SIC

Perfil

108º Episódio - 13 de janeiro (quarta-feira)

Isabel faz chantagem com Diogo e Catarina e diz que só aceita fazer a insiminação quando eles cumprirem o que prometeram

Victor Freitas\302\251

Sofia ouve a mensagem que Henrique lhe deixou no telemóvel e fica convencida de que ele fugiu mesmo para Espanha. No entanto, Inês vai ter com ela muito aflita e conta que o advogado do pai ligou a avisar que ele foi preso antes de passar a fronteira. Sofia fica muito abalada e vai visitar Henrique à prisão, assumindo que ainda gosta dele e que vai estar a seu lado para enfrentarem juntos a batalha judicial que aí vem. Henrique abraça Sofia com grande emoção e confessa ter sentido a sua falta.

Miguel fica furioso ao receber a notícia de que Henrique foi preso, verberando que bem o avisou para estar quieto. Beatriz pergunta ao namorado como é que ele pensa ajudar o amigo mas Miguel dispara que não vai fazer nada, pois seria alvo da imprensa se tentasse interferir no processo. O juiz recomenda a Beatriz, quase que ordenando, que ela não fale do assunto na revista.

Catarina fica radiante ao saber que o pai foi preso e que vai aguardar julgamento em prisão preventiva. Diogo decide fazê-la ainda mais feliz contando-lhe na presença de Isabel que tudo está bem para que avancem para a inseminação artificial no dia seguinte. Isabel assume que está preparada para ser barriga de aluguer desde que assinaram o contrato.

Maria elogia a dedicação de Luís na cozinha mas ele torna ainda mais difícil a convivência entre ambos por não aceitar que ela controle os seus movimentos, impedindo-o de beber. Maria propõe que façam uma degustação de vinhos no restaurante mas ele empurra a decisão para ela, uma vez que não tem confiança em si. Maria fica frustrada com aquela resposta.

Filipe confessa a Duarte a sua satisfação pela pareceria turística que estão a desenvolver e não esconde a satisfação pelo facto de ele e Joana terem casado, viçando que é com o apoio deles que conta, agora que Vasco decidiu ir para longe.

Vasco vai despedir-se de Joana à clínica, pois está de partida para os Açores. Entretanto, cruza-se com Isabel e não resiste a trocar com ela palavras amargas, tentando que ela se arrependa da decisão de ser barriga de aluguer de Catarina. Isabel não liga e informa-o de que Patrícia está no topo da lista para fazer o transplante pulmonar, graças à decisão que ela tomou.

Quando regressa ao quarto da filha, Isabel assiste desesperada a mais um ataque de tosse de Patrícia, que desmaia sem conseguir respirar. Isabel chama por socorro em grande desespero.

Maria desabafa com Fernanda sobre os conflitos constantes com Luís e a amiga não tem dúvidas de que ela ainda gosta dele. A conversa é interrompida pela gritaria que Sandra e Priscilla fazem a ensaiar para a festa de Vítor. Fernanda vai repreendê-las e fica estupefacta quando elas contam que vão cantar no comício de campanha de Vítor. Este aparece na pior altura a pedir dinheiro a Fernanda para pagar os autocolantes da campanha eleitoral, pois a mulher recusa-se a ajudá-lo e proíbe-o de pedir emprestado aos filhos.

Rúben tenta enganar-se a si próprio quando garante a Leandro que já esqueceu Adriana. O irmão não acredita e confirma a suspeita porque ele está constantemente a falar da professora, até quando tenta seduzir uma cliente que entretanto aparece na loja.

Hélder é apanhado de surpresa por Beatriz que lhe diz que tem tudo pronto para irem montar a cilada a Miguel para provarem que ele é o assassino das prostitutas. O fotógrafo vai contrariado e tem de dizer a Alice que ainda não é desta que lhe pode tratar do book fotográfico. A miúda fica desagradada mas entretém-se a ver a secretária de David. Quando o jovem aparece, Alice insinua-se com ar malandro, deixando-o envergonhado. Laura surge na redacção e Alice disfarça o jogo de sedução que estava a jogar com David e aceita ir comer com a mãe.

Catarina vista Henrique na cadeia e provoca o pai, carregada de cinismo, assumindo que se ele está naquela situação, a ela o deve. Henrique quase espuma de raiva quando Catarina assegura que agora só lhe falta acabar com Sofia e Inês, lançando-lhe um beijo com a mão quando se vai embora.

Sofia e o doutor Araújo tentam encontrar uma forma de tirar Henrique da cadeia e o advogado sugere que seja interposto um pedido de habeas corpus, na esperança de que ela consiga obter a ajuda de Miguel, pois será o Supremo Tribunal de Justiça a tomar uma decisão. Sofia fica a pensar no assunto.

Beatriz e Hélder colocam uma escuta na casa que Miguel utiliza para estar com as acompanhantes de luxo. Beatriz mostra-se esperançada em conseguir provar que ele é o assassino das mulheres e evitar que ele volte a matar.

Fred aceita ser correio de dinheiro e combina uma entrega urgente com o empregado do milionário para quem vai fazer o serviço. Depois, telefona a João e diz ao irmão que já tem o dinheiro para pagar as contas do hostel, justificando que se trata de dinheiro que lhe estavam a dever.

Sofia mostra-se muito preocupada com as ameaças de Catarina mas quer João, quer Inês, recusam mostrar medo, colocando fora de questão passarem a andar com guarda-costas.

Catarina fica preocupada com a crise respiratória de Patrícia e diz a Diogo que a miúda não pode morrer na véspera de Isabel fazer a inseminação para ter o filho que eles tanto desejam. Diogo assegura que está a fazer tudo para salvar a miúda e Catarina vai confortar Isabel que está desorientada e chorosa no quarto da filha.

Diogo vai saber notícias de Patrícia e quando volta, sossega Isabel informando-a de que a filha está estabilizada.

Joana aceita a sugestão de Duarte para festejarem o casamento com a família e os amigos mais próximos desde que se trate de uma comemoração discreta.

Filipe vai jantar ao Sirga e por não saber que Luís está separado de Maria, convida-o para ir dar com ela um passeio num dos seus barcos. O chef disfarça o embaraço.

Isabel chega ao restaurante para trabalhar mas Maria dispensa-a depois de saber que Patrícia teve mais uma crise respiratória. Apesar de lhe pedir mais uma vez que desista de ser a barriga de aluguer de Catarina, Isabel reafirma que a sua decisão está tomada.

Rúben fica furioso com Vítor porque o pai o obriga a ir fazer uma presença no talho para angariar clientes, a troco da carne que conseguiu para a sua festa comício para a presidência do clube. Leandro ri da situação.

Fred mente a Jéssica e diz que já arranjou trabalho através de um amigo que o contratou para dar uma formação em Paris. Ela finge que acredita mas assim que fica a sós vai à procura do tal amigo através das redes sociais e começa a escrever-lhe uma mensagem para confirmar se o namorado lhe está a contar a verdade.

Patrícia suplica a Isabel que a deixe morrer, pois já não aguenta mais o sofrimento que as crises pulmonares lhe impõem. Isabel fica destroçada com o pedido da filha e faz um ultimato a Catarina e Diogo, dizendo que só será a sua barriga de aluguer quando a filha fizer o transplante pulmonar. O casal fica perplexo, pois contava que ela lhes aparecesse no gabinete disposta a fazer a inseminação que tinham acordado.

Diogo fica furioso e recusa-se a ceder à chantagem de Isabel, preferindo procurar outra barriga de aluguer para o seu filho. Catarina impõe-se ao marido e concorda que com Isabel que ela só fará a inseminação depois de Patrícia receber os pulmões novos.

Inês comenta com Sofia que só lhe apetece procurar Catarina e dar-lhe uma sova, pelo que ela está a fazer o pai sofrer. A mãe faz-lhe ver que só têm a ganhar se agirem com frieza e não com o coração. Inês fica satisfeita por ver que a mãe está empenhada em ajudar o pai.

Laura faz um escândalo na revista por não ter sido a primeira a noticiar a prisão de Henrique e volta a sua ira para Beatriz e principalmente Benedita por ser irmã dele e não ter dito nada. Benedita age com calma e diz a Laura que ela está muito alterada, fazendo-a perceber que se refere aos efeitos que a droga lhe provoca. A directora percebe e chama Hélder ao gabinete, a pretexto de lhe dar uma reportagem para fazer. A sós, pede-lhe que arranje cocaína de boa qualidade, ao mesmo tempo que assegura que o consumo está controlado. O fotógrafo duvida do que ela diz e volta à redacção, escondendo que Laura lhe pediu que lhe compre a droga. Em surdina fala com Beatriz sobre a escuta que colocaram na casa que Miguel aluga para estar com as prostitutas. Ela revela que até agora não escutou nada de relevante, acrescentando que tem uma alternativa para comprometer o namorado.

Inês visita o pai na prisão. O encontro faz com que ambos se emocionem e a filha garante a Henrique que estará sempre ao seu lado para o ajudar a superar esta fase má.

Maria organiza as mesas no restaurante e repreende Luís por voltar a chegar tarde para trabalhar. Luís digere o sermão mas quando vai para a cozinha choca com Isabel e faz com que ela deixe cair os copos que se partem no chão. Maria, desiludida vai ajudá-la a apanhar os cacos.

Diogo conta a Catarina que Patrícia está num estado muito grave e que não está a ser fácil encontrar os pulmões para o transplante. Catarina fica furiosa e assume que é capaz de matar para conseguir o que quer, quando o marido mostra reticencias ao recurso ao mercado negro. Diogo fica preocupado com a obstinação de Catarina.

Sofia telefona a Miguel e pede-lhe que interceda a favor de Henrique, revelando que já foi enviado o pedido de habeas corpus para ser apreciado pelo supremo. O juiz explica que não pode interferir por não ser eticamente correcto e Sofia desliga-lhe a chamada na cara, chamando-lhe egoísta.

nas redes

pesquisar