SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 18 a 24 de janeiro

Duarte diz a Urbano que ele e Júlia estão juntos e pede ao médico que abdique de Júlia; Gui entra em coma alcoólico; Mariana prepara-se para lutar por Carolina e insiste no divórcio!

Face à revelação de Urbano, que afirma ter poucos anos de vida, Júlia perde a coragem e não consegue pedir-lhe o divórcio. As palavras do marido dilaceram-lhe o coração, principalmente quando afirma que o mais importante é tê-la a seu lado. Júlia acaba por abraçar Urbano, ao mesmo tempo que chora por si e por ele. Alheio a todo este drama, Duarte trabalha com entusiasmo, recordando as juras de amor que trocou com Júlia. Embora sinta o impulso de lhe telefonar, desiste prudentemente da ideia.

Teresa arde de preocupação por ter perdido o controlo da vida dos filhos. Quando Francisco chega a casa, conta-lhe desesperada que Gui se vai divorciar. O marido faz questão de frisar que nunca acreditou que o casamento do filho mais novo pudesse vingar, devido à sua falta de maturidade. Teresa não gosta de reconhecer a razão a Francisco, nem acredita que Gui se recomponha tão cedo.

Raul regressa de Angola e faz a felicidade de Emília que mima o filho. Este pergunta por Inês, interessando-se por saber se ela tem alguém na sua vida. Emília conta que Inês teve um namorado, mas acrescenta que a relação ou já terminou, ou está tremida. Raul fica pensativo.

Alberto conta que Carlos Manuel foi capturado mas não acredita que seja possível recuperar o dinheiro que o burlão lhe roubou. O jantar decorre e o ambiente fica muito tenso por culpa de Áurea, que destila veneno por todos os poros. Primeiro perturba Inês, ao falar do regresso de Raul, que já vê como substituto de Duarte, avisando a filha que corre o risco de ficar encalhada. Depois lança piadas a Alberto, que foi submetido a uma junta médica psiquiátrica, criticando os pais por perdoarem a Carminho, que obrigou o pai a passar por essa vergonha. Alberto mostra-se agastado pelo comportamento de Áurea, que ainda repisa a homossexualidade de Aníbal, provocando grande embaraço a Bruno. Ester repreende a filha. Esta continua a enganar a família, ao garantir que tem tomado os medicamentos prescritos pelo psiquiatra.

Júlia janta com Urbano com grande requinte e alguma cerimónia. Quando o marido a deixa alguns segundos a sós para abrir o vinho, ela responde a uma mensagem de Duarte, dizendo que só pode falar com ele no dia seguinte. Urbano regressa e Júlia disfarça, afirmando que acabou de responder a uma mensagem de Vera. Depois do jantar, Urbano oferece um valioso anel de brilhantes a Júlia e convida-a para passar a noite consigo. Ela tenta adiar a intimidade e propõe uma saída para dançarem até de manhã. Entretanto, Duarte desespera por não conseguir que Júlia atenda a sua chamada.

Gui embriaga-se no clube de striptease e começa a assobiar, provocando o desagrado de um dos seguranças do espaço.

Cátia combina encontrar-se com Francisco e Sónia ouve a parte final da chamada e pergunta à prima com qual dos namorados se vai encontrar. Tristonha, Cátia reforça que já não tem nada com Gui. Sónia compra cacau para adoçar a sua performance sexual e confidencia a Cátia que vai dar um tratamento ao seu amiguinho secreto. Quando chega ao pé de Cristóvão, Sónia fica furiosa ao perceber que ele contou a Ivo que têm um caso. Este começa a insinuar que Sónia pode pegar doenças ao amigo e Sónia corre com ele, obrigando Cristóvão a ir para o armazém com ela.

Emília, com as amigas Isabel e Luísa, brindam com champanhe e dão as boas vindas a Raul. Luísa, sempre insinuante brinca com o filho de Emília e aconselha-o a gozar a vida sem compromissos.

Raquel recomenda a Mariana que tente a reconciliação com Gui, evitando assim uma guerra com Teresa, que pode querer lutar pela custódia de Carolina.

Mariana nada teme, argumentando que tem sido uma boa mãe. A conversa com Raquel torna-se mais tensa, quando Mariana recusa tomar o partido de Hugo contra Zé Maria.

Gui está cada vez mais embriagado e ameaça uma empregada do clube. Um dos seguranças expulsa-o a murro.

Duarte não consegue adormecer, intrigado pelo silêncio de Júlia.

Júlia e Urbano regressam a casa e despedem-se. Ele agradece-lhe a noite divertida que lhe proporcionou. Quando o marido a deixa sozinha, Júlia atira-se para o sofá, sem saber o que fazer.

Gui, completamente alcoolizado, entra na rua de Cátia a alta velocidade e trava bruscamente. Fica furioso por ver que o pai chegou primeiro e dispõe-se a esperar, continuando a beber. No apartamento, Francisco despede-se de Cátia, que o suporta com ar de frete.

Júlia conta a Duarte que Urbano está gravemente doente e que, por isso, desistiu de lhe pedir o divórcio. Duarte fica desesperado e garante que não vai desistir dela.

Cátia encontra Gui inconsciente dentro do carro e leva-o para o hospital. Quando desperta do coma alcoólico em que entrou, Gui pede desculpa por ter acabado o namoro e Cátia beija-o docemente. A rapariga deixa o quarto, mesmo a tempo de evitar ser vista por Francisco, que visita o filho acompanhado por Teresa. Esta começa a dar um raspanete a Gui, mas Francisco corta a conversa, argumentando que não é o momento para ralhar com o filho. Teresa decreta que Gui deve fazer as pazes com Mariana e diz que já ligou a Raquel para que meta juízo na cabeça da filha. No entanto, Mariana não se comove e garante que não volta atrás com o pedido de divórcio.

Urbano traça um plano alimentar para Zé Maria. A consulta é interrompida por uma chamada que Urbano recebe, alinhavando um compromisso. Durante a ligação o médico não consegue disfarçar alguma tensão.

Júlia chora nos braços de Madalena, depois de lhe contar que foi forçada a adiar o pedido de divórcio a Urbano. No entanto, escusa-se a confessar à amiga o motivo desse recuo.

Duarte encontra-se com Urbano e pede-lhe que abdique de Júlia em seu favor, deixando-a ficar com quem realmente ama. O médico fixa o olhar de Duarte e pensa no que acabou de ouvir.

Urbano surpreende Duarte e deixa-o perturbado ao revelar que já sabia que ele e Júlia estavam juntos. O médico garante que não vai afastar Júlia da sua vida só porque ela tem um amante, dispondo-se a ignorar esse facto. Duarte afirma que se recusa a ficar na sombra, reclamando viver com Júlia. Urbano torna-se desconcertante, pela crueza com que aborda o assunto e deixa claro que será sempre Júlia a decidir o que quer fazer, pois eles são apenas dois peões num jogo que só ela vai jogar. Antes de se retirar, Urbano acrescenta que não se importa de viver um casamento de fachada, duvidando que Duarte seja capaz de aceitar uma relação a três.

Madalena mostra-se melindrada com Júlia, mas esta garante que só não lhe conta o que conversou com Urbano porque ele lhe pediu segredo. Júlia aproveita a sugestão da amiga e vai fazer compras para aliviar a tensão que sente.

Bruno é alvo de chacota por parte dos colegas no recreio da escola, pelo facto do pai ser homossexual. Paulo sai em sua defesa, mas Bruno intervém para evitar o conflito.

Áurea prepara-se para sair de casa e diz que vai comprar um perfume ao centro comercial. Como Ester se oferece para lhe fazer companhia, zanga-se com a mãe e desiste de sair porque acha que ela só quer ir controla-la. Ester comenta com Amélia que se Áurea continuar a comportar-se assim, terá de ir de novo ao psiquiatra. Alberto recebe uma chamada de um advogado e sai de casa sem dizer a Ester e Amélia o que se passa, deixando-as a pensar que vem aí mais um problema.

Jorge aconselha Carminho a antecipar-se à decisão da junta médica que avaliou Alberto, falando com o pai para se reconciliarem. Nesse momento, Carminho recebe uma chamada do advogado a informar que os médicos já tomaram uma decisão sobre o futuro de Alberto. Jorge fica ansioso para saber o veredito.

Raquel vai buscar Hugo à loja de som e tem de aguentar os comentários impróprios de Ivo. Quando o irmão e a namorada se vão embora, Ivo comenta com Jorge que não sabe o que Hugo viu nela. Jorge aconselha Ivo a ir ao oftalmologista, pois deve estar cego.

Cátia chega atrasada para trabalhar e confidencia a Sónia que reatou com Gui. A prima brinca pelo facto de Cátia estar a namorar dois homens ao mesmo tempo, mas ela justifica que Francisco lhe vai arranjar um papel como atriz. Cátia inverte o rumo da conversa e diz que Sónia ainda não lhe apresentou a sua conquista. Ela não diz com quem anda, mas conta que está nas nuvens, pois quase fazem, faísca quando estão juntos.

Júlia convida Vera para tomar um café, pois necessita de um ombro amigo para desabafar sobre os seus desgostos da vida.

Teresa fica em choque quando Gui confessa que está resignado a dar o divórcio a Mariana. A mãe exige-lhe que converse com a mulher, procurando uma reconciliação mas, se não conseguir, que ameace expulsá-la de casa. Gui recusa ceder às pressões de Teresa e retira-se para descansar. Ela volta-se para Francisco e diz esperar que ele, desta vez, faça alguma coisa e coloque a família à frente do trabalho.

Mariana, por seu lado, prepara-se para enfrentar Teresa com a ajuda de Zé Maria, que promete falar com o seu advogado para a representar no processo de divórcio. Apesar da mágoa com que ficou de Raquel, o empresário diz a Mariana que a mãe tem muitos defeitos, mas gosta muito dela. Ambos reparam na coincidência de estarem a tentar refazer a vida ao mesmo tempo.

Hugo regressa a casa com Raquel e não consegue esconder alguma irritação. Nega que esteja assim pelo facto dela o ter ido buscar à loja, mas faz questão de lembrar o risco que correram com o ataque de Zé Maria, duvidando que ele venha a ser punido. Raquel não valoriza a reação do namorado, que começa a ter um comportamento menos carinhoso com ela.

Júlia olha o anel que Urbano lhe deu e atira-o contra a parede, impotente para ficar definitivamente ao lado de Duarte. O marido liga-lhe nesse momento de tristeza que Júlia é obrigada a disfarçar, aceitando jantar com ele.

Teresa pretende culpar Duarte pelo divórcio de Gui, mas o filho mais velho devolve a acusação e diz que se ela acredita nisso é porque está a ficar psicótica. Teresa, escandalizada, procura o apoio de Francisco, mas o marido ignora-a e continua a ler o jornal. Duarte sobe ao quarto de Gui e o irmão confessa que já decidiu dar o divórcio a Mariana, pois já tem planos para a sua vida. Duarte garante que ele é que precisa rapidamente de um plano para conseguir ficar com Júlia.

Carminho e Alberto fazem as pazes, depois de uma conversa na presença de Ester. Carminho informa o pai que a junta médica o deu como apto para gerir a sua vida e confessa que nunca foi sua intenção interná-lo, mas sim fazer com que compreenda que os seus negócios têm impacto na família. Alberto, por seu lado, conta que Carlos Manuel se dispôs a devolver o dinheiro que lhe roubou, desde que ele desista da queixa contra o burlão. Para espanto da mulher e da filha, decide que serão elas a gerir o dinheiro que vai reaver. Carminho e Alberto abraçam-se e ele disfarça a comoção por estar outra vez de bem com a família.

Júlia, em lágrimas, conta a Madalena que Urbano está a morrer e que por isso não pode abandoná-lo para ficar com Duarte. A amiga fica apreensiva com esta revelação.

Teresa está muito inquieta e contrariada porque Gui voltou a sair à noite, temendo que ele volte a beber até à inconsciência. Francisco tenta tranquilizá-la, afirmando que na idade do filho, são normais os excessos.

Gui e Cátia fazem amor com grande paixão depois dele lhe contar que se vai separar de Mariana.

Duarte irrompe pela casa de Júlia à sua procura e Madalena é impotente para o deter. Para que ele não piore a situação manda uma mensagem à amiga, que janta com Urbano no apartamento vizinho. O médico aproveita o encontro para a convidar a fazerem juntos uma viagem, embora ela tente esquivar-se, tentando não levantar suspeitas. Insatisfeito por estar à espera, Duarte envia outra mensagem a Júlia, dizendo que contou a Urbano que estão juntos. Ela fica ainda mais tensa e diz ao marido que tem de ir ter com Madalena, porque a amiga necessita dela. Urbano insinua que a mensagem não seria de Madalena, mas Júlia tenta disfarçar.

Quando entra em casa, Júlia não consegue resistir à pressão de Duarte, que reafirma não abdicar de ficar com ela até ao fim dos seus dias. Entre beijos e lágrimas, beijam-se com paixão até ao quarto, começando a despir-se para fazerem amor. Nesse instante, a campainha da porta ecoa e Júlia pressente tratar-se do marido. Como não se ouve mais nada, quer ela quer Duarte acabam por não reagir. Urbano acaba por entrar no apartamento, respirando fundo, como que a preparar-se para o que pode encontrar.

nas redes

pesquisar