SIC

Perfil

178º Episódio - 04 de abril (segunda-feira)

Nuno ameaça Beatriz e exige que ela pare com a sua investigação; Leandro oferece um anel de noivado a Catarina!

Christian Gnad

Luís recebe a visita de Maria no restaurante e não tem rodeios, afirmando que ela lhe faz muita falta. Ela muda de assunto, algo constrangida e aconselha-o a visitar Jonas, a constatar a obra social que ele está a desenvolver e ajudar de puder. Luís fica depois muito admirado com a notícia do casamento de Catarina e Leandro.

Beatriz e Tiago acabam de jantar e ele sugere-lhe que vão beber um copo ao bar do irmão.

Raquel estranha a boa disposição de Maria Helena mas não lhe atribui grande importância. Entretanto, faz a felicidade da mãe por lhe contar que decidiu em fazer os cenários para a peça de teatro.

Henrique regressa a casa mas esbarra na continuada frieza da filha. Inês limita-se a responder-lhe o mínimo possível às suas perguntas. Entretanto, Henrique desliga uma chamada de Maria Helena mas, assim que pode, envia-lhe uma mensagem mentirosa a dizer que está de banco e que não a pode atender.

Quando Tiago os apresenta no bar, Nuno e Beatriz fingem que não se conhecem, mas quando ele vai biscar as bebidas ao balcão, Nuno aproxima-se de Beatriz e avisa-a de que se não parar de escrever sobre as festas, acabará muito mal. Beatriz fica surpreendida.

Beatriz enfrenta Nuno e desvaloriza as suas ameaças, lembrando-lhe com segurança que já teve de matar em legítima defesa. Quando Tiago vai ter com eles à mesa do bar, ambos disfarçam escondendo-lhe a natureza da conversa tensa que estavam a ter.

Catarina conversa ao pequeno-almoço com Maria e tem de se esforçar para disfarçar o desagrado pelo facto de a mãe ter estado com Luís no Sirga, embora não estejam juntos, pois sente um grande carinho por ele. Entretanto, Maria pede à filha que veja alguns documentos de que precisa para doar o dinheiro que tem e Catarina ainda tenta demovê-la sem êxito de o fazer.

Henrique surpreende e serve o pequeno-almoço a toda a família. Inês questiona-o se vai ser sempre assim dali para a frente mas o pai contorna a ironia e responde que se fosse perderia a graça. João convida Henrique, Sofia e Inês para jantarem no restaurante, pois vai ser ele a preparar a comida. Henrique aceita, depois de saber que Maria já não está no Sirga.

Maria Helena fica satisfeita por ver que Raquel está entusiasmada com o novo trabalho no grupo de teatro. Entretanto, repara que Nuno está com um cara de caso e procura saber o que se passa. O filho desvaloriza e responde que tem um problema do bar para resolver. Maria Helena avisa o filho de que tem um jantar naquele dia no Clube dos Industriais e conta que já tem companhia. Nuno vai até à sala de provas e faz um telefonema a alguém da sua confiança para que trate de afastar Beatriz de si e da família.

Beatriz conversa com Tiago e certifica-se de que ele nada tem a ver com os negócios do irmão.

Pedro confessa a Duarte que gosta muito de quando a mãe o vai visitar ao Porto e o pai compreende que ele goste de estar com ela. Nesse momento toca o seu telefone e Pedro atende pelo pai, constatando que se trata de Joana. Esta fica desconfortável quando o rapaz conta que a mãe está no Porto e quando fala com Duarte não consegue disfarçar esse sentimento. Depois de desligar o telefone, Joana desabafa com Vasco e percebe que talvez esteja a cometer um erro ao afastar-se de Duarte, valorizando mais o passado que teve com Manel. O irmão concorda e ela decide ir ao cais atirar à água a aliança de casado que pertencia ao ex-marido, ficando depois com um sorriso nos lábios.

Raquel conta a Inês que deixou de pintar quando uma pessoa muito importante para si morreu. Inês decreta que o que ela precisa é de voltar a apaixonar-se por um trabalho. Raquel confessa que gostava de conseguir ter a atitude positiva que ela tem.

Maria Helena visita Henrique na clínica e fica um pouco desiludida por ele não poder ir jantar com ela ao Clube dos Industriais. O médico propõe-se compensá-la com uma bebida num hotel e a empresária pergunta se vai ter de esperar tanto. Henrique cancela de imediato as consultas e tranca a porta do gabinete, para contentamento de Maria Helena.

A experiência no motel não corre muito bem para Sandra e Rúben e ela decide que só voltarão a estar juntos quando ele alugar uma casa. Rúben não acredita que ela resista tanto tempo e arrisca fazer uma aposta que Sandra aceita com determinação.

Vítor é surpreendido por Leandro quando está a sabotar um cano da cozinha, mas disfarça o que está a fazer, enganando o filho.

Zé tem mais um dos seus ataques de ansiedade no Horto, depois de Maria João reafirmar que não quer mais nada com ele por não se esquecer do que ele fez. Graciano, que assiste à cena, telefona a Benedita e conta-lhe o que se está a passar com o filho, prometendo mantê-la informada, pois ele já disse que não quer que ela vá buscá-lo. Benedita fica preocupada e acaba por desabafar contra vontade com Hélder pelo facto de se sentir desapoiada por William, com o marido a trabalhar no Porto e ela em Lisboa.

Hélder arruma as suas coisas para ir para o Porto fazer a reportagem com Beatriz quando ela lhe liga a contar que o irmão de Tiago é, nem mais nem menos do que o organizador das festas sexuais. Hélder fica alarmado e insiste para que ela largue a investigação que está a fazer, pressentindo que Beatriz está a arriscar de novo a vida. Ela responde que é tarde demais e diz que está à sua espera.

Alice implora a Olívia que lhe arranje trabalho noutra agência de modelos e a amiga da mãe promete ver o que pode fazer.

Rita questiona Thomas por andar sempre irritado e ele acaba por confessar à irmã que a viagem a Londres não correu como esperava, pois o pai não lhe ligou nenhuma. Teresa ouve a conversa sem se fazer notar e fica penalizada pela tristeza do filho.

Inês, Sofia e Henrique dão os parabéns a João pelo jantar que lhes confeccionou. Luís vai à mesa e confirma que quase tudo o que foi para a mesa foi cozinhado por João. A harmonia da refeição é quebrada pela chegada de Catarina que vai jantar com Leandro. O momento encerra alguma tensão até que Leandro leva Catarina para a mesa que lhes está destinada. Luís aproveita o facto de o rapaz ir à cozinha cumprimentar os antigos colegas para dizer a Catarina que foi a maldade toda que tem dentro de si que a fez ficar doente, lamentando apenas por Maria e Leandro. Catarina contra-ataca e mostra pena que ele tenha uma vida tão triste que precise de descarregar em cima dos outros. A picardia acaba quando Leandro regressa à mesa e, depois de Luís se afastar, oferece a Catarina um vistoso anel de noivado. Ela exibe-o para que Inês o veja e Sofia aconselha todos a ignorarem-na.

nas redes

pesquisar