SIC

Perfil

244º Episódio - 20 de junho (segunda-feira)

Maria Helena e Henrique casam mas passam a noite de núpcias em quartos separados; Catarina e Nuno envolvem-se!

João tira o resto do dia para a fazer companhia a Inês sabendo que ela pode não estar bem emocionalmente devido ao casamento do pai. Entretanto, recebe um telefonema de uma editora que quer publicar um livro com as receitas do programa de televisão. João lembra a Inês que não poderá aceitar a oferta porque as receitas não são dele mas sim de Luís. Inês sugere que assinem os dois.

Duarte leva Joana a um artesão para fazer uma peça de ouro para ela. Joana fica muito feliz com a surpresa.

Chegado o momento do casamento, Henrique mostra-se bastante contrariado e tenta disfarçar quando é cumprimentado por William e Inácio. Mas as surpresas não ficam por aqui. Por momentos Maria Helena percebe que Raquel não está até que ela aparece mas acompanhada de Catarina. Henrique não acha piada nenhuma mas a filha vem na disposição de se divertir à sua custa e com a festa.

Thomas pede a Teresa para ir a Lisboa por causa do julgamento de Alice e mais uma vez ela diz que não, deixando o miúdo furioso e Jonas surpreendido com a rigidez da decisão. Teresa acaba por justificar que na verdade não gosta que Thomas se relacione com Alice porque é uma miúda problemática e com más companhias.

Maria Helena e Henrique dão o sim no casamento mas Raquel, farta da conversa do Conservador sobre o amor acaba mesmo por não assistir ao momento, situação que deixa a mãe furiosa. Nuno aproxima-se de Catarina lembrando que agora são irmãos enquanto a olha de alto a baixo evidenciando desejá-la. Ela não se faz de difícil, lembrando apenas que irmãos não são certamente.

Joana escolhe o coração de ouro que quer que o artesão lhe faça. Uma prenda de Duarte.

Raquel deixa o casamento da mãe para ir ter com o irmão Tiago e com Beatriz que ficam incrédulos ao perceber que Maria Helena manteve o casamento. Raquel diz ao irmão que não houve legítima defesa mas admite que possa estar confusa porque aquilo que lhe dizem não bate certo com o que ela acha que aconteceu. Ou seja, para ela, o pai não tinha nenhuma arma na mão quando ela o viu morto no chão e o segundo tiro foi disparado depois dele já estar morto portanto não poderia ter sido disparado por ele.

Jéssica confessa a Leandro que lamenta não ter sido convidada para o casamento da mãe de Nuno. O irmão aconselha-a a abrir os olhos porque o patrão só vê nela a empregada para todo o serviço. Jéssica tenta não acreditar naquilo que o irmão lhe diz mas sente-se insegura, sobretudo porque o namorado não lhe responde às mensagens.

Na verdade, Nuno já só está interessado em seduzir Catarina que no meio da vinha passa rapidamente da conversa aos actos encetando o enleio com um beijo.

Vítor vai ter com Fernanda ao posto de combustível e quando falam sobre como Catarina fez mal a Leandro e ele ameaça ir tirar satisfações, a mulher recomenda-lhe que esteja sossegado porque ela ainda lhe faz mal. Vítor fica feliz por perceber que afinal Fernanda ainda se preocupa com ele.

Ruben e Sandra prosseguem com o negócio de fazer companhia aos idosos e parecem ter muito trabalho, para além de ficarem a saber todos os segredos do bairro.

Beatriz vai ver o filho e de forma sincera diz a Joana que fica muito feliz por ela ter voltado a ficar com Duarte. No entanto Joana diz-lhe que prefere não falar mais sobre o assunto.

Teresa continua sem saber se deve deixar o filho ir a Lisboa acompanhar Alice no julgamento e sente que se não permitir que ele vá há alguma contradição entre aquilo que diz e o que faz. Jonas tenta tranquilizá-la.

Henrique manda Catarina embora mas antes de ir ela faz questão de lhe lembrar como Inês, a outra filha, não quer saber dele.

Beatriz confessa a Tiago que ficou a pensar na versão de Raquel sobre a morte de Domingos mas Tiago desvaloriza lembrando que a irmã está muito medicada. Beatriz sugere que Domingos poderia ter ido a casa de Maria Helena não para exigir dinheiro mas porque pretendia denunciá-la. No entanto, Tiago lembra que para isso precisava de ter provas. Ao ouvir Tiago, Beatriz acaba por engolir em seco e nada mais adianta.

Catarina encontra Inês e João na bomba de gasolina e não poupa tempo para lhe dizer que esteve no casamento de Henrique. No entanto, Inês responde-lhe à altura lembrando que ela certamente deve ter ido de penetra porque ninguém a quer. João até fica surpreendido com a reação da mulher.

No final do casamento, Henrique deixa Maria Helena sozinha e vai dormir para o quarto de hóspedes. Ela ainda tenta mas depois de ter casado sob ameaça, Henrique não está disposto a ceder.

Olga mostra-se muito nervosa e Henrique mais uma vez aconselha-a a disfarçar e a ter calma. Sugere-lhe mais uma vez que não vá embora porque Maria Helena nunca saberá da arma de Domingos escondida na sala se nenhum dos dois falar. Por outro lado, se partir, Maria Helena vai desconfiar e mandar os homens atrás dela. Olga fica horrorizada e assume que é melhor ficar.

nas redes

pesquisar