SIC

Perfil

97º Episódio - 30 de dezembro (quarta-feira)

Miguel mata a sua acompanhante de luxo; Maria descobre que Luís voltou a beber e termina tudo com ele

Catarina vai ao quarto onde Sofia está internada e provoca-a, garantindo com grande cinismo que nada teve a ver com o que lhe aconteceu. Sofia prime a campainha de emergência e grita-lhe para que se vá embora. Catarina sai do quarto e é interpelada por Henrique, que lhe aperta o braço com violência, ameaçando dar cabo dela se voltar a aproximar-se de Sofia ou de Inês. Diogo aparece entretanto e Henrique disfarça, dizendo que não se passa nada. Catarina fica cheia de raiva e diz ao marido que deviam expulsá-los a todos da clínica. Diogo acalma-a e faz-lhe ver que não podem fazer isso.

Beatriz despede-se de Pedro e aceita que o filho fique com Teresa enquanto Duarte e Joana estiverem nos Açores.

Miguel encontra-se com a acompanhante de luxo que contratou e repreende-a por ela ter tirado o vestido sem que ele tivesse mandado. A rapariga fica constrangida mas Miguel muda o tom e pede-lhe que se vá vestir, pois deve fazer cada coisa a seu tempo.

Luís tem um ataque de ansiedade na cozinha sem conseguir suportar a responsabilidade de cozinhar para o embaixador dos Estados Unidos e expulsa todos os seus colaboradores. Sozinho, bebe de uma garrafa que estava a ser utilizada na confecção dos pratos e recomeça a cozinhar. Maria repara que os cozinheiros estão todos à porta da cozinha e vai ver o que se passa. Quando entra na cozinha, vê que Luís está alterado e fica em choque ao constatar que ele voltou a beber. Com as lágrimas nos olhos, ordena-lhe que vá para o escritório e deixe os outros membros da equipa confecionarem os jantares, ao mesmo tempo que lhe diz estar tudo acabado entre eles e que escusa de voltar para casa, pois não lhe abrirá a porta. Luís fica aflito e volta a dar um gole na garrafa que tem perto de si.

Maria obriga Luís a ir para o escritório do restaurante e entrega ao sub-chefe de cozinha a responsabilidade de servir o jantar ao embaixador americano. Luís tenta defender-se e garante que tem tudo controlado, desvalorizando o facto de ter voltado a beber. Maria não aceita as suas explicações, sente-se traída e ao descobrir a garrafa que ele escondia, afirma que não está para ajudar quem não quer ajuda e vai-se embora, deixando Luís sem saber o que fazer.

Inês, certa de que Catarina foi a responsável pelo ataque a Sofia, comenta com João que não podem permitir que a irmã saia novamente impune. O namorado realça que não têm provas que a incriminem e acha que é perigoso declararem-lhe guerra, pois já sabem do que ela é capaz. Inês, cada vez mais revoltada, garante que Catarina também não sabe do que ela é capaz.

Miguel abandona no meio do mato o corpo da acompanhante de luxo que estrangulou e antes de abandonar o local arranca-lhe um dos brincos que ela usava.

Luís chega a casa embriagado e parte uma jarra da sala antes de tombar a dormir no sofá da sala. Maria observa-o naquele estado e vai para o quarto, muito desiludida. Na manhã seguinte, reforça que não está disposta a continuar com uma pessoa em quem não confia e acaba tudo entre eles, desejando que Luís já não esteja na Quinta quando ela regressar ao fim do dia.

Bruno encontra Adriana no posto de combustível e ela confessa que gostou muito de ter subido o Douro com ele, experiência que gostava de repetir. Bruno joga à defesa e responde que também adorou a sua companhia mas que não quer intrometer-se entre ela e Rúben, que já assumiu gostar dela. Adriana desvaloriza e assume não estar interessada no mister fitness. Entretanto, Bruno recebe uma mensagem de Jéssica e não lhe responde, preferindo convidar Adriana para almoçar.

Jéssica fica desapontada por não ter resposta de Bruno à sua mensagem. No entanto, a maior desilusão chega logo a seguir quando Fred lhe pede que devolva as joias que lhe tinha oferecido, para as vender conjuntamente com os seus relógios de luxo, na tentativa de arranjar algum dinheiro e escapar aos credores. Jéssica fica desagradada com a vida difícil que se avizinha ao lado do namorado.

Fernanda briga com Vítor que se queixa por estar a dobrar meias. O marido evita discutir e promete fazer-lhe uma surpresa que a vai fazer desejar casar de novo. Fernanda assume que as surpresas que ele faz lhe dão quase sempre mais dores de cabeça.

Luís tenta conversar com Maria no restaurante mas ela recusa falar com ele sobre assuntos que não digam respeito ao restaurante. Isabel apercebe-se da tensão entre eles e Maria conta-lhe que já não está com Luís, dando a entender que ele a desiludiu. Furtando-se a continuar a falar daquele assunto, Maria tenta mais uma vez, demover Isabel de cumprir o acordo com Catarina entregando-lhe o filho que vai ter. Isabel fica desconfortável por voltar a mentir à amiga e reafirma que não volta atrás na sua decisão.

Henrique procura Catarina e propõe-lhe tréguas, fingindo-se cansado da guerra que têm alimentado e arrependido por tê-la acusado de ter mandado atacar Sofia. A filha desconfia das suas intenções e tenta perceber se o pai e a mulher não estarão a planear algo contra ela. Henrique mostra-se indignado e diz que vai ver se a mulher já está pronta para deixar a clínica. Diogo entra no gabinete e menciona que se cruzou com Henrique. Catarina mente ao marido e conta que o pai só foi agradecer-lhe pelo tratamento que foi dispensado a Sofia enquanto esteve internada.

Benedita fica radiante quando Hélder lhe diz que conseguiu um emprego para Zé no Horto do Campo Grande. O fotógrafo avista Beatriz e depois de ficar a saber que ela matou saudades do filho no Porto, recomenda-lhe que vá falar com Laura porque a directora já perguntou por ela. De seguida, Hélder confidencia a David que tenciona fazer de Alice uma modelo profissional, apesar de ela ser filha de Laura.

Laura diz a Beatriz para escrever um artigo sobre a política que é feita às mesas dos restaurantes mas ela fica muito mais interessada na notícia da morte de mais uma prostituta cujo corpo foi encontrado numa zona de mato. Laura admite que não se importa que ela investigue o assunto por conta própria, desde que faça os trabalhos que ela lhe pede. Beatriz começa a desconfiar de que pode estar na pista de um assassino em série, se esta morte tiver relação com as outras duas.

Sofia regressa a casa ainda muito combalida e Assunção acarinha a filha, decretando que lhe vai preparar o almoço. Depois de ficar a sós com a mulher, Henrique conta que foi falar com Catarina para lhe pedir tréguas, para avaliar se terá sido mesmo ela quem a mandou atacar. Sofia fica indignada e quer prosseguir a guerra contra ela mas Henrique conclui que é melhor fragiliza-la através do marido, dispondo-se a descobrir um segredo comprometedor que ele guarde.

Isabel assina o acordo que tinha estabelecido com Diogo e Catarina para ser a sua barriga de aluguer, mas assume que lhe está a custar enganar Maria, que tanto a tem ajudado. Entretanto acaba por revelar que Maria se separou de Luís, deixando Catarina muito surpreendida.

Luís conta a Adriana que Maria acabou tudo com ele, depois de descobrir que ele voltou a beber. A filha faz-lhe ver que só conseguirá deixar o álcool por sua vontade.

Maria conta com tristeza a Fernanda que se separou de Luís por ele ter voltado a beber, escondendo-lhe as sucessivas recaídas que teve. A amiga confessa que sente pena por eles. Entretanto, Maria avista Vasco que acaba de entrar no posto de combustível e vai criticá-lo por não ter assumido o filho que Isabel espera, ignorando que ele não é o pai da criança. O veterinário não tem coragem para contar a verdade e que Catarina está a chantagear Isabel para a obrigar a ter o filho que ela não consegue gerar.

Inês marca encontro com Diogo e avisa-o de que Catarina não é a pessoa que ele pensa, contando que a obrigou a desistir do casamento com João, em troca de dizer à Polícia Judiciária que não foi Sofia quem a atropelou, evitando assim, que ela fosse presa. Inês deixa Diogo perplexo ao insinuar que Catarina ainda não esqueceu João, apesar de já estar casada.

Vasco procura Isabel na clínica e faz uma derradeira tentativa para que ela desista de ser a barriga de aluguer para o bebé de Catarina. Isabel fica em lágrimas mas mantém a sua decisão. Vasco percebe que não conseguirá assim os seus intentos e afirma que vai denunciá-la e a Catarina e Diogo, pela ilegalidade que estão prestes a cometer. Isabel fica em estado de choque.

nas redes

pesquisar