SIC

Perfil

194º Episódio - 22 de abril (sexta-feira)

Catarina entra em pânico quando percebe que o seu carro foi roubado com Maria dentro da bagageira!

(c).RuiCarlosMateus.1954

William chama a atenção de Joana para a importância da investigação que ela está a liderar e espera que os seus problemas pessoais com Duarte não afetem o seu trabalho. Joana assegura que tem tudo sob controlo e que nada a desviará dos seus objetivos profissionais.

Depois da entrevista que deram a David, Thomas e Alice voltam a conversar e provocam-se mutuamente, numa espécie de jogo de sedução e desafio. Benedita apressa o sobrinho para saírem porque acabou de receber uma chamada de Zé, que não está bem.

Teresa combina com Duarte ir buscar Thomas à estação, pedindo ao irmão que vá buscar Pedro e Rita à escola e ele aproveita para revelar que o filho está a sofrer em silêncio com o facto de ele se ter separado de Joana. Já quanto às suspeitas que a polícia tinha sobre si, Duarte conta que a Judiciária percebeu que ele nada tinha a ver com o tráfico de droga e mostra-se mais tranquilo por isso. Jonas chega a casa mais tarde do que era esperado e justifica que teve de permanecer mais tempo no bairro social porque Maria não apareceu para dar os lanches nem avisou que não ia. Duarte comenta que ela não é pessoa para faltar aos seus compromissos e Jonas revela que já tentou telefonar-lhe mas que ela tinha o telemóvel desligado.

Catarina fica entre a espada e a parede quando Leandro lhe pede o carro emprestado para ir ao encontro que tinha marcado com os colegas de equipa, pois tem dentro da mala o corpo de Maria, que pretende fazer desaparecer.

Inicialmente, Catarina mente dizendo-se indisposta, mas como o marido lhe pede o carro emprestado, decide dizer que já está melhor e acompanhá-lo.

Luís estranha que Maria não lhe tenha dado mais notícias e confessa a João a sua preocupação por isso.

Catarina chega com Leandro ao local onde vai decorrer a festa com os seus companheiros de equipa, sempre tensa e a tentar disfarçar o nervosismo, temendo que ele descubra que o corpo de Maria está na mala do carro.

Maria Helena confessa o seu desconforto por Nuno ter contratado dois seguranças para a Quinta, acautelando uma possível ofensiva de Domingos. Henrique questiona-se de será mesmo necessária aquela proteção mas a empresária prefere não ter surpresas desagradáveis. Nuno mostra-se inquieto com o silêncio da irmã e vai ver como ela está. Raquel prepara-se para atender a chamada do pai que entretanto lhe liga de um número desconhecido mas assim que Nuno entra no quarto desliga o telefone sem perceber que era Domingos que lhe estava a ligar e livra-se do irmão assim que pode.

David e Hélder vão-se provocando com boa disposição, à medida em que vão estabelecendo as regras com que vão viver na casa que alugaram a Fred.

Thomas regressa a casa muito satisfeito depois da entrevista que deu à revista da tia, certo de que Benedita a vai colocar como tema de capa do próximo número.

Pedro pergunta a Duarte se já fez as pazes com Joana e fica desapontado quando o pai responde que ela ainda está muito magoada. Jonas alivia a tensão e convida Pedro para participar numa aula de hip-hop depois das aulas.

Catarina regressa ao carro com Leandro depois de estar com ele num evento que reuniu os seus companheiros de equipa e fica estarrecida ao perceber que o carro desapareceu. O seu nervosismo aumenta quando o marido telefona para a polícia para participar que o carro desapareceu.

Rúben pressiona o bate-chapas onde colocou o carro de Leandro para que arranje o automóvel depressa e bem. Fernanda recomenda-lhe que se certifique de que o arranjo fica bem feito. Rúben assente e Vítor volta a ter a mania das grandezas ao dizer que já encomendou os materiais para as obras no prédio, mesmo sem ter ainda no banco o dinheiro para os pagar. Maria mostra-se inquieta por Maria ainda não lhe ter dito nada, sabendo que ela foi ao IPO falar com o médico de Catarina.

João namora no sofá com Inês e tenta ouvir o filho encostando o ouvido à barriga dela. Inês agradece-lhe por ele ter ficado sempre a seu lado. Ao mesmo tempo, estranha que Raquel não lhe tenha ligado e reconhece que não tinha uma amiga assim desde os tempos em que se dava com Catarina. João acha que a doença a deve ter transformado numa pessoa melhor mas Inês duvida e diz sentir pena do novo marido dela.

Catarina regressa a casa muito nervosa por ter ficado sem o carro e principalmente porque colocou o corpo da mãe na bagageira e tenta disfarçar a sua angústia à frente de Leandro.

Henrique convence Maria Helena a considerar a hipótese de despedir Maria e insiste no assunto depois de a empresária receber uma chamada da empresa a dizer que a cozinheira faltou ao serviço sem dar qualquer justificação.

Leandro vai dar com Catarina acordada na sala, já de madrugada e ela diz que não consegue dormir por estar preocupada com a mãe que não foi dormir a casa nem deu qualquer justificação. Inocente, o marido adivinha que ela passou a noite com Luís e leva Catarina para o quarto, argumentando que mesmo que não durma, sempre descansa o corpo.

Fernanda dá uma palmada no braço de Vítor ao encontrá-lo a olhar para o rabo de Sandra, pela manhã, quando ela se prepara para tomar o pequeno-almoço. Vítor nega que estivesse a olhar para a namorada do filho, indignado com as insinuações da mulher. Fernanda ordena-lhe que vá fazer o pequeno-almoço para esfriar as ideias.

Catarina fica gelada de preocupação quando a polícia liga a Leandro a comunicar-lhe que o carro dela apareceu, pois não sabe se o corpo de Maria foi descoberto na mala do automóvel. Muito nervosa, faz questão de acompanhar o marido ao parque onde o carro está.

Inês e João transbordam de felicidade ao ouvirem pela primeira vez o batimento do coração do filho, durante uma ecografia.

Luís parte um termómetro na cozinha e fica ainda mais nervoso do que já estava, deixando escapar a sua angústia por não saber notícias de Maria. O chef está tão tenso que até quer desistir da reunião que marcou com os homens da televisão para prepararem o programa que se comprometeu a fazer. Vale a intervenção de João que promete tratar de tudo.

Jéssica vai à Quinta ter com Nuno e estranha o aparato de seguranças à porta. Ele mostra-se carinhoso e elogioso com o trabalho que ela desenvolve mas torna-se autoritário quando ela se oferece para fazer os contactos com clientes para a nova festa que vão organizar, assumindo que é a si que cabe desempenhar a tarefa. Jéssica fica surpreendida com tanta brusquidão.

Catarina entra em stress extremo quando percebe que o corpo de Maria já não está na mala do carro, enquanto Leandro muda um pneu furado.

Joana e Inácio visitam com êxito a Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla e explicam os avanços da investigação que estão a desenvolver.

Luís conta a João que decidiu aceitar a proposta para fazer o programa de culinária na televisão, mas com a condição de que ele também participe. João fica agradecido e brinca com a situação, lembrando que sempre terá algo para mostrar ao filho quando ele for crescido. Entretanto, confessa ao chef a emoção que sentiu ao ouvir pela primeira vez o coração do bebé a bater. Luís recorda que se passou o mesmo consigo ao ouvir o coração de Adriana.

Sofia conversa com Inês e revela com um sorriso emocionado que a gravidez dela foi o melhor que lhe aconteceu, pois fê-la despertar da letargia em que estava mergulhada, percebendo agora que não é justo ficar naquele estado enquanto Henrique se diverte com a outra. Sofia promete viver para o neto mas também para si e desafia Inês a ir com ela à loja. A filha diz que já tem uma reunião marcada com Raquel mas quase de imediato recebe uma mensagem da amiga a desmarcar o encontro. Inês decide então acompanhar a mãe.

nas redes

pesquisar