SIC

Perfil

111º Episódio - 16 de janeiro (sábado)

Miguel cede à chantagem e decide ajudar Henrique!

Victor Freitas\302\251

Inácio janta com Marta e deixa transparecer todo o nervosismo que o primeiro encontro provoca em si.

Isabel abraça comovida o enfermeiro André quando ele lhe diz, já de manhã que a filha está no recobro, que o transplante correu bem e que ela está fora de perigo. Quase de seguida, Vasco também aparece na clínica e tenta demover Isabel de fazer a inseminação artificial para gerar o filho de Catarina e Diogo. Isabel diz que vai manter a sua palavra e vai ter com Catarina e Diogo, anunciando-lhes que está pronta para cumprir a sua parte do acordo. Inconformado, Vasco procura Maria e avisa-a de que a mãe de Patrícia não está grávida mas apenas a ser enganada e pede-lhe que abra os olhos. Maria não percebe o que ele quis dizer e fica muito intrigada.

Isabel conversa com o cirurgião que fez o transplante pulmonar de Patrícia e ele não esconde que a rapariga ainda corre risco de vida, pois metade dos pacientes acaba por não resistir. Apesar disso, Isabel mantém a Fé e assume que ter cinquenta por cento de hipóteses de cura é melhor do que nada.

Duarte visita Henrique na prisão e deixa o irmão irritado por não condescender com os crimes que ele praticou. Henrique afirma que tudo o que fez na clínica foi para que todos lucrassem e pede para falar com Benedita, pois está disposto a dar uma entrevista à Mundo para se defender. Duarte acusa-o de querer usar a irmã para manipular a opinião pública, acicatando ainda mais a raiva do irmão.

Sofia está a trabalhar com Inês quando recebe uma chamada de Miguel. O juiz diz que está disposto a ajudar Henrique desde que ele lhe entregue as provas que o podem comprometer. A conversa corre com grande cinismo de parte a parte e Sofia esconde de Inês que está a chantagear Miguel para que ele ajude Henrique. Inês fica mais esperançada de ver o pai fora da cadeia em breve.

Alice discute com Laura por ter de se sujeitar a algumas sessões com um psicólogo quando, na verdade, a droga que a polícia lhe apreendeu pertencia à mãe. Laura sente-se penalizada e responde que nunca se esquecerá de que ela a ajudou. Alice sai zangada do gabinete e vai desafiar David para irem lanchar. Ele procura saber o motivo da discussão entre ela e a mãe e quando percebe que a briga teve droga pelo meio, diz que tem trabalho para fazer. Alice fica ainda mais irritada e vai-se embora.

Benedita conta a Beatriz que Duarte lhe ligou a pedido de Henrique porque este está disposto a dar uma entrevista à revista, mas confessa que não acha ético ser ela a fazê-la, uma vez que é sua irmã. Beatriz concorda e aconselha-a a falar com Laura, pois trata-se de um furo jornalístico muito importante. Benedita vai falar com a directora e explica a situação. Laura assume a entrevista para si, uma vez que não tem mais ninguém com experiencia suficiente para tratar do assunto.

Marta conta a Joana que a saída com Inácio correu bem até ele ficar inibido quando a conversa ficou mais picante e ter ido para casa repentinamente. A investigadora reconhece a dificuldade que está a ter para o conquistar e relata que depois de se separarem, passaram a noite a trocar mensagens. Joana retira-se estrategicamente quando ele aparece para beber café e Marta provoca-o ao dizer que têm de repetir a noite anterior. Ele muda de assunto rapidamente, o que a leva a sorrir.

Maria procura Isabel e confronta-a com o facto de Vasco lhe ter ido dizer que ela não está grávida. Isabel fica muito aflita, embora tente disfarçar e garante que Vasco mentiu e que está mesmo à espera de bebé. Maria mantém a sua desconfiança mas Isabel é salva pela enfermeira Dina que lhe vai dizer que já pode ir ver a filha.

Isabel aproxima-se da zona de isolamento em que Patrícia se encontra e fica comovida ao observar a filha está entubada e a dormir.

Sandra regressa ao posto de combustível e conta a Priscilla que foi comprar mais alguns acessórios para a actuação que vão ter na festa de Vítor. Quando se quer ir vestir para o espectáculo fica irritada porque Jorge está no armazém e diz que ele só serve para atrapalhar.

Rúben tenta corrigir o cartaz que o pai colocou com o slogan da sua campanha mas ele não lhe dá ouvidos, insistindo para que se vá vestir com a indumentária própria da mascote do Cedofeita. Rúben ainda tenta resistir mas acaba por fazer a vontade Vítor.

Priscilla recusa-se a actuar vestida com as roupas que Sandra arranjou mas Leandro consegue convencê-la com um beijo. Jorge resmunga por ter de ficar sozinho no posto.

Bruno, rejeita Jéssica e pede-lhe que nunca mais o procure, assumindo que namora com Adriana e que, ao contrário do que ela lhe fez, é uma pessoa fiel. Jéssica fica muito irritada a vê-lo sair.

Catarina e Diogo não escondem o nervosismo depois de Isabel lhes contar que Maria a procurou depois de Vasco lhe ter ido dizer que ela não está grávida. Diogo defende que não podem perder a calma e Catarina assume que vai resolver o assunto com a mãe, lembrando a Isabel que só tem de fazer a sua parte. Nesse instante, Catarina recebe uma chamada de Maria e fica ainda mais tensa.

João surpreende Inês e leva-lhe o almoço ao atelier. Ela conta-lhe que o pai dele decidiu ajudar o seu, mas João desconfia de tão boa vontade.

Catarina vai falar com Maria ao restaurante mas antes de entrar no escritório não resiste a provocar Luís dizendo que não será difícil que a mãe o expulse de vez se ele continuar a embebedar-se. O chef fica furioso com aquele encontro.

Catarina entra no escritório e quando Maria a confronta com a informação que Vasco lhe deu ao garantir que Isabel não está grávida, afirma que ele está a mentir e desacredita-o, lembrando que ele nunca quis assumir a criança. Maria acaba por ficar cheia de dúvidas, embora tentada a acreditar no que a filha acaba de lhe dizer.

A festa de candidatura de Vítor à presidência do Cedofeita é um êxito, excepto quando Rúben entra em cena vestido de galinha, mas anunciado pelo pai como um albatroz, a mascote do clube. Fernanda concorda que tirando a aparte da galinha tudo correu bem. Leandro assegura que a vitória não vai escapar ao pai.

Quando vai ao escritório do Sirga, Luís repara que Maria está preocupada e tenta perceber porquê mas a frieza com que ela o trata faz com que se mantenham distantes.

Hélder mete-se com David por causa de Alice mas ele não acha graça à brincadeira.

Beatriz comenta com Hélder que a escuta que colocaram na casa de Miguel em Sintra deixou de funcionar e mostra vontade de lá voltar para perceber o que se passa. O fotógrafo aconselha-a a não o fazer, pois o namorado pode estar à sua espera.

Entretanto, Miguel entrega a um agente da PJ a escuta que descobriu na casa de Sintra, dizendo que a encontrou montada no seu gabinete do Supremo Tribunal de Justiça e pedindo que ele descubra quem o quis escutar. O inspector garante que vai descobrir o culpado e que a investigação será sigilosa.

João recusa-se a aceitar o dinheiro que Fred lhe dá para as despesas do hostel depois de saber que foi o pai quem o deu ao irmão. Este, no entanto, consegue fazê-lo mudar de ideias.

Maria vai à clínica e encosta Isabel à parede, exigindo-lhe provas de que está realmente grávida. A empregada fica aflita sem saber o que fazer.

Isabel joga a sua palavra para que Maria acredite que ela está grávida mas não consegue que as suas palavras tenham efeito. Maria continua a exigir provas e Isabel não tem outro remédio senão prometer que lhas vai dar.

Depois de sair da cozinha do Sirga e ficar a sós, Isabel liga a Vasco e descompõe-no, afirmando que ele não tinha o direito de ir falar com Maria, quase comprometendo o transplante que Patrícia fez, única esperança que a filha teve de continuar viva. Vasco fica destroçado depois de Isabel dizer que ele foi a pior coisa que lhe aconteceu na vida e que nunca mais o quer ver. Depois de desligar, Isabel irrompe num choro descontrolado.

nas redes

pesquisar