SIC

Perfil

285º Episódio - 06 de agosto (sábado)

Duarte tenta matar Catarina com a arma que Henrique lhe deu mas desiste da ideia rapidamente e deixa a vilã seguir o seu caminho; Teresa descobre quem é o pai

Victor Freitas\302\251

Beatriz diverte-se a comer pizza com o filho e quando este diz que vai ligar ao pai, ela sugere que o faça mais tarde.

Maria Helena insiste com Tiago para que fique a trabalhar com ela na transportadora e que está a disponível a pagar-lhe o salário que ganhava em Lisboa. Tiago está muito satisfeito com a forma como está a decorrer o seu plano.

Duarte não diz nada a Joana sobre a arma que Henrique lhe deu. Quando ela se deita, bebe um vinho e volta a mexer na pistola, familiarizando-se com ela.

Maria Helena percebe que Catarina apesar do susto que apanhou não se deixa intimidar e pergunta a Henrique o que pretende fazer. Ele diz-lhe que espera que seja Duarte a tomar uma atitude.

Jonas e Teresa chegam aos Açores e preparam-se para começar a procurar a casa onde alegadamente vive o pai biológico de Teresa.

Com a pistola junto de si, Duarte espera Catarina dentro do carro e vê-a sair de casa. Duarte pensa em disparar quando Catarina passa, visualiza mesmo toda a cena, mas não chega a fazer nada e abandona o local, enquanto Catarina segue caminho, alheia à presença dele.

Duarte segue caminho e detém o carro junto ao rio. Ali, pensa no pai, lembra-se de como ele o considerava como um dos mais parecidos com ele e deita a arma fora, lançando-a ao rio. Sente um peso a sair-lhe de cima dos ombros.

Ao chegar a casa, tem Joana muito feliz à sua espera e rodeada dos miúdos de Teresa, com Antónia ao colo.

Joana diz ao irmão que tão cedo não volta a trabalhar e que não será na investigação. Ambos concordam que precisa encontrar alguma coisa que a entusiasme.

Beatriz sente-se muito feliz na companhia do filho e pergunta-lhe se não quer passar mais tempo com ela. Pedro admite apenas estar com ela aos fins-de-semana.

Hélder consegue confirmar junto de algumas prostitutas a veracidade dos nomes que constam da lista de Nuno e os locais onde as festas decorreram. Benedita fica satisfeita com o trabalho. Ao chegar à redação, Laura vê as provas impressas na mesa de David e o jornalista confirma-lhe que Benedita conseguiu negociar a informação com os brasileiros. Laura fica transtornada e envia rapidamente uma mensagem ao político amigo a confirmar-lhe que o nome dele consta da lista de Nuno.

Sandra e Jéssica são chamadas para os castings da Mundo TV e ficam muito entusiasmadas.

Teresa vai à morada onde supostamente o pai se encontra e fica a saber pela viúva que ele morreu. Já ao afastar-se Jonas, chama pelo seu nome e a viúva pergunta-lhe se de trata de Teresa Castro de Aguiar. Teresa confirma e a senhora pede-lhe para entrar. Já sentados conta-lhe tudo sobre a história do seu pai e da sua mãe. Uma história que deixa Teresa surpreendida. A senhora confirma que Raul era seu pai mas adianta-lhe que António soube da traição da mulher e a perdoou porque também reconhecia que não lhe dava a devida atenção. Então, os três acordaram que a mãe continuaria com António e a filha seria criada por ele. Raul percebeu que nunca conseguiria ficar com a mulher que amava e aceitou afastar-se para manter as conveniências e o casamento dela.

Joana diz a Duarte que durante o verão quer explorar o bar da praia. Ele apoia a ideia e fica feliz por poder ajudá-la.

Beatriz passa pela revista e fica a saber os pormenores sobre a investigação da rede de prostituição. Benedita conta-lhe que as festas também serviam para fazer negócios. Durante a conversa Beatriz desabafa com a amiga e conta-lhe que está a ter uma menopausa precoce. No entanto, Benedita achando que ela não quer ter mais filhos, não dá importância ao assunto. Já Beatriz faz uma leitura diferente do caso e considera que assim sendo deve passar mais tempo com Pedro porque ele é seu filho único.

Maria Helena sente que está a perder o controlo dos negócios mas Henrique continua a recusar-se ajudá-la e até recusa sair com ela para espairecer. Maria Helena fica frustrada e desapontada com o marido.

Depois de ouvir toda a história e de ver fotografias, Teresa sente-se finalmente confortada e feliz por saber que António, mesmo não sendo seu pai, sempre a amou como tal.

nas redes

pesquisar