SIC

Perfil

266º Episódio - dia 15 de julho (sexta-feira)

A Polícia Judiciária pede ajuda a Tânia para desmantelar a rede de prostituição de Nuno

Luís regressa à mesa mas por breves instantes porque a conversa com os amigos de Sofia não corre da melhor forma. Luís desvaloriza a estrela Michelin que o restaurante tem e fala sobre as suas origens e como o pai tomou a fábrica onde trabalhava no 25 de Abril. Kiki sugere que Sofia passe uns dias de férias no barco com eles mas Luís apressa-se a dizer que não tem férias e acaba por ir novamente embora com o pretexto de ter de ajudar na cozinha.

Kiki percebe o desconforto entre Luís e Sofia e ainda sugere que vá ter com ele mas Sofia sente que é preferível manter-se afastada e tenta disfarçar o constrangimento.

Para conseguir apanhar Nuno, um agente da PJ vai ter com Tânia disfarçado de cliente e coloca-lhe um pacote de droga em cima da mesa, ameaçando dizer que é dela se a rapariga não fizer o que ele quer. A PJ pede-lhe que, munida de microfone no corpo, faça Nuno falar do negócio de acompanhantes.

Nuno e Catarina planeiam como devem acabar com a mãe e o pai de forma a não serem responsabilizados por nada.

Henrique continua a mostrar-se aborrecido com Maria Helena por ela ter processado a clínica. Maria Helena lembra-lhe as provas de confiança que lhe deu entregando-lhe metade do património e afastando Nuno mas também lhe adianta que é a ela que ele deve lealdade.

Luís e Sofia conversam mas o diálogo não corre bem. Luís acusa Sofia de ter vergonha dele e ela reconhece que os amigos estavam habituados a Henrique que era médico e investigador, admitindo de algum modo que o estatuto social para ela e para os amigos afinal é importante. Luís fica magoado e recusa-se a ir para casa com ela.

David acorda muito bem disposto e Hélder desconfia mas quando ele lhe diz que esteve a trabalhar até tarde com a chefe, o colega percebe tudo mas nem quer acreditar que David conseguiu conquistar Benedita.

Benedita confessa a Laura que está preocupada porque a administração, devido ao passivo acumulado, não consegue encontrar comprador para o grupo e por isso terá de renegociar salários e contratos.

Alice garante a Thomas que não vai deixar passar o prazo para se candidatar à faculdade.

Jonas tenta perceber em que ponto está a investigação de Teresa sobre o pai e percebe que ela não está a conseguir pistas nenhumas válidas mas mesmo assim não deixa de apoiá-la.

Henrique comunica à equipa que Inácio deixou a investigação e propõe a Marta que seja o seu braço direito mas a investigadora recusa de imediato, afirmando que não pode compactuar com o golpe dele. Henrique convida-a então a sair, convite que Marta aceita de imediato.

Marta conta a Inácio o que se passou e pergunta-lhe se Joana a vai querer na equipa. Inácio acredita que sim e fica muito feliz com o regresso da médica.

Joana fica a saber que está tudo pronto para o funeral da mãe e sente-se muito triste.

Sofia explica à filha que o jantar com os amigos e com Luís correu muito mal porque o namorado ficou a pensar que ela tem vergonha dele. Depois de perceber o que a mãe fez, ao tentar justificar o trabalho de Luís, Inês entende a posição do chefe de cozinha e acusa-a de ter um preconceito em relação a ele e à sua origem.

Tânia, com o microfone posto pela PJ para desmantelar a rede de prostituição liderada por Nuno e Maria Helena, conversa com o patrão a pretexto de um cliente que foi muito exigente. Nuno acaba por confessar que é para isso que ela é paga. Os agentes ficam satisfeitos com o que ouvem mas, entretanto, Tânia faz sinal a Nuno para fazer silencio e escreve-lhe num papel que tem um microfone colocado porque foi obrigada pela PJ, que está a escutar a conversa. Nuno pergunta-lhe onde está o microfone e ela mostra. Nuno tenta disfarçar e começa a falar de uma campanha para um oculista.

Com dois investigadores a pedirem para sair da equipa de Henrique, William decide chamar o director de laboratório para saber o que se passa e lembrar-lhe que há muito dinheiro investido na pesquisa, dinheiro que não pode devolver. Henrique garante-lhe que mais ninguém vai sair.

Hélder não acredita que David tenha estado com Benedita. David tenta mostrar ao amigo que assim é mas quando entra no gabinete da chefe ela fala com ele de trabalho como se nada tivesse acontecido. David fica frustrado.

nas redes

pesquisar