SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 4 a 10 de janeiro

Júlia e Duarte beijam-se; Zé Maria fica a saber que Hugo e Raquel lhe compraram o Musicais e tenta matá-los

Raquel, em desespero, tenta despertar Zé Maria que permanece inconsciente. Hugo corre para chamar uma ambulância.

Mariana e Nonô preparam-se para ver um filme quando são surpreendidas ao lerem num blogue da internet um comentário às orgias que Zé Maria organizava nos seus hotéis. Mariana fica estupefata e não quer acreditar que o pai seja capaz de promover tais festas. Liga a Raquel, mas esta não atende o telefone. Mariana lamenta que Gui não esteja mais uma vez a seu lado, num momento importante.

Francisco aproveita um momento em que Teresa o deixa a sós com Duarte, para perguntar ao filho se ela se mostrou desconfiada de que ele tenha uma amante. Perante a expressão incrédula de Duarte, o advogado revela que ela fez essa conversa a Gui. Duarte brinca com o pai e pergunta se a mãe não terá razões para estar preocupada. Francisco disfarça o incómodo e pede-lhe para que não fale nisso, nem a brincar. Teresa regressa à sala e arranca sorrisos, ao dizer que mandou fazer chá para que ninguém fique com insónias.

Raquel e Hugo estão no hospital e aguardam notícias sobre a saúde de Zé Maria. Raquel teme que o ex-marido morra e que alguém os associe à sua morte, por serem os compradores do clube. Hugo desvaloriza esses receios, argumentando que Zé Maria já não é novo e pode ter problemas que desconhecia.

Urbano desfaz-se em carinhos, buscando o amor de Júlia. Ela sente-se incomodada por não conseguir corresponder, por não conseguir envolver-se com o marido.

Enquanto a família vê as fotografias que Vera tirou em Itália, Áurea acaba o copo de vinho que tem na mão. Introduz-se na conversa e recorda-se, a sorrir, de ter ameaçado atirar-se para a Fontana de Trevi durante a lua-de-mel, assustando Aníbal. Todos sorriem, ainda que preocupados, enquanto Áurea se dirige à cozinha à procura de mais vinho. Inês tenta demover a mãe, mas ela insiste que quer divertir-se.

Emília acaba com a sociedade que tinha com Luísa, acusando-a de ser desonesta e de encarar a loja como uma brincadeira. Luísa ofende Emília, dizendo que andou a desperdiçar tempo numa lojeca, com uma viúva encalhada. Emília expulsa-a de sua casa.

Amélia descobre uma caixa de comprimidos vazia e avisa Áurea para não se esquecer de comprar outra. Ela fica comprometida e Inês leva a mãe a confessar que deitou os medicamentos fora. Áurea faz uma cena e grita descontrolada que quer sentir a vida. Todos ficam apreensivos com o seu comportamento.

Zé Maria sobrevive ao enfarte e Raquel visita-o, garantindo que nunca desejou a sua morte. O ex-marido enfrenta-a com dureza, vincando que ela só quer denegrir a sua imagem e ficar com o seu dinheiro. Zé Maria manda Raquel embora, dizendo para nunca mais lhe aparecer à frente.

Inês procura em Duarte o apoio que precisa, temendo que as crises de Áurea se acentuem por não tomar os medicamentos. Ele mostra-se compreensivo e disposto a aguentar qualquer comentário menos próprio que Áurea possa fazer na festa de aniversário de Ester. Inês não resiste a beijá-lo, sentindo-se mais protegida.

Amélia e Ester ficam apreensivas com o comportamento de Áurea que está eufórica. Prepara o café do pequeno-almoço a cantarolar e faz uma festa quando dá os parabéns a Ester pelo seu aniversário. Alberto também estranha a exuberância da filha, mas distrai-se quando oferece um pendente à mulher e a beija com ternura. Amélia brinca com o patrão quando ele diz que andou a poupar dinheiro só para comprar o presente. Vera emociona Ester, oferecendo-lhe uma moldura com uma fotografia em que aparece com ela e Alberto. Ester previne Carminho para que relembre Júlia que contam com ela para a festa. Áurea resmunga que a convidada não faz falta alguma.

Urbano e Júlia promovem a clínica, valorizando os serviços diversificados que prestam, aproveitando para revelar que vão expandir os seus conceitos pelo país.

Raquel conta a Mariana que o pai teve um enfarte, mas esconde que é a responsável por isso. Gui chega a casa nesse instante e esquiva-se a acompanhar Mariana ao hospital para ver Zé Maria, delegando em Raquel essa tarefa. Gui volta a mentir, alimentando a ideia de que teve um exame depois de ter passado a noite a estudar.

Ivo esgota a paciência de Hugo, vincando que o lucro da loja se deve a ele e um pouco a Jorge. O irmão manda-o arrumar caixotes e recusa dar-lhe a folga que ele reclama. Ao confidenciar a Jorge que tem um negócio rentável em vista, faz com que Ivo lhe peça para entrar nele. Hugo, irritado diz para ele entrar, mas para o armazém. Fica desconcertado quando vê Hernâni passar fardado e em cima da segway, fazendo um rasgado cumprimento.

Nicole impede que Hernâni entre na sua loja montado no seu veículo e fica furiosa quando ele diz que é o seu marido. A manicura deixa claro que estão separados e que agora o seu marido é Miguel. Hernâni garante que ela ainda vai arrepender-se da escolha que fez e vai-se embora.

Urbano pede desculpa a Carminho por ter de faltar à festa de Ester, mas Júlia confirma que estará presente. Vera aparece na clínica e é abraçada por Lúcia que saúda o seu regresso. Todos elogiam a sua transformação e Carminho solta que Júlia tem mudado a vida de muita gente.

Zé Maria esconde de Mariana que foi Raquel a espalhar o boato de que ele organizou festas sexuais nos seus hotéis, mas garante à filha que está inocente. O empresário diz que o boato surgiu de alguém sem princípios que quer prejudicar a sua imagem e olha para Raquel, que fica comprometida. Mariana emociona-se e diz que ela e Carolina precisam dele.

Francisco pede desculpa a Cátia por não ter estado com ela, justificando-se com as desconfianças de Teresa. Cátia mostra-se conformada e até sugere que ele se afaste uns tempos. Francisco afirma que já não passa sem ela e garante que vai inventar um qualquer compromisso profissional para viajarem alguns dias. Cátia sorri, cheia de malícia.

Cristóvão vê Francisco sair da loja de doces e comenta com Ivo que os homens só lá vão para ver Cátia. Jorge aparece e ralha com Ivo que se atrasou a rendê-lo. Cristóvão continua a olhar embevecido para Cátia. Isabel repara na sua fixação.

Ester começa a abrir os presentes de aniversário e Áurea exige que veja o seu antes de abrir o que Júlia ofereceu. A mãe fica constrangida mas Júlia desvaloriza o incidente. Alberto ignora Carminho quando a filha fala com ele e dirige-se para a aparelhagem. Coloca uma valsa e oferece a dança a Ester. Todos se emocionam com o momento. A campainha toca e Áurea antecipa-se a Amélia para abrir a porta. Inês surge acompanhada por Duarte e Áurea apresenta-o, alto e bom som, como namorado da filha. Júlia e Duarte olham-se nos olhos, muito constrangidos.

Duarte acusa o constrangimento de ser apresentado a Júlia como namorado de Inês. Esta percebe que existe algo mal resolvido entre ele e Júlia, mas limita-se a usar o chavão de que o mundo é mesmo pequeno. Júlia salva a situação dizendo que são velhos amigos. Áurea quer incendiar o ambiente, mas Carminho afasta-a da festa e exige à irmã que se modere. Ester esforça-se por manter a calma tentando evitar que a filha se exceda e trate mal Júlia. Esta conversa com Duarte e Inês num clima de grande frieza.

Isabel faz com que Emília e Luísa façam as pazes e mantenham a sociedade na loja de decoração. As três amigas vão quebrar a dieta ao café de Isabel e Luísa confessa a sua intenção de conquistar Ricardo, ignorando que o treinador é namorado de Lúcia. Emília e Isabel riem da descontracção de Luísa.

Teresa causa mau estar a Mariana e Gui ao manifestar que Zé Maria sofreu o enfarte por estar envolvido num escândalo sexual. Mariana defende o pai e Gui repreende a mãe. Teresa não se detém e recorda que os pais de Mariana se separaram. Só a chegada de Natércia, com Carolina ao colo, ameniza o conflito. Francisco está alheado da conversa e Teresa força-o a reconhecer que tirou o dia para a família. Gui esboça um sorriso irónico, depois de receber uma mensagem de Cátia dizendo que está á sua espera.

Áurea, cada vez mais ébria pede a Duarte que lhe arranje um programa de viagens, aproveitando o facto dele estar prestes a abrir uma agência e ser namorado da filha. Duarte afasta-se a pretexto de ir à casa de banho, enquanto Inês recomenda à mãe que não beba mais. Áurea continua desagradável e diz a Inês que não fique traumatizada por Duarte ter namorado com Júlia.

Duarte e Júlia ficam a sós e começam a trocar acusações, mas são interrompidos por Alberto que vai buscar o bolo de aniversário de Ester, que transporta para a sala, já com as velas postas. Duarte e Júlia seguem para lugares opostos, muito crispados. Inês repara, mas não reage. Todos cantam os parabéns a Ester, que não se apercebe na tensão e raiva que está instalada entre Duarte e Júlia.

Sónia embirra com Cristóvão e vinga-se nele, pelo facto de ter de ficar na loja até mais tarde para concluir o inventário que Veiga exigiu para o dia seguinte.

Miguel distribui panfletos de publicidade do stand que agora é seu. Hernâni aproxima-se e começa a provocá-lo dizendo que se ele virar a filha contra si, lhe faz a vida negra no shopping. Miguel dá o troco e responde que Tânia sabe bem o pai que tem. Nicole chega a tempo de ouvir nova ofensa de Hernâni e coloca-o em respeito. Miguel aproveita para lhe deixar nas mãos os panfletos que lhe sobraram e vai embora com Nicole, sem esconder um certo ar de troça.

Cátia mente a Cristóvão e Sónia, dizendo que vai para casa, porque o namorado lhe ligou a dizer que vai regressar mais cedo. Sónia aproveita-se por estar sozinha na loja com o colega e obriga Cristóvão a provar um vinho que ela decide abrir.

Áurea bebe demais e não consegue controlar-se dizendo alto e bom som que Aníbal virou homossexual. A frase cai como uma bomba, instalando um silêncio sepulcral na festa de aniversário de Ester. Alberto ainda tenta disfarçar, tentando desviar a atenção de Bruno mas o rapaz refugia-se na cozinha, chocado com o que ouviu sobre o pai. Inês vai falar com o irmão e consegue, dentro do possível, atenuar os danos que tal notícia lhe pode causar. Já não tem tanta paciência com Áurea, repreendendo a mãe pelo que fez. Inês confessa a Ester que está esgotada e deixa a festa na companhia de Duarte, que ainda tem tempo de trocar mais um olhar tenso com Júlia.

Raquel sugere a Hugo que vá viver com ela, mas a proposta não é muito bem recebida. Elvira despede-se do casal, mas com frieza para Hugo. Ele percebe que a empregada não gosta de si e comenta o facto com Raquel, que admite despedi-la.

Mariana fica irritada, quando Gui a deixa mais uma vez sozinha em casa, com a desculpa de que vai beber um copo com um amigo que precisa do seu apoio.

Sónia e Cristóvão embebedam-se dentro da loja gourmet e acabam por fazer amor ali mesmo.

Inês pede desculpa a Duarte pela noite turbulenta em casa de Ester e pergunta-lhe se o namoro com Júlia foi sério. Duarte não esconde que se tratou de uma relação breve e demolidora. Inês despede-se e agradece a honestidade. Duarte beija-a com carinho, garantindo que Júlia já é passado. Esta espera que Inês saia do prédio e sobe para confrontar Duarte. Entra no apartamento, de rompante, sem lhe dar tempo de reagir. Começa a justificar-se por ter casado com Urbano, mas Duarte desdenha do seu discurso e afirma que ela se vendeu. Júlia desfere-lhe um estalo mas é agarrada pelos ombros. Frente a frente e sentindo as suas respirações ofegantes, transformam o ódio em amor e beijam-se apaixonadamente.

Júlia solta-se do beijo de Duarte e, muito constrangida, culpa-o pela situação. Duarte lembra que foi ela a procurá-lo. Júlia diz que o fez por não ter gostado do que ele disse a seu respeito na festa de Ester, pedindo que quando se cruzarem, guarde as opiniões sobre Urbano. Júlia deixa o apartamento e Duarte leva os dedos à boca, recordando o beijo. Júlia sai muito perturbada do prédio e deixa cair as chaves do carro no chão. Tal como Duarte, leva os dedos aos lábios, recordando o beijo que deram.

Carminho e Jorge regressam da festa de Ester, ainda perplexos com tudo o que se passou. Isabel fica espantada ao saber que Áurea revelou a todos a homossexualidade de Aníbal, provocando uma grande confusão na cabeça de Bruno e que o novo namorado de Inês é o ex-namorado de Júlia.

Ester confessa as suas preocupações com Áurea e Bruno, ao mesmo tempo que Alberto a apoia, dizendo que não podem fazer mais do que ajudá-los como puderem.

Francisco diz a Teresa que não é boa ideia visitar Duarte sem avisar, mas ela mantém-se irredutível e diz que não tem mal nenhum surpreender o filho, prometendo não dar opinião sobre o projeto da agência de viagens que ele está a erguer.

Cátia acorda Gui e lembra-lhe que Francisco tem as chaves do apartamento e pode entrar quando quiser. Ele diz que o pai vai ficar sossegado uns tempos, porque a mãe está a fazer-lhe uma marcação serrada. Gui puxa Cátia para si, mas é interrompido por uma chamada de Mariana. Mente-lhe dizendo que dormiu em casa de um amigo, mas Mariana deixa claro que se voltar a dormir fora de casa, o casamento acaba. Cátia censura Gui e também Francisco, pela forma como eles enganam as mulheres.

Raquel diz a Hugo que vai com Mariana ao hospital, uma vez que ela insistiu em ir buscar Zé Maria, que recebeu alta. Raquel acrescenta que é também uma forma de assegurar que o ex-marido não cancele a reunião com o seu representante para a compra do clube. Hugo recomenda-lhe cuidado, para que Zé Maria não se aperceba que são eles os potenciais compradores.

Júlia confessa a Madalena que não sabe o que fazer, depois de ter beijado Duarte. A amiga afirma que não está admirada, uma vez que está claro que ainda gostam um do outro. Urbano chega, entretanto, para dar boleia a Madalena e Júlia cumprimenta o marido, tentando disfarçar algum constrangimento. Acaba por comentar de relance que Áurea voltou a tecer comentários desagradáveis durante a festa.

Áurea resmunga com Alberto e Ester por não ter ido levar Bruno à escola. Os pais fazem-lhe ver que o miúdo está perturbado por ter sabido que o pai é homossexual. Áurea faz-se de vítima e irrita-se com a insistência para que volte a tomar a medicação. Alberto confirma a Ester que tenciona ir agradecer a Urbano por toda a ajuda que lhes tem dado.

Teresa entra na obra da agência no preciso momento em que Inês e Duarte se beijam. O filho tenta não hostilizar mas não consegue deixar de esboçar um sorriso amarelo pela presença inesperada de Teresa. Inês convida-a, simpaticamente a visitar o espaço.

Francisco desconfia de Cátia, por ver duas toalhas de banho em cima da cama, quando entra no apartamento. Ela justifica que utilizou as duas e finge-se indignada por ele pensar que esteve com alguém.

Raquel é mal recebida por Zé Maria, no hospital. O empresário diz que uma boa forma de não se enervar é não ter se suportar a sua presença. Mariana intervém para acabar com o conflito e convence o pai a ir para sua casa. Zé Maria diz que tem apenas de fechar um negócio urgente, provocando o sorriso disfarçado de Raquel.

Vera comenta com Carminho a bomba que caiu na família, ao saber-se que Aníbal é homossexual. As primas concordam que têm de proteger Bruno, em face da doença que perturba Áurea.

Madalena começa a trabalhar na clínica de Urbano e recebe as últimas indicações de Nicole, que depois vai embora. Vera chega à receção onde está Lúcia que lhe apresenta Madalena e também Ricardo, como seu namorado. Luísa aparece e mostra grande entusiasmo para começar o treino com o novo treinador. Lúcia, meio a sério, meio a brincar, diz que ainda lhe roubam o namorado. Durante o treino, Luísa esforça-se por seduzir Ricardo.

No shopping, Nicole assume perante Isabel e Emília que não gosta de Luísa, pela forma como ela se atira aos homens, sejam solteiros ou casados. Nicole mostra-se descansada com Miguel, convita de que ele não alimenta as provocações de outras mulheres.

Hernâni estraga um negócio a Miguel, insinuando perante dois clientes que ele está a enganá-los na venda de um carro. Hernâni garante ao rival que vai continuar a infernizar-lhe a vida, enquanto não recuperar tudo o que ele lhe tirou.

Sónia e Cristóvão levam um raspanete de Veiga, irritado porque eles não acabaram o inventário da loja. Quando o patrão sai, Sónia fica espantada porque Cristóvão não se recorda de terem feito amor a noite inteira.

Jorge conta a Isabel e Carminho que está cheio de trabalho para a revista feminina. Elas brincam com a situação, ao mesmo tempo que dão ideias para novos artigos.

Zé Maria entrega ao advogado que representa os compradores do Musicais, o contrato para formalizarem o negócio.

Alberto agradece a Urbano ter evitado que a família fosse dormir na rua e promete ao médico não se envolver em mais negócios falhados.

Júlia adverte Madalena de que Urbano não pode saber que ela beijou Duarte. O médico surge de repente e Madalena tem de inventar uma história para o despistar.

Em casa de Mariana, Zé Maria aproveita um momento a sós com Raquel para lhe dizer que já transferiu o dinheiro da venda do Musicais para a sua conta. Raquel não resiste a provocá-lo e Zé Maria insulta-a, chamando-lhe reles prostituta. Ela dá o troco, dizendo que ele é um velho patético que se deixa enganar uma e outra vez, revelando com crueldade que ela e Hugo são os verdadeiros compradores da discoteca. Zé Maria não se controla e precipita-se para o pescoço da ex-mulher, começando a asfixiá-la.

Mariana fica incrédula quando entra na sala com a filha ao colo e vê Zé Maria a estrangular Raquel. O empresário acaba por se deter e conta a Mariana que Raquel se associou a Hugo, para comprarem o Musicais às escondidas. Zé Maria diz que vai dar uma volta, desejando que a ex-mulher já ali não esteja quando ele regressar. Mariana critica Raquel pela sua atitude mas ela exige-lhe que não tome partido.

Ivo deixa uma coluna de som para Jorge carregar sozinho, dizendo que está com uma tontura. Hugo entra nessa altura e revela, muito bem disposto, que é o novo dono do Musicais. Ivo pede-lhe aumento, já que os negócios correm bem. O irmão ajuda Jorge a carregar a coluna que ele deixou no meio da loja rejeita aumentá-lo já que tem de fazer o seu trabalho. Já com Jorge a conversa é diferente, prometendo fazer contas para depois lhe aumentar o ordenado. Ivo protesta, dizendo-se injustiçado.

Apesar de se sentir bem a morar com Isabel, Carminho confessa a Júlia a vontade de viver sozinha com Jorge. Quase se discai e conta que o noivo arranjou outro emprego como jornalista de uma revista feminina. Vera interrompe a conversa e mostra-se esperançada em conseguir trabalho, uma vez que a entrevista como editor de moda correu bem.

Júlia agradece a Madalena por ter despistado Urbano, evitando que ele percebesse que ela beijou Duarte. Apesar de ter sido salva, Júlia confessa a Madalena ter ficado com problemas de consciência. A amiga insiste com Júlia para lutar por Duarte, ou esquecê-lo para sempre.

Duarte desabafa com Inês, agastado pela visita surpresa que a mãe lhes fez. Inês desvaloriza e até revela que sentiu alguma empatia com Teresa. Duarte quer esquecer o incidente e convida a namorada para sair. Inês tem de recusar, pois quer estar perto de Áurea quando Aníbal aparecer para falar com Bruno, pronta para evitar que os pais discutam.

Germano apoia Aníbal, que se prepara para ir falar com o filho, depois de Áurea ter revelado que o pai é homossexual.

Hernâni vai à loja de Nicole, a pretexto de combinar com Tânia a hora em que a vai buscar para jantar. Miguel diz esperar que ele não dê hambúrgueres e pizzas à filha. Nicole põe fim à discussão e corre com o ex-marido. Miguel deseja que ele vá pelas escadas rolantes abaixo, merecendo a reprovação de Nicole, que não quer que ele diga mal de Hernâni à frente da filha.

Sónia provoca Cristóvão e ameaça que quando voltarem a ficar sós para concluir o inventário da loja vai relembrá-lo de como fez amor com ela que nem um leão. Cristóvão manda-a calar com medo que Cátia a ouça. Ivo chega com ar abatido e diz que está muito doente. Acaba por se ir embora desiludido, porque eles não lhe prestam atenção.

Hugo faz planos para modificar o Musicais, tornando o clube mais arrojado. Raquel conta que Zé Maria já sabe que eles são os novos donos da discoteca e que a ameaçou com violência. Raquel afiança que não tem medo do ex-marido e que a sua única preocupação é com Mariana, que continua a penalizá-la pela separação. Hugo anima a namorada e diz que se Mariana ficou a seu lado contra a mãe verdadeira, agora também vai ficar.

Carminho não esconde a surpresa quando Júlia lhe conta que beijou Duarte. Perante os problemas de consciência que ela carrega, aconselha-a a não revelar o segredo a Urbano, para não estragar o casamento por um incidente sem consequências.

Duarte e Gui vão velejar. Duarte confessa ao irmão que o beijo trocado com Júlia o desestabilizou. Gui arrisca que o destino dele é mesmo ficar com Júlia.

Ester conta a Inês que Áurea passou bem o dia, sem ter qualquer crise, mas ambas concordam que só o psiquiatra a pode convencer a voltar a tomar os medicamentos. Aníbal chega nesse momento para falar com Bruno e Áurea faz tudo para lhe dificultar a vida. Alberto toma o partido da filha e começa a discutir com o ex-genro. Bruno impõe-se a todos e grita que quer conversar com o pai. Ester encaminha-os para a saleta. Com dificuldade, Aníbal assume perante o filho a sua homossexualidade e ganha o respeito do filho. Lá fora, Áurea impacienta-se e sai para a rua, contra a vontade de todos. Bruno reaparece abraçado ao pai e revela que Aníbal lhe vai apresentar Germano, o seu companheiro. Alberto faz uma careta, Inês e Ester sorriem por tudo ter corrido bem, enquanto Aníbal parece bem mais aliviado.

Zé Maria pede ajuda a Roberto para resolver um assunto que diz ser urgente.

Hugo deixa claro a Elvira que é melhor habituar-se à sua presença em casa. Raquel entra na sala e exibe o seu vestido, antes de dizer a Hugo que o ama. Ele olha-a nos olhos e beija-a, sem retribuir a declaração de amor.

Júlia lê as cartas que Duarte lhe mandou quando estava em viagem e confessa a Madalena que está cada vez mais confusa.

Áurea delira e, enquanto toma um café, apregoa que quer mudar de casa para uma vivenda com Jardim e piscina. Luísa diz que só se casar com um milionário. Ela responde que sim e de preferência que seja bom na cama. Isabel e Jorge trocam um olhar de preocupação. Alberto surge para ir buscar Áurea de volta para casa. Ela murmura que ele é um chato.

Ivo insiste em dizer que está muito doente e Jorge troça, afirmando que ele está sempre a fazer fitas.

Com o objetivo de se envolver outra vez com Cristóvão, Sónia convence-o a beber mais vinho, depois de terem concluído o inventário da loja. Ele faz-lhe a vontade e insiste que ainda é virgem.

Nicole protesta com Hernâni que entrega Tânia em casa, mais tarde do que tinha combinado. A rapariga defende o pai, afirmando que passou uma noite divertida. Hernâni fica ciumento por perceber que Nicole está a ver um filme com Miguel, programa que não fazia com ele quando eram casados. Hernâni insiste em denegrir a imagem de Miguel, mas Nicole não acredita que este tenha andado a espreitar o decote de Sónia e corre com o ex-marido.

Júlia abre a porta a Urbano e, apesar de não ser tarde, diz que estava a preparar-se para dormir. O marido contenta-se a combinar o pequeno-almoço do dia seguinte. Júlia fecha a porta e fica muito pensativa.

Zé Maria bebe whisky e ao tentar destruir uma moldura com uma foto de Raquel, corta-se num pedaço de vidro partido.

Júlia decide contar toda a verdade sobre si e Duarte a Urbano. Fica constrangida quando o marido a vai buscar para tomarem o pequeno-almoço.

Raquel e Hugo decidem manter Babi como relações públicas da discoteca, atendendo a que fez um bom trabalho. Raquel diz decidida que vai barrar a entrada de Júlia, pois só ela e Hugo devem ter o protagonismo das revistas.

Roberto entrega um pano, contendo o objeto que Zé Maria lhe havia pedido. Quando o empregado vira costas, Zé Maria toma o peso a uma pistola, ostentando um ar decidido.

Zé Maria certifica-se de que a pistola que pediu a Roberto tem balas e coloca-a à cintura, saindo do clube logo a seguir, muito determinado.

Em casa, Raquel conta a Hugo que vai a casa de Mariana com a intenção de convencê-la a aceitá-lo.

Luísa leva Áurea para conhecer o ginásio, começando a aguçar-lhe o apetite para Ricardo. Lúcia fica incomodada por perceber o assédio que as duas clientes estão a fazer ao namorado. Enquanto Áurea se dirige ao balneário sem sequer se inscrever, Luísa, já equipada, começa o treino insinuando-se cada vez mais ao treinador.

Vera mostra-se impaciente para saber se vai ser contratada pela revista a que concorreu. Ester e Alberto mostram-se preocupados com Áurea, embora a mãe considere positivo que ela tenha querido começar a frequentar o ginásio. Já com Bruno a preocupação é maior, pois todos temem que ele não consiga lidar com a recente revelação de que o pai é homossexual e vive agora com outro homem. Alberto diz mesmo que Áurea devia fazer o teste do HIV, receando que possa ter contraído a doença por culpa da promiscuidade sexual de Aníbal. Incomodada com o rumo que a conversa tomou, Amélia decide retirar-se dizendo-se envergonhada com tanta modernice.

Áurea entra completamente nua pelo ginásio e choca todos os clientes presentes. Ricardo tenta tapá-la, com a ajuda de Luísa, mas a tarefa complica-se. O rebuliço generaliza-se à clínica, causando grande constrangimento, pois Áurea insiste em abraçar-se a Ricardo.

Numa esplanada, Júlia está prestes a contar a Urbano que beijou Duarte, começando por dizer ao marido que tem de ser completamente honesta com ele. A confissão é interrompida quando Urbano atende uma chamada da clínica, onde reclamam a sua presença, devido à crise de demência de Áurea.

Carminho e Ricardo conseguem arrastar Áurea para o gabinete de massagens, enquanto Lúcia pede desculpa aos clientes indignados. Carminho fala com determinação à irmã e obriga-a a vestir-se. Inês está com Duarte na agência de viagens e é avisada que a mãe está a ter uma crise, seguindo com o namorado para a clínica.

Gui despacha-se à pressa para sair de casa e mente a Mariana, dizendo que não vai jantar nem dormir, porque tem de estudar com colegas para mais um exame da faculdade. Mariana fica aborrecida mas acaba por se distrair com a chegada de Raquel, que consegue convencê-la a fazer um esforço para aceitar a sua relação com Hugo.

Zé Maria vagueia à beira rio e, depois de relembrar pormenores da sua dolorosa separação, telefona ao advogado e dá-lhe instruções para que o seu testamento beneficie exclusivamente a filha. A seguir vai para o carro com grande determinação, como quem vai concluir mais uma tarefa.

Inês chega á clínica e vai de imediato ao encontro da mãe. Duarte volta a ficar frente a frente com Júlia e pressiona-a a concordar que a história de amor entre ambos ainda não está terminada. O constrangimento aumenta com a chegada de Urbano que os obriga a disfarçar.

Inês, por seu lado, age com firmeza perante Áurea e ameaça tirá-la da clínica numa ambulância, caso ela não concorde em tratar-se. A mãe acaba por vergar e aceita regressar a casa, mas no caminho ainda deita uma provocação a Júlia, dizendo para que não se aproxime de Duarte porque ele é namorado da filha. Inês, furiosa, repreende Áurea com um grito.

Jorge prepara-se para comer rapidamente, queixando-se que Ivo está mais uma vez atrasado, deixando-o sozinho na loja. Nesse preciso momento, tem de deixar a refeição a meio com a chegada de um fornecedor que é obrigado a atender. Isabel conforta o irmão e atende Zé Maria, que acaba de chegar. O empresário pede um whisky, mas acaba por se contentar com uma cerveja, tomando-a enquanto vigia a entrada da loja de som. Luísa conta a Emília o escândalo que Áurea provocou no ginásio e na clínica de Urbano, mas ambas desviam a atenção para Zé Maria, antevendo mais problemas, agora com Hugo. Este acaba por adiar a ida para o shopping, uma vez que tem de voltar a casa.

Mariana que decidiu atenuar a ausência de Gui com uma ida ao centro comercial para fazer compras, avista Zé Maria no café de Isabel e vai ao encontro do pai. Mariana fica desconfiada que ele pode estar à espera de Hugo para chegar a vias de facto e leva-o para sua casa. Zé Maria acaba por aceder a acompanhar a filha, insistindo que está tudo bem consigo. Luísa fica decepcionada, pois estava a aguçar o apetite para mais um escândalo. Isabel e Emília sentem pena de Zé Maria e criticam a insensibilidade da amiga.

Ester, Alberto e Inês ralham com Áurea, cada um à sua maneira. O pai chega mesmo a dizer que a partir de agora só a deixa sair de casa acompanhada. Áurea volta a ficar inquieta, ao saber que Bruno foi com Aníbal conhecer o companheiro com quem ele vive. Chega mesmo a dizer que devem estar a ensinar coisas impróprias ao filho. Ester desabafa que, qualquer dia, é ela que tem de tomar comprimidos para os nervos.

Aníbal e Germano explicam a Bruno que não se consideram pessoas diferentes pelo facto de estarem juntos. Germano conta a Bruno que tem um quarto preparado para ele, sempre que quiser estar com o pai. Aníbal garante ao filho que não vai deixar que o magoem, pelo facto de ter um pai gay.

Zé Maria fala com Mariana e deixa a filha preocupada, pois dá a ideia de que não vai viver o tempo suficiente para ver a neta crescer. Raquel interrompe a conversa ao telefonar para dizer que está a caminho com Hugo. Zé Maria percebe e despede-se de Mariana, a pretexto de não se cruzar com eles. O empresário deixa o prédio em grande tensão e refugia-se no carro.

Ivo chega finalmente à loja de som e justifica a Jorge que se atrasou por estar doente, sem conseguir levantar-se. Jorge sai furioso e deixa-lhe a loja para ele tomar conta. Ivo tem uma tontura e quase cai no chão. Protesta sozinho porque ninguém acredita que está doente.

Cristóvão nem quer acreditar quando Sónia lhe mostra o vídeo que filmou enquanto faziam amor na loja. Fica em pânico quando Cátia aparece, temendo que ela perceba o que estão a ver. Sónia lembra a Cristóvão que a prima tem namorado e que nunca vai querer nada com ele.

Duarte desabafa com Gui, depois de se ter cruzado com Júlia outra vez. O irmão insiste que ele ainda não a esqueceu e que quer enganar-se ao assumir que pode ter o mesmo sentimento por Inês.

Urbano pergunta a Júlia o que queria contar-lhe com tanta urgência mas ela esquiva-se à resposta e diz que já não se lembra.

Raquel e Hugo chegam ao prédio de Mariana mas não conseguem entrar, impedidos por Zé Maria que lhes barra o caminho. Raquel ainda protesta mas fica petrificada ao ver o ex-marido sacar da pistola e desferir um tiro que derruba Hugo. Zé Maria vira depois a arma para Raquel, que grita, em pânico.

nas redes

pesquisar