SIC

Perfil

125º Episódio - 2 de fevereiro (terça-feira)

André entrega uma gravação a Catarina e ela vê o vídeo do encontro escaldante entre Diogo e o seu amante

Bruno, regressa à loja de música para fazer as pazes com Adriana mas como ela insiste que para continuarem juntos ele tem de cortar relações com Rúben, Jéssica e a família dos gémeos, decide acabar o namoro com ela.

Adriana fica deprimida com o fim do namoro com Bruno e telefona a Luís só para ouvir a sua voz e receber o seu apoio.

Isabel fica mais calma quando o cirurgião que operou Patrícia lhe assegura que a filha está bem e que apenas sofreu um ataque de ansiedade que obrigou a fazer uma transfusão de sangue. O médico garante que a miúda não está a rejeitar os pulmões transplantados e que tudo está a correr dentro da normalidade.

Maria fica surpreendida quando Catarina aparece na Quinta para lhe fazer companhia mas acaba por ficar satisfeita com aquele gesto.

André abre a porta do quarto de hotel a Diogo e apressa-se a puxá-lo para dentro.

Henrique recebe Joaquim na sala de provas da Quinta e provoca grande irritação em Maria quando os vê juntos. Catarina insiste com a mãe para que chame a polícia mas Henrique decide voltar para o veleiro com o seu amigo de ocasião. Joaquim ainda atira um sorriso trocista.

Catarina diz à mãe que tem de se ver livre de Henrique e Joaquim e defende que ela tem de mudar as fechaduras da casa. Isabel telefona entretanto a Maria para desabafar, depois do susto que passou com a filha e Catarina pede para falar com ela, mais preocupada em certificar-se de que ela não coloca a sua gravidez em risco.

Na manhã seguinte, assim que vê André, Catarina arrasta-o para um dos gabinetes da clínica e ele entrega-lhe o filme da noite que passou com Diogo, salvaguardando que fez questão de esconder a cara, para não ser identificado. O enfermeiro recomenda-lhe que se quer continuar casada não deve ver a gravação mas Catarina responde-lhe com agressividade que ele é apenas uma nota de rodapé na vida do marido. André sorri e deixa-a furiosa ao dizer que às vezes as notas de rodapé dão um sentido novo ao texto. Catarina esforça-se por não chorar e sai para o corredor da clínica.

Isabel sente-se mal enquanto conversa com Catarina no corredor da clínica sobre a saúde de Patrícia, temendo que a filha rejeite os pulmões transplantados e reaja mal à sua gravidez. Catarina esforça-se por tranquilizá-la e leva-a para a copa, para lhe dar um chá com açúcar.

Pedro confessa a Duarte que não consegue chorar o desaparecimento da mãe porque não sente que ela tenha morrido. Duarte tenta aliviar o sofrimento do filho.

Vasco fica atónito quando, depois de se despedir de alguns clientes com quem fez uma actividade lúdica, Margarida aparece na loja, integrada num grupo excursionista. A ex-mulher também é apanhada de surpresa, mas não se furta a revelar que as coisas com Simão não resultaram e que também está a viver nos Açores. Margarida esboça um ar de satisfação por ter reencontrado Vasco, mas ele parece incomodado.

Luís toma um chá retemperador com Paulo e confessa que sente saudades de Maria, mas principalmente da sua cozinha.

Depois de conduzir a atividade com o grupo de Margarida, Vasco regressa à base mas não assume que mudou de vida por causa de Isabel. Já Margarida não tem qualquer problema em reconhecer que gostava de estar com ele de novo e lança-lhe um sorriso à despedida.

Henrique vai provocar Maria a pretexto de justificar a presença de Joaquim na Quinta, afirmando que lhe ofereceu os serviços do seu advogado para o ajudar a lutar pelo dinheiro dela, para que sinta como ele o que é ficar sem o que é seu, voltando a culpá-la pela morte do pai e virando costas a mais conversa.

Diogo fica apreensivo depois de William lhe contar que os patrões na Alemanha querem reunir com ele por videoconferência, temendo que lhes tenha chegado aos ouvidos a ameaça de greve que pairou na clínica.

Zé procura por Benedita e fica contrariado por não a encontrar, pois precisava da sua ajuda para comprar uma prenda a Petúnia. William oferece-lhe ajuda mas ele só quer mesmo falar com a mãe.

Catarina vê com grande repulsa o vídeo da noite que André passou com Diogo e não aguenta por muito tempo olhar para o marido despido a envolver-se com outro homem. Diogo entra no gabinete no preciso momento em que ela fecha o vídeo no computador. Catarina sente enorme dificuldade em disfarçar a raiva e a repulsa que sente por ele e refugia-se nas questões de trabalho que se prendem com a dispensa de funcionários.

Fred despede-se de Laura que passou a noite com ele e quando vai ligar o telemóvel, percebe que tem muitas chamadas de João por atender. O irmão está impaciente à espera que ele lhe devolva os telefonemas e quando isso acontece, informa-o de que o seguro não lhes vai pagar o prejuízo no hostel porque a peritagem concluiu que se tratou de fogo posto. Fred fica muito irritado e acusa João de não conseguir defender os interesses deles e dispara que vai para o Porto imediatamente, para resolver o assunto. João desabafa com Inês e confessa que ficou magoado com a atitude de Fred, já que o irmão até está disposto a subornar novos peritos para obter o dinheiro do seguro, depois de requererem uma nova peritagem.

Henrique encontra-se com Miguel para lhe prestar solidariedade pelo desaparecimento de Beatriz. O juiz não deixa de expressar a sua mágoa pelo facto de ele e Sofia o terem chantageado para obterem a sua ajuda no processo judicial que ele viveu por causa da clínica. Henrique argumenta que se tratou de um mal-entendido e que nunca o trairia. Para confortar Miguel, afirma que ele não se deve culpar pelo desaparecimento de Beatriz.

Pedro confessa a Duarte que lhe custa mais a falta da mãe por não saber se ela está morta ou apenas desaparecida. O pai continua a gerir como pode as emoções do miúdo e tenta afastar da sua cabeça o pior dos cenários.

Sandra estranha a insistência de Jorge para que os clientes bebam café e o nervosismo que ele deixa transparecer. Dois dos clientes aceitam finalmente tomar café e Jorge aproveita para fazer um escândalo, confirmando vindo do armazém que já não há mais café e insinuando que a culpada disso é Fernanda. Sandra agarra no telefone para ligar à amiga, a contar-lhe o que se passa.

Fernanda avisa Jéssica que não pode estar de baixa na companhia aérea e trabalhar como modelo fotográfico durante esse período, porque a lei não permite e ainda arranja problemas. A mãe também confessa a sua preocupação por ela ter começado a ter aulas de piano mas ela afiança que já desistiu, levando Fernanda a desconfiar de que ela quer reconquistar Bruno. Jéssica prepara-se para negar mas tem de calar-se porque Fernanda recebe a chamada de Sandra a avisar de que não há mais café no posto de combustível. Fernanda estranha e diz que está a caminho para se inteirar do problema. Vítor é convocado para lhe dar boleia e ela estranha que o marido esteja vestido de fato e gravata. Ele justifica que para ser treinador tem de parecer um treinador.

Chegada ao posto, Fernanda vai descobrir dois sacos de café escondidos no armazém e fica desconfiada de que foi Jorge quem os escondeu para a prejudicar. O funcionário protesta e é repreendido por Vítor, que defende a mulher, apesar de ela afiançar que não precisa. Jorge foge do posto, para não se comprometer mais.

Filipe anuncia a Duarte que decidiu mesmo reformar-se e que pretende ir viver para o Algarve. O sogro oferece-lhe a possibilidade de ficar à frente do negócio dos barcos mas Duarte reconhece que aquela não é a sua área de negócio e declina o convite. Filipe pede-lhe apenas que guarde segredo, pois quer ser o primeiro a dar a notícia a Joana.

Maria leva comida a Isabel na clínica e oferece-lhe a Quinta para que Patrícia faça a sua recuperação de forma tranquila e saudável. Isabel hesita em aceitar mas agradece o convite.

Diogo pergunta discretamente a André se está disponível para se encontrarem mas tem de disfarçar quando Catarina os surpreende juntos. Ela tem dificuldade em esconder a raiva que sente e quando o marido estranha o seu mau humor, ela justifica que está tensa por causa da gravidez de Isabel.

Quando sai para o corredor, encontra André e dispara que já o avisou para ele se afastar de Diogo, acrescentando que o enfermeiro lhe mete nojo. André responde em tom de provocação que é melhor ela arranjar-lhe um bom emprego noutra clínica, ou vai mesmo ter de dividir o marido com ele. Catarina fica prestes a explodir de raiva.

nas redes

pesquisar