SIC

Perfil

Resumo: 318º Episódio - 14 de setembro (quarta-feira)

Maria Helena é presa; com a ajuda de Olga, Henrique rouba o computador de Maria Helena onde estão guardadas todas as informações sobre a sua rede de tráfico de droga

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA.

Na polícia, os agentes são avisados da operação apenas quando estão para sair para fazer uma fiscalização aos bares mas o inspector amigo de Maria Helena ainda consegue avisá-la antes de desligar o telemóvel. Mas Maria Helena já está no local e apesar de ver que tem uma mensagem não consegue abri-la porque os colombianos pedem os telemóveis e enfiam-nos dentro de um jipe. A polícia segue logo atrás e o inspetor amigo de Maria Helena ainda lhe envia nova mensagem correndo o risco de ser apanhado pelo colega e tenta bloquear a operação permitindo que o jipe desapareça num dos armazéns. Sugere até que não avancem mas o chefe está determinado a apanhá-los a todos nessa noite e não tem vontade de desistir. Com a ajuda do helicóptero consegue detetar onde estão. Maria Helena e Xavier ouvem o barulho e percebem que foram apanhados. A vilã grita para o filho fugir. O colombiano consegue escapar mas Maria Helena é apanhada. Tiago é detido mas depois libertado pelo inspetor com quem colaborou. O inspetor amigo de Maria Helena fica desconfiado pelo interesse do colega no filho dela. Quando chega a casa, Tiago liga a Beatriz a avisá-la que a mãe foi presa. Raquel acorda e Tiago conta-lhe que a mãe foi presa mas que ele conseguiu fugir sem que o tivessem visto.

Na PJ, Maria Helena exige falar com um advogado mas a policia não permite e insiste para que conte onde está o colombiano. Maria Helena recusa-se e nem cede quando ameaçam espalhar que ela abriu a boca.

Henrique vê a notícia do desmantelamento da rede e apressa-se a ligar a Tiago. Como ele não atende fala com Olga e pede-lhe que esconda o computador de Maria Helena e depois vá ao Porto levá-lo. Muito a medo, a empregada aceita fazer o que ele lhe pede.

Entretanto, Henrique é visitado pela polícia. Explica aos agentes que não sabia de nada e que nunca desconfiou. Avança que sempre achou que o dinheiro vinha da empresa de transportes. Admite que havia telefonemas estranhos e saídas misteriosas mas que atribuiu isso à existência de outro homem e por isso se divorciou. Promete colaborar em tudo.

A polícia vai a casa de Maria Helena. É Raquel quem abre a porta enquanto Olga, percebendo que é a polícia, esconde o computador de Maria Helena entre a roupa para estender no alguidar. Raquel fica muito nervosa e liga ao irmão que lhe pede para ter calma. A polícia não encontra nada nas buscas que faz mas pela existência de cabos no escritório percebe que há um computador. O inspetor pergunta a Raquel pelo computador e lembra-lhe que ela tem especial obrigação de colaborar até pela situação privilegiada em que se encontra apesar de estar com pulseira electrónica mas Raquel não sabe mesmo de nada.

Entretanto na empresa, depois da detenção de Maria Helena, com medo, mais de metade dos funcionários não aparece para trabalhar.

Olga encontra-se na bomba de gasolina com Henrique e leva-lhe o computador num saco que ela coloca no chão quando se sentam à mesa. Apesar de Henrique tentar disfarçar, Fernanda repara. Olga diz a Henrique que se a apanhar o denuncia. Ele garante-lhe que acabou de ganhar um seguro de vida.

nas redes

pesquisar