SIC

Perfil

127º Episódio - 4 de fevereiro (quinta-feira)

Miguel começa a investigar o desaparecimento de Beatriz; Catarina desfaz-se do barco de Henrique e este fica sem sítio para viver

(c).RuiCarlosMateus.1954

Os familiares mais chegados de Beatriz prestam-lhe homenagem no local onde ela desapareceu. Pedro profere breves palavras de amor à mãe e chora quando atira ao rio as flores que tem na mão. Todos lhe imitam o gesto e depois vão confortá-lo.

Entretanto, Beatriz trabalha como camareira num resort em Bali, de onde telefona a Hélder para saber como ficaram as coisas depois de ela ter desaparecido. O amigo fala com ela em tom sigiloso e promete-lhe que irá visitar Pedro ao Porto logo que seja possível. Beatriz pergunta por Miguel e Hélder revela que ele ficou perturbado com o seu desaparecimento. Beatriz conclui a chamada e retoma o serviço e é observada por um homem que lhe sorri sem que ela corresponda.

Rita e Thomas contam a Pedro que um miúdo assaltou as instalações onde Jonas vai dar aulas de dança à população mais desfavorecida mas o primo está demasiado triste com a perda da mãe e não vibra muito com o assunto. Thomas convence-o a ir experimentar um jogo novo. Duarte agradece a Teresa e Jonas o apoio que estão a dar a Pedro nesta fase tão delicada.

Sofia confessa a João que tem pena de Pedro. Inês também se mostra destroçada com o desaparecimento de Beatriz e a mãe incentiva-a a ir fazer a mala que vai levar para a despedida de solteira. João assume que não está com grande espírito para festas mas a noiva insiste para que se vá divertir com os antigos amigos.

Fernanda gaba o romantismo do marido de Cesaltina que ofereceu flores lindas à mulher, ao contrário dele que só lhe dá flores de plástico. Vítor desvaloriza a desconsideração da mulher e promete voltar com ela ao habitual local de férias, sem se dar conta de que ela detesta o sítio.

Filipe janta com Duarte no Sirga e insiste com ele para que fique com o negócio dos barcos de cruzeiro. O genro aceita pensar no assunto, embora esteja inclinado a recusar.

Depois de matar mais uma prostituta, Miguel descansa numa poltrona, insensível ao corpo inerte da mulher, mesmo ao seu lado.

Inácio fica esgotado a treinar com Rúben que, ainda por cima, termina a sessão com pulos de galo.

No laboratório, o atraso de Inácio começa a ser notado e Joana e Marta concluem que ele deve ter ido treinar. Joana desabafa com a amiga e confessa que não está fácil lidar com o desgosto que Pedro está a viver por ter perdido a mãe.

Benedita confia a William que está muito preocupada, depois de Zé voltar a falar da amiga imaginária como se ela fosse real.

Miguel vai à revista para recolher os pertences de Beatriz e fica surpreendido quando se encontra com Fred, que aparece na redação para entregar a Laura um ramo de flores. Ela nem quer acreditar quando fica a saber que eles são pai e filho e Miguel sente-se chocado ao perceber que Fred tem um caso com ela. Hélder não gosta de ver o juiz a levar as coisas de Beatriz. Laura não consegue disfarçar o incómodo pelo encontro fortuito entre Miguel e Fred e recusa ir jantar com o rapaz, alegando que se comprometeu com a filha.

Jonas está a orientar as obras no estúdio do bairro social onde vai trabalhar quando vê chegar Alex, o miúdo que o roubou, acompanhado agora pela tia. A mulher obriga o miúdo a devolver o que tirou e Jonas estranha que ele tenha furtado sapatilhas de dança e calças de treino. A tia é dura com o rapaz mas Jonas até lhe oferece lugar como seu colaborador. Alex recusa e foge dali. A tia vai atrás dele.

Catarina vai à Quinta e leva um mimo a Isabel, preocupada em certificar-se de que ela está a levar a gravidez com o máximo cuidado. Maria confirma que ela está bem e incentiva-a a ir buscar mais roupa e também o Pipoca.

Entretanto, Isabel escuta barulhos que chegam da sala de provas e constata que se trata de Henrique que foi buscar mais vinho para levar para o barco. O médico fala com ódio e rancor, desaprovando o facto de ela estar ali. Catarina chega ao pé de Isabel e pega-se em grande discussão com o pai, esforçando-se por expulsá-lo da Quinta.

Entre as coisas de Beatriz, Miguel descobre um extrato bancário e fica curioso para saber porque é que ela levantou o dinheiro todo antes de morrer. Para desfazer as suas dúvidas, Miguel telefona para o banco e fica cheio de raiva por ter de lá ir pessoalmente tratar do assunto. Depois de não conseguir obter as informações desejadas, Miguel fica ainda mais intrigado quando descobre o recibo de umas aulas de natação.

Sofia e Henrique despedem-se de Inês que vai para a sua viagem com João. Quando ficam a sós, Henrique lamenta o divórcio, por contraste com Sofia que embora reconhecendo que às vezes sente a falta dele, também conseguiu encontrar uma nova vida.

Catarina vai confrontar Henrique com a presença constante que ele impõe na clínica.

Catarina vai ao barco procurar Henrique, para discutir com ele, mas quando percebe que o pai não está, solta as amarras e empurra o veleiro para as águas do Douro.

Olívia vai à revista desafiar Laura para almoçar mas esta alega que está cheia de trabalho.

David aguenta a pressão de Alice para ir jantar com ela, mas acaba por se comprometer. Laura vai tentar saber o que é que a filha foi ali fazer, mas volta a não ser bem sucedida. Hélder quebra a tranquilidade da redação ao gritar a sua indignação por ter sido incapaz de evitar que Miguel voltasse a matar, mas esconde que ele é um serial killer.

Miguel prossegue as suas investigações e chega às piscinas municipais, exibindo a foto de Beatriz. Para sua grande surpresa, o instrutor reconhece-a e revela que ela se inscreveu ali num curso intensivo para aprender a nadar.

Tiago aproxima-se de Beatriz e tenta fazer conversa, mas ela esquiva-se a dar pormenores sobre quem é e porque está a trabalhar naquele hotel. O rapaz convida-a para um café mas Beatriz deixa-o frustrado por não aceitar, alegando que tem muito que fazer.

Maria conversa com Isabel ultimando a sua mudança e a de Patrícia para a Quinta quando Henrique entra em casa, completamente fora de si e a perguntar aos gritos o que é que ele fez ao veleiro. Maria nega qualquer envolvimento no desaparecimento do barco e exige a Henrique que se comporte e não volte a aparecer ali em casa. Como ele se recusa a sair, Maria telefona para a polícia.

Inês diverte-se em Lisboa com as amigas e prepara-se para a despedida de solteira que elas estão a organizar.

No Porto, João também prepara a sua despedida de solteiro com dois amigos, mas sente-se sem qualquer ânimo para festas, depois da briga que teve com o irmão. Entretanto, decide fazer uma chamada para o pai e conta-lhe que o seguro não vai cobrir os prejuízos provocados no hostel por terem concluído que se tratou de fogo posto. Na sequência da conversa, o pai percebe que ele se desentendeu com o irmão por causa do que aconteceu e não perde tempo a ir confrontar Fred. O filho mais velho não consegue negar que foi ele quem provocou o incêndio e Miguel confessa-se capaz de lhe bater. O juiz deixa claro que se o crime que ele cometeu lhe trouxer problemas com a justiça, não o ajudará.

Luís anuncia com entusiasmo a Paulo que vai preparar uma refeição especial com inhame e enaltece as virtudes do produto. Entretanto, a propósito da conversa sobre culinária, confessa ao amigo que depois de ter ganho a estrela Michelin com o Sirga, a cozinha deixou de ser um prazer e passou a ser uma obrigação.

nas redes

pesquisar