SIC

Perfil

183º Episódio - 09 de abril (sábado)

Henrique aceita casar com Maria Helena e acaba tudo com Sofia!

(c).RuiCarlosMateus.1954

Antónia chora, impertinente de sono mas o colo Alex faz com que se cale, para surpresa de Jonas e Rita.

Na festa do Grémio, Maria Helena encosta Henrique à parede e obriga-o a decidir se fica consigo ou com Sofia, decretando que se optar por casar com ela, será em regime total de bens, pois não tenciona partilhá-lo seja com quem for. Henrique fica atordoado com a franqueza da empresária.

Henrique aceita casar com Maria Helena, depois de ela deixar claro que jamais seria apenas sua amante. Depois, vai ao encontro de Sofia e, desculpando-se pela demora, convence-a de que está na altura de irem para casa. Maria e Catarina lamentam ironicamente que eles não fiquem para o leilão mas Sofia responde incomodada que já fizeram os seus donativos. Inês despede-se de Raquel e segue os pais, enquanto Maria assegura a Leandro que o que é de Henrique está guardado.

Catarina inicia o seu discurso a propósito da campanha contra o cancro, sob o olhar emocionado de Maria.

O inspetor corrupto da Polícia Judiciária, em tom ameaçador, pressiona Nuno para que silencie Beatriz de vez e faça com que ela desista da investigação sobre as festas, ainda mais agora que morreu um político e o acidente teve de ser abafado. Nuno garante que vai resolver o problema mas o criminoso não fica satisfeito e diz que a partir de agora o assunto é consigo. Nuno fica furioso mas sem hipótese de contestar a ordem.

Pedro lê na internet as notícias que saíram sobre Beatriz e fica muito preocupado com a tentativa feita para matar a mãe. Duarte e Joana esforçam-se por desvalorizar o assunto mas o rapaz continua inquieto. Joana insiste com Duarte para que convide Beatriz para jantar lá em casa e assim ficar mais perto do filho. Duarte agradece-lhe apaixonado.

Thomas regressa com Teresa da festa do Grémio e vem excitado e muito satisfeito por ter conhecido gente importante que lhe poderá ser útil no futuro, quando acabar o curso. Sem esconder o seu contentamento agradece à mãe a oportunidade que lhe deu. Teresa fica radiante por ter finalmente feito as pazes com o filho.

Depois de Inês se ir deitar, Sofia massaja os ombros de Henrique, notando que ele fez o caminho para casa sempre calado. O médico disfarça as razões do seu silêncio e esquiva-se à proposta da mulher que o convida para irem juntos para o quarto. Sofia fica algo desiludida e magoada. Já Henrique, detém-se a estudar a melhor maneira para lhe contar que a vai deixar.

Catarina, Leandro e Maria comentam a festa da noite anterior no Grémio. O rapaz não esconde o orgulho na noiva pelo êxito que ela teve na angariação de fundos. Maria pergunta a Catarina se ela já fez a lista de convidados para o casamento e a filha responde que só vai querer ter a seu lado a família.

Nuno diz a Maria Helena que Tiago tem de afastar-se de Beatriz mas ela assegura-lhe que o irmão está apaixonado e não vai desistir dela, avisando-o que conta com ele para protegê-lo. Entretanto, Maria Helena aproveita a conversa para revelar a Nuno que ela e Henrique decidiram casar. O filho fica chocado e tenta demovê-la da ideia, afirmando que o médico não é de confiança e até que, quando se fartar, pode deixá-la. Maria Helena garante que se Henrique tentasse tal coisa o mataria.

Henrique comunica a Sofia que a vai deixar porque conheceu outra mulher e enfrente a sua fúria. Sofia lembra-lhe as concessões que fez para o ter de volta, até a briga que teve com a mãe. Henrique a nada é sensível e Sofia desfere-lhe um golpe que lhe rebenta o lábio. Cansado de discutir e lutar, o médico sai de casa e Sofia chora desesperada.

João e Inês assinam o contrato promessa de compra e venda da casa nova. Inês fica incomodada com a conversa do marido que faz planos para alargar a família e insiste em que ainda não sabe sequer se voltará a andar. João tranquiliza-a e evita discutir.

O presidente do conselho de administração da revista discute com Benedita, furioso com a notícia que ela escreveu sobre o atentado de que Beatriz foi alvo. A diretora da Mundo enfrenta o administrador e faz valer as suas razões, exigindo ainda um guarda-costas para a sua jornalista. Saldanha acaba por se conformar, mas deixa o aviso a Benedita de que só não terá problemas para conservar o seu lugar se acatar as decisões superiores e isso implica não escrever sobre as festas sexuais.

Beatriz chega à redação e é aplaudida por todos, sob o olhar reprovador de Saldanha que está a sair do gabinete de Benedita. Esta chama Beatriz à parte e obriga-a a aceitar ter um segurança.

Barroso vai à clínica e pede a William que lhe escreva uma carta de recomendação para que possa voltar a exercer medicina. William confronta-o com o passado e o facto de ter sido despedido por Henrique. O médico reconhece os problemas que teve com o álcool mas assegura que tudo está ultrapassado. William aceita ajudá-lo, remetendo-o para os recursos humanos.

Jéssica conta a Rúben que aceita entrar no negócio da compra do prédio com ele e o pai. O irmão fica radiante e fecha a loja para ir com ela ver o imóvel.

Vítor interpela Fernanda no posto e ela pensa que ele quer voltar a falar do prédio que quer comprar. Contudo, desta vez está enganada porque o que o marido quer é ajuda por causa do casamento de Leandro e Catarina porque não tem o que vestir nem dinheiro para pagar a boda. A mulher tranquiliza-o e promete arranjar-lhe um fato.

Maria fica muito satisfeita pelo apoio que recebe de Luís na confeção do menu para o casamento da filha. Maria assume a vontade de tratar de fazer sozinha o bolo da noiva mas Luís até nisso faz questão de a ajudar, garantindo que no que depender de si, Catarina irá ter um dia inesquecível.

Duarte confessa a Joana a sua grande preocupação com Pedro, pois o filho passou a noite em claro e com pesadelos temendo pela segurança da mãe. Joana mostra-se compreensiva e apoia Duarte.

Catarina vai ao gabinete de Henrique para o provocar e começa por lhe notar o corte que tem no lábio. Depois, entrega-lhe o convite para o casamento, que o pai amachuca e coloca no lixo. Ela lamenta aquela reação mas confessa que já estava à espera.

Sofia vagueia pelas ruas do Porto e chora a olhar a aliança de casamento que segura nos dedos. Um mendigo aproxima-se dela tentando saber se está bem e Sofia limpa as lágrimas e entrega-lhe a aliança dizendo que lhe pode render algum dinheiro. O homem tenta recusar mas Sofia vai-se embora sem dizer mais nada.

Fred fica entusiasmado quando Hélder confirma que convidou umas amigas para se juntarem em casa dele. David fica aflito quando percebe que a festa vai incluir drogas.

Entretanto, Hélder recebe uma chamada de Betty a avisá-lo de que o deputado que morreu, não morreu no carro onde o seu corpo foi descoberto, mas sim na festa organizada por Nuno. O fotógrafo liga a Beatriz para lhe contar tudo e acrescenta que Henrique fez tudo para salvar o homem mas que Nuno não deixou chamar o INEM. Beatriz lamenta que a informação não os leve longe, pois não têm provas de nada e Betty não quer testemunhar. Hélder brinca com ela por agora ter guarda-costas e Beatriz reage com irritação por achar que não precisa de proteção, uma vez que está a ser o alvo das atenções e os criminosos não se atrevem a fazer-lhe mal.

nas redes

pesquisar