SIC

Perfil

233º Episódio - 07 de junho (terça-feira)

Henrique sugere a William que o ladrão dos medicamentos pode ser Domingos; Joana envolve-se com Guilherme!

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA.

João dá uma entrevista sobre o programa de culinária que apresenta e faz questão de ter Luís a seu lado. No entanto, fica desconfortável com o facto de ser o centro das atenções e diz a Luís que quer que ele se manifeste quando achar o mesmo, recusando a passar-lhe por cima seja em que circunstância for.

Sofia confessa à psicóloga o receio que tem de se envolver intimamente com Luís, embora reconheça que tem esse desejo. A médica aconselha-a a encarar a viagem que vai fazer com ele de mente aberta e sem aquela ansiedade.

Nuno vai ter com Henrique à clínica para levar os medicamentos que ele roubou para incriminar Domingos. Henrique ressalva que não quer vir a ter problemas pelo que fez e recomenda-lhe que pague a consulta que supostamente teve consigo. Nuno olha-o com desdém afirmando que ali o principiante não é ele.

Depois de deixar o gabinete de Henrique, Nuno cruza-se com Domingos e o pai recrimina-o por não o cumprimentar, para além de o lembrar que ao ter escolhido ficar do lado da mãe, será arrastado por ela quando ela cair. Nuno troça do pai e vai embora da clínica.

William confidencia a Henrique que já fez queixa à Polícia Judiciária por causa dos medicamentos que desapareceram da farmácia da clínica e sugere-lhe que Domingos poderá ser o culpado, até porque já esteve preso por tráfico de droga. Sem suspeitar da armadilha que Henrique está a montar ao funcionário da limpeza, William decide incluí-lo na lista de funcionários a investigar.

Inácio conta a Marta que fez as pazes com Joana e deixa-a surpreendida. Ao mesmo tempo, coloca a possibilidade de Joana estar de caso com Guilherme Lacerda por vê-los mais vezes juntos e cúmplices. Marta não vê qualquer mal e defende que Joana deve arranjar alguém que lhe permita esquecer Duarte.

Polícia Judiciária revista o carro de Domingos e encontra os medicamentos que foram roubados da farmácia da clínica e levam-no preso, apesar de ele clamar a sua inocência.

Luís fica incomodado ao ouvir uma cliente, que quer reservar mesa no restaurante, fazer um elogio a João dizendo que a cozinha do Sirga está muito mais criativa desde que ele ali trabalha. João percebe a incomodidade de Luís e fica desconfortável com a situação.

Sofia revela-se muito insegura relativamente à viagem que vai fazer com Luís, temendo envolver-se com ele. Inês desdramatiza a situação e diz à mãe que já está na altura de seguir em frente com a sua vida.

Maria Helena celebra com Henrique a prisão de Domingos e Nuno espera que o parque onde estava o carro em que colocaram os medicamentos roubados para o incriminar não tenha camaras de vigilância. Entretanto, diz à mãe que terá de ser ela a dar a notícia a Raquel, uma vez que ele vai jantar com Jéssica. Henrique comenta com Maria Helena que Nuno não gosta nada dele e ela acha que o filho reage assim por ter perdido o lugar de homem da casa.

Joana envolve-se com Guilherme depois de terem jantado juntos.

Rita fica cheia de ciúmes e amua quando Alex pergunta a Thomas se Alice tem amigas giras como ela. Pedro apercebe-se da reacção da prima e sorri.

Teresa confessa a Duarte e Jonas que prefere fazer um acordo com Henrique e dar-lhe dinheiro, do que ir discutir a herança do pai em tribunal. Duarte acha mesmo assim que Henrique não tem qualquer hipótese de ganhar a acção.

Fernanda e Vítor esforçam-se por animar Leandro que permanece arrasado por ver acabar a sua carreira de futebolista e por ter sido escorraçado por Catarina. O filho não reage e resolve ir enfiar-se no quarto. Fernanda fica preocupada e Vítor diz que é nestas alturas que a família deve ficar unida. Ela entende que Vítor está a lançar uma indirecta para voltar para casa mas surpreende-se porque ele apenas reconhece que deviam voltar a juntar-se e diz que se vai embora porque tem de descansar e preparar-se para o dia exigente de trabalho que vai ter.

Jéssica comenta com Nuno que acha estranho que a mãe dele se vá casar com Henrique, pois ele fez a vida negra a uma amiga da mãe. Nuno confessa que não confia nele, desejando que a mãe não se deixe enganar.

Raquel fica em estado de choque quando Maria Helena lhe conta que o pai foi preso outra vez, agora porque roubou medicamentos da clínica. Desolada, tenta telefonar ao pai mas o telemóvel de Domingos está desligado, o que a deixa tensa e preocupada.

Joana fica constrangida quando Vasco e Margarida chegam dos Açores e a encontram de manhã acompanhada por Guilherme. Ela tenta disfarçar e conta que o médico a foi buscar a casa porque o seu carro avariou. O irmão e a cunhada fingem acreditar naquela justificação mas percebem claramente que eles dormiram juntos.

O advogado de Teresa aconselha-a a fazer um acordo com Henrique, evitando assim enfrentá-lo em tribunal por causa da herança do pai. Duarte preferia avançar com a questão na justiça mas Teresa dispõe-se a ir falar com o irmão.

Célia elogia Zé por ele ter resolvido o problema matemático que lhe valeu um prémio. Zé pede a William para ser acompanhado por Thomas quando receber o prémio já que foi ele quem lhe deu o problema para resolver.

Laura e Alice ficam desoladas com a partida de Olívia para Paris, onde vai viver. No entanto, fazem questão de combinar visitarem-se sempre que puderem. Olívia afasta-se para atender uma chamada e cria a oportunidade para Laura e Alice confessarem que gostam muito uma da outra, normalizando a relação entre mãe e filha.

nas redes

pesquisar