SIC

Perfil

169º Episódio - 24 de março (quinta-feira)

Catarina rouba placebos da Clínica para fingir que já iniciou a quimioterapia e volta a mentir a Maria que fica com pena da filha

Laura tranquiliza Olívia, assegurando que apesar de ter sido despedida, tem forma de sobreviver durante algum tempo. Ao mesmo tempo, agradece à amiga por se preocupar, apesar de não acreditar na sua inocência. Olívia conta-lhe que Alice está muito magoada com ela e Laura fica desagradada quando percebe que a filha conversa sobre tudo com a amiga e não com ela. A jornalista acaba por confessar que também precisa de carinho e, principalmente de descobrir quem a tramou.

Maria conta a Fernanda que se reconciliou com a filha por causa de ela estar doente e mostra-se preocupada com o facto de Catarina não querer fazer os tratamentos. Fernanda contrapõe que ela só conseguirá salvar-se se aceitar tratar-se.

Catarina rouba um frasco de placebos na farmácia da clínica e por pouco não é apanhada por Joana. Para justificar o facto de ali estar diz que foi procurar comprimidos para a dor de cabeça e a médica dá-lhe o medicamento, lamentando a sua doença e o momento difícil por que ela está a passar.

Catarina fecha-se na sala de reuniões da clínica e coloca num porta-comprimidos os placebos que roubou. Depois telefona a Maria e pede-lhe que passe em sua casa mais tarde, dizendo que não se sente muito bem.

Vasco faz uma surpresa a Joana e aparece na clínica para a ver. Joana fica radiante com a visita do irmão, tal como o pai, que lhe liga naquele momento e fica a saber que ele está no Porto e não nos Açores. Vasco conta à irmã que Margarida propôs que voltassem a viver juntos mas que recusou, pois sente que estão muito bem como estão.

Isabel leva Patrícia à clínica porque a filha não passou muito bem durante a noite. Vasco acaba por encontra-las e Patrícia censura-o por se ter ido embora por não querer o filho que a mãe esperava e adivinha que ele deve estar contente por ela ter perdido o bebé. Vasco fica incomodado e quando fica a sós com Isabel responsabiliza-a pela mentira que alimentou com a sua gravidez.

Joana e Duarte divertem-se a imaginar a cara de Pedro quando chegar a casa e vir que tem uma televisão nova, adivinhando que ele nunca mais quererá sair da frente do aparelho.

Maria Helena recebe um ramo de rosas em casa e telefona a Henrique para agradecer. O médico lamenta por não ter sido o autor da gentileza e despede-se da empresária assim que Sofia entra no gabinete, para lhe dizer que aproveitou para estar com Inês que está a fazer fisioterapia. Sofia sugere a Henrique que passem uma das próximas tardes num hotel, pois quer também fazer um esforço para melhorarem a intimidade, já que ele também se está a esforçar para mudar. Henrique fica muito satisfeito com aquela atitude.

Catarina finge-se enjoada à frente de Maria enquanto come e mente à mãe, dizendo que a sua má disposição se deve ao facto de ter começado a fazer quimioterapia. Para dar veracidade à história mostra à mãe a caixa com os comprimidos placebos que roubou na clínica. Maria fica ainda mais convencida da doença da filha e durante a conversa acaba por lhe contar que Henrique fez com que fosse despedida do restaurante em que estava a trabalhar. Catarina fica furiosa mas a mãe proíbe-a de discutir com ele. Para amenizar a conversa, revela que está a colaborar num projeto social com Jonas e Catarina aproveita para fingir que também gostaria de se envolver numa boa causa, antes de morrer. Maria fica angustiada por ela estar a pensar na morte.

Alex aparece em casa de Jonas e Teresa a chorar e conta que a tia sofreu um AVC e está em coma no hospital. O casal encara a possibilidade de o rapaz ficar com eles mas Alex recusa, lembrando-se da discussão que teve com Thomas quando este ainda estava lá em casa.

Domingos telefona a Maria Helena e a empresária fica furiosa quando ele lhe pergunta se gostou das rosas. Depois de o avisar outra vez para que fique longe dela e dos filhos, desliga a chamada e destrói as flores que estão na jarra. Raquel aparece naquele momento e a mãe conta-lhe que o pai a ameaçou e proíbe-a de o voltar a ver. Raquel fica destroçada e com as lágrimas nos olhos, enquanto Maria Helena vai à sala de provas e ordena a Nuno que telefone à mulher do sujeito que está na mesma cadeia do pai, para que ele impeça Domingos de ver a luz do dia.

Jéssica conta a Fernanda que a sessão fotográfica correu muito bem e que o patrão se fartou de a elogiar, convidando-a para jantar. Priscilla vai ao posto de combustível despedir-se antes de viajar para França e Sandra trata-a como uma irmã, esquecendo as brigas que tiveram. Fernanda gosta de as ver finalmente amigas.

Vítor obriga Rúben a confessar que está com um problema de impotência e que falhou quando esteve com Sandra e sugere-lhe que faça um teste com outra rapariga para tirar a limpo se o problema se mantém. Rúben vai na conversa do pai e vai pedir ajuda a Adriana que, quando percebe o que ele quer, tem um ataque de fúria e expulsa-o da loja.

Raquel, pondera sair de casa por causa da pressão que a mãe exerce sobre ela para que deixe de ver o pai. Tiago tenta serenar a irmã e ela promete ir apenas dar uma volta para esfriar a cabeça.

Benedita conta a Beatriz que apesar de ter liberdade editorial como diretora da revista, está impedida de publicar matérias sensíveis como é o caso da investigação sobre as festas sexuais. Apesar disso, encoraja Beatriz a prosseguir a investigação e a publicar no seu blogue, recomendando-lhe que tenha cuidado.

O inspetor da Polícia Judiciária que ajudava Miguel vai avisar Laura de que é melhor aceitar dizer que tudo o que foi publicado sobre as festas era mentira, em troca de não ser condenada por tráfico de droga. A jornalista fica indignada e o agente lembra-lhe que ela tem uma filha que pode ficar sozinha e desprotegida e que as pessoas que ele representa não têm muita paciência.

Maria Helena dá razão a Tiago e reconhece que talvez tenha sido muito dura com Raquel ao proibi-la de ver o pai. Nuno acha que era o que ela devia ter já feito por si. A mãe intervém e acaba com a discussão que está prestes a eclodir entre eles.

Raquel vai à prisão para visitar o pai mas é impedida pelos guardas que afirmam ter existido um incidente entre presos na ala onde Domingos está e que as vistas foram canceladas. Raquel fica em pânico, temendo que algo lhe tenha acontecido.

nas redes

pesquisar