SIC

Perfil

Diogo e Catarina conseguem uns pulmões para Patrícia

Depois da ameaça de Isabel, Diogo é forçado a recorrer ao mercado negro para salvar Patrícia

Victor Freitas\302\251

Diogo conta a Catarina que Patrícia está num estado muito grave e que não está a ser fácil encontrar os pulmões para o transplante. Catarina fica furiosa e assume que é capaz de matar para conseguir o que quer, quando o marido mostra reticencias ao recurso ao mercado negro. Diogo fica preocupado com a obstinação de Catarina.

Isabel fica muito angustiada e à beira das lágrimas quando Patrícia começa a despedir-se dela, convencida de que vai morrer em breve.

Catarina confessa que está a ficar muito desgastada porque nunca mais conseguem arranjar os pulmões para que Patrícia faça o transplante. Diogo conta que estabeleceu contacto com um médico amigo e que está a tentar obter o órgão no mercado negro.

Diogo recebe a notícia de que estão disponíveis os pulmões de que Patrícia precisa para fazer o transplante mas é avisado de que há um paciente à sua frente para fazer a cirurgia. Catarina não está disposta a perder a oportunidade de garantir que Isabel gere o seu filho e obriga o marido a fazer o impossível para garantir que será Patrícia a fazer o transplante.

Catarina conta a Isabel que acabou de garantir os pulmões de que Patrícia precisa para fazer o transplante e exige-lhe que faça a inseminação artificial assim que a filha sair do bloco operatório. Isabel resiste mas acaba por aceitar as condições e corre a avisar a filha de que já pode ser operada e ter uma vida normal. Patrícia fica mais animada e parece ir buscar forças onde elas já não existiam.

O cirurgião de Patrícia comunica que os seus exames permitem que se faça o transplante pulmonar e dá indicações de que devem ser iniciados todos os procedimentos. Patrícia exige a Isabel que traga Pedro à clínica pois quer falar com ele antes de ser operada.

Catarina fica muito entusiasmada ao saber que Patrícia pode fazer o transplante e confessa a Diogo que, embora ansiosa, também está preparada para fazer avançar para a gravidez assistida de Isabel.

Patrícia e Pedro conversam pela última vez antes do transplante e ela entrega-lhe o seu mp3 para que fique com ele caso lhe aconteça alguma coisa. Pedro recusa-se a acreditar que algo possa correr mal. Isabel também se despede com emoção da filha antes de ela ir para o bloco operatório.

Isabel abraça comovida o enfermeiro André quando ele lhe diz, já de manhã que a filha está no recobro, que o transplante correu bem e que ela está fora de perigo. Quase de seguida, Vasco também aparece na clínica e tenta demover Isabel de fazer a inseminação artificial para gerar o filho de Catarina e Diogo. Isabel diz que vai manter a sua palavra e vai ter com Catarina e Diogo, anunciando-lhes que está pronta para cumprir a sua parte do acordo.

Isabel conversa com o cirurgião que fez o transplante pulmonar de Patrícia e ele não esconde que a rapariga ainda corre risco de vida, pois metade dos pacientes acaba por não resistir. Apesar disso, Isabel mantém a Fé e assume que ter cinquenta por cento de hipóteses de cura é melhor do que nada.

Isabel aproxima-se da zona de isolamento em que Patrícia se encontra e fica comovida ao observar a filha está entubada e a dormir.

nas redes

pesquisar