SIC

Perfil

De segunda a sexta

Dancin' Days - Resumo de 30 de novembro a 6 de dezembro

Júlia revela a Mariana que é a sua mãe biológica; Duarte decide sair do país e Júlia incentiva-o

Júlia consegue entrar no prédio e escapar do violador. Alberto e uma vizinha vão ao seu encontro na escada, ajudando-a a entrar em casa. Amélia dá-lhe um copo de água, enquanto Ester se mostra muito assustada com o ataque a Júlia. Elias lembra que é importante ir ao hospital para fazer exames, uma forma de identificar o agressor perante as autoridades. Carminho e Alberto acompanham Júlia aos serviços de saúde.

Urbano regressa a casa cansado e um pouco ofegante. Recebe uma chamada de Isabel, que lhe agradece por a ter levado a casa. Jorge escuta a conversa da irmã e brinca com ela, insinuando que está muito íntima do médico. Isabel fica incomodada e diz ao irmão que só quis agradecer a gentileza de Urbano. Este acomoda-se, sozinho em casa, vendo com fixação a fotografia de Júlia, que tirou no centro comercial.

Raquel prepara em grande tensão a escolha do vestido de noiva de Mariana. Zé Maria esforça-se por tranquilizá-la, mas Raquel tem ainda como preocupação afastar Júlia da filha. Ameaça mesmo fazer com que a sobrinha nunca mais queira ver a mãe, em mais uma forte demonstração de ciúme.

Júlia presta o seu depoimento a uma agente da PSP no hospital e submete-se aos testes necessários que podem levar à detenção do agressor.

Duarte fica perplexo e muito pensativo quando Rodrigo, ao despedir-se, comenta que consta nos corredores diplomáticos em Bruxelas que ele conseguiu o lugar de assessor do ministro devido ao apelido que tem. Por momentos passa pela cabeça de Duarte que a mãe também moveu neste assunto as suas influências.

Júlia começa o novo dia a observar os hematomas que sofreu depois de ter lutado com o violador e tenta convencer-se de que o pior já passou.

Aníbal fica atrapalhado quando recebe, à frente de Inês, uma mensagem de Germano dizendo que gostava de voltar a vê-lo. Aníbal disfarça e sai para trabalhar, deixando à filha a tarefa de levar Bruno à escola. Áurea aparece ensonada e deprimida, indiferente aos cuidados que Inês lhe dispensa.

Perante as críticas de Amélia e a nova actividade de Ester, que vende comida para fora, Alberto procura compreensão em Elias, queixando-se do que tem de aturar. O rabino diz que se habituou a aceitar o que a vida lhe dá. Carminho aprova a ideia.

Carminho instiga Júlia a visitar Mariana, vestindo a pele de Cristina.

Zé Maria dá os bons-dias a Mariana e conforta-a, desculpabilizando-a por ter fugido de casa.

Raquel sai cedo de casa e faz uma espera a Júlia, ameaçando contar a Mariana que ela, Cristina, é a sua verdadeira mãe. Júlia retribui, ameaçando contar à filha que passou dezasseis anos presa por um crime que Raquel cometeu. Esta não se atemoriza, nem aceita abdicar do casamento de Mariana com Gui. Raquel vai embora, garantindo que vai fazer tudo para proteger a rapariga. Júlia quase explode de raiva.

Duarte demite-se, depois de confirmar junto do ministro dos negócios estrangeiros que foi escolhido para seu assessor a pedido de Teresa. O governante tenta dissuadi-lo, mas Duarte mantém a renúncia, argumentando que se trata de uma questão de princípio.

Teresa trata Francisco com indiferença e mostra que ainda está magoada pelo facto do marido ter vendido a propriedade no Alentejo sem a consultar. O advogado ainda tenta amenizar a fúria da mulher propondo um jantar a dois, mas Teresa deixa claro que não será um momento a dois a devolver-lhe a confiança perdida. Francisco recompõe-se rapidamente e liga a Cátia, que lhe exige que fale com as pessoas certas para gravar o anúncio de televisão que tanto deseja. Sónia, excitada, anuncia que já tem a cirurgia marcada para aumentar os seios. Cátia parece alheada e Sónia entrega-lhe um envelope que encontrou no chão. Cátia lê o poema que está lá dentro e Sónia diz logo que deve ter sido Cristóvão a escrevê-lo. Cátia diz que o rapaz é um doce e Hernâni pergunta se estão a falar com ele. As amigas correm com ele, desagradadas.

Hernâni segue para a loja de Nicole e apanha das boas, por ter faltado à assinatura do divórcio, fingindo estar doente.

Júlia visita Madalena na prisão e conta como foi atacada pelo violador. De repente repara que a amiga tem um pulso negro. Madalena confessa que tem sido importunada por outras reclusas, mas não quer que se saiba para não sofrer mais ataques.

Sereno mas magoado, Duarte comunica a Teresa que se demitiu do cargo de assessor do ministro e que vai sair de Portugal para escapar à influência constante que ele exerce sobre a sua vida. Teresa fica inconsolável e chora a perda do filho.

Mariana comenta com Nonô que está furiosa com Cristina e que lhe vai dizer das boas quando falar com ela. Acrescenta que está conformada com o casamento, contando que Gui também está disposto a empenhar-se na vida de marido e pai.

Gui acha que Duarte tomou uma decisão demasiado radical ao querer deitar tudo para trás das costas, saindo do país por causa da mãe. O diplomata confessa ao irmão que não sabe se valerá a pena contar a Júlia, convicto de que ela já refez a vida.

Nicole sente-se culpada por Júlia ter sido atacada.

Alberto começa a convencer Elias a tornar-se seu sócio no negócio dos leilões, mas o rabino rejeita delicadamente.

Luísa deixa Isabel envergonhada, insinuando que ela anda envolvida com Urbano.

Júlia fica entre a espada e a parede quando Duarte a procura, dizendo que a ama e que só sairá do país se ela não lhe pedir para ficar.

Júlia decepciona Duarte e diz-lhe que siga a sua vida, tal como ela já seguiu a sua. O diplomata resigna-se e vai embora, deixando-a com as lágrimas nos olhos. Júlia entra na loja e desabafa com Nicole, contando que afastou Duarte para sempre, confessando o medo de voltar a sofrer. A manicura consola a amiga e brinca com ela, perguntando se o príncipe encantado não tem um irmão mais velho. Júlia acaba por sorrir.

Hernâni ameaça despedir Miguel, desconfiado que o empregado contou a Nicole que ele fingiu estar doente para não comparecer à audiência do divórcio. Miguel consegue dar a volta à situação, dizendo que foi Nicole que lhe armou uma cilada para sacar a informação.

Vera conta a Carminho que quer comprar um spray de defesa pessoal para se defender do violador se ele se atravessar no seu caminho. A rapariga está convencida que Urbano é o agressor que atacou Júlia mas a prima garante que o médico, apesar de ser estranho, é boa pessoa.

Júlia responde a Nicole que a polícia ainda não a contactou, concluindo que não terá descoberto ainda quem a atacou. A manicura confessa que não fica descansada enquanto não prenderem o homem. Júlia conta que, para além do encontro imediato com Duarte, começou o dia a discutir com Raquel, que procurou, ameaçando contar a Mariana que ela mentiu, fingindo ser Cristina, para lhe extorquir dinheiro. A ex-presidiária, apesar de ter receio que a filha se afaste dela, mostra-se determinada em lutar por ela.

Raquel escolhe com Mariana o vestido de noiva, mas ela não se mostra entusiasmada, confessando a Nonô que até casava de jeans.

Gui mostra-se triste por Duarte querer deixar o país e o irmão desiludido por ele ter de casar tão novo.

Teresa impõe a Francisco que convença Duarte a reconsiderar a sua demissão, permanecendo como assessor do ministro. O marido fica contrariado mas não tem como recusar. Francisco desmarca o encontro que tinha com Cátia, deixando-a descontente. Sónia escuta o telefonema da prima e comenta, maldosa, que o namorado deve andar a enganá-la e que ainda perde a oportunidade de agarrar o admirador secreto que lhe escreveu o poema. Cátia mostra-se enfadada com a conversa.

Cristóvão duvida que Cátia leia o que lhe escreveu e mostra pouca confiança em conquistá-la. Ivo garante que se ela não ligou importância à primeira, não resistirá quando receber mais dedicatórias. Hugo lamenta ter contratado Ivo de novo, quando o meio-irmão perde dois clientes de uma só vez.

Jorge provoca Isabel, insinuando que ela está embeiçada por Urbano. Júlia quebra a conversa dos irmãos para dizer que foi chamada pela polícia, para identificar o suspeito de a ter violado.

Ester comprova com agrado que os seus rissóis estão no ponto para serem vendidos no café de Isabel. No entanto, desabafa com Amélia, pois está preocupada sem ter notícias de Áurea. Nesse momento, a filha ingere uma dose maciça de comprimidos. Ester tenta contactá-la mas o telemóvel está desligado, o que adensa a sua preocupação.

Júlia é chamada pela polícia e, apesar de todo o nervosismo que evidencia, consegue identificar o violador.

Isabel não suporta mais o atraso de Urbano e não resiste a telefonar-lhe. O médico atende ofegante, pois está a mudar o pneu do carro por causa de um furo e pede desculpa pelo atraso.

Mariana liga a Júlia, pensando que fala com Cristina e marca um encontro com ela, envenenada pela história que Raquel urdiu para as afastar de vez.

Inês regressa a casa com Bruno, deparando-se com Áurea prostrada no chão. A arquitecta chama os paramédicos que levam a mãe para o hospital, perante a aflição de Bruno.

Teresa ultima os pormenores do casamento de Gui, pensando com tristeza em Duarte, que agora a despreza. Natércia esforça-se por atenuar o sofrimento da patroa.

Francisco tenta convencer Duarte a voltar ao trabalho, mas acaba por conformar-se com a decisão do filho, que quer afirmar-se na vida pelo seu próprio mérito, mantendo a decisão de afastar-se do país e da família. Duarte conquista a cumplicidade do pai e pede-lhe o iate emprestado para encetar a sua viagem. O advogado acede ao pedido do filho mais velho.

Mariana sai de casa ao encontro de Cristina e Elvira previne Raquel. Esta, em pânico, arrasta consigo Zé Maria para impedir que a rapariga se confronte com a mãe verdadeira. Mariana conversa com Júlia de forma agressiva, pensando que se trata de Cristina, a mulher que se aproximou dela para extorquir dinheiro à família. A rapariga grita que nunca mais a quer ver e Júlia só percebe a cilada que Raquel lhe armou, quando a irmã surge com Zé Maria arrastando Mariana consigo para dentro do carro. Júlia percebe que não tem saída e revela-se finalmente, gritando para Mariana que é a sua mãe. A rapariga estaca com espanto, enquanto Raquel e Zé Maria ficam atónitos com o desfecho deste encontro.

Mariana fica estupefacta ao ouvir Júlia gritar que é sua mãe. Raquel arrasta a sobrinha para dentro do carro e Zé Maria arranca, deixando Júlia para trás. O empresário conduz durante algum tempo, ouvindo Raquel a tentar convencer Mariana de que Cristina é uma mulher desiquilibrada. A dada altura, Zé Maria estaca bruscamente o carro e força a mulher a contar toda a verdade. Mariana nem quer acreditar que, afinal, Cristina é Júlia, a sua mãe biológica. Muito irritada, crítica Raquel e Zé Maria por lhe terem mentido. Raquel fica muito nervosa com toda a situação e em pânico perante a determinação de Mariana, que exige falar com a mãe, para que ela se explique a razão de se ter mantido afastada durante tantos anos.

Inquieta, Júlia regressa ao centro comercial e conta a Nicole como correu o encontro com a filha. Júlia confessa temer que Raquel influencie Mariana contra si.

Mariana entra desesperada em casa e enfia-se no quarto. Raquel destila ódio contra Júlia e deixa escapar que devia ter arranjado alguém para a ameaçar a sério. Zé Maria censura esta atitude e deixa bem vincado à mulher que quer fazer tudo dentro da legalidade, sugerindo que é sempre possível recorrer à Justiça para conseguir que Júlia não se aproxime mais de Mariana. Raquel acalma-se e começa a desenhar o futuro próximo da rapariga, que passa por não ir mais às aulas para se resguardar de comentários sobre a gravidez.

Isabel conversa com Júlia e Nicole quando Urbano entra no café. Isabel apresenta as amigas ao médico, que fica muito atrapalhado com a presença de Júlia e envergonhado por ficar a saber que Vera e Carminho o elogiaram como patrão e pessoa. Urbano oferece uma massagem a Nicole e Júlia e despede-se com gentileza, mas olhando a ex-presidiária de forma especial. Nicole repara e brinca com Júlia. Jorge entra no café e conta que Áurea foi para o hospital, depois de ter sido encontrada inanimada em casa. Jorge diz que vai ter com Carminho e depois dará notícias.

Áurea fica livre de perigo e recebe a visita de família. Aníbal mostra-se compreensivo depois da tentativa se suicídio da mulher, mas também angustiado, pois o médico avança que ela só terá alta depois de observada por um psiquiatra.

Urbano confessa a Isabel que está apaixonado, dando a ideia de que á por ela que nutre esse sentimento. Assim, Isabel alimenta a conversa, na esperança de que o médico lhe declare esse amor. Urbano, por seu lado, estranha os elogios desmedidos que Isabel lhe faz, adiantando que vai tentar arranjar coragem para se declarar à mulher por quem se apaixonou.

Miguel faz uma visita a Nicole e, depois de lhe ouvir mais um rol de queixas sobre Hernâni, avança para ela e beija-a de forma arrebatada. A manicura é apanhada de surpresa mas acaba por gostar. Já Miguel, finge-se atrapalhado e sai do apartamento como uma criança envergonhada.

Hernâni contempla as jovens que passeiam no centro comercial, ao mesmo tempo que se mostra agradado por saber que Sónia decidiu aumentar os seios. Hugo aparece nesse momento e comenta que o violador que andava a atacar no bairro, já foi detido. Emília acrescenta que foi Júlia a identificá-lo, enquanto Hernâni dá conta de um outro crime que foi cometido num multibanco. Emília censura-o por comentar, quase a babar-se, a beleza de Babi que foi à procura de Hugo, a pretexto de adquirir uma aparelhagem nova.

Hugo encaminha Babi para a sua loja e é convidado para jantar com ela, aproveitando o facto de ir montar a aparelhagem nova. Babi apressa-se a dizer que vai estar sozinha porque a filha vai ficar em casa de uma amiga. Hugo é forçado a afastar Ivo, que está prestes a fazer comentários desagradáveis sobre a amiga do irmão.

Ester e Alberto estão arrasados com a tentativa de suicídio de Áurea. Elias esforça-se por animá-los mas Ester fica ainda mais triste, preocupada com o sofrimento dos netos. Alberto comenta com Júlia a detenção do violador e Amélia exulta por terem detido mais um marginal. Vera mostra-se desapontada por ter-se enganado ao suspeitar de Urbano. Júlia conta que o conheceu de tarde no café, apresentado por Isabel.

Aníbal sente-se culpado por Áurea ter tentado matar-se. Inês diz que só a mãe poderá explicar o que lhe passou pela cabeça.

Júlia tentar falar com Mariana, mas é obrigada a deixar-lhe uma mensagem emocionada, pedindo uma oportunidade para se explicar, por ter estado afastada dela tanto tempo.

Mariana esconde o telemóvel quando Raquel entra no quarto para saber como ela está. Raquel esforça-se por denegrir a imagem de Júlia e pede para que a rapariga não a coloque à parte, se decidir falar com a mãe. Mariana garante que não tenciona fazê-lo tão cedo e concorda em fazer uma pausa nos estudos, até ter o bebé. Raquel fica mais descansada e sai do quarto, enquanto Mariana volta a olhar para o seu telemóvel.

Teresa não esconde a decepção ao saber que Francisco não conseguiu demover Duarte do propósito de viajar. Para preencher o vazio que sente, propõe-se apoiar de perto o filho mais novo, cuidando de todos os detalhes do casamento com Mariana. Francisco poisa a sua mão na da mulher, dizendo que hão-de ultrapassar juntos este mau momento, mas Teresa rejeita-o, deixando claro que não o perdoou.

Duarte traça a rota da sua viagem e Gui confessa ao irmão que vai sentir a sua falta. O clima entre os dois é de grande cumplicidade e apoio mútuo.

Antes de sair de casa, Raquel certifica-se de que Mariana ali vai ficar e que não vai falar com Júlia. Gui chega e faz companhia à namorada, agora noiva. Mariana deixa Gui estupefacto ao contar que foi procurada pela mãe verdadeira, revelando que Raquel é sua tia e tutora. Gui fica curioso para escutar toda a história que Mariana se prepara para lhe contar.

Inês e Bruno vão tomar o pequeno-almoço a casa dos avós. O rapaz pede a Ester para visitar Áurea depois da escola, preocupado com a saúde da mãe. Paulo diz ao amigo que podem fazer o que ele tiver na vontade, para se distrair. Bruno, agradece o gesto do amigo.

Júlia sai de casa para caminhar um pouco e Dulce aparece do nada, pedindo-lhe ajuda, pois saiu da cadeia e já se meteu em apuros. Dulce conta que assaltou uma bomba de gasolina e esfaqueou o homem da caixa. Júlia, preocupada por tornar-se cúmplice do crime, tem dificuldade para decidir o que fazer.

Dulce pressiona Júlia para que a ajude a fugir da polícia, cobrando a protecção que lhe deu, quando dividiram cela na cadeia. Júlia acaba por ceder, dando-lhe algum dinheiro. Na despedida, aconselha Dulce a não se meter em mais sarilhos.

Ester está ansiosa por visitar Áurea e Inês diz à avó que é melhor falar primeiro com o médico. Elias oferece-se para levar Bruno a passear uma vez que tem de ir à sinagoga despedir-se do rabino, antes de regressar a Israel. Paulo também quer ficar com o amigo, sem ir à escola, mas Amélia não permite que faça gazeta. Elias confessa que está na altura de regressar a casa, mas que vai sentir saudades dos amigos de Lisboa.

Mariana mostra-se dividida entre conhecer Júlia e a raiva que sente por ela ter estado ausente da sua vida até agora. Gui desabafa que a sua mãe é exactamente o oposto, por estar sempre a controlar-lhe a vida. Por outro lado, acaba por dizer que no caso de lhes estar a organizar o casamento, até dá jeito.

Gui acaba por contar a Mariana que Duarte não vai ao casamento por se ter zangado com os pais e ter terminado com uma namorada. Gui tem a convicção que este até é o principal motivo para o irmão estar de viagem programada para a Índia. Ignora que a namorada de Duarte era Júlia, a mãe verdadeira de Mariana.

Francisco e Duarte despedem-se com tristeza, mas também com humor. O advogado recomenda ao filho que tome cuidado na sua expedição.

Ana procura Júlia para saber se Dulce a contactou, pois quer sensibilizá-la para que se entregue à polícia, beneficiando dessa atenuante para o crime que cometeu. Júlia mente e diz que nunca mais esteve com Dulce desde que saiu da prisão. Aproveita para pedir à assistente social que tente transferir Madalena, pois a amiga tem sido alvo de maus-tratos de outras reclusas. Ana promete falar com o director da cadeia.

Hernâni surpreende Nicole e Miguel aos beijos no stand, em cima de um carro. O escândalo é inevitável e Miguel é despedido, acusado de traição. Hernâni tenta fazer valer o facto de ainda ser casado, mas Nicole deixa-o a falar sozinho acenando e garantindo que o divórcio é apenas uma questão de tempo. Hernâni fica destroçado.

Cátia recebe mais um poema mórbido do seu admirador secreto e fica horrorizada. Emília também lê e concorda que o poema é demasiado mau. Cátia palpita que só pode ter sido Ivo a escrever tal coisa, pois apesar de saber que Cristóvão é apaixonado por ela, não seria capaz de se revelar. Decidida vai confrontá-los à loja de Hugo. Ivo nega ser o autor dos poemas e ajuda Cristóvão a descartar-se quando ela o questiona. Ivo fica indignado por Cátia dizer mal dos poemas que encontrou mas disfarça. Cristóvão fica desanimado, pois a estratégia para conquistar Cátia, não está a resultar.

Aníbal e Inês recebem com perplexidade a notícia de que Áurea é bipolar. O psiquiatra tenta tranquilizá-los dizendo que, apesar da doença não ter cura, é perfeitamente controlável. Aníbal sente-se perdido, enquanto Inês consegue arrancar um sorriso ténue à mãe, garantindo que, todos juntos, vão ajudá-la a lidar com a doença.

Babi desdobra-se em entrevistas na promoção das festas do Dancin’ Days. Raquel queixa-se de que nem têm tempo para pôr a conversa em dia. A sós com Zé Maria, conta ao marido que só convenceu a directora do colégio de Mariana a aceitar a pausa da rapariga nos estudos, quando garantiu pagar as mensalidades até ao fim do ano lectivo. Raquel culpa Júlia pela instabilidade de Mariana.

Júlia continua a conversar com Ana e conta o drama que tem vivido para se aproximar da filha, obrigada a lutar contra as manipulações de Raquel. Ana aconselha-a a insistir em falar com Mariana, explicando-lhe tudo o que se passou consigo. A assistente social, depois de conhecer Nicole, agradece-lhe por ter dado uma oportunidade a Júlia de se reintegrar na sociedade, Esta continua a negar ter estado com Dulce.

Raquel conversa no ginásio com Babi e tem de esforçar-se para não revelar o ciúme que sente, quando a amiga lhe conta que foi tomar uma bebida com Hugo e que tenciona conquistá-lo no próximo encontro.

Júlia vai à clínica convidar Carminho para almoçar e fica excitada por saber que Raquel também ali está, pois quer dizer-lhe das boas por a ter afastado de Mariana. Carminho pede-lhe que não faça escândalo e leva-a para o bar. Urbano avista Júlia a conversar com a amiga e aproxima-se dela. Trata-a com tanta amabilidade, que Carminho fica de boca aberta. Quando o médico regressa ao seu gabinete, Carminho brinca com Júlia, dizendo que ainda a vai ter como patroa, pois Urbano engraçou com ela.

Jorge mete-se com Isabel, insistindo em que ela está interessada em Urbano. A irmã não resiste a confessar, obrigando-o a prometer segredo. Alberto toma café com Carlos Manuel, um homem que conheceu num leilão e que lhe concede sociedade num negócio de tecidos, seduzindo-o com uma margem de lucro fora do comum.

Nicole comenta no café que a mulher que anda a monte por ter assaltado uma bomba de gasolina esteve presa com Júlia. Isabel mostra-se impressionada, imaginando os relacionamentos de Júlia na cadeia.

Júlia aborda Raquel e tem dificuldade em controlar-se para não agredir a irmã, que a provoca ao justificar porque continua a afastá-la de Mariana. Carminho insiste para que procure a filha, mas Júlia começa a duvidar se não será melhor desistir.

Mariana desabafa com Nonô e afirma que algo de estranho se passa com Júlia, como se estivesse a esconder algo que justifique o facto de se ter mantido longe tanto tempo. A amiga concorda com ela, mas Mariana está prestes a desistir de falar com a mãe.

Dulce, acossada pela polícia faz uma refém, mantendo a idosa sequestrada. Júlia é avisada de que a televisão está a transmitir o incidente em directo e decide tentar ajudar a amiga. Nicole, Jorge e Ivo tentam demovê-la, mas em vão.

Raquel não cabe em si de contente, pois Mariana estranha que Júlia a tenha abandonado ao nascer, garantindo que, pêra si, Raquel é a sua verdadeira mãe.

Duarte, emocionado, despede-se de Gui, desculpando-se por não assistir ao seu casamento.

Dulce entrega-se à polícia ao ver Júlia que a aconselha a tomar essa decisão. Já algemada, Dulce cospe na cara de Júlia e promete vingança, convencida que foi ela a denunciá-la.

Júlia regressa a casa e é recebida com grande preocupação por Ester e Amélia, depois de ter tentado fazer com que Dulce se entregasse à polícia. Alberto questiona como é que ela se foi meter naquela confusão, enquanto Bruno e Paulo se mostram impressionados com o perigo que Júlia correu. Esta culpa-se por não ter conseguido ajudar mais a antiga companheira de cela. Elias conforta Júlia, dizendo que ela não podia ter feito mais por Dulce.

Dulce é alvo de troça quando regressa à cadeia e reage com agressividade. Madalena diz não acreditar que Júlia a tenha traído mas, mesmo assim, Dulce ameaça vingar-se quando sair.

Para aliviar a tensão, Júlia ajuda a preparar o jantar de despedida de Elias. Ester diz estar preocupada com Bruno, segura de que o neto está a sofrer com a tentativa de suicídio de Áurea. Com efeito, Bruno confessa a Inês que ficou traumatizado por ter encontrado a mãe caída no chão, enquanto a irmã se esforça por distraí-lo ao garantir que Áurea regressará a casa em breve. No hospital, Aníbal acarinha a mulher, num clima de rara cumplicidade. Áurea confessa que apesar de todas as divergências ainda gosta muito dele.

No final do jantar, Elias agradece à família Galvão a forma como foi recebido, dirigindo palavras de apreço aos presentes, com uma saudação muito especial para Ester, sua amiga de sempre.

Aníbal e Inês confortam Bruno, que sente a falta de Áurea por não estar sentada à mesa com eles. O pai e a irmã garantem que em breve a mãe estará de volta.

Miguel faz uma visita a Nicole e leva consigo um presente que oferece a Tânia. Quando ficam sozinhos, Miguel e Nicole beijam-se apaixonadamente e quase são surpreendidos pela rapariga, que regressa á sala para que a mãe lhe assine um teste. Nicole livra-se da filha e leva Miguel para a cozinha, onde podem dar asas ao seu amor, sem serem incomodados.

Depois de mais um ensaio, Urbano confessa a Isabel o desejo de se declarar à mulher por quem está apaixonado. Pensando que o médico se refere a ela, Isabel sugere-lhe que não perca tempo, entusiasmada. No entanto Urbano não avança, levando-a a pensar que ele precisa de algum tempo para ultrapassar a timidez. Quando Isabel vai embora, Urbano volta a olhar apaixonado para a fotografia de Júlia.

Teresa resmunga por não se conformar com o facto de Duarte não assistir ao casamento de Gui. Este, irrita ainda mais a mãe quando informa que vai divertir-se com os amigos na sua despedida de solteiro, contando para isso com o apoio de Francisco. A sós com o marido, Teresa informa-o que decidiu retirar-lhe a gestão dos seus bens de família, depois de Francisco ter vendido parte do património para pagar dívidas. O advogado fica aborrecido mas esforça-se por não demonstrar o seu desagrado.

Zé Maria nota que Mariana não demonstra qualquer entusiasmo com o seu casamento. Raquel desvaloriza, dizendo que todas as noivas reagem dessa forma.

Júlia, recorda com tristeza o dia em que deu à luz e o momento em que se separou da filha, bem como as falsas promessas de apoio que Raquel lhe fez.

Duarte acaba de fazer a mala e leva dentro dela uma fotografia de Júlia.

Gui faz a sua despedida de solteiro no clube onde Cátia dança e pede para ter um encontro privado com ela. No entanto, acaba a noite, num hotel, com outra rapariga. Acaba por adormecer e chegar a casa de manhã, provocando grande irritação a Teresa. A mãe lembra-lhe, indignada, que é o dia do seu casamento. Gui vai dormir, desvalorizando o mau humor da mãe e recebe uma chamada de Duarte, que se despede dele, desejando-lhe sorte.

Isabel confessa a Luísa e Cátia que está apaixonada por Urbano. Luísa exulta, dizendo que afinal tinha razão. O médico aparece nesse instante no café. Deixando Isabel entusiasmada, pensando que ele vai finalmente declarar-se. No entanto, o médico dirige-se à mesa onde Júlia se encontra e, oferecendo-lhe um anel, pede-a em casamento. Depois de se refazer da surpresa, Júlia recusa delicadamente a proposta e Urbano vai-se embora envergonhado com a humilhação. Isabel não contém as lágrimas e chora, arrasada. Luísa e Cátia olham-na, cheias de pena.

Duarte faz-se ao mar e não resiste a lançar um último olhar para terra, em jeito de despedida.

Júlia comenta com Nicole, ainda incrédula, o pedido de casamento que Urbano lhe fez. Babi entra nesse instante para arranjar as unhas e conta que está a preparar-se para o casamento de Mariana. Júlia toma a decisão de impedir o casamento da filha e faz-se passar pela manicura que vai tratar das unhas da noiva, enganando Elvira. Mariana rejeita a mãe, mas Júlia impõe-se, dizendo que está ali para impedir que ela estrague a sua vida. Revela que não a abandonou, apenas esteve ausente por ter passado dezasseis anos na cadeia. Mariana fica expectante quando Júlia afirma que ela vai ser a primeira pessoa a saber o que realmente se passou, naquela noite fatídica.

nas redes

pesquisar