SIC

Perfil

167º Episódio - 22 de março (terça-feira)

Henrique interrompe o encontro de Sofia com Afonso para se declarar à ex-mulher

Christian Gnad

João fica furioso depois de saber que as provas que incriminavam o irmão como incendiário do hostel desapareceram e liga a Fred para o acusar. Fred desliga-lhe o telefone na cara recusando-se a ser insultado mas não nega que se mexeu para não ir parar à cadeia. Inês conforta João e diz-lhe que o melhor é esquecer o assunto.

Alice vai oferecer ajuda a Laura para esvaziar o seu gabinete mas a conversa não corre bem porque a filha diz que não acredita que a droga que encontraram na sua gaveta não fosse dela. Ao contrário, Benedita empresta a sua solidariedade a Laura, depois de lhe contar com toda a frontalidade que foi convidada para ocupar o seu lugar. Benedita promete-lhe todo o apoio, diz que acredita nela e incentiva-a a não parar com a investigação que fez e a aproveitar o facto de Beatriz continuar a ter a sua credibilidade intacta.

Tiago aparece em casa de Beatriz e beija-a com fulgor. Ela refaz-se da surpresa e retribui, confessando ter percebido que a falta de algo que sentia era a falta dele. Tiago e Beatriz caiem no sofá, dispostos a amarem-se ali mesmo.

Rita fala com entusiasmo da sessão privada que Agir fez no restaurante. Teresa não presta atenção porque está preocupada com Thomas, que está a viajar para Londres onde vai ter com o pai.

Sofia regressa a casa depois de ter ido ao teatro com Afonso e Assunção sujeita-a a um verdadeiro interrogatório sobre as virtudes e defeitos dele. Inês ri-se com as perguntas da avó. Entretanto mostra à mãe uns desenhos de roupa para pessoas com dificuldades motoras.

Catarina continua a fingir para Leandro que está gravemente doente, incomodada com a insistência dele para que lute contra a doença com todas as suas forças.

Raquel visita Domingos na cadeia e confessa ao pai o medo que tem do que possa acontecer por causa da mãe, quando ele sair em liberdade. O pai agarra-lhe nas mãos e diz-lhe que não se preocupe.

Beatriz e Tiago despertam com a convição de que querem assumir a sua relação, depois de terem passado a noite juntos.

Joana faz uma surpresa a Pedro e ele agradece-lhe por tomar conta dele, deixando-a comovida.

Henrique insiste em que a filha o perdoe por ter vendido a casa da Quinta a estranhos mas Inês não desarma e continua a tratá-lo com grande frieza.

Rúben recebe o estimulante sexual que encomendou para fazer amor com Sandra mas Fernanda, que aparece entretanto, vê que o pacote tem o nome de Vítor e presume que foi o marido quem fez aquela encomenda. Rúben atrapalha-se a dar justificações e a mãe abre a encomenda e fica escandalizada com o que encontra lá dentro, saindo da loja furiosa com o marido. Rúben fica desesperado.

Sandra conta excitada a Adriana que vai encontrar-se com Rúben para uma noite cinco estrelas. A professora de música diz com ironia que eles são perfeitos um para o outro. Sandra fica frustrada e furiosa quando ele telefona a dizer que o encontro tem de ser adiado.

Catarina prossegue o seu teatro e diz a William a chorar que tem um tumor nos ovários, que a possibilidade de cura é reduzida, mas que quer continuar a trabalhar. Para dar credibilidade à história, acrescenta que já está a ser seguida no IPO. William não desconfia de nada e tenta confortá-la.

Henrique aproveita a ausência de Sofia na fábrica para vasculhar a sua agenda, que está poisada em cima da sua secretária. Quando vê o que precisa vai embora sem justificação.

Benedita obriga Zé a pedir desculpa a Graciano por lhe ter batido. O chefe desvaloriza o incidente mas o rapaz fica muito nervoso por não encontrar Maria João.

Henrique interrompe o almoço de Sofia com Afonso e provoca uma situação de tensão fazendo à ex-mulher ali mesmo uma declaração de amor. Sofia fica muito envergonhada, pede desculpas a Afonso e sai do restaurante.

Maria Helena e Nuno preparam-se para fazer frente a Domingos, a quem foi concedida a liberdade condicional e que vai por isso deixar a cadeia onde cumpriu pena por tráfico de droga.

Sofia sai do restaurante muito perturbada e Henrique trava-lhe a marcha, obrigando-a a ouvir o que tem para lhe dizer. Com o coração nas mãos reafirma que a ama e convence-a a passar a tarde consigo.

Raquel sai finalmente do quarto e a mãe aproveita para confessar que está preocupada com ela por causa da obsessão que revela pelo pai. Raquel reafirma que fará tudo para o ajudar quando ele sair da prisão. Maria Helena dispara que o pai não merece que ela se preocupe com ele e revela que decidiu pedir a Henrique o nome de um psiquiatra que a ajude a lidar com aquele problema. Raquel não gosta da ideia, mas acaba por se resignar à vontade da mãe. Tiago percebe a tensão entre as duas e vai falar com a irmã para perceber o que realmente a aflige. Raquel confessa que receia pelo que o pai possa fazer à mãe quando deixar a prisão.

Beatriz conforta Laura por ela ter sido despedida e assume a vontade de prosseguir com a sua ajuda a investigação sobre as festas sexuais e os poderosos que as frequentam.

nas redes

pesquisar