SIC

Perfil

165º Episódio - 19 de março (sábado)

Fred prepara uma armadilha a Laura e ela é despedida da revista!

Laura é apanhada a drogar-se

Laura é apanhada a drogar-se

Victor Freitas\302\251

Hélder chega ao jogo final com Fred e seduzido pelas boas cartas que tem na mão, aposta a sua máquina fotográfica nova. Convencido de que vitória não lhe escapa, Hélder fica estarrecido quando Fred exibe as suas cartas e ganha a partida. David lembra que o avisou para não jogar e Hélder manda-o calar.

Maria desabafa com Luís a mágoa por ter sido despedida a pedido de Henrique e conta também que Catarina lhe apareceu a dizer que tem um cancro. Maria assume que não acredita que a filha esteja doente como diz, pois passou a vida inteira a mentir-lhe.

Catarina engana Leandro e convence-o de que ele é a única pessoa que tem na vida, depois de lhe contar num choro fingido que tem um cancro, insinuando que está particamente condenada a morrer. Para construir o seu alibi e afastar quaisquer suspeitas pelo desaparecimento de Diogo, assegura que a próxima vez que estiver com o marido será para lhe pedir o divórcio. Leandro, apaixonado, acredita em tudo o que ela lhe conta.

Tiago vai confortar Raquel, tentando que a irmã deixe o estado depressivo em que se encontra. Raquel confessa que está atormentada com a perspetiva de o pai deixar a prisão, temendo que a mãe lhe volte a infernizar a vida quando ele sair em liberdade.

Tiago deixa a irmã no quarto e conta a Maria Helena o estado em que ela está, escondendo no entanto, que isso tenha a ver com o pai. A mãe reconhece a sua impotência para lidar com Raquel mas fica mais bem-disposta com o facto de Tiago ter reconsiderado e ter aceitado regressar à empresa onde já tinha trabalhado.

Beatriz telefona a Tiago e combina almoçar com ele no dia seguinte, aproveitando o facto de estar no Porto. Depois de desligar, paga o combustível com que abasteceu o carro e fica incomodada por ser reconhecida por Sandra como a mulher que matou o juiz.

Dois agentes da Polícia Judiciária dão a notícia a Catarina de que Diogo foi encontrado morto, tudo indicando que se tratou de suicídio por enforcamento. Catarina desempenha o seu papel de viúva inconsolável e chora, provocando aos agentes a sensação de que está genuinamente destroçada com a notícia. Depois de eles saírem, Catarina respira de alívio pela tensão que foi forçada a disfarçar.

Joana, Marta e Inácio ficam perturbados com o regresso de Henrique à clínica e pela morte estranha de Diogo.

Joana decide tirar a limpo o regresso de Henrique à clínica e vai confrontar William. Este assegura-lhe que Henrique ficará longe das investigações e que foi contratado apenas como médico.

Benedita conta a William que o jantar com Zé e Maria João correu muito bem e como o filho estava radiante.

Fred aproveita o facto de ninguém reparar na sua presença e introduz-se no gabinete de Laura e deixa-lhe algo dentro da gaveta. Quando sai encontra Hélder e chama-o à parte para lhe sugerir que vá queixar-se à polícia que lhe roubaram a máquina que ele lhe ganhou ao poker. O fotógrafo não percebe a vantagem de se dar àquele trabalho e Fred esclarece que se houver uma queixa, ele fará com que a revista lhe compre uma máquina nova. Hélder fica radiante com o esquema que Fred idealizou.

Zé pensa que Graciano está a abraçar Maria João e fica de tal forma enervado com a possibilidade de perder a namorada que se atira ao encarregado do Horto, agredindo-o violentamente.

Maria procura Henrique na clínica e jura-lhe vingança, acusando-o de ter feito com que ela fosse despedida.

Benedita tem de sair à pressa da revista para ir buscar Zé ao Horto, depois de saber que ele bateu no chefe.

A polícia entra pela redação da Mundo e anuncia ter um mandato para fazer buscas na revista. Laura oferece toda a colaboração que for necessária mas acaba detida porque o Inspector da Judiciária descobre numa das suas gavetas um saco com uma grande quantidade de cocaína. Laura resiste inicialmente a acompanhar os agentes mas acaba por desistir de proclamar a sua inocência, pedindo a Hélder que contacte o seu advogado e que vá com ele para a esquadra. David fica perturbado e sussurra ao fotógrafo que não seria de espantar que a droga fosse dela. Fred aparece na redação e pergunta inocentemente o que é que se passou. David conta que Laura foi presa e Fred faz um cometário trocista disparando que agora ela já tem uma notícia para colocar online.

Tiago reafirma a Beatriz que gosta dela e que embora não a queira pressionar, tentará conquistá-la. Apesar de assumir que ainda não está preparada para assumir uma relação, a jornalista não resiste a ficar maravilhada com ele.

Inês conta a João que o médico lhe vai dar alta ao fim do dia e agradece ao marido toda a paciência que tem tido para ela. João responde-lhe que é amor e ambos fazem planos para terem filhos e constituírem uma família normal, ao contrário das suas.

Sofia aceita o convite de Afonso para ir ao teatro e recusa por esse motivo o convite de Henrique para jantar. Este fica a arder em ciúmes e bastante irritado.

William conforta Catarina pelo falecimento de Diogo e ela aproveita para desempenhar na perfeição o seu papel de viúva inconsolável, fazendo-o acreditar que está muito abalada. De tal forma que William fica condoído com a situação e lhe garante que o seu emprego na clínica não está em causa.

Maria confessa a Fernanda que está cheia de dúvidas, sem saber se deva acreditar que Catarina está realmente doente. A amiga também se sente balançada mas Maria mantém-se firme, desconfiada de que se trata de mais uma mentira da filha.

nas redes

pesquisar