SIC

Perfil

219º Episódio - 21 de maio (sábado)

Benedita reconcilia-se com Zé; Catarina recebe mais uma carta misteriosa e descontrola-se; Pedro e Alex voltam para casa

Victor Freitas\302\251

Nuno trata Jéssica com rispidez quando ela lhe pergunta pelo caderno onde ele tem os contactos dos clientes mais influentes. O namorado insta-a com maus modos a não se meter onde não é chamada. Jéssica fica sentida e Nuno percebe que se excedeu, embora não se desculpe.

Rúben conversa com Fernanda sobre Leandro e a mãe insiste em dizer que Catarina é uma falsa e que o irmão devia perceber com quem casou. Rúben, por seu lado, pede à mãe que faça as pazes com o irmão e conta-lhe que ele esteve na loja e que percebeu o quanto lhe custa que estejam desavindos. Fernanda fica pensar no que o filho lhe acabou de dizer.

Catarina tem um ataque de ansiedade e diz a Leandro que se sente a enlouquecer por não saber da mãe, embora sem revelar porque é que ela realmente desapareceu. O marido fica preocupado e esforça-se por acalmá-la. Catarina fica mais serena e desculpa-se por o ter preocupado.

Hélder faz braço de ferro com David porque nenhum dos dois quer lavar a loiça que está suja. O fotógrafo está convicto de que vai fazer com que o jornalista ceda.

Fernanda joga na raspadinha mas não lhe sai nada. Frustrada, confessa que a única coisa que lhe saiu foi mais espaço na carteira. Sandra sonha e diz o que faria se fosse milionária. Ruben assume que não tem sorte ao jogo mas que tem ao amor e Sandra permeia-o com um beijo, perante o sorriso de Fernanda.

Adriana desabafa com Luís e mostra-se desiludida com a vida que leva. O pai adivinha que ela sofreu uma desilusão por sentir às vezes que devia recomeçar noutro lado. No entanto, Adriana diz apenas que está a ter um mau dia e que a sua angústia irá passar. Luís volta para a cozinha e ela acaba por se encontrar com William que foi beber um copo ao Sirga. Ambos concordam que o encontro acabou por ser inconveniente mas também que não devem andar a fugir um do outro. Depois de Adriana deixar o restaurante, William recebe uma chamada de Benedita a pedir ajuda porque Zé desapareceu de casa.

David rende-se e acaba por arrumar a casa mas garante a Hélder que aquilo não vai ficar assim pois na próxima semana exige que seja ele a fazê-lo. Depois de encerrarem a conversa, comentam o desaparecimento de Zé e Hélder lembra que já não é a primeira vez que ele faz semelhante coisa.

Depois de uma noite de angústia, Benedita respira de alívio e abraça William ao receber uma chamada de Graciano a dizer que Zé está à porta do Horto e bem de saúde.

João prepara uma peça de carne no Sirga e diz a Adriana que qualquer dia terá ela de se aventurar na cozinha. Adriana sorri e assume que a sua vocação é mesmo a música.

Duarte recebe a informação de que o recurso que interpuseram para tirar Pedro e Alex do centro educativo vai ser decidido naquela tarde e prepara-se para avisar Beatriz. Teresa e Jonas também estão na expetativa pelo que possa acontecer.

Raquel fica comprometida quando em conversa com Beatriz ela revela que está a escrever uma reportagem sobre os correios de droga. Tiago sossega a irmã e diz que não deve preocupar-se porque ela já conhece os negócios ilícitos da mãe e do irmão.

Maria Helena resmunga por Tiago não ter ido visitá-la e confessa que não gostou nada que Beatriz tivesse escrito sobre as festas porque Nuno foi muito prejudicado com isso. Henrique responde que Beatriz sempre foi muito obstinada e Maria Helena recorda-se que até matou o marido, confessando que agora que se lembra disso, está preocupada com o filho. Henrique recorda que a ex-cunhada agiu em legítima defesa.

Benedita consegue reconciliar-se com Zé, apesar de não ser fácil obter o seu perdão. O rapaz também pede desculpa por lhe ter batido e volta para a planta de que estava a cuidar quando ela chegou. Benedita vai ter com William e Graciano e diz que não perdeu o filho mas que o afastou, consciente que vai ter muito trabalho até que as coisas regressem ao que eram.

Domingos prepara-se para sair da clínica e pede a Raquel o número do telemóvel de Beatriz porque quer falar com ela. A filha estranha o interesse dele mas Domingos nada adianta combinando encontrar-se com ela lá fora, acautelando que Henrique não saiba que ela esteve ali.

Catarina assusta-se quando Céu aparece de surpresa na sala, na altura em que ela tem na mão a carta misteriosa que recebeu. Muito nervosa, amachuca-a e a empregada oferece-se para levar a carta para o lixo. Catarina explode e grita, mandando-a embora. Depois volta a abrir a carta e fica com uma expressão de raiva na face.

Fernanda chama Leandro ao posto de combustível e pede-lhe desculpa por se ter excedido nas considerações a Catarina. Ao mesmo tempo, convida-o a ir jantar lá em casa. O filho responde que primeiro terá de falar com a mulher, já que ela ainda está a recuperar da operação. Fernanda faz-lhe sentir que a sua presença é muito importante, pois quer reunir os filhos para falarem de tudo o que se tem passado nos últimos tempos. Leandro não se mostra muito caloroso mas fica mais recetivo ao pedido da mãe.

William tenta perceber o que se passa com Benedita e as razões que a levaram a descontrolar-se tantas vezes nos últimos tempos. Ela continua a achar que o marido a está a atacar e a responsabilizar pelos problemas que têm tido e prefere adiar aquela conversa para outra altura. De regresso ao Porto, William diz que ela não o pode acusar de não ter tentado aproximar-se. Benedita fica angustiada a digerir as palavras do marido.

Pedro e Alex não contêm o contentamento depois de Duarte, Beatriz, Teresa e Jonas lhes aparecerem no centro educativo e contarem que eles foram libertados.

Inácio confronta Joana e exige-lhe que quando tiver algum reparo a fazer à sua equipa, que lho diga diretamente. Joana reafirma que acha que ele está a cometer um erro ao ter Henrique na sua equipa, aconselhando-o a não se deixar manipular por ele. O investigador contrapõe que até já tem duas Fundações interessadas no seu projecto, ao contrário dela que não tem nenhuma. Joana responde que ainda se preocupa com ele, apesar de ele estar cada vez mais idiota. Inácio lança-lhe um olhar de ódio.

Vasco convida Margarida para viverem juntos e ela aceita sem pestanejar. Os dois trocam juras de amor e beijam-se.

O regresso de Alex a casa é marcado pela emoção com o menino a envolver-se no abraço familiar a Teresa, Jonas, Rita e Thomas. Pedro é acarinhado de igual forma por Duarte e Beatriz, radiantes por terem o filho de volta. Os miúdos pedem para irem comer uma francesinha mas Beatriz recebe uma chamada de uma fonte que quer falar com ela e fica de ir ter com todos mais tarde.

nas redes

pesquisar