SIC

Perfil

160º Episódio - 14 de março (segunda-feira)

Catarina consegue libertar-se e tenta fugir mas é apanhada por Diogo!

(c).RuiCarlosMateus.1954

Vítor insiste em vender pela internet os bilhetes que o clube de Lisboa lhe ofereceu e Rúben desespera com o pai porque ele nunca mais aprende a trabalhar com o computador.

Fernanda percebe que Leandro está impaciente e que não para de olhar para o telemóvel e adivinha que ele está assim porque não consegue falar com a namorada nova, insistindo que ele tem de a apresentar à família. O filho fica incomodado e vai falar com Jéssica em particular, dizendo-lhe que precisa de ajuda. A irmã mostra-se preocupada e ele é obrigado a contar que receia que algo tenha acontecido a Catarina, porque não consegue falar com ela. Jéssica censura-o por ter voltado para ela e por se ter confrontado com Diogo. Apesar de não aprovar a paixão do irmão, dispõe-se a ajudá-lo a encontrar Catarina.

Cristina encontra-se com Diogo e assume que, por si, já tinha dado um tiro em Catarina. Ele decreta que antes de se livrarem dela ainda precisa de algumas coisas suas. Diogo vê as fotos que Cristina tirou e diz que quer que ela provoque desconforto na mulher enquanto ela estiver presa.

Luís avisa Maria de que Diogo aparece num vídeo em cenas íntimas com outro homem e ela conclui que talvez tenha sido por isso que quando se cruzou com ele no posto de combustível ele tenha afirmado com grande irritação que Catarina é um traste. Apesar de Luís achar que Catarina deve estar a passar um mau bocado por ter sido traída pelo marido com outro homem, Maria recusa-se a voltar a falar com a filha.

Catarina consegue livrar-se da mordaça e tenta libertar-se das cordas que lhe prendem as mãos, gritando por socorro. Cansada e desesperada, começa a chorar sem conseguir soltar-se.

Thomas acusa Alex de lhe ter roubado o estojo onde tinha uma caneta cara que o pai lhe ofereceu e começa a remexer nas coisas do rapaz. Rita defende Alex que discute com Thomas. Jonas, alertado pelo barulho, acaba com a gritaria e tira de uma estante o estojo que Thomas procurava, envergonhando-o à frente de todos. Apesar de perceber que acusou Alex injustamente, não pede desculpa e sai de casa para a escola. O miúdo fica ofendido e diz que vai buscar as suas coisas recusando-se a ficar mais tempo lá em casa. Teresa fica perturbada e diz que quando o filho regressar da escola vai ter uma conversa muito séria com ele. Jonas afirma que está farto das suas atitudes de menino mimado e que se Teresa não o colocar no lugar, ele o fará.

Inês prepara-se para ser operada e só aceita ser acompanhada por João, reconhecendo que está muito ansiosa pelo desfecho da cirurgia.

Henrique toma um café na clínica com William e comenta com ar jocoso a traição de Diogo a Catarina com outro homem, convencido de que o vídeo com as cenas íntimas o vai afastar da gestão da clínica.

Priscilla não se conforma com a decisão de Leandro de acabar o namoro com ela e procura discretamente saber dele junto de Jéssica. Esta aconselha-a a esquecê-lo, assumindo que o irmão está apaixonado por outra rapariga.

Zé insiste em passar mais fins-de-semana com a namorada, para desespero de Benedita.

Hélder mostra a Beatriz a fotografia da festa de sexo que vai fazer a capa da próxima edição da revista e ela confirma que tem a reportagem praticamente pronta. O fotógrafo insiste em que ela deve aceitar ter guarda-costas para não correr riscos. Tiago aparece de surpresa e Beatriz aceita almoçar com ele para porem a conversa em dia.

Terminada a operação de Inês, o cirurgião anuncia que tudo correu bem e que tem grande esperança de que ela volte a andar. João fica muito ansioso por ainda não existirem certezas quanto a isso e Henrique procura acalmá-lo. Sofia só pensa em ver a filha.

Adriana percebe o interesse de Rúben em Sandra pelo entusiasmo que ele demonstra em querer assistir aos ensaios das suas coreografias e aconselha-o a avançar para a conquistar, sob pena de a deixar fugir.

Leandro e Jéssica contam a Maria que estão preocupados porque não conseguem falar com Catarina e ela, depois de confirmar que a filha está desaparecida desde o dia anterior também fica muito apreensiva.

Catarina convence Cristina de que precisa de ir à casa de banho e quando ela a desamarra ataca-a com violência deixando-a inconsciente atingindo-a na cabeça com a pistola que ela deixou cair. Nervosa e ofegante, encontra na mesa umas chaves de um carro, pega nelas e dirige-se para a porta. Com as chaves do carro numa mão e a pistola na outra prepara-se para sair e dá de caras com Diogo, que se preparava para entrar.

Catarina tenta alvejar Diogo com a pistola que tirou a Cristina mas o marido tira-lhe a arma da mão e empurra-a para o chão. Ela insulta-o e promete vingança, enquanto ele ordena a Cristina que volte a amarrá-la. Perante a resistência de Catarina, a sequestradora bate-lhe, aumentando ainda mais a sua raiva. Diogo assegura que não quer matá-la mas exige-lhe que escreva uma carta a dizer que não suportou o escândalo de ter sido traída e que por isso decidiu desaparecer. Catarina recusa e Diogo ameaça deixá-la a apodrecer ali.

Vasco desafia Joana e Duarte para uma atividade verdadeiramente radical e a irmã revela alguns receios. Ele consegue convencê-la de que não existe qualquer perigo e sugere que eles vão viver para os Açores. Duarte aproveita para enviar uma mensagem a João a perguntar como correu a operação de Inês.

João e Sofia aguardam que Inês desperte da anestesia e mostram-se ansiosos por saber se ela voltará a andar. Quando Inês acorda tem o marido a seu lado a acarinhá-la.

Luís comenta com Isabel a aflição em que João lhe foi pedir para apoiar Inês no hospital, agindo como um mero empregado do restaurante e não como um sócio que realmente é. Patrícia mostra o desejo a Pedro de ir assistir ao concerto de Agir, enquanto se delicia com o amigo a comer uma mousse feita por Luís. A mãe volta a lembrar-lhe que talvez seja prematuro frequentar determinados ambientes e muda de assunto. Pedro fica a pensar no que ouviu.

Maria confessa a Fernanda que está apreensiva com a falta de notícias de Catarina e mostra-se disposta a ir à polícia se ela entretanto não aparecer.

Benedita fica surpreendida com a visita de Maria João e não consegue perceber o que ela lhe diz. A namorada do filho opta por escrever o que lhe quer dizer.

Hélder entrega a Laura em mão as fotos para a reportagem sobre as festas sexuais, por achar que assim não correrão riscos de que alguém saiba o que vão publicar. Fred pede para falar com ela e depois de Hélder sair do gabinete entrega-lhe um saco com coisas que ela tinha deixado em sua casa. Laura volta a pedir desculpa por lhe ter invadido a casa com Beatriz mas Fred reafirma que já não há condições de confiarem um no outro e vai-se embora. Ela concorda e nem se preocupa muito com o assunto.

nas redes

pesquisar