SIC

Perfil

264º Episódio - 13 de julho (quarta-feira)

Teresa conta a Jonas que se demitiu procurar o pai!; Inácio confronta Henrique e ameaça denunciá-lo à polícia

(c).RuiCarlosMateus.1954

Hélder começa a insinuar que David gosta da chefe e ele fica muito atrapalhado com receio que os colegas ouçam e comentem. Laura quer falar com Benedita mas como ela não está acaba por atender uma chamada de um político no gabinete dela. Laura combina encontrar-se com ele para beber um copo.

Alice conta a Thomas que já decidiu que quer seguir jornalismo como a mãe porque será uma forma de denunciar o que se passa no mundo. Thomas fica feliz com a escolha da namorada e sugere que pergunte à mãe que escola aconselha.

Em combinação com Jonas, Benedita leva os miúdos ao cinema.

Catarina vai procurar Nuno mas é muito mal recebida por ele. Catarina insinua-se mas Nuno manda-a embora.

Fernanda aconselha Jéssica a começar a procurar outro trabalho e a eliminar o número de Nuno do telemóvel.

Vítor comenta com Fernanda que o clube de futebol está pelas ruas da amargura e que já nem há dinheiro para levar os miúdos aos jogos. Fernanda acha que se ele estivesse à frente do clube ainda teria sido pior mas Vítor não pensa assim e sente que está a assistir de cadeira à queda de todos os que votaram contra ele.

Teresa chega a casa e Jonas confronta-a com o facto de ter ficado a saber que ela já não trabalha na clínica. Pergunta-lhe se tem um amante mas ela diz-lhe que não anda a fazer nada de mal e pede-lhe para a acompanhar.

Inácio diz a Henrique que o que ele fez é crime e que devia denunciá-lo. Henrique lembra-lhe que sem ele não teria tido financiamento nem investigação e por isso aconselha-o a não se armar em vítima. Henrique lembra-lhe que assim como permitiu que ele chegasse onde chegou também rapidamente inverte o caminho. Inácio recusa ser ameaçado e insiste em que vai denunciá-lo por ter tirado o seu nome do artigo da revista.

Maria Helena sente-se frustrada por não conseguir relacionar-se com os filhos. Henrique aproveita o momento para lhe dizer que em relação a Nuno ainda pode reverter a situação porque na verdade o que se passa é que ela permitiu que ele assumisse o papel de homem da casa e agora sente-se ameaçado. Henrique aconselha Maria Helena a mostrar-lhe que não é ele quem controla, mas sim ela.

Beatriz entrega a Tiago toda a documentação que tem do esquema de tráfico de droga em que a mãe está envolvida mas pede-lhe para ter cuidado.

Teresa leva Jonas a uma cave onde tem na parede fotografias e recortes da família. Teresa explica-lhe que descobrir quem é o pai tornou-se numa obsessão e por isso tem passado os dias a recolher pistas. Jonas percebe mas lamenta que ela lhe tenha mentido e aconselha-a a fazer as coisas de uma forma mais tranquila. Teresa garante-lhe que não está maluca mas que só pretende parar quando chegar a alguma conclusão nem que seja um beco sem saída.

Zé quer ver William e Benedita acaba por lhe explicar que ele agora namora com Adriana e não podem aparecer sem avisar. Zé estranha que Adriana seja namorada de William porque ele não sabe tocar piano.

O político com quem Laura se encontra explica-lhe que o caderno de Nuno com os nomes de todos os que recorrem à prostituição chegou às mãos da polícia através de uma denúncia anónima. Ele acha que terá sido o próprio Nuno a fazer a denúncia como forma de retaliação por o terem abandonado quando ele apareceu nas revistas em grandes festas. Laura diz-lhe que não acredita que Nuno tenha feito a denúncia prejudicando o negócio. O político garante que se o caderno chegar à comunicação social vai ter um impacto muito grande mas que, certamente, Nuno também não se vai safar.

Fernanda quer que a filha apresente queixa de Nuno mas Jéssica adianta que não será necessário porque o karma vai encarregar-se dele.

Marta sente-se muito amargurada com o que se está a passar no laboratório e com as injustiças de Henrique em relação a Inácio e vai ter com Leandro ao restaurante para desabafar.

Sofia diz a Luís que quer que ele se mude definitivamente para sua casa. Ele fica muito feliz.

Jonas mostra-se preocupado com a decisão de Teresa de deixar o trabalho e procurar o pai de uma forma tão obsessiva como está a fazer e aconselha-a a consultar um psicólogo. No entanto, Teresa considera que conhece as suas fragilidades e não acha necessário.

Raquel mostra alguma consciência quando recebe a visita de Tiago e insiste na sua versão sobre a morte do pai afirmando que quando o segundo tiro foi disparado o pai já tinha sido assassinado. Tiago fica intrigado com o que a irmã diz, sobretudo porque mostra bastante convicção.

Na presença de Henrique, Catarina revela a William que Maria Helena decidiu processar a clínica por ter deixado Raquel fugir. William pede a Henrique que tente demover a mulher de avançar com o processo mas ele finge que não sabe de nada.

nas redes

pesquisar