SIC

Perfil

Catarina agride a própria mãe deixando-a inconsciente!

Catarina entra em pânico quando Maria decide denunciá-la à polícia pela morte de António e Diogo e sem saber o que fazer para a impedir, a vilã agride violentamente a mãe!

(c).RuiCarlosMateus.1954

Maria fica em estado de choque e muito enervada quando descobre no IPO que Catarina nunca esteve doente, através do médico que pensava ser o da filha. Devastada pelo desgosto, Maria deixa o hospital a chorar e tenta ligar à filha mas a chamada vai parar à caixa de mensagens. Num misto de tristeza e raiva, Maria despedaça o seu telemóvel contra o chão.

Catarina regressa a casa com Leandro, depois da lua-de-mel e estranha que a mão não a tenha ido buscar ao aeroporto e que tenha o telemóvel desligado. Leandro acha que Maria só não os foi receber por estar a trabalhar mas Catarina fica inquieta.

Nesse momento, Maria vagueia pela zona da Ribeira, de lágrimas nos olhos e uma angústia sem fim por ter sido mais uma vez enganada pela filha.

Depois de descobrir que Catarina a enganou mais uma vez, fingindo que estava doente com cancro, Maria confronta a filha em casa com a sua mentira e ela justifica que fez o que fez para voltar a ter o seu amor e atenção. Maria fica de tal forma alterada que ameaça denunciá-la à polícia pelas mortes de António e Diogo, virando-lhe as costas. Num acto de desespero, Catarina desfere-lhe um golpe violento na cabeça, que a derruba e faz sangrar. Percebendo a gravidade do seu gesto, Catarina baixa-se e segura a mãe, chorando horrorizada e convencida de que a matou, pois Maria parece der o último suspiro.

Catarina fica em pânico e abana o corpo de Maria, suplicando-lhe que não morra. Leandro telefona-lhe durante aquele momento de desespero e ela não o atende. Com grande esforço, Catarina arrasta o corpo da mãe e coloca-o dentro da bagageira do carro. Depois, sempre ofegante, trata de eliminar os vestígios de sangue que ficaram no chão da sala.

nas redes

pesquisar