SIC

Perfil

Henrique age nas costas dos irmãos e vende a casa da Quinta

Ao saber que Henrique já tinha um potencial comprador, Duarte exerceu o direito de preferência mas o irmão vendeu a casa na mesma

(c).RuiCarlosMateus.1954

Maria Helena faz uma visita à casa da Quinta pois tem a intenção de a comprar. Henrique acaba por convidá-la para almoçar para discutirem o preço e a empresária pede-lhe para mostra a casa aos filhos. Duarte fica desagradado por saber que ela está interessada no negócio, quase exigindo a Henrique que não se esqueça da conversa que teve com ele e com as irmãs. Henrique ri, provocador e Maria Helena percebe que Duarte não gostou da ideia de ela comprar a casa.

Maria Helena aguarda junto de Henrique com impaciência pela chegada dos filhos, que vão visitar a casa da Quinta. Assim que eles chegam, apresenta-os a Henrique, que assim conhece Nuno, Raquel e Tiago.

Henrique acaba de mostrar a casa da Quinta aos filhos de Maria Helena e quer Nuno, quer Raquel, ficam entusiasmados. Tiago, ao contrário, mostra-se indiferente e desaponta a mãe com a sua indiferença ao vincar que tenciona passar mais tempo em Lisboa e que por isso a aconselha a seguir a opinião dos irmãos. Nuno também não gosta do comentário do irmão, mas não diz nada. Maria Helena aperta a mãe de Henrique e decide avançar para a compra da casa.

Ao saber que Henrique acertou com Maria Helena a compra da casa da Quinta, Duarte exerce o direito de preferência e diz ao irmão que com Benedita e Teresa quer cobrir a proposta que a empresária lhe fez. Henrique provoca-o mas acaba por aceitar a sua pretensão, dizendo que pode ir passando o cheque. Duarte telefona a Teresa e a irmã, apesar de considerar que vão gastar muito dinheiro, dispõe-se a ajudar na compra, comprometendo-se a falar com Benedita.

Maria Helena recusa-se a desistir da compra da casa da Quinta em favor de Duarte e intima Henrique a dizer quanto é que quer a mais para lha vender, prometendo fazer o que for necessário para que ele fuja sem problemas aos impostos. O médico hesita, pois está comprometido com o irmão.

Duarte fica em choque quando Henrique falta à palavra dada e decide vender a casa da Quinta a Maria Helena. Duarte insulta o irmão e acusa-o de estar a ceder à tentação de receber dinheiro por debaixo da mesa. Henrique mantém o seu ar arrogante e provocador e insiste para que ele deixe a casa o mais depressa possível.

Henrique entrega a Maria Helena as chaves da Quinta, colocando-se ao seu dispor para o que ela precisar. Tiago reafirma à mãe que foi um disparate comprar uma casa tão grande, mas ela anseia por ganhar um lugar na sociedade portuense e esquecer as suas origens humildes. A empresária fica desiludida por Tiago não dar sinais de querer dividir a casa com ela e com os irmãos. O filho deixa claro que vai viver a sua vida e ruma a Lisboa, dizendo que tem lá assuntos para resolver. Maria Helena resigna-se e vai até à cozinha conversar com Olga que já está a adiantar o jantar. Interessada em perceber a ligação de Maria à família de Henrique, fica a saber que eles tiveram uma filha juntos, que ele só reconheceu mais tarde. Maria Helena vai depois à sala de provas e encontra Duarte que está a arrumar as suas coisas para sair da casa. Ela pede-lhe que permaneça, mas Duarte informa-a de que se vai instalar num armazém perto da vinha e assegura que não lhe guarda rancor por ter comprado a casa que ele queria manter na família.

nas redes

pesquisar