SIC

Perfil

149º Episódio - 01 de março (terça-feira)

João descobre que Fred o enganou e ficou com todo o dinheiro que Miguel tinha no estrangeiro; João vai à polícia denunciar Fred como culpado no incêndio do hostel

(c).RuiCarlosMateus.1954

Vítor fica em estado de choque quando recebe o convite para representar o bisavô num jantar de homenagem aos fundadores de um importante clube do sul. É preciso que Leandro e Jéssica lhe chamem a atenção de que é verdadeira a carta que recebeu.

Priscilla tenta que Fernanda teste o perfume que ela acabou de produzir mas a patroa consegue esquivar-se, enquanto Sandra a irrita dizendo que aquela “fragrância” cheira a podre. A diplomacia de Fernanda faz com que Priscilla admita rever o fabrico do aroma.

Teresa fica escandalizada quando Duarte lhe confessa que dormiu com Beatriz e aconselha-o a guardar segredo, certa de que a mulher jamais lhe perdoará aquela traição.

Beatriz recebe Tiago em sua casa e ele não perde tempo a dizer-lhe que atravessou metade do mundo só para estar com ela. Beatriz fica sensibilizada e aceita começar por tomar um café com ele, confessando não esperar pela sua declaração de amor.

Henrique almoça com João e insiste com ele no facto de que Miguel tinha muito dinheiro em contas no estrangeiro. O rapaz diz que Fred foi ao banco e que constatou que as contas nada tinham, recusando a ideia de que o irmão o tenha enganado. Henrique reafirma a sua certeza e dispõe-se a dar a João o contacto do responsável do banco para que esclareçam todas as dúvidas. João fica muito intrigado.

Catarina recebe de volta o quadro que tinha enviado como presente de casamento a Inês e fica furiosa. Diogo tenta acalmá-la e fazer-lhe ver que a guerra que abriu com a irmã não faz sentido. Catarina finge aceitar o conselho mas deixa antever que se vai vingar.

Isabel tenta recuperar a confiança de Maria e assume ter pena de que ela tenha decidido vender a sua parte no restaurante. Maria é fria na resposta, pedindo-lhe que não conte ainda nada a Catarina.

Inácio fica desesperado com a indiferença com que Marta o trata, depois de se ter esforçado por lhe ter tentado agradar ao ganhar a corrida dos investigadores. Num impulso à Hollywood beija-a com sofreguidão e por pouco não apanha por causa disso. Marta afasta-se dele, muito indignada. Joana fica entre o divertido e o apreensivo.

Jonas dança com Alex e consegue aproximar-se dele aos poucos, convencendo-o que pode deixar de ser um adolescente problemático e que merece uma oportunidade.

Priscilla gaba-se à frente de Sandra por ter inventado um perfume de alto nível mas é contrariada por uma cliente que entra no posto para pagar o combustível, dizendo que cheira mal.

Vítor choraminga inconformado por Bruno ter decidido ir embora do País para ingressar a bordo de um paquete como imediato. Jéssica também fica abalada com a notícia.

João regressa de cabeça perdida ao atelier de Inês e conta-lhe que descobriu que o irmão lhe roubou a sua parte do dinheiro a que tinha direito pela morte do pai e que este tinha escondido em contas offshore. Sem piedade, João afirma que vai entregar Fred à polícia, denunciando-o por ter pegado fogo ao hostel.

Catarina pressiona Isabel para que descanse, vincando em tom de ameaça que o bebé que ela carrega no ventre é o mais importante da sua vida. Isabel assegura que tem a gravidez controlada e lamenta apenas por estar desavinda com Maria. Entretanto, elogia os sapatos que Catarina comprou e ela afirma que se trata de um presente para uma amiga muito especial.

Margarida não desarma na intenção de reconquistar Vasco e consegue que ele a convide a passarem juntos na sua casa os dias que ela tem de folga.

Duarte aparece na clínica e surpreende Joana com um abraço, quando ela está a consolar Inácio depois do incidente que o amigo teve com Marta. O investigador fica constrangido e vai embora. Duarte, culpado por ter traído Joana, decreta que está na altura de viajarem só os dois para os Açores.

Fred vai ter com Laura à revista e desafia-a para saírem. Ela aceita, depois de confirmar que não há qualquer problema com Alice.

João denuncia Fred na esquadra como o homem que pegou fogo ao hostel, para se apropriar indevidamente do dinheiro do seguro. O agente que recebe a queixa deixa-o irritado ao responder que, num caso daquele tipo, se trata da palavra de um contra a palavra do outro.

Arrogante, Catarina vai à galeria de arte devolver o quadro que ofereceu a Inês. Raquel fica muito desagradada por não conseguir convencê-la a ficar com a obra, apesar de se esforçar por explicar que o quadro vai valorizar bastante.

Para grande tristeza de Inês, Henrique conta que tem uma proposta de uma empresária de transportes que quer comprar a casa da Quinta. João regressa a casa de semblante carregado e confirma que já apresentou queixa contra Fred.

Inês teme que ele venha a arrepender-se da decisão que tomou mas o marido mantém-se firme e responde que Fred herdou o lado criminoso do pai.

Duarte conversa com Joana sobre a viagem que fez a Lisboa e disfarça o desconforto quando a mulher lhe pergunta como é que encontrou Beatriz. Duarte assume que a visitou mas mente ao dizer que nem passou da porta da entrada. Para se esquivar ao assunto, diz que têm de marcar a viagem aos Açores, pois precisa de ir ver as vinhas.

Vasco confessa a Rui que se sente bem de novo ao lado de Margarida e que está disposto a tentar a reconciliação com a ex-mulher. O amigo teme que ele esteja a precipitar-se.

Rúben fica muito desiludido por Bruno ter decidido ir trabalhar para o estrangeiro, a bordo de um navio e desabafa com Fernanda, dizendo que o considerava um irmão. Vítor resmunga e recusa que os seus antepassados possam ter fundado um clube do sul, que agora o convidou para o jantar de homenagem ao seu bisavô.

Luís repreende Ivo por não ter substituído um funcionário que faltou ao trabalho da cozinha do restaurante. O sub-chefe pede desculpa e promete que não voltará a acontecer. Maria oferece-se para ajudar mas Luís recusa, deixando-a preocupada e tensa. Isabel leva para a sala o prato que Luís concluiu e conversa por momentos com Maria, reafirmando não perceber porque é que ela quer vender a sua parte do Sirga e pedindo-lhe que não se esqueça dela se abrir outro negócio. Maria insiste em que a sua decisão é a mais certa.

Diogo fica desconfiado com a boa disposição que Catarina evidencia ao pequeno-almoço e perplexo quando ela revela que devolveu o quadro que tinha comprado para Inês e que lhe enviou outro presente.

nas redes

pesquisar