SIC

Perfil

95º Episódio - 28 de dezembro (segunda-feira)

Inês agride Catarina e Catarina vinga-se em Sofia

(c).RuiCarlosMateus.1954

Henrique vê-se forçado a acompanhar os agentes da PJ à esquadra, de nada lhe valendo os protestos e a declaração de inocência que faz.

Duarte deixa a clínica muito satisfeito e conta a Joana que está praticamente recuperado da cirurgia à perna e que falta pouco para poder regressar ao trabalho com toda a normalidade. Joana fica igualmente feliz e ele lembra que já podem viajar até ao Açores, acrescentando que Henrique não se opôs a sociedade com Filipe e a usar a Quinta como roteiro turístico. Joana confessa que o pai está a precisar que algo de bom lhe aconteça na vida.

Sofia e Assunção, mostram-se felizes pela reconciliação entre Inês e João, tal como Henrique que sabe da novidade assim que entra em casa. Depois de confessar ao rapaz que sempre o teve na conta de seu genro favorito, pede a Sofia para falarem no escritório, esforçando-se por não deixar transparecer a grande angústia que está a viver.

Maria estranha que Luís coma tão pouco mas ele justifica que só gosta de jantar depois de ter acabado o serviço no restaurante. Entretanto, Maria revela ter ficado incomodada com o encontro que teve com Henrique e Luís aconselha-a a virar-lhe as costas da próxima vez. Maria decide ir para casa e Luís, assim que ela sai, vai até ao escritório do restaurante e volta a beber, regressando logo a seguir à cozinha, pleno de confiança.

Sofia fica estarrecida quando Henrique lhe conta que está a ser investigado por suspeita de ter tentado violar uma menor. O médico assegura que está inocente. Sofia reconhece que quer muito acreditar nele mas deixa claro que se o assunto se tornar publico não terá outra solução senão pedir o divórcio.

Quando Diogo chega a casa, Catarina mostra-se carinhosa e apaixonada e conta que decidiu desistir das guerras com o pai e a irmã. O marido acredita, longe de imaginar que ela acaba de urdir mais uma calunia para se vingar de Inês, incriminando Henrique por uma violação que não cometeu.

Beatriz faz as pazes com Miguel, que reconhece ter-se excedido quando saiu de casa sem avisar e se mostra disposto a esquecer a ideia do casamento, até que ela considere oportuno voltar a falar sobre o assunto. O juiz mostra-se entretanto aborrecido por Fred ter recusado a sua ajuda financeira, certo de que o filho dificilmente irá recuperar a carteira de clientes que tinha.

Fred agradece a Jéssica o apoio que ela lhe tem dado e reconhece que não aceita a ajuda do pai por não querer ficar a dever-lhe favores. Quando Fred decide ir fazer o jantar, Jéssica aproveita para mandar uma mensagem a Bruno. Este está em casa dos pais dela a jogar consola com Rúben e não responde à mensagem, para estranheza do amigo. Rúben, por seu lado, insiste com Bruno para que o ajude a conquistar Adriana e, depois de saber que ela confessou vontade de subir o rio Douro, pede-lhe que arranje dois convites para a levar.

Vítor limpa a louça lavada enquanto sonha em tornar-se presidente do Cedofeita, tentando convencer Fernanda a deixá-lo vender o bilhete que ganhou para fazer o cruzeiro, para assim pagar a campanha eleitoral. Ela acaba por se rir dos devaneios do marido e corre com ele para a sala, preferindo ficar sozinha.

Acompanhado pelo advogado, Henrique é informado pelos agentes da Polícia Judiciária de que vai ser presente ao juiz, em face das provas recolhidas e que indiciam que terá mesmo cometido a violação da menor que o acusa. Henrique mostra-se indignado e insiste na sua inocência.

Inês fica muito apreensiva quando a mãe lhe conta que o pai está a ser acusado por uma menor de a ter tentado violar. Sofia tenta tranquilizar Inês, passando-lhe a ideia de que a rapariga apenas quer extorquir dinheiro.

Adriana fica furiosa quando Luís finalmente revela que Cila o tentou beijar, na noite em que ele teve a recaída. Adriana culpa a mãe pelo facto de o pai ter voltado a beber, apesar de ele assumir que é o único responsável e disfarçar mal a tensão, por estar a enganar a filha ao garantir que está bem.

Catarina anuncia a Maria que Isabel vai fazer uma ecografia, levando a que a mãe volte a questionar a sua opção de adoptar o bebé dela.

Diogo avisa William de que se as vendas de medicamentos não aumentarem o seu lugar estará em risco. William dispõe-se a melhorar os resultados e a seguir as indicações do patrão.

Joana e Marta divertem-se com a maneira de ser de Inácio, que teima em comunicar por email, apesar de estar lado a lado com elas.

Henrique conta muito indignado a Sofia e Inês que foi constituído arguido e vítima de uma cilada, reafirmando que não tentou violar ninguém, muito menos uma miúda. Inês estranha o que se está a passar e inventa que vai jantar com João para sair de casa, pois acaba de ter uma ideia.

Laura está a conversar com Beatriz quando o seu computador emite um alerta. Quando Laura abre o documento que acabou de chegar vê a foto de Alice a soprar as velas de um bolo de aniversário e fica lívida por perceber que se esqueceu de que a filha fazia anos quando lhe foi pedir dinheiro para ir jantar com os amigos. Beatriz esforça-se por consolar a sua directora mas Laura está transtornada e só pensa em ligar à filha para se desculpar.

Zé vai ter com Benedita à revista e diz-lhe que não quer frequentar qualquer curso de música, mas sim trabalhar. A mãe tenta que ele mude de ideias mas tem de aceitar a sua vontade e perante a agitação que Zé começa a revelar, acalma-o dizendo que vai ajudá-lo a procurar um emprego. Só assim o rapaz sossega e volta para casa.

Teresa, Thomas, Rita falam com Jonas por skype. Antónia também está presente e o pai confessa que está com muitas saudades de todos. Thomas não se esquece de fazer queixa da foto que a mãe publicou em que aparece a dar de mamar. Jonas ri e diz que ele é antiquado.

Inês vai à clínica e acusa Catarina de ter montado uma armadilha ao pai, criando a suspeita de que tentou violar uma menor. Catarina troça e diz que se Sofia lhe desse o que ele quer, o pai não procurava fora de casa. Inês não se controla e dá um estalo à irmã, deixando a clínica como um furacão. Cega de raiva, Catarina agarra no telefone e faz uma chamada, dando ordem a alguém para avançar com o plano.

Rúben convence Adriana a fazer consigo a subida do Douro, entusiasmando-a ao dizer que Bruno também vai, já que é o comandante do barco.

Enquanto espera no restaurante por Duarte e Maria, Filipe confessa a Bruno que Sara lhe faz muita falta e que envelhecer sozinho lhe custa bastante. Maria chega com Duarte e mostra-se muito feliz com a opção que tomaram para associar a Quinta à actividade turística dos barcos.

Sofia reprova Henrique, que foi ao ginásio, apesar de estar acusado da violação de uma menor. O marido continua a clamar inocência e diz que o advogado acha que pode acabar com o problema se pagar à miúda para que desista da queixa. Sofia fica indignada e responde que isso é a escolha de quem não tem argumentos para provar a sua inocência. Furiosa, agarra na mala e sai de casa.

Inês conta a João que foi confrontar Catarina à clínica e que está convencida de que foi ela quem comprometeu o pai com uma violação que ele não cometeu. João acha que ela não devia ter batido na irmã.

Sofia para num semáforo é ao seu lado para uma moto com dois homens. Um deles desmonta e entra para o carro dela instalando-se a seu lado. Quando Sofia lhe ordena que saia, o bandido aponta-lhe uma pistola e manda-a avançar com o carro.

Henrique dispõe-se a pagar à miúda que o acusa de tentativa de violação e dá instruções ao advogado para saber quanto ela quer para retirar a queixa. Assunção entra em casa e dispara que lhe custa muito ver a filha sofrer por causa das trapalhadas dele. Henrique não esconde a sua impaciência e a vontade de a ver dali para fora.

Diogo fala com Catarina sobre a consulta de fertilidade que vai ter mas ela está alheada e nervosa, sem conseguir prestar-lhe atenção. O marido repara e ela arranja a desculpa de estar nervosa com a gravidez.

Maria pergunta a Isabel como é que correu a ecografia e ela mente, dizendo que está tudo bem. Maria acaba por confessar que está interessada em acompanhá-la porque, afinal, trata-se do seu neto. Isabel começa a sentir problemas de consciência por estar a enganar a amiga.

Maria desabafa com Luís as suas inseguranças e receios por causa da gravidez de Isabel, assumindo que está a habituar-se à ideia.

Laura espera por Alice em casa e tenta redimir-se por se ter esquecido do seu aniversário. A conversa redunda em mais uma discussão e Laura envia uma mensagem a Miguel a desafiá-lo para irem beber um copo. O juiz devolve o contacto e que não pode. Com efeito, está em casa com Beatriz, que lhe diz que precisa de ir ao Porto para estar com o filho. Miguel fica incomodado mas não consegue opor-se.

Henrique, Inês e Assunção estranham a demora de Sofia para jantar. Assunção acredita mesmo que a filha se tenha ido embora de vez só por causa dele. Henrique dispara que a única coisa boa que isso traria era o facto de deixar de fazer sentido ela continuar a morar ali.

nas redes

pesquisar