SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 25 a 31 de janeiro

Duarte cai na armadilha de Urbano e Júlia termina tudo com ele!

Júlia consegue antecipar-se a Urbano e evitar que ele a surpreenda no quarto com Duarte. Este fica incomodado, pelo facto de Júlia não aproveitar a ocasião para deixar o marido de uma vez por todas. Depois de Urbano ir embora para a sua casa, Júlia reafirma a Duarte que não consegue abandonar o marido, sabendo que ele tem apenas mais alguns anos de vida. Duarte faz menção se ir embora, mas ela consegue seduzi-lo e arrastá-lo de volta para a cama.

Teresa fica sobressaltada quando procura por Gui e percebe que ele não dormiu em casa. Francisco diz que vai telefonar ao filho.

Júlia e Duarte despertam nos braços um do outro, cada vez mais certos de que o seu destino é ficarem juntos. Duarte tem dificuldade em perceber como é que Urbano aceita pacificamente estar a ser traído. Ao mesmo tempo confere com Júlia que ela apenas dormiu com o marido uma única vez, ouvindo da boca dela que tal não se voltará a repetir.

Gui é acordado bruscamente por Cátia que lhe estende o telemóvel, dizendo que Francisco lhe está a ligar. Gui mente ao pai, dizendo que dormiu em casa de um amigo e que vai dar uma volta de barco. Depois de desligar, pede com ar sedutor a Cátia que corra com o pai dele. Cátia faz-se cara e queixa-se de ainda não ter ouvido nada que justifique tomar essa decisão. Gui diz então que quer ser seu namorado e viver com ela. Frase mágica que volta a reacender nos dois corpos o fogo da paixão.

Urbano monta vigilância a Júlia e vê-a a sair do prédio com Duarte. Embora os amantes se despeçam como dois amigos, o médico não deixa de ficar triste por vê-los juntos.

Áurea chama interesseira a Carminho, despeitada pelo facto de Alberto ter escolhido Carminho para gerir o dinheiro que o burlão Carlos Manuel devolveu. Ester intervém e garante gosta das duas filhas da mesma maneira. Bruno prepara-se para ir para a escola com Paulo e pede à mãe para o deixar passar o feriado com o pai. Áurea diz que não autoriza, argumentando que se ele ficar muito tempo na companhia de Aníbal e Germano ainda fica (homossexual) como eles. Ester percebe a tristeza do neto e promete-lhe que voltarão a falar desse assunto.

Aníbal lamenta não poder combinar directamente com Áurea as visitas de Bruno, para evitar que o filho sofra. Germano repara o brilho que o companheiro tem nos olhos quando fala de Bruno e diz que gosta de o ver todos os dias com aquele sorriso. Germano acompanha o seu discurso com uma festa no rosto de Aníbal, provocando a reacção de desagrado de um homem que por ali passa. Aníbal prepara-se para responder mas Germano tapa-lhe a boca, dizendo que não vale a pena.

O despertador não toca em casa de Nicole e faz com que ninguém acorde a horas. Miguel implica com Tânia, que pretendia tomar o pequeno-almoço a ver televisão.

Hernâni diz mal de Nicole ao ver que a ex-mulher ainda não chegou à loja. Isabel lembra ao segurança que prometeu mudar de atitude, respeitando mais as mulheres. Hernâni garante que está a fazer um esforço, mas Luísa começa a seduzi-lo, provando que está a mentir. Hernâni cai na armadilha, disposto a ter um caso com ela e, quando percebe que foi apanhado desculpa-se, reconhecendo que ainda lhe custa a controlar o seu lado se galã. Sónia come amendoins e justifica o seu apetite voraz, insinuando que Cristóvão não o satisfaz. Este defende-se e diz que nem ela nem Ivo o têm ajudado a aprender como satisfazer uma mulher. Ivo diz-se enojado com a conversa e é repreendido por Jorge, que aparece a reclamar porque ele está há muito tempo a fazer compras, em vez de ir trabalhar.

Raquel demonstra que está cada vez mais apaixonada por Hugo, mas ele faz um grande sacrifício para corresponder e mente ao dizer que também a ama.

Zé Maria e Teresa combinam encontrar-se para discutirem os termos da separação de Gui e Mariana. Teresa previne-se e avisa Francisco de que se não chegarem a acordo, ele deverá requerer a custódia de Carolina. O marido faz-lhe ver que o máximo que poderão conseguir será a custódia partilhada e avisa que não vai defender o filho, pois um advogado em causa própria faz sempre mau trabalho. Gui, como é hábito, esquiva-se a participar na reunião, argumentando que Mariana também não está presente.

Inês despede-se de Duarte, depois de concluir o seu trabalho na agência de viagens. Ele fica surpreendido pela forma com a ex-namorada encara o fim da relação. Inês termina a conversa para atender uma chamada de Raul. O ex-noivo convida-a para colocarem a conversa em dia. Emília mostra-se entusiasmada com a possibilidade do filho reatar com Inês, mas o médico desvaloriza o encontro.

Júlia ganha coragem e fala com Urbano, assumindo que tem um caso com Duarte. Emociona-se e chora abraçada ao marido, abalada pela forma como ele está disposto a aceitar manter o casamento, apesar de saber que ela tem um amante. Júlia jura que estará a seu lado, até que a doença o vença. Depois de Júlia sair do gabinete, Urbano faz uma chamada enigmática e manda avançar com o plano que tinha traçado.

Hugo revela-se quando conversa com Jorge e afirma que, apesar de ser sócio de Raquel no Musicais, acaba por ser também o seu companheiro e arranjará sempre forma de fazer as coisas com quer.

Isabel conta às amigas que o processo para conseguir a inseminação artificial está prestes a concluir-se com êxito, faltando apenas escolher um dador. Hernâni aproxima-se com uma postura de grande cavalheiro mas é escorraçado por Nicole, que não acredita que ele tenha deixado de ser mulherengo.

Cátia fica entusiasmada quando Francisco lhe comunica que lhe arranjou um casting para o dia seguinte. A namorada promete compensá-lo mas, ao mesmo tempo, deseja que ele não se consiga libertar da mulher, pois anseia por estar de novo com Gui. Sónia entra na loja de doces nesse instante e Francisco finge ser um cliente. Cátia fica aflita e afasta a prima, temendo que ela a denuncie, falando nos seus dois namorados. Francisco fica desconfiado com o nervosismo de Cátia.

Teresa discute com Zé Maria e Raquel, ameaçando lutar pela guarda de Carolina, se Mariana insistir em divorciar-se de Gui. Daqui aos insultos é um pequeno passo e a reunião termina em grande tensão, com a saída de Zé Maria e Raquel, em confronto com Teresa.

Duarte aprecia, orgulhoso, a decoração da agência de viagens quando é interrompido por Maria, uma rapariga decidida que se apresenta como guia turística, propondo-se ser contratada para trabalhar com ele no novo projecto. Duarte diverte-se com a determinação dela e aceita tomar um café, mais tarde. Maria sai da agência e entra num carro que está estacionado bem perto. Urbano está ao volante e sorri quando a rapariga conta que tudo correu como estava planeado.

Urbano certifica-se de que Maria executou na perfeição o plano traçado, sem provocar a desconfiança de Duarte. A rapariga assegura que até combinou tomar um café com o seu alvo e Urbano entrega-lhe um envelope com dinheiro, prometendo pagar o restante quando o trabalho estiver concluído. Maria garante que não vai falhar e sai do carro. Urbano arranca a toda a velocidade.

Carminho fica incrédulo quando Júlia conta que Urbano já sabe que ela e Duarte são amantes. Júlia acrescenta que apesar de tudo, Urbano compreende a situação, deixando a amiga ainda mais perplexa.

Áurea insiste em sair sozinha mas Ester impõe-se e não permite, a menos que a filha aceite a sua companhia. Irascível, Áurea pega-se com Amélia, porque a empregada a critica por dizer mal de Aníbal à frente de Bruno. Áurea diz que não permite que Bruno se dê mais com o pai, para não ficar mariconço como ele. Alberto reconhece que, embora não goste do ex-genro, a filha exagera pela forma como o trata. Áurea retira-se furiosa. Alberto aproveita o momento a sós com Ester para aconselhá-la a investir o dinheiro que recuperaram ao burlão. A mulher nem quer ouvir falar do assunto. Alberto muda de assunto e pergunta por Vera. Ester diz que a sobrinha está a fotografar um rapaz que quer ser modelo e Alberto fica preocupado, não vá ele desrespeitar a rapariga. Ao contrário, Vera entusiasmada com a sessão fotográfica, embora Ricardo estranhe o cenário que ela escolheu. Vera brinca e tira-lhe uma foto sem avisar.

Lúcia apaga as fotografias de Ricardo que tem no telemóvel e pragueja contra o ex-namorado, enquanto Júlia e Carminho se divertem por instantes com a situação. Passado o momento, tanto Carminho como Júlia acusam o constrangimento de se terem de cruzar com Urbano, sabendo que ele sabe que Júlia tem um caso com Duarte. O médico entra na clínica muito bem disposto e convida Júlia para jantar num restaurante muito especial. Ela tenta mostrar-se entusiasmada, escondendo o seu sentimento de culpa.

Raquel conta a Hugo que a reunião com Teresa não podia correr pior. Hugo concorda que ela fez bem em ir defender os interesses de Mariana, apesar de ter de encarar Zé Maria. Raquel diz ao namorado que convidou Babi para jantar, com a intenção de discutirem com ele as ideias que têm para remodelar o Musicais. Hugo responde que quanto mais depressa erradicar a imagem de Zé Maria do clube, melhor.

Zé Maria conta a Mariana que Teresa se prepara para lhe fazer uma guerra feia, pretendendo tira-lhe a filha e também a casa que ofereceu como presente de casamento. O empresário começa desde logo a ajudar a Mariana, dando instruções a Rute, a empregada, para que apresente a demissão a Teresa, passando a ser paga por ele. Mariana agradece ao pai, por estar ao seu lado.

Teresa, cega de ódio, intima Francisco para que tire tudo a Mariana, apesar do marido argumentar que o melhor para a criança é permanecer com a mãe. Ao saber que Gui saiu com uns colegas, Francisco antecipa que o filho terá mais um ano perdido e não conseguirá acabar o curso. Nesse momento, Gui deixa Cátia derretida com os piropos que lhe atira na loja de doces. No entanto, não gosta de saber que o pai lhe arranjou um casting e insiste para que ela corra com Francisco. Cátia aprecia a cena de ciúmes, mas mostra-se incomodada pela maneira irresponsável como Gui está a lidar com o divórcio. Nada que a impeça de ficar entusiasmada com a perspectiva de se encontra de novo com ele no apartamento que Francisco lhe paga.

Inês encontra-se com Raul apenas por breves instantes, uma vez que o trabalho dela volta a intrometer-se entre eles. Apesar disso, combinam jantar, mais tarde. À distancia, Isabel interroga-se sobre o que poderá ter corrido mal, enquanto Luísa não vê qualquer problema no horizonte, uma vez que Raul e Inês se despediram amigavelmente. Emília faz votos para que eles se voltem a entender, na esperança de que assim o filho regresse de vez a Portugal.

Duarte insiste para que Júlia deixe Urbano, mas ela reafirma que prometeu ficar ao lado do marido até ao fim. Duarte sofre mas mostra-se disposto a esperar. Júlia beija-o com carinho.

No fim da sessão fotográfica, Ricardo começa a inalar cocaína e divide a droga com Vera. Antes de inalar a sua linha branca, Vera atende uma chamada de Ester e diz à tia que não vai jantar.

Áurea continua a resmungar com toda a gente, acusando os pais de quererem controlá-la. Ester chama Inês à parte e diz à neta que é melhor falarem com o psiquiatra, porque Áurea está cada vez pior. Quando a avó a convida para jantar, Inês diz que vai sair com Raul, mas adianta que não pensa reatar com ele.

Ivo aconselha Cristóvão a acabar com os encontros amoroso com Sónia, argumentando que ela deve ser um poço de infecções. Jorge chega nesse momento e vê um monte de envelopes espalhados. Ivo informa que está a preparar o envio do seu livro de poesia para as editoras, mas confessa que não tem dinheiro para os selos. Assim, pensa pedir a Hugo que lhe adiante o ordenado. Jorge deseja-lhe boa sorte, duvidando que o irmão lhe valha.

Raquel sugere a Hugo e Babi que o Musicais passe a chamar-se Dancin’ Days, o nome que em tempos dava com Júlia às noites em que saíam para dançar. Os três brindam ao novo nome do clube.

Raquel confirma a Babi que Mariana está abalada com o divórcio. A amiga antevê que lhe vai fazer bem a companhia de Nonô, que foi jantar com ela. Mariana acaba por confessar a Nonô que Júlia tinha razão quando a aconselhou a não casar. No entanto mostra-se magoada com a mãe que não se preocupou com ela nem com a neta, quando Carolina foi raptada.

Madalena admira a atitude de Júlia, disposta a esperar que a vida de Urbano chegue ao fim, para ficar com Duarte. Urbano chega finalmente a casa e fica deslumbrado ao ver como Júlia se arranjou para o jantar.

Raul e Inês jantam em casa de Emília e põem a conversa em dia. A dada altura, o médico fica parado a olhar para ela com um sorriso. Inês faz com que ele desperte e desanuvia o ambiente, elogiando a comida que ele cozinhou.

Duarte liga a Maria e combina beber o café que tinham combinado. Ela escolhe o restaurante onde Urbano também aparece com Júlia. Esta bate com o olhar em Duarte e ao aperceber-se disso, Maria lança-se sobre ele, beijando-o. Duarte é apanhado de surpresa, enquanto Júlia fica atónita com o que vê, ignorando que Maria acaba de executar o plano traçado por Urbano.

Júlia diz que não se está a sentir bem e pede a Urbano que a leve de volta para casa. O marido percebe que ela está afectada por ter visto Maria beijar Duarte, mas faz-se desentendido. Urbano abraça Júlia carinhosamente e encaminha-a para a saída. Duarte discute com Maria, pedindo-lhe satisfações por tê-lo beijado, exigindo saber quem a mandou fazer tal coisa. Maria diz-se envergonhada e retira-se para escapar ao interrogatório.

Hugo não disfarça o enfado quando janta com Raquel e Babi, sem paciência para a conversa sobre o divórcio de Mariana. Para se escapar, vai buscar mais vinho à cozinha. Raquel justifica que ele anda nervoso desde que Zé Maria lhe deu um tiro.

Na tentativa de animar Mariana, Nonô desafia a amiga para fazerem uma massagem, sugerindo a clínica de Urbano. Mariana quer escolher outro local, para não correr o risco de se cruzar com Júlia. Entretanto, decide pedir a Raquel que fique com Carolina, confessando que não fica descansada por deixar a filha entregue a Rute. Ainda mais agora, que a empregada apresentou a demissão a Teresa, a quem Mariana não quer dar motivos para a considerar uma mãe negligente.

Com efeito, Teresa está furiosa com a demissão de Rute e antecipa que, quando conseguir a custódia total da neta, a mulher ficará desempregada. Francisco avisa-a que não vai ser fácil que isso aconteça e até se mostra favorável a que as crianças fiquem com as mães. Teresa ainda se enfurece mais e reafirma ao marido que quer Mariana fora do apartamento que ela ofereceu, interrogando-se como foi possível Gui ter-se envolvido com uma família sem educação, apesar do dinheiro que Zé Maria tem.

Júlia regressa a casa muito abalada e pede desculpa a Urbano por tudo o que lhe tem feito, agradecendo-lhe por não se ter manifestado, depois de ter visto Duarte no restaurante. Urbano finge-se constrangido e prepara-se para deixar a mulher descansar. O telemóvel de Júlia toca mas ela não atende, dando largas à sua raiva, quando percebe que é Duarte quem está a ligar. Ele fica desolado por não conseguir falar com ela. Júlia chora nos braços de Madalena, sentindo-se desiludida e enganada.

Raul conta a Inês que está a pensar ficar a trabalhar uns tempos em Portugal, ainda mais agora, que ela não tem ninguém. Inês não facilita e deixa claro que entre eles só pode haver amizade. Raul concorda, mas o ambiente fica desconfortável entre os dois.

Emília está ansiosa por não saber como está a correr o jantar do filho com a ex-namorada. Luísa lança piadas picantes, imaginando o casal na cama, incomodando Emília, que lhe exige que pare de dizer essas coisas.

Isabel confirma a Carminho que está mesmo decidida a ter um filho por inseminação artificial. A conversa ajuda Jorge a inspirar-se para fazer mais um artigo para a revista feminina.

Áurea ralha com Bruno e trata o filho à bruta, quando ele insiste em pedir-lhe para passar o feriado com o pai e o companheiro deste. Amélia comenta que se a situação continuar assim, todos em casa vão ficar malucos. Alberto repreende a empregada, proibindo-a de falar assim da filha. Ester, mais pragmática, garante que se Áurea não mudar de atitude, assumirá ela a educação do neto, mesmo que para isso a tenha de desautorizar. Alberto acaba por concordar com a mulher.

Aníbal pede ajuda a Inês para que ela convença Áurea a deixar Bruno passar o feriado com ele e Germano. A filha aceita servir de intermediária e, depois de desligar o telemóvel, despede-se de Raul agradecendo o jantar e a companhia. O médico sorri mas quando ela sai, fica triste e pensativo.

Duarte envia uma mensagem a Júlia, dizendo que está à porta do prédio e que quer falar com ela. Júlia pede a Madalena que retira a bateria do telemóvel, admitindo que foi parva para se deixar magoar outra vez por ele. Madalena deixa Júlia a descansar e não resiste a espreitar à janela. Desaparece percebendo que Duarte a viu. Ele atravessa a rua, toca à campainha e entra no prédio.

Emília fica desconfiada com as respostas vagas de Raul sobre o jantar com Inês, duvidando que nada se tenha passado entre eles.

Duarte confronta Urbano, acusando-o de lhe ter montado uma cilada para o desacreditar aos olhos de Júlia, afirmando que não irá perder. O médico garante que isso já aconteceu, afirmando que não esperava tantas facilidades na execução do seu plano, surpreendido por Duarte ser do tipo de homem que sai com uma mulher, sem saber nada dela, ainda mais dizendo-se apaixonado por outra. Duarte controla a fúria e deseja que Urbano arda no inferno quando morrer. Este aguenta a tensão e garante que não acredita nessas coisas, desde que estudou num colégio de padres.

Teresa tem insónias e esgota a paciência de Francisco por dizer que continua preocupada com os filhos. Enervada com o isolamento de Duarte, diz que vai falar com ele à agência de viagens, logo pela manhã. Francisco não diz nada, mas suspira agastado com a insistência da mulher.

Duarte tem o impulso de telefonar a Júlia mas desiste da ideia, optando por ligar a Gui para desabafar com ele. O irmão está com Cátia e despacha a conversa rapidamente. Cátia mostra-se algo chocada com a atitude de Gui, mas ele argumenta que também precisa de ter cabeça para lidar com os seus problemas. Cátia aconselha-o a não abdicar de ver Carolina, só porque não se quer cruzar com Mariana. Gui pensa no assunto e acaba por concordar que é isso que deve fazer.

Vera toma o pequeno-almoço e está de ressaca, enquanto Áurea, venenosa, comenta que ela passou a noite fora. Vera defende-se dizendo que Ricardo a trouxe a casa e Ester confirma que a sobrinha avisou que ia chegar tarde, embora Alberto faça questão de dizer que não gosta que ela chegue tão tarde. Inês chega nesse instante e fala com Áurea em particular, convencendo a mãe a deixar Bruno passar o feriado com Aníbal. A tarefa não é fácil, porque Áurea persiste em dizer que Bruno corre o risco de ser gay, só por conviver com o pai.

Duarte esforça-se por tolerar os comentários de Teresa, que o espera à porta da agência de viagens. A mãe pede-lhe que vigie o irmão, que começou a beber e comenta ter pena de que ele já não namore com Inês.

Júlia conta a Madalena que quer acabar de vez o relacionamento com Duarte e concorda que tem de falar com ele uma última vez. Madalena faz-lhe ver que a situação de Duarte também não tem sido fácil.

Zé Maria passeia à beira-rio com Mariana e Carolina e interroga-se como foi possível cometer a loucura de balear Hugo, quando tem aqueles tesouros tão preciosos para cuidar.

Cátia prepara-se para o casting, nervosa sem saber se está bem arranjada. Gui garante que ela é a mulher mais bonita do mundo e vai arrasar a concorrência. Francisco liga para Cátia e Gui faz caretas em sinal de desagrado. Quando se despedem, ela diz que está orgulhosa dele, depois de Gui confirmar que vai visitar a filha.

Hernâni passa a manhã a comer bolos e confessa desanimado a Isabel que já não aguenta ver Nicole e Miguel juntos. A depressão termina, assim que vê uma mulher bonita passar à sua frente. Isabel repreende Aníbal.

Emília abre o coração a Inês, confessando ter esperança que ela e Raul voltassem a namorar. Delicadamente, Inês diz que isso já não faz sentido.

Duarte defende-se, quando Júlia o confronta com a traição que ele cometeu, dizendo que Urbano lhe armou uma cilada. Implacável e magoada, Júlia diz que está farta de mentiras e acaba a relação com Duarte nesse instante.

Júlia termina a relação com Duarte, recusando acreditar que Urbano lhe armou uma cilada ao contratar Maria para o beijar. Duarte insiste em dizer que está inocente, mas Júlia mantém-se firme e afasta-se, evitando chorar.

Raquel estranha o comportamento ríspido de Hugo que recusa a sua companhia para ir ao hospital.

Gui aparece de surpresa para visitar Carolina e é mal recebido por Mariana. Ele insiste que tem todo o direito de ver a filha, enquanto Mariana diz esperar que não apareça bêbado quando regressar.

Francisco garante a Teresa que o colega que escolheu para tratar do divórcio de Gui é muito competente para tratar do caso. A mulher fica indignada por pensar que Francisco continua a defender Zé Maria, mas ele esclarece que vai passar o caso para outro advogado. Ela deseja que o empresário seja preso, situação que pode favorecê-la quando lutar pela custódia de Carolina.

No ginásio, Emília não esconde o nervosismo quando Zé Maria lhe pede ajuda para pôr a bicicleta a funcionar, recordando que ele disparou sobre Hugo. O empresário alivia a tensão e assume que também não gosta de violência, reconhecendo ao mesmo tempo que teve sorte por Hugo não ter morrido. Emília fica agradada com o charme de Zé Maria, que diz ter gostado de ter com ela esta conversa simpática.

Isabel conta entusiasmada a Luísa que agora só lhe falta escolher o dador que mais lhe agrada para avançar com o processo de inseminação artificial. Brincalhona como é hábito, Luísa aproveita o aparecimento de Hugo para dizer que ele é que podia fazer um filho a Isabel. Esta fica encavacada mas acaba por entrar na brincadeira.

Jorge saúda a recuperação física de Hugo que já não tem o braço ao peito. Este, enigmático, diz que para comemorar em pleno precisa de resolver umas pequenas coisas. Ivo entra na loja e o irmão chama-lhe à atenção por só chegar naquela altura. Ivo justifica-se, dizendo que foi aos correios mandar os seus poemas com o dinheiro que a mãe lhe deu para comprar selos. Hugo e Jorge troçam, dizendo que a escrita de Ivo é mórbida. Hugo revela que vai mudar o nome do clube para Dancin’ Days. Ivo protesta, pois defende a língua portuguesa.

Raquel desabafa com Babi e queixa-se de que Hugo foi desagradável com ela logo pela manhã, desconfiando que o namorado está a perder o interesse por ela. Babi, gentil, afirma que isso é impossível.

Alberto regressa a casa furioso, porque teve de ouvir um cliente reclamar que a sua encomenda de pastéis foi trocada. Alberto acusa Amélia, enquanto Ester reconhece que não têm condições para produzirem mais do que estão a fazer. Alberto continua a resmungar, defendendo que deviam acabar com o negócio. A mulher lembra-lhe que, em boa parte, é disso que vivem. Já à mesa do almoço, Alberto insiste que deviam investir nas energias renováveis, o dinheiro que recuperaram ao burlão que o enganou. Ester mostra-se agastada e defende que devem ampliar o negócio dos salgadinhos. Áurea senta-se á mesa e diz que vai contratar aconselhamento sobre as compras que faz, para gastar menos dinheiro em artigos desnecessários. Aproveita a conversa para dizer mal de Júlia, acusando-a com despeito, de ter casado com Urbano por conveniência.

Urbano fica contente ao ouvir Júlia contar a Madalena que rompeu com Duarte e que o que lhe custou mais, foi ele ter inventado uma desculpa para justificar o beijo trocado com Maria. Resignada, Júlia dispõe-se a olhar para a frente, continuando com Urbano. O médico revela a sua presença, convidando Júlia a seguir com ele para casa.

Hugo chega ao Dancin’ Days e mostra-se irritado porque Raquel diz que estava para lhe telefonar nesse momento. Ele recorda que avisou que tinha de ir à loja depois do hospital. A reunião para a remodelação do clube, em que também participa Babi, começa com Hugo a insinuar que elas parecem não estar interessadas nas suas opiniões. Raquel lembra-lhe que ele abdicou de tratar das questões decorativas.

Ao chegarem à porta do prédio, Júlia conta a Urbano que terminou tudo com Duarte e jura que nunca mais o irá trair, garantindo ao marido total dedicação. Ele finge-se surpreendido e abraça-a.

Hernâni e Miguel provocam-se no café do shoping. Isabel percebe que a conversa está a azedar e ameaça chamar a polícia. Miguel opta por ir embora, enquanto Hernâni lamenta que Nicole não veja que Miguel não presta.

Miguel amua e desiste de almoçar com Nicole, porque ela não acha bem que o stand fique encerrado ao sábado, para ele ir ver testes de fórmula um no autódromo.

Cátia encontra Miguel a caminho do stand e telefona a uma amiga recente que está interessada em comprar um carro. Hernâni esforça-se por tentar ouvir a conversa, enquanto Miguel agradece a Cátia por lhe ter arranjado uma cliente.

Cristóvão diz a Sónia que tem de deixar de beber para ter um bom desempenho sexual com ela, pois corre o risco de ficar sem fígado antes de conquistar Cátia. Esta chega e conta entusiasmada à prima que o casting lhe correu muito bem e que já avisou Gui. No entanto, Cátia confessa que não sabe como romper com Francisco para ficar com o filho dele.

Gui aconselha Duarte a desistir de Júlia, mas o irmão recusa abdicar da mulher que ama. Duarte propõe-se encontrar Maria, para que ela confirme que foi contratada por Urbano, para o comprometer. Gui, por seu lado, antevê uma dura batalha com Mariana para conseguir ver a filha e garante que vai dar luta a Mariana. Por sua vez, Mariana confessa a Nonô que está preparada para tudo e que não suporta ver Gui à frente. Nonô desafia-a para uma ida às compras e comenta que, ao que parece, a relação entre Raquel e Hugo não corre pelo melhor. Mariana diz que não confia nos homens e muito menos em Hugo, pois começou a andar com a mãe quando ela ainda estava casada.

Emília aparece no shoping muito entusiasmada, revelando que no ginásio teve a companhia agradável de Zé Maria. Luísa brinca e diz-lhe para pensar duas vezes antes de o levar para a cama. A bola passa depois para o lado de Isabel, forçada a mostrar às amigas o catálogo com o perfil dos dadores de esperma para escolher o pai do seu filho. Hernâni pára para tomar um café, já desfardado e, perante a curiosidade de Emília, confirma que está prestes a realizar uma missão sob disfarce.

Francisco aparece na loja de doces e provoca grande excitação em Cátia, pois conta-lhe que foi seleccionada para o papel a que concorreu.

Júlia desabafa com Carminho e equaciona aproximar-se da filha, ainda que para isso seja necessário revelar a Mariana um segredo que prometeu guardar.

Gui entra em casa e nem repara que Teresa está na sala a ler. Contrariado, tem de convencer a mãe que só poderá voltar à faculdade e ao escritório do pai quando resolver a sua vida com Mariana. Para tornar credível o que diz, Gui conta que discutiu com Mariana quando foi ver Carolina e garante que vai lutar para estar com a filha sempre que quiser.

Duarte tenta falar com Júlia mas Madalena faz-lhe ver que ela está muito magoada e não vai ceder. Urbano aparece nesse instante e pede a Duarte que se vá embora. Este ameaça fazer um escândalo mas acaba por se retirar, pesando as palavras de Madalena, que garante que Júlia nunca lhe perdoaria se armasse uma confusão na clínica.

Na sala de massagens, Júlia tenta aliviar a tensão e mostra-se convencida de que Duarte não é homem de uma só mulher. Carminho aconselha-a a fazer uma viajem para relaxar dos inúmeros problemas que enfrenta, mas Júlia insiste que o seu lugar é ao lado de Urbano.

Raquel confronta Hugo com as mudanças de humor que tem revelado. O namorado diz que o romance acabou e acaba tudo com ela, ordenado que se vá embora. Confusa, Raquel argumenta que se alguém tem de sair é ele, pois ela está em sua casa. Hugo revela-se finalmente e dá o golpe de misericórdia, recordando-lhe que ela assinou uma procuração a dar-lhe plenos poderes. Assim sendo, Hugo afirma que é dono de tudo o que lhe pertencia, incluindo a casa e o clube. Raquel fica sem fala vendo o mundo cair-lhe em cima.

Raquel lê nervosamente a escritura que prova que Hugo se tornou no dono daquela casa, concluindo que ele a seduziu para ficar com todos os seus bens. Ele rejeita a acusação e deixa claro que, ao ver que ela rompeu com Zé Maria, decidiu antecipar-se antes lhe acontecesse o mesmo e ficasse de mãos a abanar. Raquel tenta bater em Hugo mas este defende-se, empurrando-a. Exige que lhe entregue a chave do apartamento e que saia até ao fim do dia, levando apenas as suas roupas. Raquel chora desesperada depois de Hugo sair de casa.

Zé Maria informa Mariana que o processo do seu divórcio já está a correr e a filha mostra-se pronta para lutar contra Gui em tribunal, caso Teresa persista em requerer a custódia de Carolina. A rapariga está convencida de que a sogra vai querer que ela deixe o apartamento mas Zé Maria dispõe-se a comprá-lo. Mariana abraça o pai, agradecendo-lhe por estar sempre ao seu lado.

Júlia conversa com Carminho depois da massagem e diz que talvez esteja na altura de derrubar a barreira que ergueu entre si e Mariana. Júlia começa a pensar que a filha foi manipulada por Raquel e pode estar a necessitar de ajuda. Madalena entra no gabinete e conta que Duarte esteve na clínica para falar com ela. Júlia fica entre a surpresa e indignação pelo facto de ele não respeitar a sua decisão e garante que jamais lhe voltará a falar.

Duarte telefona a Maria pedindo-lhe que esclareça que ele foi vítima de uma cilada mas ela desliga-lhe o telefone na cara. Duarte fica desesperado e partilha com Gui o drama que está a viver. O irmão, brinca e pergunta-lhe se ele bateu em Urbano quando foi à procura de Júlia. Duarte reconhece que vontade não lhe faltou mas acabou por se controlar. Gui aconselha-o a localizar Maria através dos registos de telemóvel, única saída que encontra para ele provar a Júlia a sua inocência. Teresa interrompe-lhes a conversa, dizendo a Gui que Zé Maria combinou passar lá por casa, supondo que ele queira falar do divórcio de Mariana. Gui suspira e confessa que se pudesse voltar atrás, nunca teria casado. Teresa garante que não vai permitir que Mariana fique com a guarda de Carolina.

Francisco telefona a Cátia dizendo que não pode ir ter com ela, porque tem uma reunião para tratar do divórcio do filho. Cátia mal contém a felicidade e, assim que pode, liga a Gui para lhe dar a notícia e convidá-lo a passar a noite com ela.

Nicole entra na loja de doces à procura de um chocolate que lhe levante o ânimo. Cátia aproveita para lhe contar que arranjou uma cliente para Miguel. Nicole desabafa que ele está mesmo a precisar de vender um carro porque o negócio não está a correr bem.

Miguel esforça-se por vender o carro a Denise, embora sentindo dificuldade para resistir ao corpo escultural da amiga de Cátia. Miguel desdobra-se em gentilezas com a rapariga, sem reparar que Hernâni os está a fotografar às escondidas, captando fotos que podem dar a Nicole a ideia de estar a ser traída.

Raquel conta a Babi que foi enganada por Hugo, que a deixou sem um único bem. Fica escandalizada com a amiga, por ela se mostrar preocupada com o facto de poder ser despedida da discoteca. Babi acaba por dizer que, embora o dinheiro lhe faça falta, vai começar a procurar outro emprego. Raquel está destroçada e interroga-se como foi possível deixar-se enganar por Hugo, a ponto de ficar sem nada.

Júlia pede desculpa a Urbano por Duarte ter aparecido na clínica. O médico desvaloriza o incidente e convida-a para jantar. Júlia aceita e diz que vai sair entretanto, para falar com a filha. Urbano despede-se beijando Júlia com o seu consentimento.

Elvira, muito constrangida, ajuda Raquel a reunir os seus haveres pessoais e despede-se da patroa, ambas comovidas. Raquel, com lágrimas nos olhos, diz a Hugo que se vai embora, desejando-lhe que arda no inferno. Ele escarnece da situação e considera-a uma sobrevivente, convicto de que não se vai perder. Depois de Raquel sair, Hugo volta-se para Elvira e diz-lhe que pode continuar a trabalhar para ele, nas mesmas condições. A empregada suspira de alívio e volta para a cozinha.

Zé Maria surpreende Teresa e Francisco, ao propor comprar-lhes o apartamento em que Mariana está com Carolina, para que ali possam permanecer depois do divórcio da filha e Gui.

Júlia procura Mariana e conta-lhe toda a verdade sobre a sua vida. A filha ouve incrédula que foi Raquel quem cometeu o crime pelo qual a mãe pagou na cadeia e conclui que a sua vida tem sido uma grande mentira. Mariana pede a Júlia que a deixe sozinha, para digerir tudo o que escutou. Júlia diz que se quiser falar consigo está disposta a isso.

Zé Maria chega a acordo com Teresa e Francisco para obter um divórcio pacífico entre Gui e Mariana. A mulher e o advogado aceitam vender-lhe o apartamento em que a filha está com Carolina, enquanto Zé Maria se compromete em convencer mariana a dividir a guarda da menina com Gui.

Júlia não esconde a sua tristeza depois da conversa que teve com a filha. Para tentar minorar o seu sofrimento, Urbano propõe que façam uma viajem. Júlia fica radiante, exclamando que o marido lhe adivinhou os desejos, mas logo perde o sorriso, lembrando-se de que ele está muito doente. Urbano alivia a tensão dizendo que não vai morrer para já, embora reafirme que isso acontecerá em breve. Júlia não se convence disso, insistindo que o seu estado pode ser reversível.

Teresa fica surpreendida quando Gui anuncia que vai dormir em casa de um amigo. Obriga-o a prometer que não vai beber, confessando que ele e o irmão são a sua vida.

Mariana permanece em casa, depois da conversa que teve com Júlia e de ter ouvido a verdade sobre a prisão da sua mãe de sangue. Mariana não sabe se há-de acreditar em Júlia ou em Raquel.

Inês tranquiliza Amélia que está preocupada com a ida de Paulo com Bruno a casa de Aníbal e do namorado. Inês explica à empregada que ninguém se torna homossexual só por conviver com eles. Vera rouba um pastel e Amélia tenta afastá-la com um pano, criando uma situação cómica.

Miguel fica zangado pela forma agressiva como Tânia fala com ele. Nicole tenta desvalorizar a atitude da filha, mas Miguel defende que deve castigá-la por ser mal-educada. A manicura dá-lhe um beijo, mas ele continua amuado.

Jorge e Carminho vão jantar em casa de Ester e trocam um olhar cúmplice ao ouvirem Áurea dar gargalhadas, a gostar de ler um artigo assinado por Virgínia Lobo, disfarce que Jorge usa para escrever na revista feminina. Carminho conta entretanto a Inês que Júlia acabou tudo com Duarte, porque o apanhou aos beijos com outra. A arquitecta tenta disfarçar a esperança que a notícia lhe provoca, mas a tia diz que só está a comentar o assunto para que ela veja que ele não é de confiança.

Urbano não esconde a surpresa e admiração por Júlia, quando ela conta que esteve presa tantos anos por um crime que Raquel cometeu. O médico opina que será inevitável que Mariana comece a tratá-la por mãe, agora que já conhece a verdade.

Raquel aparece em casa de Mariana, pedindo-lhe abrigo, depois de ter sido expulsa de casa por Hugo. Diz que o namorado a enganou e lhe ficou com tudo. Mariana balbucia que Júlia a visitou e suplica a Raquel que desminta o que a mãe lhe contou, que não a perdeu por um crime que ela cometeu. Raquel toma uma expressão séria e preocupada, surpreendida por Júlia ter revelado o seu segredo.

nas redes

pesquisar