SIC

Perfil

152º Episódio - 04 de março (sexta-feira)

Isabel faz um aborto com a ajuda de Diogo; Catarina fica em estado de choque quando Diogo lhe conta do aborto

(c).RuiCarlosMateus.1954

Vasco confessa a Rui que está a gostar de ter Margarida de novo a seu lado e que já esqueceu Isabel. O amigo brinca e conclui que ela já o apanhou. Margarida aparece nesse instante e Rui concede o resto dia a Vasco para estar com ela.

Isabel fica radiante quando a enfermeira Dina comunica que o médico vai dar alta a Patrícia. A filha também festeja e começa logo a fazer planos, como ir buscar o Pipoca e avisar Pedro que quer jantar lá em casa. Isabel fica tensa de repente porque se lembra que está a morar em casa de Catarina. Patrícia não se apercebe e acrescenta que quer ir com ela comprar coisas para o mano. Isabel sente-se cada vez pior e vai falar com Catarina e Diogo, dizendo-lhes que tem de voltar para sua casa, uma vez que a filha vai ter alta e não tem como explicar-lhe porque é que está a morar na casa deles. Catarina fica apreensiva e diz que não a quer sozinha, nem que coloque a gravidez em risco, pois já se sentiu mal. Isabel troca um olhar tenso com Diogo e assegura que já está melhor mas aceita não ir trabalhar, avisando Maria.

Maria decide ficar no lugar de Isabel e Luís aproveita para insistir com ela para que não deixe o restaurante. Maria reafirma que quer libertar-se de tudo o que a herança de António lhe trouxe e que precisa de começar do zero. O cheff fica muito desiludido.

Fred discute com Laura por ela ter publicado o artigo das festas sexuais que Miguel frequentava. Laura está nervosa por causa das ameaças que Beatriz sofreu e reage mal às acusações do namorado, deixando no ar que se ficar provado que o pai dele matou as prostitutas, publicará a notícia sem hesitar. Fred fica ainda mais furioso.

Apesar de ameaçada, Beatriz garante que não desistirá da sua investigação e Hélder, depois de tentar tudo para que ela desiste, afirma que ficará ao seu lado.

Duarte conta a Joana que Maria Helena o convidou a continuar a trabalhar na sala de provas da casa da Quinta mas que recusou, pois iria sentir-se desconfortável. Ela revela entretanto que Patrícia avisou Pedro de que vai ter alta e que ele ficou muito excitado com a novidade.

Catarina certifica-se de que Isabel melhorou mas fica inquieta por não poder ficar com ela em casa e por ela não querer ir às urgências para ser observada. Sem que Catarina perceba, Diogo faz sinal a Isabel para que não alimente a conversa e oferece-se para levar-lhe Patrícia quando ela tiver alta da clínica. Quando fica a sós com Isabel, Diogo faz-lhe ver que o aborto é a melhor solução para todos. Ela confessa que está muito desconfortável por estar a enganar Catarina.

Luís fica desagradado com Maria por ela ter reunido com um potencial comprador da sua parte do restaurante sem lhe dar conhecimento. Maria promete que de uma próxima vez o avisará para que ajude a escolher o seu futuro sócio.

João mostra-se cada vez mais interessado em investir no restaurante, comprando a parte de Maria. Inês incentiva-o a lutar por esse sonho e promete apoiá-lo. Sofia ultima os preparativos para a sua viagem a Itália e Inês tem o impulso de a levar ao aeroporto. Só depois cai na realidade de que está numa cadeira de rodas e fica muito triste com a situação. João alivia o ambiente e diz que as levará às duas. Henrique aparece para se despedir de Sofia e é forçado a revelar que vendeu a casa da Quinta a uma empresária. Inês fica furiosa e discute com o pai, censurando-o por não ter vendido a casa aos tios como tinha combinado.

Ao jantar, Nuno censura Tiago por continuar afastado da família e andar a gastar o dinheiro no apoio aos pobres pelo mundo. Maria Helena fica muito irritada e proíbe-o de estar a criticar o irmão permanentemente. Raquel, mais moderada, sai em defesa de Tiago e a mãe lembra tudo o que ele passou quando perdeu a mulher.

Tiago visita Beatriz e promete-lhe que não forçará uma relação enquanto ela não assumir que está preparada para isso.

Maria conta a Fernanda que Luís não gostou que ela tivesse reunido sozinha com um potencial comprador da sua quota no restaurante. A amiga faz-lhe ver que ele não quer é perdê-la. Maria não se demove das suas intenções e assume que vai voltar a trabalhar no que sabe fazer, cozinhando ou fazendo limpezas. As duas acabam por rir divertidas quando Fernanda conta que Vítor anda doente depois de ter descoberto que o bisavô foi fundador de um clube de Lisboa.

Vítor continua desconfortável por ter de ir a Lisboa ao jantar de homenagem aos fundadores de um clube lisboeta, receber um troféu dedicado ao bisavô. Rúben goza com o pai e atormenta-lhe ainda mais o espírito.

Inácio vai à loja de desporto dizer a Rúben que vai desistir dos treinos porque também vai desistir de Marta. O treinador tenta convencê-lo a mudar de ideias mas sem sucesso.

Henrique tenta fazer as pazes com Inês por ter vendido a casa da Quinta a uma pessoa que não é da família mas a filha volta a criticá-lo com violência.

João vai à polícia e pressiona os agentes para que descubram que foi Fred a incendiar o hostel, pois quer que o irmão pague pelo que fez.

Diogo leva Isabel à clínica e o médico certifica-se de que ela quer mesmo abortar. Quando Isabel reafirma a sua vontade, o médico acompanha-a para iniciarem os preparativos.

Catarina recebe em choque a notícia de que Isabel sofreu um aborto e culpa-a por ter negligenciado a gravidez. Diogo esforça-se por acalma-la e tenta disfarçar a sua culpa. Catarina quer ir falar com Isabel mas o marido impede-a tentando fazer-lhe ver que ela, melhor do que ninguém sabe que estes percalços podem acontecer. Catarina detém-se mas inconformada por falhar mais uma vez o objectivo de ser mãe.

nas redes

pesquisar