SIC

Perfil

135º Episódio - 13 de fevereiro (sábado)

Inês e João casam-se na clínica!; Duarte e Joana fazem as pazes!

Victor Freitas\302\251

Inês pede a Henrique que lhe leve para a clínica o seu material de desenho, confessando a necessidade de se distrair. O pai anui e aproveita para lhe pedir que não afaste João da sua vida, pois ele gosta mesmo dela. Inês reafirma que não quer ficar com ele, estando impossibilitada de andar.

Catarina vê Henrique a sair do quarto de Inês e não resiste a provoca-lo perguntando como é que ela está, afirmando que se está a ser bem tratada, a si o deve. Henrique dispara que Inês está na clínica porque ele e Sofia pagam para isso e avisa-a para que deixe a irmã em paz. Catarina elava a voz mas Diogo repreende-a e acaba com a discussão.

Bruno janta com Filipe no Sirga e fica preocupado quando ele o informa de que já tem comprador para a empresa de cruzeiros no Douro, apesar de o patrão lhe assegurar que acautelou os seus interesses.

Joana conversa através do computador com Sara e conta à mãe a discussão que teve com Duarte, por causa de não ter ainda feito o luto da morte de Manel. A conversa é interrompida quando a porta se abre e Duarte entra em casa com Pedro. Depois de o miúdo ir para o seu quarto, Duarte fala calmamente com Joana e perdoa-lhe por o ter responsabilizado pela morte de Manel. O casal troca um abraço carinhoso e Joana volta a pedir desculpa.

Fernanda conta a Rúben e Jéssica que despediu Jorge e o filho dispara que se soubesse o que ele fez o cortava às postas. Rúben perde-se a desenvolver as suas teorias para o livro que está a escrever mas Jéssica afirma que o que ele diz não tem sentido. Vítor aparece entretanto e agita uma nota de cinquenta euros e entrega-a a Fernanda, justificando que recebeu o dinheiro por ter limpado umas paredes que estavam grafitadas e deixando claro que afinal também leva dinheiro para casa. Para surpresa geral, Rúben confessa que foi ele e um amigo que sujaram as paredes do vizinho. Vítor vai abrir a porta da rua e Priscilla diz que ali está para conversar com ele sobre o que cada um deve fazer pela carreira e bem-estar de Leandro. Vítor deixa-se invadir pela nostalgia e decide mostrar à namorada do filho algumas fotos do tempo em que jogava futebol.

Laura acusa Olívia de estar a desautorizá-la perante Alice e avisa que não quer que ela a substitua na educação da filha. Fred aparece de surpresa e Laura aceita jantar com ele, deixando a amiga pendurada e furiosa. Antes de sair da revista, Laura insiste com Hélder para que se despache a entregar o trabalho que lhe pediu. Quando fica sozinho, o fotógrafo envia um mail a Beatriz a confirmar que não tem de se preocupar com Tiago.

Entretanto, Miguel recebe em sua casa o inspector de PJ que investiga a proveniência da escuta que lhe colocaram e revela ter descoberto uma nova pista. O agente revela que alguém na revista está a trocar mensagens através do email de Beatriz e que a outra pessoa está em Bali. Miguel fica ainda mais intrigado.

Diogo fica desconfortável quando Maria lhe agradece por recebê-la em sua casa e por se mostrar desejosa de ser avó.

Benedita conversa com Zé e tenta fazer-lhe ver que deve esperar algum tempo para viver com a namorada. O filho fica enervado com a conversa mas acaba por ficar a pensar nas razões que a mãe lhe apresenta.

Sofia entrega a Henrique o material de desenho que a filha pediu e ambos se mostram preocupados com a insistência que ela demonstra em não querer casar com João.

Inês recebe um vídeo de João em que ele aparece numa casa com vista para o Douro, afirmando que é ali que quer viver com ela até ao fim dos seus dias e que é ali que quer criar os filhos que tiverem. Inês fica lavada em lágrimas e, logo de seguida, estupefacta porque João lhe aparece vestido de fato, acompanhado por uma conservadora do registo civil, dizendo que não há a menor hipótese de deixar de a amar e que só precisa que ela diga sim para casarem ali imediatamente.

Inês não resiste ao pedido de João e, comovida, aceita casar com ele. A conservadora conduz a breve cerimónia no quarto da clínica e os noivos beijam-se apaixonadamente depois de serem declarados marido e mulher.

Jonas conta com entusiasmo a Teresa que detetou talento em Alex e que percebeu que ele roubou as sapatilhas para dançar e não para vender. Teresa aconselha o marido a não pressionar o rapaz, pois o medo do preconceito pode afastá-lo de vez.

Graciano ouve as preocupações de Benedita pelo facto de Zé querer agora passar um fim-de-semana com Maria João e por não ter ainda desistido de ir viver com ela. Graciano recomenda a Benedita que tente conhecer melhor a namorada do filho, certo de que ela é capaz de cuidar de si e de Zé.

Laura acorda tarde e fica em stress por ter passado a noite com Fred, repreendendo-o por não a ter acordado. Ele age com descontração e Laura, irritada, assume que não está a dar um bom exemplo à filha, pois nem se quer a avisou que não dormia em casa. Depois de Laura sair sem responder ao convite para se encontrarem mais tarde, Fred liga o computador para se dedicar às apostas.

Sofia e Henrique ficam desconcertados quando João e Inês lhes contam que estão casados e não resistem a planear uma cerimónia com toda a pompa e circunstância, assim que ela esteja recuperada. Embora mais animada, Inês interroga-se se algum dia conseguirá voltar a andar. João, radiante com o facto de estar casado com a mulher da sua vida, promete que ela terá um casamento de princesa.

Catarina entra furiosa no gabinete de Diogo, depois de saber que Inês e João casaram na clínica e destila ódio dizendo que deviam expulsá-los dali. O marido tenta acalmá-la e sugere-lhe que os esqueça, pois eles não gastam tempo das suas vidas a pensar nela. Catarina disfarça o ódio que sente da irmã.

Maria, depois de falar com o banco, conta a Luís que se perdeu por completo o rasto ao dinheiro que Abel lhe roubou e mostra-se desiludida e cansada de lutar contra as adversidades. Luís conforta-a e aproxima-se dela, dando a ideia de querer beijá-la. Maria afasta-se subtilmente, ao mesmo tempo que se mostra feliz com o facto de ele não sentir vontade de beber e por ter voltado para junto de si, revelando que enquanto esteve fora Ivo e o resto do pessoal foram de uma grande dedicação.

Luís vai até à cozinha para preparar um chá e agradece a Ivo por ter tomado conta da sua cozinha. Ivo recorda com humor os tempos em que nem sempre se deram bem e confessa que não tenciona permanecer por muito mais tempo no restaurante, pois quer dedicar-se mais à família.

Catarina não resiste ao ódio que sente pelo facto de Inês ter casado com João na clínica e vai ao quarto da irmã para a provocar, insinuando que João não andará toda a vida a empurrar-lhe a cadeira de rodas. Inês tenta chamar a enfermeira mas quem aparece para a socorrer é João, que afasta Catarina pelo braço. Ela fica ainda mais irada e avisa-o de que se quer passar a noite de núpcias agarradinho à noiva, não volte a tocar-lhe. Inês, muito perturbada, assume que odeia Catarina como nunca odiou alguém.

Thomas conta a Teresa que tem um colega que vai estudar um ano para fora ao abrigo de um programa de intercâmbio do ensino secundário. A mãe aprova a ideia e ele aproveita que quer ir para Londres fazer o mesmo e que já falou com o pai. Teresa muda o discurso e responde que isso nem pensar, deixando o filho furioso.

Duarte arruma alguns dos seus dossiers num caixote quando Henrique aparece na adega para ir buscar uma garrafa de vinho. Duarte não se contém e, depois de lhe perguntar se também o vai expulsar, diz que o acha desprezível por ter expulsado Maria e por se preparar agora para vender a casa onde cresceram. A discussão entre ambos sobe de tom e Henrique argumenta que depois de ter ficado com a casa nas partilhas pode fazer o que quiser com ela. Duarte riposta que ele é uma vergonha e antes de sair da sala, ouve com surpresa o irmão dizer que Inês casou com João.

nas redes

pesquisar