportamento boémio do pai. Gui diz que só contará a Teresa que o pai a traiu se ele continuar a prejudicar Cátia. Duarte aconselha Gui a passar algumas cadeiras na faculdade se quiser ter a mãe do seu lado.

Júlia dá entrada no hospital com uma hemorragia grave. Urbano, Madalena e Mariana, não escondem a grande preocupação, pois ela pode perder o bebé.

Júlia sofre um aborto espontâneo e perde o bebé. Quando o médico dá a notícia, Mariana, Madalena e Urbano ficam muito apreensivos. Urbano teme que o facto de Júlia ter perdido a criança a leve a pedir o divórcio. Mariana é a primeira a visitar Júlia, encontrando-a muito fragilizada. Tenta animar a mãe, dizendo que ela ainda é nova e pode tentar engravidar de novo, uma vez que Urbano tem o desejo de ser pai. Júlia não tem coragem para confessar que o filho que esperava era de Duarte, limitando-se a dizer, já em lágrimas, que as coisas não são assim tão fáceis. Mariana fica comovida e Júlia abraça-a, garantindo que nunca mais se vão separar.

Raquel fica furiosa ao ver Hugo e Babi numa revista e grita que era ela quem devia estar a retirar dividendos do Dancin’ Days e não ele. Elvira fica preocupada ao ver Raquel naquele estado e a patroa resmunga, ainda mais irritada, pelo facto de estar rodeada de cartas de penhoras e atolada me dívidas que não pagou. Para aliviar a tensão, decide sair para comprar um candeeiro novo para Carolina.

Na ausência de Urbano, que ficou retido no hospital com Júlia, é Carminho a orientar a clínica de estética. Lúcia mostra-se surpreendida ao saber que Júlia abortou. Alberto chega nesse instante para treinar, mas Carminho não conta ao pai o que se passou com Júlia.

Ester força Vera a admitir que mentiu quando disse que tinha estado a trabalhar, em vez de ter dito que passou a noite com Ricardo. A tia faz-lhe ver que é muito nova para passar noites fora de casa e que tem de se dar ao respeito. Vera acata o conselho e beija Ester, dizendo que se vai portar melhor.

Duarte telefona a Inês e combina um encontro com ela, dizendo que quer fazer-lhe uma surpresa.

Mariana despede-se de Júlia e, tal como a mãe pede, garante que não vai contar a Raquel que ela perdeu o bebé. Madalena comenta com Júlia que a tristeza que está a viver tem o lado positivo de a ter aproximado da filha. Urbano também se mostra grato, pois percebe que Júlia o perdoou, apesar de a ter afastado de Duarte com uma mentira.

Raquel entrega dois cartões de crédito a Luísa para pagar o candeeiro que escolheu para Carolina e fica embaraçada, pois nenhum deles autoriza o pagamento. A vergonha e o constrangimento aumentam quando Zé Maria e Emília aparecem na loja de coração e a vêem a passar um cheque. Raquel e Zé Maria cumprimentam-se com frieza, mas o empresário acaba por sentir pena dela. Depois de Raquel ir embora, Luísa não controla o seu veneno e diz que a máquina estava a funcionar, mas que Raquel é que já não tem crédito.

Hugo vê com Babi a reportagem sobre o Dancin’ Days e não resiste a seduzi-la. Babi ainda tenta escapar mas acaba por se deixar beijar. Pelo meio, recebe uma chamada de Raquel e tenta disfarçar, negando que fosse ela. Hugo não acredita e força-a a admitir que se tratava mesmo de Raquel. Hugo não fica incomodado, dizendo apenas que ela vai ter de esperar, começando a beijar Babi com grande entusiasmo.

Jorge convida Cátia para ler na rádio os textos que ele publica na revista feminina. Ela fica incrédula ao saber que ele é, afinal, Virgínia Lobo, mas aceita o trabalho, feliz por poder ganhar mais algum dinheiro. Jorge apenas lhe exige que guarde segredo, condição que Cátia promete cumprir.

Cristóvão pensa no que dizer a Cátia se algum dia ficar a sós com ela. Confessa a Ivo ter vontade de abrir o jogo, contando que só dormiu com Sónia como treino para estar com ela. Ivo argumenta que Cátia não vai gostar nada de ouvir essa história e aconselha Cristóvão a levá-la a jantar fora, na esperança de ganhar no mínimo um beijo.

Miguel pede dinheiro emprestado a Nicole, para ir a uma feira de automóveis no norte para tentar melhorar o negócio. A manicura começa a dar-lhe um raspanete, farta de gastar dinheiro sem ver resultados. Hernâni apanha a conversa a meio e começa a fazer piadas que irritam Miguel. Este é obrigado a ir embora, para deixar que Hernâni fale a sós com Nicole sobre a vontade de Tânia em mudar de escola. Os dois concordam que a filha deve fazer a mudança apenas no final do ano. Ela resigna-se e vai telefonar a Bruno e Paulo para dizer que não pode ainda acompanhá-los. Hernâni aproveita para dizer a Nicole que se já se estão a entender com os assuntos da filha, em breve se irão entender nos outros. Nicole não baixa a guarda e corre com o ex-marido para fora da loja.

Gui vai ao escritório do pai e exige-lhe que pare de prejudicar Cátia. Se ele não o fizer, ameaça contar a Teresa que ela foi sua amante. Francisco mantém a calma e pergunta ao filho se quer matar a mãe de desgosto, ao mesmo tempo que lhe conta que conheceu Cátia num clube de striptease, onde ainda estaria a esfregar-se num varão se não fosse ele ter entrado na sua vida. Gui fica furioso e dá um murro na secretária. Antes de sair reafirma que o aviso fica feito.

Inês fica agradavelmente surpreendida quando percebe que Duarte a vai levar a passear de barco.

Urbano garante a Júlia que foi sincero ao dizer que queria criar o bebé com ela, acrescentando que não ficou melindrado por ela ter engravidado de Duarte. Júlia sossega o marido, mas pede-lhe que não fale mais do assunto.

Raquel, desesperada, pede muito dinheiro emprestado a Babi, confessando que esgotou todos os seus recursos. A amiga oferece-lhe uma pequena quantia mas Raquel recusa, dizendo que quinhentos euros não servem para nada. É então que Babi lhe sugere que peça ajuda a Júlia, reforçando que a irmã não tem problemas de dinheiro. Raquel fica a pensar no assunto.

Mariana conta a Nonô que Júlia sofreu um aborto, mas pede à amiga para não comentar com a mãe, ciente de que ela correria para contar a Raquel.

Júlia tenta repousar e lê as cartas que Duarte lhe enviou, durante as suas viagens. Fica convencida que perdeu o amor da sua vida.

Raquel chega à porta do prédio de Mariana e fica sem o carro, que é penhorado. Entra em casa transtornada, sem disfarçar as lágrimas. Desesperada, pede a Mariana que convença Júlia a sustentá-la, como pagamento por ter cuidado dela, enquanto a irmã estava na prisão. Mariana fica furiosa e expulsa Raquel de casa, gritando que está farta de a ver sugar toda a gente. Raquel fica chocada e sem reação, perante a atitude de Mariana, que ainda lhe diz que preferia ter crescido com a mãe na cadeia do que ter sido criada por ela.

Mariana, descontrolada e aos gritos, acusa Raquel de ser egoísta, pois toda vida se aproveitou dos outros. Primeiro de Júlia, que pagou com a prisão o crime que ela cometeu. Depois Zé Maria, com quem casou por interesse. E agora quer que ela peça à mãe que lhe dê dinheiro. Raquel tenta defender-se, dizendo que é justo que a irmã a ajude tal como ela a ajudou quando saiu da prisão. Mariana fica ainda mais irritada e reafirma que a quer fora de casa. Raquel, em lágrimas, acaba por se resignar e diz que vai fazer as malas.

Madalena mima Júlia com uma refeição ligeira. A amiga confessa que ainda sente a perda do bebé, lamentando ter perdido também a maior prova de amor por Duarte.

Raquel, desesperada por ter sido expulsa de casa por Mariana, telefona a Babi pedindo-lhe ajuda. A amiga fica desagradada, mas manda-a ir ter com ela ao Dancin’ Days, comprometendo-se a pagar-lhe o táxi.

Elvira, muito nervosa e preocupada, tenta interceder por Raquel. Mariana recusa voltar atrás e reafirma que não a quer mais a viver lá em casa, dando ordem à empregada para que arrume todos os pertences da tia, de modo a que ela os leve dali no dia seguinte.

Babi aceita acolher Raquel em sua casa por apenas uma noite, deixando claro que não quer que Hugo saiba. De caminho, aconselha-a a procurar Júlia, para lhe pedir ajuda. Raquel, indignada, responde que não se vai rebaixar a tal ponto. Como solução só vê a venda das suas roupas que estão ainda em casa de Mariana. Babi critica-a por não ser capaz de engolir orgulho e por ter tentado usar Mariana para arranjar dinheiro.

Ester usa a estratégia que normalmente resulta com as crianças para convencer Áurea a ir com ela e Amélia, para verem armazéns onde possam instalar a sua produção de comida para fora. Alberto diz para não contarem com ele, porque tem aula de pilates e não pode falhar, agora que está quase a chegar com as mãos ao chão sem dobrar os joelhos. Amélia brinca e diz que o pior é depois voltar a esticar-se. Alberto olha-a de esguelha e pergunta por Vera. Ester diz que ela se foi encontrar com o namorado e confessa que não está a gostar da vida que a rapariga anda a levar.

No Dancin’ Days, a noite ainda vai no início e Ricardo consegue convencer Vera a guardar-lhe uma porção de droga, oferecendo-lhe uma pequena dose, para consumo. Hugo observa-os à distância e fica desconfiado, sem perceber o que se está a passar. É interrompido por Babi, que pede para sair mais cedo. Hugo, brinca e pede um beijo de despedida. Ela olha sedutora, mas segue caminho.

Mariana fala ao telefone com Nonô e afirma que não está arrependida de ter expulsado Raquel. Não recusa contar a Júlia o que se passou, mas garante que só o fará pessoalmente.

Gui perdoa Cátia por lhe ter ocultado que trabalhou num bar de striptease. Ela jura que o único cliente com quem dormiu foi o pai dele. Gui brinca e diz que só a perdoa se lhe fizer um striptease. Ela conta ainda que vai ser locutora de rádio mas pede segredo, pois vai ler textos de Jorge, que finge ser uma mulher. Gui sorri e exige mais uma dança. Ela, sensual, pega na lingerie que vai vestir, deixando-o com água na boca.

Francisco fica impaciente por não conseguir explicar a Teresa a razão para Gui ter abandonado o estágio no escritório. Por não poder contar à mulher que ambos andavam com a mesma amante, o advogado diz que o filho é irresponsável.

Teresa, zangada, diz que vai pedir ajuda a Duarte para pôr juízo na cabeça do irmão e pede a Francisco que saiba quantas cadeiras Gui tem por fazer.

Duarte tenta convencer Inês a passar a noite com ele no barco, mas é interrompido pela chamada de Teresa. Num primeiro impulso recusa-se a atender a mãe, mas fica pensativo quando Inês sai para o quarto.

Raquel sai furiosa de uma loja de roupas, por não ter conseguido vender as que levou pelo preço que queria. Babi, vendo o seu desespero, insiste para que vá pedir ajuda a Júlia. Raquel mantém o orgulho e diz que a irmã devia estar a ajudá-la sem que ela tivesse de pedir. Babi despede-se, lamentando não poder tê-la por mais tempo em sua casa. Quando ela se afasta, Raquel resmunga que Babi bem lhe saiu uma rica amiga.

Mariana conta a Júlia que expulsou Raquel de casa, criticando-a por só pensar em dinheiro e por não se importar com as pessoas. Júlia causa surpresa ao dizer que, se a irmã lhe pedir, a ajudará. Mariana muda de assunto e deseja que a mãe se recupere depressa. Júlia agradece-lhe por tê-la apoiado quando perdeu o bebé. A filha despede-se com um beijo carinhoso e vai embora. Júlia não perde tempo e telefona a Raquel, marcando um encontro com ela no centro comercial.

Duarte tenta colocar juízo na cabeça de Gui, argumentando que ele deve voltar ao estágio no escritório e a normalizar a relação com o pai. Gui garante que nem consegue olhar para Francisco, muito menos depois do pai ter revelado que Cátia era dançarina de striptease quando ele a conheceu. Duarte diz-se cada vez mais surpreendido e adverte o irmão para o facto da mãe não poder saber de nada, senão ainda expulsa o pai de casa e pede ao Vaticano que o excomungue. Nesse mesmo momento, Teresa entra na loja de doces para convencer Cátia a deixar Guilherme, dando a ideia de que ela não está ao nível do filho. Cátia apela a todo o seu orgulho e resiste à ofensiva de Teresa, respondendo que quando a conhecer melhor perceberá que ela não é uma sopeira. A mãe de Gui não esperava tal resposta e acaba por ir embora, deixando no ar um “depois não diga que não a avisei”. Cátia fica muito abalada com o incidente.

Ester e Amélia confiam em Vera para tomar conta de Áurea, enquanto vão ver alguns armazéns para expandirem o negócio. Vera está a trabalhar e, como Áurea quer ouvir música, deixa-a sozinha na sala. Assim que percebe que tem o caminho livre, Áurea foge de casa.

Urbano encontra Alberto na clínica e deixa-o radiante com o convite para uma partida de golfe.

Madalena comenta com Carminho que Alberto parece outro depois de ter começado a frequentar o ginásio. Ela concorda que o pai está realmente melhor. Carminho diz que se sente culpada por Júlia ter abortado, convencida de que se tivesse contado que Duarte e Inês reataram, ela não teria ido falar com ele e tudo estaria bem. Madalena garante que uma coisa não esteve relacionada com a outra e encara o facto de Júlia ter, finalmente, a filha a seu lado. Carminho diz que Júlia é muito generosa por ser capaz de ajudar Raquel depois de todo o mal que a irmã lhe fez.

Hernâni conta todo contente a Isabel que ganhou uns pontos junto de Nicole por concordar com ela que a filha só deve mudar de escola no final do ano. O segurança garante que o yoga está a fazer dele uma pessoa mais ponderada. Acaba por estragar tudo quando olha Júlia de alto a baixo, quando ela aparece, dizendo que vai cumprimentar Nicole. Isabel revira os olhos e diz a Hernâni que, para além do yoga, tem de apostar na meditação. Ele assegura que a acupunctura é que lhe vai tirar as “vontades”. Isabel lança-lhe um olhar de reprovação.

Júlia vai falar com Nicole e diz que tem de lhe pedir um favor. A manicura convida-a para tomar um café.

Ivo incita Cristóvão a contar a Cátia que andou a dormir com Sónia com a intenção de treinar para quando tivesse de estar com ela. Nisto, chega Miguel e desafia-os para um jogo de futebol. Rapidamente desiste da ideia, porque Ivo diz ter problemas com desportos de contacto e Cristóvão pensa que se trata de um jogo na consola. Resta a Miguel convidar Jorge, que aceita de imediato.

Raquel chega ao shopipng e Nicole retira-se para a deixar a sós com Júlia. Esta surpreende a irmã, dizendo que está disposta a ajudá-la, garantindo ser incapaz de desamparar uma irmã, mesmo depois de tudo o que lhe fez de mal. Raquel tem de engolir a conversa e conformar-se com o dinheiro que Júlia lhe oferece, muito abaixo do que ela esperava. Júlia diz que a ajuda a arranjar emprego e leva-a até à loja Nails de Nicole. Raquel fica para morrer quando percebe que lhe estão a oferecer um emprego como manicura. Júlia ainda a humilha mais, lembrando que aquele foi o primeiro emprego que teve, quando saiu da prisão. Nicole sorri com cumplicidade e, matreira, pergunta a Raquel quando quer começar.

Raquel acusa Júlia de estar a humilhá-la e recusa trabalhar na loja de Nicole, dizendo que jamais aceitaria um emprego como manicura. Nicole afasta-se para não se irritar com a conversa, enquanto Júlia, cínica, frisa que o trabalho que está a oferecer é tão digno como outro qualquer. Raquel espuma de raiva e, antes de sair em fúria da loja, jura que um dia Júlia ainda terá de olhar para cima para a ver. Nicole junta-se a Júlia e esta confessa-se desapontada, pois a irmã não aceitou a lição de humildade que pretendeu dar-lhe.

Mariana regressa animada da sua aula de fotografia e entretém-se a mimar Carolina. Preocupada, Elvira pergunta a medo se ela sabe alguma coisa de Raquel, mas Mariana perde o sorriso e responde secamente que não.

Teresa bebe chá e desabafa com Natércia. Tem saudades de estar com a neta e acusa Gui de só se preocupar com a nova namorada. A empregada sugere-lhe que faça uma visita a Mariana para ver Carolina, mas a patroa argumenta que não quer sujeitar-se a esse constrangimento. Natércia acrescenta que Gui foi pai muito cedo e Teresa responde que a preocupa o facto do filho tomar atitudes sem pensar nas consequências.

Duarte vai ao escritório do pai e dá-lhe um sermão por ter traído a mãe com Cátia, amante que disputou com Gui. Francisco explica ao filho as suas razões para ter traído Teresa, mas tranquiliza-o, garantindo que fez um balanço da sua vida e que não vai repetir o deslize que cometeu.

Cátia queixa-se a Gui que Teresa a tratou mal e exigiu que ela o deixasse. O namorado desvaloriza e garante que quer ficar com ela. Quando se estão a beijar, são interrompidos por Cristóvão que fica arrasado por ver Cátia, apaixonada, nos braços de outro.

Áurea regressa a casa e apressa-se a esconder os sacos de compras que traz consigo. Vera dá-lhe um raspanete por ter saído de casa sem sequer a avisar. Áurea irrita-se, soltando que só falta porem-lhe uma coleira. Para acabar com a conversa, obriga Vera a ajudá-la a fazer um bolo.

Madalena folheia uma revista feminina e Carminho comenta que está a precisar de fazer mais exercício. A amiga assegura-lhe que ela está tão bem como a modelo que está na revista. Carminho acaba por confessar que não tem razões para estar insegura.

Jorge conversa com Isabel e lamenta não poder trabalhar no jornalismo de investigação, obrigado a ganhar dinheiro noutras áreas. A irmã pergunta quando começam as gravações na rádio e ele conta que vai acompanhar Cátia à primeira gravação no dia seguinte, para garantir que ela respeita os textos. Antes de ir embora, Jorge lembra Isabel que nessa noite vai jogar futebol com Miguel. Hernâni ouve o que ele diz e diz a Isabel que vai aproveitar para fazer uma visita a Nicole, certo de que ela o vai receber, pois Tânia não vai permitir que a mãe o expulse. Isabel avisa Hernâni que não é correto estar a usar a filha, mas ele diz que o faz apenas para reconquistar Nicole e não para dizer mal dela.

Emília mostra-se excitada por ir jantar de novo com Zé Maria. Luísa brinca com ela e diz que, se quiser, pode ficar a tomar-lhe conta do filho. Emília diz que o filho não vai gostar de saber que ela vai sair outra vez com o empresário, mas também se mostra determinada a contar-lhe a verdade, porque Raul tem de perceber que ela tem uma vida.

Zé Maria visita Mariana e diz que compreende que tenha decidido expulsar Raquel de casa. A filha retribui o apoio que recebe, incentivando Zé Maria a namorar com Emília.

Raquel toma chá com Babi e queixa-se de ter sido humilhada por Júlia, preferindo emigrar a sujeitar-se a trabalhar como manicura. Nesse instante, aproxima-se delas Adriana, uma velha amizade. Raquel tenta esconder que passa por dificuldades, mas Adriana diz que escusa de disfarçar, pois é sabido que a vida dá muitas voltas. Antes de ir à sua vida, Adriana oferece-lhe um cartão de visita e diz que lhe pode telefonar se precisar de alguma coisa. Raquel comenta que Adriana está bem na vida, mas Babi recorda que ela sabe muito bem de onde lhe vem o dinheiro.

Áurea oferece um tablet a Bruno, recomendando-lhe que o esconda, pois os avós não vão aprovar a compra. O filho vibra com o presente e deixa escapar que é mesmo igual ao de Germano. Áurea responde que, se soubesse, tinha comprado outra coisa. Bruno desculpa-se e promete não falar mais do namorado do pai. Ao jantar, Paulo quase revela que Áurea comprou um tablet a Bruno, porque está a pensar pedir ao pai que lhe traga um do Luxemburgo, por ser mais barato. Bruno dá-lhe uma cotovelada e Áurea pisca o olho ao filho. Ester, alheia à fuga de Áurea, desafia-a para as ajudar no negócio da comida, agora que encontraram um armazém adequado. A filha não se mostra muito animada e diz que querem é controlá-la.

Germano conta a Aníbal que recebeu uma proposta muito vantajosa para trabalhar em Londres, mas diz que só aceitará se ele o acompanhar. Aníbal, apanhado de surpresa, receia não ser a melhor altura para tomar essa decisão, porque Bruno está a atravessar uma fase difícil e não sabe o que fazer com a sua empresa. No entanto, Germano sugere algumas soluções que deixam Aníbal a pensar no assunto.

Inês quer contar aos pais que está a morar com Duarte pois, assim, sempre podem vender ou arrendar a casa onde ela estava. No entanto, mostra-se apreensiva com a reação da mãe. Duarte brinca e diz que a sua vai ficar radiante.

Gui confronta-se com Teresa, que o critica por ter deixado o estágio de advocacia. Gui argumenta que tem de dar prioridade aos estudos e repreende a mãe por ter ido incomodar Cátia. Quando Francisco chega a casa, Gui troca um ar tenso com o pai e nem sequer o cumprimenta, dizendo que não janta em casa. Teresa fica espantada e comenta com o marido a falta de educação do filho, garantindo que essa já é uma má influencia das raparigas pouco recomendáveis com quem se dá. Sem poder contar a verdade, Francisco diz que Gui está amuado com ele, por não ter concordado que deixasse o escritório

Raquel instala-se numa pensão e, enquanto está acompanhada por Babi, disfarça a raiva que sente por estar naquela situação.

Mariana distrai-se a conversar com Nonô e Carolina cai do sofá, fazendo um hematoma na cabeça. A criança chora a plenos pulmões e Mariana fica em pânico, gritando para que Nonô chame um táxi para irem com a menina ao hospital. Elvira apressa-se a ir buscar gelo para colocar na cabeça de Carolina.

Júlia conta a Urbano que Raquel aceitou o dinheiro que lhe deu, mas fez um escândalo recusando o trabalho de manicura na loja de Nicole. Urbano acha que Raquel é uma mulher de aparências que não aceita a mudança que a sua vida sofreu. Madalena, por seu lado, sente-se vingada e pensa que Raquel fará o que for preciso quando não tiver dinheiro para comer. Nesse instante, Júlia recebe uma chamada de Mariana e precipita-se para ir ter com ela ao hospital, dizendo que Carolina caiu do sofá.

Teresa e Francisco jantam num ambiente de grande frieza. Ela repisa a mágoa de sentir que não pode impedir os filhos de fazerem disparates e lamenta não ter a neta perto dela. Francisco rebate que os filhos encontrarão o seu caminho e que Carolina passará mais tempo com eles quando for mais crescida.

Mariana fica em choque quando o médico que observa Carolina no hospital lhe diz que vai ter de responder perante a comissão de proteção de menores, por suspeita de negligência ou maus-tratos que a criança aparenta.

Por mais que expliquem que a queda de Carolina foi acidental, Mariana e Nonô não conseguem demover o médico de participar o incidente. Mariana fica ainda mais preocupada quando ele diz que a mãe da menina será chamada a prestar mais esclarecimentos.

Raquel instala-se no seu quarto da pensão e esbarra no cartão de visita que Adriana lhe deu. Hesita um pouco, mas acaba por lhe ligar, marcando um encontro.

Mariana mostra impaciência por ainda não saber o resultado dos exames que Carolina está a fazer. Júlia chega entretanto e aconselha Mariana a informar Gui do que se está a passar, porque ele é o pai da menina. Júlia acaba por não valorizar muito o inquérito a que a filha foi sujeita pelo médico que acompanha a neta.

Gui está no apartamento com Cátia e toma a decisão de ir viver com ela, argumentando que o ambiente em casa da mãe está insuportável. O telemóvel toca e Gui fica surpreendido por ver no visor que a chamada é de Mariana. Ao saber que a filha está internada, não espera nem mais um segundo e vai para o hospital. Cátia fica desiludida porque Gui prefere ir sozinho.

Hernâni leva gelado para Tânia e Nicole. Esta fica espantada pela gentileza com que o ex-marido a trata e pelas boas maneiras que exibe, ao mesmo tempo que deixa escapar que elas são as únicas mulheres da sua vida. Hernâni decide ir embora pelo seu pé, dizendo que tem de trabalhar muito cedo no dia seguinte. Nicole nem consegue responder, aparvalhada com o que acabou de suceder.

Carminho pensa em arranjar alguns clientes ao domicílio, aproveitando as ausências de Jorge nos dias em que ele for jogar futebol. Isabel contraria-a, dizendo que ela já está suficientemente cansada para arranjar mais trabalho e acrescenta que ela não se deve sentir pressionada para lhe pagar a metade da casa, pois a próxima onde vai viver será alugada. Ambas se divertem, depois, a falar de Emília e Zé Maria, cujo namoro deve estar para acontecer a qualquer momento.

Emília regressa a casa com Zé Maria, maravilhada com o jantar que tiveram e também com as flores que ele lhe ofereceu. O empresário confessa que nunca pensou sentir-se assim depois do divórcio. Emília controla o nervosismo que sente e dá-lhe um beijo com muita ternura. Zé Maria corresponde, despedindo-se dela com grande cumplicidade. Emília fica com a mão pousada no lado do coração e murmura que se sente como uma miúda.

Gui chega ao hospital e começa a zangar-se com Mariana, acusando-a de não o deixar ficar mais tempo com a filha com medo das suas distrações, para depois deixar Carolina cair do sofá. A discussão termina com a chegada do médico que acaba com a angústia geral, ao dizer que a menina está bem e que já a podem levar para casa.

Duarte fala com Inês sobre Gui e concorda que o irmão se tornou num baldas do pior, aproveitando a mesada que os pais lhe dão para não fazer nada. Ao mesmo tempo acredita que essas circunstâncias vão mudar, porque os pais lhe vão infernizar a vida, tentando afastá-lo de Cátia. Nesse instante, Gui telefona a avisar que Carolina sofreu um acidente mas que já está bem. Duarte e Inês combinam visitar a menina no dia seguinte.

Júlia fica comovida quando Mariana lhe pede que passe a noite com ela e com Carolina. Apostada numa relação de franqueza com a filha, conta-lhe que ofereceu algum dinheiro a Raquel e que ela recusou, mesmo necessitada, o emprego de manicura na loja de Nicole. Mariana digere a novidade e comenta que Raquel não aprende a lição, mesmo depois de perder tudo o que tinha.

Raquel encontra-se com Adriana e, apesar de muito nervosa, aceita trabalhar para ela. Adriana mostra-se confiante de que ela terá muito sucesso.

Nonô vai a casa de Mariana para saber se Carolina está bem. Júlia aprecia a atitude da rapariga e deixa escapar que a filha sabe escolher bem as amigas. Mariana mostra-se preocupada com a investigação sobre as circunstâncias do acidente de Carolina, mas a mãe acredita que vai correr tudo bem. Nonô pergunta como Gui reagiu e Mariana responde que a culpou e antecipa que ele deve passar lá em casa para ver a filha, acompanhada pela bruxa da mãe. Júlia põe água na fervura, argumentando que é natural a preocupação de Teresa, uma vez que também é avó.

Como se esperava, Teresa insinua que Mariana negligenciou a vigilância a Carolina e insiste em ir ver a neta. Sem se deter nas críticas, deseja que o filho não lhe apareça à frente com Cátia. Francisco fica apavorado ao saber que ela foi falar com a rapariga, mas Teresa justifica que apenas lhe foi explicar algumas coisas, convicta de que o namoro com Gui não passa de uma excitação de homem.

Sónia conta toda contente a Cátia que acabou de ser promovida a gerente da loja Flor de Sal. A amiga não se mostra muito entusiasmada e explica que se sentiu posta de parte por Gui quando ele recusou a sua companhia para ir ver a filha ao hospital. Concordando que está a sentir uma insegurança injustificada, Cátia ouve Sónia dizer que está desejosa de começar a mandar em Cristóvão, que ainda não sabe que ela foi promovida, porque Veiga o mandou dar uma volta antes de falar com ela.

Cristóvão come chocolate sofregamente e conta a sua grande tristeza a Ivo, por ter visto Cátia aos beijos com Gui. Ivo argumenta que é essa é uma boa ajuda para a esquecer e manda-o parar de comer o chocolate, senão ainda desmaia. Cristóvão diz que vai beber água e Ivo sentencia que ele já está com diabetes, começando a desfiar um role de doenças ao amigo.

Hernâni, orgulhoso, conta a Isabel que está curado, pois conseguiu ir a casa das suas rainhas levar-lhes gelado e nem se sentou na sala. Diz que é um homem novo, mas Luísa escuta-o e começa a provocá-lo com ar sedutor. Hernâni foge, sem sequer terminar o café. Isabel e Luísa riem-se da aflição do segurança. Sempre venenosa, Luísa comenta com Isabel que Emília está atrasada porque deve estar a tomar um pequeno-almoço idílico com Zé Maria numa suite de um dos seus hotéis tal como vieram ao mundo.

Cristóvão pensa que Sónia está a brincar quando lhe comunica que foi promovida a gerente da loja gourmet. No entanto, percebe rapidamente que é verdade quando ela começa a impor regras, ameaçando ligar ao patrão se ele não as cumprir. Fazendo uso do seu novo poder, Sónia deixa Cristóvão aparvalhado, dizendo-lhe para trabalhar, enquanto ela sai sem dar justificações.

Raul repete a Emília a sua preocupação por vê-la cada vez mais entusiasmada com Zé Maria, um homem acusado de tentativa de homicídio. A mãe diz que o amigo é tudo menos violento, que gosta de estar com ele e que sabe o que está a fazer. Raul resigna-se e afirma que não quer ser ele a estragar-lhe o sorriso.

Mariana pede desculpa a Zé Maria por não o ter avisado do acidente de Carolina. O pai conforta-a, acreditando que ela esteve muito bem acompanhada por Júlia, que sorri.

Alberto não encontra as chaves da carrinha para fazer as entregas de salgadinhos e Amélia larga a piada de que ele se esqueceu das chaves na viatura. Alberto resmunga, ameaçando deixá-la apeada. Vera dá pressa ao tio para garantir boleia.

Ester fica sozinha com Áurea e tenta entretê-la pedindo-lhe ajuda para organizar as encomendas. A filha resmunga e diz que só serve para isso.

Carminho telefona a Júlia inteirando-se do estado de saúde de Carolina. Júlia agradece a preocupação da amiga e confirma que o pior já passou e que a neta está bem. Pouco depois, tocam à campainha e Júlia abre a porta, deparando-se com Duarte e Inês, que vêm visitar a sobrinha dele. Passado o constrangimento inicial, seguem todos para o quarto, onde Mariana está a adormecer a filha.

Raquel toma uma bebida no bar de um hotel, enquanto escuta o pianista de serviço. Eduardo Bettencourt, um banqueiro obeso mas distinto, aproxima-se dela e apresenta-se, tratando-a por Eva. Raquel só responde à segunda, pois não está habituada ao seu nome profissional. Eduardo percebe o seu nervosismo e promete ser generoso se ela mantiver aquele sorriso durante o almoço onde o vai acompanhar. Raquel é agora uma acompanhante de luxo, obrigada a sobreviver.

Mariana anda agitada pela sala, tentando convencer-se de que não teve culpa de Carolina ter caído do sofá. Percebe que está a ser egoísta e volta a sua atenção para Júlia, arrependida por não lhe ter perguntado como se sente. A mãe responde que ainda tem de fazer uma ecografia para confirmar se está tudo bem. Mariana mostra-se curiosa por saber a reação de Urbano mas, antes que Júlia possa responder, Inês entra na sala, disfarçando a sua surpresa e sem dar a perceber que ouviu a conversa. Duarte aparece quase ao mesmo tempo e desculpa-se por estar a incomodar, depois de Mariana dar a ideia de que está farta de visitas. Duarte e Inês despedem-se com algum constrangimento, especialmente de Júlia, que se mostra sempre afável.

Raquel toma a sua bebida com Eduardo, enquanto o banqueiro a informa de que vão almoçar com dois investidores importantes para o seu negócio. Com uma postura profissional e menos nervosa, Raquel inteira-se do que deve fazer. Eduardo confessa que os convidados sabem que ele não é casado, desejando apenas que ela mantenha o deslumbrante sorriso que exibe e que continue a ser maravilhosa como até então.

Hugo não mostra qualquer compaixão por saber que Raquel está a morar numa pensão. Babi recrimina-o por tratá-la com aquela frieza, mas ele argumenta que Raquel não é uma pessoa confiável. Babi impõe-se e diz que não vai abandonar uma amiga de tantos anos. Hugo tenta seduzi-la, mas Babi escapa virando a conversa para o trabalho.

Gui e Teresa chegam a casa de Marina para visitarem Carolina. Quando a empregada traz a bebé, Teresa começa a criticar duramente Mariana, culpando-a pela queda da filha e vincando que ela não tem capacidade para cuidar da criança. A menina chora, assustada com a discussão, enquanto Júlia sai em defesa de Mariana. Gui, incomodado com o comportamento de Teresa, repreende-a, fazendo com que ela decida ir embora. No entanto, a mãe, furiosa por não ser apoiada, promete-lhe uma conversa para mais tarde. Gui pede então para pegar na filha e Mariana faz-lhe a vontade.

Nicole dá um raspanete a Miguel, porque insiste em remoer-lhe a paciência por ter deixado Hernâni entrar em casa sem ele estar presente. Ela lembra que foi ele quem foi jogar futebol com os amigalhaços e que chegou tão tarde que nem o sentiu a deitar-se. Hernâni aparece nesse momento e não resiste a provocar Miguel, aconselhando Nicole a não deixar ir à feira de automóveis, garantindo que os negócios se fazem todos nos bares de alterne. Depois de largar o veneno, o segurança vai embora e Miguel ameaça arrancar-lhe o brinco à estalada caso ele volte a aparecer-lhe em casa.

Sónia obriga Cristóvão a trabalhar sozinho na loja, argumentando que agora é gerente.

Jorge aconselha Cátia a treinar a leitura dos seus textos antes de gravar e diz que vai acompanhá-la para dar apoio. Cátia pergunta se pode levar o namorado mas Jorge não permite, pois quer fazer tudo em segredo. Cátia mente, dizendo que não contou a ninguém.

Mariana prepara-se para sair de casa com Carolina e Nonô, dizendo que precisa de dar um passeio para aliviar a tensão que as visitas de Teresa, Gui, Inês e Duarte provocaram. Os planos desfazem-se com a chegada de Filomena, a assistente social que vai apurar se houve negligência de Mariana no tratamento da filha.

Teresa não se conforma por ter sido contrariada quando visitou a neta e, assim que Francisco entra em casa, convence o marido a lutar no tribunal pela alteração do acordo de custódia de Carolina, passando a guarda da menina para Gui.

Raquel faz sucesso no papel de Eva durante o almoço de negócios de Eduardo. Depois dos clientes irem embora, o banqueiro sugere-lhe que subam ao quarto do hotel, mas Raquel consegue esquivar-se. Eduardo pede desculpa pela abordagem deselegante e decide dar-lhe a tarde de folga, marcando novo encontro para o jantar. Raquel fica avisada que deve descansar, porque a noite pode ser longa.

Vera conta a Ricardo que já se está a prejudicar no trabalho e a ser questionada em casa, por andar a perder noites com ele. O namorado concorda que ela não deve ir ter com ele ao Dancin’ Days nessa noite, mas consegue convencê-la a ir com ele para o apartamento nessa tarde. Ela diz que quer devolver-lhe a droga que ele lhe pediu para guardar.

Ester fica alarmada ao ver o anel de brilhantes que Áurea tem no dedo. A filha mente, dizendo que foi um presente que Aníbal lhe deu antes do divórcio. Ester repreende Áurea quando ela começa a criticar Aníbal, acusando o ex-marido de estar a querer comprar o amor dos filhos.

Adriana conta a Raquel que Eduardo lhe ligou a dizer que está a adorar a companhia dela. Raquel, deixa claro que está a ser paga para acompanhar o banqueiro, mas que o seu corpo não está à venda. Adriana antecipa que ela ainda vai arranjar um novo marido nestes encontros.

Raquel recebe uma chamada de Mariana e fica entusiasmada. No entanto, perde rapidamente o sorriso porque ela quer apenas avisá-la de que a assistente social pode querer ouvi-la sobre a forma como Carolina é tratada em casa. Embora desiludida, Raquel promete fazer um depoimento favorável. Mariana desliga e confessa a Nonô que receia o que Teresa possa vir a dizer para a prejudicar.

Emília conta embevecida a noite que Zé Maria lhe proporcionou. Luísa percebe que ela está apaixonada encoraja-a a fazer com que Raul aceite o empresário. Emília diz que não quer melindrar o filho, agora que ele percebeu que perdeu Inês para sempre. Luísa troça e diz que o menino está a precisar de consolo.

Inês fica espantada com a possibilidade de Aníbal acompanhar Germano na aventura profissional em Inglaterra. O pai confessa que lhe está a custar deixá-la a ela e ao irmão, mas Inês dispõe-se a ajudar Bruno no que for preciso. Aníbal acrescenta que eles podem sempre visitá-lo em Londres e Inês concorda que Bruno irá gostar dessa ideia. Aproveita e conta ao pai que está a viver com Duarte, de quem gosta como nunca gostou assim de alguém. Aníbal encoraja a filha a lutar por esse amor.

Gui conta a Duarte que disse à assistente social que Mariana é uma boa mãe para Carolina. O irmão reforça que eles só têm a ganhar se tiverem um bom relacionamento, apesar de estarem divorciados. Já Teresa, quando é inquirida por Filomena, diz o pior possível de Mariana como mãe, frisando que está arrependida de ter desistido da custódia de Carolina. A assistente social fica intrigada com as respostas de Teresa.

Inês procura Carminho e conta que está a viver com Duarte, para depois confessar que se sente insegura, pois tem a impressão que ele ainda não resolveu a sua história com Júlia, a quem ouviu a falar de uma ecografia. Inês não controla a ansiedade e força Carminho a revelar que Júlia sofreu um aborto e que ela deve seguir o seu caminho com Duarte, uma vez que a amiga está casada com Urbano. Depois de se refazer da surpresa, Inês sorri, mas não fica completamente convencida.

Júlia também está na clínica nesse momento e tenta convencer Madalena a inscrever-se no concurso de talentos do centro comercial, já que tem uma excelente voz. Inês aproxima-se e pede a Júlia para lhe falar em particular. Já a sós, diz querer saber se ela libertou ou não Duarte e leva-a a admitir que o bebé que perdeu era dele. Júlia garante que não vai usar esse argumento para tentar recuperar Duarte e que a sua história com ele, terminou. Inês diz que não acredita e torna-se agressiva, dizendo a Júlia que se ele tentar aproximar-se de Duarte, não vai ter caminho aberto. Inês diz que Duarte é dela e só dela. Júlia fica perplexa com o tom com que Inês fala.

nas redes

pesquisar