SIC

Perfil

193º Episódio - 21 de abril (quinta-feira)

Maria descobre que Catarina não está doente e farta das mentiras da filha, ameaça denunciá-la à polícia pelas mortes de António e Diogo! Catarina agride a mãe para a impedir de ir à polícia!

(c).RuiCarlosMateus.1954

Maria entra em casa com a intenção de se arranjar para o jantar com Luís mas é surpreendida com a presença dele e todo o cenário romântico que ele preparou para comemorarem a sós o seu aniversário. Maria não consegue resistir àquela demonstração de amor e deixa-se beijar por ele, reconhecendo que o ama.

Nuno comenta com Maria Helena o facto de Raquel ter apagado o número de telefone do pai dos seus contatos, duvidando de que a irmã fique do lado deles. No entanto, Maria Helena acredita que a filha percebeu que Domingos é uma má influência e reforça a ideia quando Raquel se senta à mesa para tomar o pequeno-almoço.

Maria conversa com Fernanda e reconhece que passou um dos melhores aniversários da sua vida, depois do jantar surpresa que Luís lhe preparou. Entretanto, comenta com a amiga que tem de se despachar para ir ao IPO falar com o médico de Catarina, procurando saber mais pormenores sobre a sua doença, para melhor a ajudar. Antes de sair do posto de combustível, Maria encontra-se com Henrique e troca com ele palavras azedas, irritando-o quando afirma que ele falhou com a família, principalmente Inês que nem sequer lhe quer falar.

Sofia estranha que Henrique não tenha falado com Inês sobre a gravidez mas a filha assume que também não queria que ele o fizesse. Sofia aceita a decisão de Inês mas não esconde que ainda não se habituou a viver sem o ex-marido.

Maria fica em estado de choque e muito enervada quando descobre no IPO que Catarina nunca esteve doente, através do médico que pensava ser o da filha. Devastada pelo desgosto, Maria deixa o hospital a chorar e tenta ligar à filha mas a chamada vai parar à caixa de mensagens. Num misto de tristeza e raiva, Maria despedaça o seu telemóvel contra o chão.

Henrique vende o relatório da investigação de Joana à concorrência e exige um preço mais alto do que aquele que lhe oferecem.

Joana desabafa com Inácio e Marta, afirmando com convição que a traição de Duarte só pode ter a separação como consequência. Entretanto, combina com Inácio irem juntos à reunião com a Sociedade de Esclerose Múltipla apresentarem os resultados da investigação que estão a fazer, já que Marta não pode acompanhá-la.

Rúben bate com o carro de Leandro e partilha a sua angústia com a mãe, sem saber como contar ao irmão que lhe estragou o automóvel e por não ter tempo de o arranjar antes de ele voltar da lua-de-mel. Sandra conforta o namorado e dá-lhe um beijo que provoca o riso de Fernanda, dizendo ao mesmo tempo que eles são umas belas peças, pelas cenas de ciúmes que fazem um ao outro.

Catarina regressa a casa com Leandro, depois da lua-de-mel e estranha que a mão não a tenha ido buscar ao aeroporto e que tenha o telemóvel desligado. Leandro acha que Maria só não os foi receber por estar a trabalhar mas Catarina fica inquieta.

Nesse momento, Maria vagueia pela zona da Ribeira, de lágrimas nos olhos e uma angústia sem fim por ter sido mais uma vez enganada pela filha.

Alice e Thomas encontram-se por acaso na revista Mundo, ambos sem se conhecerem pessoalmente, mas convidados para a mesma entrevista com David, que tem em mãos a reportagem sobre os adolescentes de sucesso. Assim que percebem quem são. Alice e Thomas não resistem a confrontar-se e provocar-se como têm feito nas redes sociais.

Beatriz fica de boca aberta ao receber um envelope que contém as fotos das prostitutas assassinadas por Miguel e o brinco de uma delas. A jornalista partilha a situação insólita com Tiago, convicta de que aquelas provas lhe foram enviadas por Fred.

Leandro mata saudades do bolo da mãe e conta como correu a lua-de-mel com Catarina no Dubai. Quando Rúben aparece e vê o irmão, tem de ganhar coragem para lhe dizer que bateu com o carro e que o colocou a arranjar num bate-chapas em quem ninguém confia. Leandro fica desconfiado.

Depois de descobrir que Catarina a enganou mais uma vez, fingindo que estava doente com cancro, Maria confronta a filha em casa com a sua mentira e ela justifica que fez o que fez para voltar a ter o seu amor e atenção. Maria fica de tal forma alterada que ameaça denunciá-la à polícia pelas mortes de António e Diogo, virando-lhe as costas. Num acto de desespero, Catarina desfere-lhe um golpe violento na cabeça, que a derruba e faz sangrar. Percebendo a gravidade do seu gesto, Catarina baixa-se e segura a mãe, chorando horrorizada e convencida de que a matou, pois Maria parece dar o último suspiro.

Catarina fica em pânico e abana o corpo de Maria, suplicando-lhe que não morra. Leandro telefona-lhe durante aquele momento de desespero e ela não o atende. Com grande esforço, Catarina arrasta o corpo da mãe e coloca-o dentro da bagageira do carro. Depois, sempre ofegante, trata de eliminar os vestígios de sangue que ficaram no chão da sala.

Alheio ao que se passou com Maria, Luís confessa a Adriana que gostou muito do jantar que tiveram e que teve muitas saudades dela. A filha afirma que, afinal, a teimosia compensa mas o pai não assume que está de novo junto com Maria mas antes faz notar que ela, Adriana, se anda a vestir muito melhor, indiciando que deve estar interessada em alguém. A filha esboça um sorriso envergonhado.

nas redes

pesquisar