SIC

Perfil

Orlando suicida-se!

Barricado dentro da sua oficina e pressionado pela polícia, Orlando faz explodir uma bomba

(c).RuiCarlosMateus.1954

Jonas sai de carro com Rita, Alex e Pedro para ir à praia. Do outro lado da rua, Orlando está a observá-lo com a mão no detonador mas ao ver os miúdos hesita e tira uma pistola do bolso. Jonas enfia a cabeça no carro para ajudar Alex com o cinto e não vê Orlando aproximar-se mas Duarte, que entretanto está a chegar para ir buscar Pedro, vê o mecânico e grita por Jonas que ao virar-se tem Orlando de arma apontada para si. Duarte tenta manipular Orlando e Jonas procura tirar-lhe a arma que dispara atingindo Duarte de raspão junto às costelas. Orlando escapa e Jonas socorre Duarte que se está a esvair em sangue. Duarte telefona a Joana e pede-lhe para ir ter com ele à clinica.

Jonas explica a Teresa que Orlando é o pai de uma antiga namorada da universidade e que não o via há anos. Jonas lembra-se que a filha se suicidou uns meses depois de a ter conhecido mas garante que não foi por causa dele que ela se matou. Jonas lembra-se que a miúda foi violada numa festa por Fred mas nunca foi possível provar. Jonas ainda tentou ajudá-la mas passado algum tempo tornou-se impossível manter a relação.

A PJ é avisada do sucedido e segue imediatamente para o hospital para falar com Jonas e Duarte. A polícia começa a achar que Tó Zé e Orlando são cúmplices. A única coisa que não percebem é a ligação a Inácio. Temendo pelo bem-estar da família, Teresa decide ficar com Inês enquanto Orlando não é detido. Jonas, entretanto, confirma junto da Polícia que havia mesmo uma bomba no carro dele. Duarte acredita que Orlando não vai desistir enquanto não apanhar Jonas. Entretanto, a PJ descobre que Inácio estava no Instituto de Medicina Legal quando a filha de Orlando foi violada mas a prova nunca pôde ser usada porque foi corrompida devido a um erro na manipulação. Inácio foi afastado mas um mês depois estava a trabalhar na clinica de Henrique, que era muito amigo do pai de Fred.

Na oficina, Orlando vai buscar o dinheiro que tem e prepara-se para fugir quando aparece um carro da polícia. Orlando liga a Vítor e pede-lhe para ir à oficina ter com ele. Quando Vítor chega é surpreendido pela Polícia e adianta apenas que sabe que o patrão está na oficina porque foi ele que o mandou ir lá ter. Orlando tenta fugir mas é rodeado pela polícia e volta a entrar no armazém dizendo que vai fazer explodir tudo. Isto enquanto tenta fabricar uma bomba à pressa. O inspetor da PJ tenta meter conversa com ele e mostrar-lhe que já sabe o que se passou com a filha mas Orlando não quer saber de nada. Até vão buscar Tó Zé para o convencer e quando estão quase a desistir Orlando diz-lhes que se entrega. No entanto, momentos depois, agarra no detonador e faz-se explodir depois de dar um beijo na fotografia da filha e de lhe pedir desculpa. Vítor e Tó Zé ficam em choque.

nas redes

pesquisar