SIC

Perfil

157º Episódio - 10 de março (quinta-feira)

Hélder e Beatriz vão a uma festa de sexo e encontram Henrique!

(c).RuiCarlosMateus.1954

Diogo regressa a casa e tenta controlar o ódio que sente de Catarina. Ela justifica ter-se envolvido com Leandro por não ter gostado de descobrir que ele anda a trocar mensagens com uma tal Cristina. Diogo tenta ganhar tempo e finge que passou a noite com a tal mulher, para esconder que ela é a assassina que ele contratou para a matar. Para dar credibilidade à sua história, Diogo assegura que não está apaixonado e que quer dar mais uma oportunidade ao casamento. Catarina fica surpreendida e confessa que não estava à espera de ouvir tal coisa. Diogo sobe para tomar banho e esconde o ódio que sente pela mulher. Ela fica perplexa.

João conta a Inês que Fred já foi interrogado pela polícia e deseja que o irmão seja acusado pelo incêndio no hostel, certo de que ele tem de aprender uma lição. Inês, por seu lado, mostra-se apreensiva com a consulta que vai ter e que poderá ditar se voltará a andar. João dá-lhe confiança de que tudo correrá bem e reafirma que sempre estará a seu lado.

Maria toma café com Fernanda no posto de combustível antes de se estrear como cozinheira num restaurante. A amiga censura a sua teimosia por querer vender a quota no Sirga e ela reconhece que apesar de se afastar, terá em Luís um amigo para a vida, ao receber da sua parte uma mensagem de boa sorte.

Priscilla queixa-se de ter sido rejeitada por Leandro e fica surpreendida pela solidariedade de Sandra. Fernanda fica ainda mais intrigada e sedenta para confirmar se é Catarina quem anda a desassossegar o filho.

Maria Helena obriga Nuno a ir fiscalizar a expedição da nova remessa de droga que receberam, apesar de ele dizer que está ocupado a organizar a festa sexual. A mãe nem quer ouvir falar do assunto e ele brinca, aconselhando-a a pedir ajuda a Tiago. Maria Helena insiste em protegê-lo e assume que quer conhecer a mulher que está a afastar o filho de si.

Beatriz conta a Laura que ela e Hélder conseguiram através de Sheila convites para a festa sexual e que vão disfarçados de casal. O fotógrafo brinca e insinua que se assim é, vão ter de se comportar como tal.

Duarte e Joana visitam Vasco de surpresa nos Açores, mas são eles que se surpreendem quando Margarida aparece na loja radical e ele assume que estão de novo juntos.

Patrícia queixa-se a Pedro por ainda não poder ir à escola e mostra-se desejosa de sair de casa e que a prioridade é ir ao concerto do Agir. Isabel lembra-lhe que só poderá ir a um local desses com condições especiais. Pedro fá-la sorrir dizendo que quando se deseja muito uma coisa ela acontece.

Luís dá a sua concordância para que João se torne seu sócio no Sirga e Maria formaliza com grande satisfação a venda da sua quota ao rapaz, que promete dedicar-se de corpo e alma ao restaurante.

Raquel fica agastada com a mãe por ela insistir em acompanhá-la a uma consulta de rotina. Maria Helena justifica-se dizendo que há muito tempo que não estão juntas.

Tiago estranha que agora que está em Lisboa, Beatriz tenha de ir ao Porto mas ela esclarece que se trata de uma deslocação em trabalho e que não pode revelar o que vai fazer, por ser um assunto confidencial. Tiago fica preocupado mas Beatriz tenta sossegá-lo.

Laura é interrogada por um inspector da PJ e desmente a versão de Fred, afirmando que quando o hotel ardeu no Porto, ela estava a trabalhar em Lisboa. O agente certifica-se de que naquele dia ela não esteve com Fred e agradece a sua colaboração.

Inês mostra-se impaciente enquanto aguarda que o cirurgião que a segue traga notícias sobre o exame que acabou de fazer. A impaciência transforma-se em desagrado quando o médico aparece acompanhado por Henrique e comunica que só mais tarde terá informações sobre o exame. Inês ouve o médico e ignora o pai. Quando se preparam para deixar a clínica, são abordados por Maria Helena, que não contém um comentário de pena ao ver Inês numa cadeira de rodas. Inês encaixa o comentário, mas fica muito irritada quando a empresária os convida para passarem lá pela Quinta, assumindo-se como nova dona da casa. João tenta aliviar o ambiente entre a mulher e o sogro e conta que já é dono de metade do Sirga. Henrique saúda o negócio do genro e afirma que finalmente vai poder voltar a frequentar o restaurante sem ter surpresas desagradáveis.

Catarina vai a casa de Leandro e apesar de ele achar que ela o usou para se vingar do marido, consegue seduzi-lo e fazer com que ele corresponda aos seus beijos, ao mesmo tempo que se dispõe a dar-lhe qualquer prova de amor que lhe peça.

Sofia conversa com Assunção e confessa que ainda não está preparada para viajar sozinha. A mãe acha que ela ficou dependente por demasiado tempo de Henrique e mostra-se convencida de que ele não deve estar a sentir-se sozinho.

Fred é detido para interrogatório judicial, suspeito de ter provocado o incêndio no hostel.

Beatriz e Hélder passeiam-se pelo barco onde decorre a festa sexual organizada por Nuno e observam as figuras públicas que vão escolhendo as suas acompanhantes. Hélder vai fotografando através da câmara oculta que tem no porta-chaves e quando Beatriz conclui que já têm o que pretendiam, decidem ir embora. Nesse momento, Henrique entra na festa e, depois de trocar com Nuno cumprimentos de circunstância, encaminha-se perigosamente na direcção deles. Beatriz agarra-se a Hélder e beija-o, ao mesmo tempo que Henrique passa por eles sem os ver.

Inês ajuda Sofia a entrar nas redes sociais. A mãe lamenta-se por ter perdido o rasto das amizades antigas e acha-se parecida com a mãe, que em tempos também não se dava com ninguém. João assoma ao escritório e diz que se vai deitar por ter de ir cedo para o restaurante, convidando a mulher para o acompanhar. Sofia liberta a filha e João leva Inês para o quarto.

Diogo revolta-se com Catarina porque ela continua a provocá-lo, insinuando que ela não é de confiança e diz-lhe que não está disposto a esforçar-se sozinho para salvar o casamento. Ela mantém-se impávida a tomar o pequeno-almoço.

Rúben e Jéssica pressionam Leandro para que revele quem é a rapariga em quem está interessado, depois de ter acabado tudo com Priscilla. O irmão irrita-se deixa-os a falar sozinhos. Fernanda dá um raspanete a Rúben porque gastou em batidos todos os legumes que ela tinha. Vítor mete-se com o filho, insinuando que ele está interessado em Sandra.

nas redes

pesquisar