SIC

Perfil

115º Episódio - 21 de janeiro (quinta-feira)

Sofia expulsa Henrique de casa definitivamente!; João vê o seu hostel a arder!

(c).RuiCarlosMateus.1954

Já no hospital, Alice agradece-lhe por ter socorrido a mãe e critica-a pelo que fez. David defende Laura e Alice, irritada, diz que quer ficar sozinha. Quando a mãe tem alta e chegam a casa, Alice discute com ela, criticando-a por ter sofrido uma overdose que a podia ter matado. Laura tenta exercer o seu papel de mãe mas é arrasada pelos argumentos da filha.

Catarina estranha e fica desagradada quando Maria revela que o professor Abel a convidou para o acompanhar à festa do Grémio. No entanto, disfarça a irritação e incentiva a mãe a distrair-se. Maria aproveita para reconhecer que exagerou quando exigiu a Isabel provas da sua gravidez.

Vítor convence Rúben a deixá-lo experimentar um fato de treino que ele tem à venda na loja e deixa o filho furioso por romper as calças quando veste um número demasiado acanhado. O pai desvaloriza o incidente e o prejuízo que causou.

Fred recebe uma chamada de Miguel e promete ao pai que lhe vai pagar todo o dinheiro que ele lhe deu. Depois de desligar, continua a fazer apostas na internet.

Inês confidencia a João que gostava de casar na Quinta como forma de sentir a presença do avô mas lamenta a separação dos pais.

Sofia nega uma vez mais a Henrique continuar casada com ele e faz-lhe um ultimato para que saia de casa. O médico não tem alternativa e conforma-se com a separação.

Catarina conversa com Diogo e mostra-se convencida de que Maria já aceitou de vez a gravidez de Isabel. Entretanto, disfarça com dificuldade o facto de a mãe ter aceitado ir à festa do Grémio com o professor Abel.

Luís resiste à tentação de voltar a beber e aceita viajar para os Açores com o seu padrinho dos alcoólicos anónimos. Quando transmite a Maria a sua decisão, fica desiludido com a indiferença que ela demonstra e quase discute, devido aos ciúmes que sentiu depois de a ver a tomar café com Abel.

Fred é agredido em casa por dois homens que reclamam que lhes pague o dinheiro que deve.

Beatriz vive apavorada com Miguel, temendo que ele descubra que foi ela quem montou a escuta para o espiar, e evita deitar-se ao mesmo tempo que ele.

Jorge repreende Priscilla por ela chegar atrasada ao posto de combustível e é alvo de troça por parte de Sandra.

Fred inteira-se com João dos lucros do hostel, mas esconde do irmão a situação catastrófica que as suas finanças atravessam.

Fernanda ralha com Jéssica depois da filha confessar que voltou a andar com Fred e Bruno ao mesmo tempo. Jéssica penaliza-se e assume que é ela quem está a sofrer, pois acabou por ficar sozinha.

Benedita fica irritada com Laura por ela reagir com arrogância ao castigo que a administração da revista lhe impôs, depois de se saber que plagiou um artigo.

Laura chama David ao seu gabinete e agradece-lhe por tê-la socorrido quando sofreu a overdose de cocaína. Pede-lhe também que guarde segredo sobre o assunto e que fale com Alice, para que a filha a desculpe.

Isabel comove-se quando Patrícia balbucia as primeiras palavras depois de ter feito o transplante.

Joana insiste em não pedir aos doentes da clínica exames que considere desnecessários e diz que Diogo só quer fazer negócio. Inácio, sempre com medo, diz que vai seguir as instruções do patrão.

Beatriz confessa a Laura que a sua relação com Miguel está numa fase má e que desconfia de que ele tem outra. Laura disfarça o receio que tem de que ela descubra que a traiu com o Miguel.

Miguel comunica ao inspector da PJ que suspeita que foi Laura, a directora da revista Mundo, quem lhe colocou a escuta no gabinete. O agente diz que vai tomar conta do caso.

João fica sem pinga de sangue quando liga a televisão, depois de receber uma chamada telefónica, e vê que o seu hostel está a arder.

João assiste muito enervado, na companhia de Inês, ao fogo que devora o hostel. Fred aparece entretanto e abraça o irmão. Fica muito desconfortável quando um dos bombeiros confessa que ainda não é conhecido o motivo do incêndio e depois de João ter ficado na dúvida se o seguro cobrirá os prejuízos.

Henrique procura Sofia e revela que tem mais impostos para pagar e propõe vender a casa. Ela fica indignada e recusa a proposta, decretando que a única coisa a fazer é apressarem o divórcio para que possa comprar-lhe a sua parte, de modo a ter o dinheiro de que precisa. Henrique fica contrariado e vai embora sem sequer se despedir.

Laura fica muito tensa quando Miguel lhe telefona e a convida para jantar. Primeiro recusa e diz que já tem um compromisso com a filha, mas acaba por aceitar tomar um copo ao final do dia, combinando o encontro na casa de Sintra.

Miguel assiste ao incêndio do hostel pela televisão e telefona a João para lhe oferecer apoio.

Beatriz conta a Hélder que Laura lhe pareceu incomodada quando lhe falou que desconfia que Miguel tem uma amante. Além disso, aconselhou-a a manter-se afastada dele.

Benedita dá conta de que está um hostel a arder no Porto e acha que deviam fazer a reportagem. Beatriz percebe que é o hostel que pertence aos filhos de Miguel.

Jéssica fica perturbada por saber que o hostel está a arder e inquieta por não conseguir falar com Fred.

Vítor quase desmaia quando, preparado para comemorar com charuto e champanhe a vitória na eleição para presidente do Cedofeita, percebe que perdeu a eleição. Desesperado, acusa a família de o ter atraiçoado.

Alheia ao drama do marido, Fernanda conversa com Maria sobre os anseios de Vítor e sobre a decisão que Luís tomou em ir para os Açores algumas semanas. Maria conta que ele fez uma cena de ciúmes por a ter visto com Abel, mas reconhece que a mudança de ares pode ajudá-lo a livrar-se da bebida.

Diogo acusa alguma tensão quando informa Catarina de que tem de ir jantar com uns colegas alemães. Perante o desagrado da mulher, sugere-lhe que vá jantar com a mãe mas ela prefere ir ver Isabel, confessando que está ansiosa por confirmar se ela está grávida.

Quando fala com Isabel, Catarina nega que a tenha ido visitar para a controlar mas, perante a dúvida que ela manifesta sobre a maneira de dizer a Patrícia que está grávida e que vai dar o bebé para adopção, Catarina coloca uma expressão ameaçadora e dispara que a única coisa que ela não pode fazer é contar a verdade.

Diogo volta a pressionar Joana para que peça mais exames aos pacientes que consulta, insistindo que a clínica tem de ter lucros. A investigadora fica irritada.

nas redes

pesquisar