SIC

Perfil

Miguel é o culpado pelo desaparecimento de Pedro

Pedro dá sinais de vida e culpabiliza Miguel pelo seu desaparecimento

Duarte pressiona as autoridades para não abrandarem as buscas, quase exigindo que lhe apresentem notícias sobre o paradeiro do filho. Joana percebe a sua angústia, mas faz-lhe ver que a Polícia Judiciária tem estado a fazer o seu trabalho. Duarte alvitra a possibilidade de ir às televisões falar do caso do desaparecimento do filho.

Duarte sofre com o desaparecimento do filho e expressa a Joana alguma esperança em que o detective que contratou possa descobri-lo. Entretanto, recebe uma chamada da SIC para dar uma entrevista. Joana acha que isso dará mais visibilidade ao caso e Duarte liga a Beatriz para a avisar.

Duarte não contém a sua impaciência depois de o inspector da PJ que investiga o desaparecimento de Pedro assume que não têm qualquer pista para localizar o miúdo, aconselhando a que se preparem para o pior. Joana tenta acalmar Duarte e ele percebe que se excedeu.

Duarte não se conforma com o desaparecimento do filho e vai procurá-lo durante a noite, junto dos pontos em que os sem-abrigo recebem os alimentos das diversas associações de solidariedade.

Duarte regressa a casa já de madrugada, destroçado por não ter encontrado qualquer pista para localizar o filho. Joana aninha-o no seu colo, penalizada com o sofrimento que ele exibe.

Duarte combina encontrar-se com Beatriz para irem juntos para a entrevista que vão dar à SIC. Joana anima o namorado depois de ele desligar a chamada e mostra-se convencida de que a ida à televisão pode fazer com que Pedro apareça.

Enquanto Beatriz acaba de se despachar para ir com Duarte à SIC, este vê uma carta perdida que se apressa a ler. A ex-mulher tira-a das mãos dele e esclarece que se trata de uma carta que escreveu para o filho. Joana acha a atitude muito saudável para que ela mantenha a sanidade mental. Duarte recebe uma chamada no momento em que Beatriz já está em lágrimas e do outro lado escuta a voz de Pedro que lhe pede para o ir buscar.

Duarte fala com Pedro de forma atabalhoada, desejoso de perceber se ele está bem. O miúdo revela que está em Faro e pede-lhe que o vá buscar. Beatriz precipita-se para o telefone e fala também emocionada com o filho. Duarte insiste para que não saia do local onde se encontra e diz que vai mandar a polícia ao seu encontro e que está de saída com a mãe para ir ter com ele. Joana desabafa que o pesadelo acabou mas Duarte afirma que isso só acontecerá quando abraçar Pedro.

Duarte e Beatriz reencontram-se emocionados com Pedro na esquadra de Faro, cobrindo o filho com os seus abraços. Joana assiste comovida à cena.

Ainda na esquadra em Faro, Duarte e Beatriz, depois de garantirem a Pedro que não se vão zangar com ele, bombardeiam-no com perguntas tentando perceber o que é que o levou a fugir. O filho conta que soube que o pai vai morrer por ter a mesma doença do avô e Beatriz fica surpreendida com o que ouve. Duarte esclarece que os exames que fez deram resultado negativo e Joana acrescenta que ele apenas tem um tumor benigno numa perna e que depois da cirurgia ficará bem. Pressionado pelos pais para revelar quem lhe disse que o pai estava a morrer, Pedro conta que foi Miguel, deixando Duarte furioso e Beatriz estupefacta. O miúdo diz que não quer voltar para Lisboa e como a mãe assume as saudades que tem dele, Duarte sugere que vão todos para o Porto.

nas redes

pesquisar