SIC

Perfil

122º Episódio - 29 de janeiro (sexta-feira)

Beatriz despede-se de Pedro e vai ter com Miguel; O casal dá início ao fim de semana romântico que Beatriz preparou

João pensa na vida com Inês e acaba por confessar-lhe que, agora que acabou a parceria com o irmão no hostel que ficou destruído pelo incêndio, gostaria de fazer um curso de cozinheiro. Ela apoia a ideia e dispõe-se a ajudá-lo a encontrar a sua verdadeira vocação.

Inácio e Marta reafirmam com firmeza de que vão recorrer à greve se Joana não for readmitida na clínica, deixando Diogo e Catarina muito irritados. Depois dos médicos regressarem ao laboratório, Catarina comenta com Diogo que se ele ceder, nunca mais vai conseguir ter mão no pessoal mas o marido teme ter de dar explicações aos seus superiores e mostra-se indeciso quanto à decisão a tomar.

Beatriz despede-se de Pedro com grande tristeza e comove-se quando ele lhe oferece uma pulseira que fez na escola. A jornalista esconde do filho e também de Duarte que está prestes a desaparecer para fugir de Miguel e pede desculpa ao ex-marido pelas atitudes que teve quando se separaram. Depois de sair de casa, deixa que as lágrimas lhe inundem o rosto e telefona a Miguel dizendo que já está a caminho para ir ter com ele. Quando chega ao barco em que vão navegar pelo Douro, finge-se entusiasmada, enquanto Miguel corresponde, convencido de que tudo está perfeito para uma viagem romântica.

Isabel comenta com Maria o estado de saúde da filha e sente-se orgulhosa pela forma corajosa como ela tem encarado a recuperação depois de transplante. Coragem que ela ainda não teve para lhe contar da sua gravidez. Maria estranha que o crescimento da barriga ainda não se note, mas Isabel desculpa-se dizendo que tem acautelado o aumento de peso.

Diogo está a combinar um encontro com André e fica atrapalhado com a entrada de Catarina no gabinete, sem conseguir apagar a mensagem que está a enviar. Para disfarçar, justifica que estava a trocar mensagens com William e muda de assunto dizendo que decidiu readmitir Joana para evitar a greve na clínica e ter de dar explicações aos seus superiores alemães. Catarina conta que a tia Teresa tem sido a principal instigadora do processo e que quando tudo estiver resolvido, devia ser a primeira a levar um valente puxão de orelhas. Diogo confessa não perceber porque é que ela ainda trabalha na clínica.

Teresa comenta com Jonas o despedimento de Joana e lamenta que o trabalho que o pai teve a construir aquele projeto tenha caído por terra num ano. Jonas concorda que António tinha uma forma especial de lidar com as pessoas e mostra-se convencido de que ele gostaria de participar no projeto social que está a desenvolver com a dança. Teresa mostra-se orgulhosa do marido e abraça-o.

Depois de fundear o iate para assistir ao pôr-do-sol, Miguel oferece um anel de noivado a Beatriz e pede-a formalmente em casamento. Ela finge-se maravilhada mas quando ele vai buscar uma garrafa de champanhe, envia uma mensagem a Hélder a avisar que assim que Miguel adormecer lhe fará sinal. Assim que envia a mensagem, apaga-a. Miguel regressa para fazerem um brinde mas quando se distrai a dar folga à âncora do barco, Beatriz deita-lhe no copo algumas gotas de soporífero para ele dormir e envia ao filho a fotografia que tiraram juntos, escrevendo na mensagem que o ama muito.

nas redes

pesquisar