SIC

Perfil

94º Episódio - 26 de dezembro (sábado)

João e Inês reconciliam-se; Henrique é acusado de tentativa de violação a uma menor

Por seu lado, João procura Marta e assume que não conseguiu esquecer Inês e que por isso é melhor não se encontrarem mais. Marta compreende a situação.

Joana fica espantada com Inácio e saúda o facto de ele ter sido capaz de elogiar o trabalho de Marta na divulgação da associação que defende a maternidade assistida.

Jorge impressiona Priscilla com um truque em que faz aparecer uma moeda e Sandra troça dos dois.

Fernanda entra no posto de combustível com Vítor atrás dela, a querer entregar-lhe um ramo de flores. Sem se deter, vai atender um cliente que quer abastecer e não aceita as desculpas do marido, apesar de ele implorar de joelhos o seu perdão.

Rúben massacra Bruno com a ideia de que deve esquecer Jéssica e partir à conquista de outra mulher. Quando define a mulher ideal, fá-lo a olhar para Adriana. O amigo pergunta se ele já pensou em alguém. Entretanto, Rúben vai ao armazém buscar umas sapatilhas e quando volta já não vê o amigo, porque Adriana lhe pediu ajuda para carregar um instrumento muito pesado.

Luís está fechado no escritório do restaurante e hesita em beber um shot de vodka que tem à frente. Maria chama por ele e ele toma a bebida de um trago, disfarçando o hálito com pastilhas elásticas. Quando abre a porta, diz a Maria que foi apenas trocar a jaleca e diz que está pronto para trabalhar. Maria não suspeita de que Luís voltou a beber, até porque ele faz um discurso aos seus ajudantes de cozinha, apelando a que quando servirem os membros do governo que irão jantar ao Sirga, lhes proporcionem mais uma noite especial. Maria olha para Luís cheia de orgulho.

Henrique resmunga com Assunção porque ela o critica por ter perdido uma fortuna na bolsa, acusando-o de não dar valor ao facto de Sofia continuar a apoiá-lo, apesar de tudo o que tem feito.

João não consegue esperar pela hora combinada para se encontrar com Inês e vai ter com ela à loja, beijando-a com paixão. Ela retribui e conta que Catarina lhe exigiu que terminasse o noivado, a troco de evitar a prisão de Sofia que tentou matá-la quando a atropelou. João fica incrédulo com o que ouve e decreta que não irão dar a Catarina aquele poder. Arrebatado, volta a beijar Inês, precisamente no momento em que Catarina chega à loja e os vê nos braços um do outro.

Catarina, cheia de raiva, observa João e Inês por alguns instantes e decide arrancar no seu carro. João promete a Inês que não vai deixar que Catarina continue a atormentá-la e beija-a, apaixonado.

Jéssica e Fred namoram no sofá e ela elogia Miguel por lhe ter oferecido dinheiro. Fred afirma que o pai agiu assim por estar preocupado consigo próprio, pois tem alguns amigos que também investiram na bolsa. Mudando de assunto, Fred mostra a Jéssica que não gostou de saber que Bruno continua a ir a casa dos pais dela.

Catarina vai à loja de Inês ameaçá-la de que vai à Polícia Judiciária alterar o seu depoimento, depois de ela ter reatado com João. Inês mostra-se determinada e responde que ela já não a assusta. Catarina vai embora cheia de raiva e Inês fica muito apreensiva com o que ela possa fazer para a prejudicar.

Maria continua sem perceber porque é que Isabel não está disposta a tentar entender-se com Vasco, se ele é o pai do bebé que vai ter. Isabel decreta que esse assunto está encerado e lembra que tem um acordo com Catarina.

Rúben fica cheio de ciúmes quando Bruno e Adriana regressam à loja a conversarem sobre música clássica, depois de terem almoçado juntos. Bruno, assegura que não está interessado na professora e Rúben mantém a intenção de a conquistar e decide que ele o vai ajudar.

Sandra sugere a Jorge que faça de Priscilla a sua assistente nos espetáculos de magia. Catarina entra na loja apressada para pagar o combustível do carro e como a operação demora algum tempo, repara numa miúda que está a roubar uns CDs. Assim que pode, aborda a rapariga e oferece-se para lhe comprar os discos, avisando-a de que não vai conseguir sair do posto sem dar nas vistas. Depois de sair da loja, Catarina explica à miúda que a ajudou por saber o que é não ter dinheiro para comprar o que quer e diz que tem uma proposta para lhe fazer, que lhe vai permitir ganhar algum dinheiro e evitar que ande a roubar.

Vítor vai buscar Fernanda ao posto de combustível para lhe agradar mas acaba por ser de novo alvo da sua fúria porque a cliente que ela atendeu, veio reclamar o dinheiro do arranjo do carro, informando-a de que se enganou a pôr o combustível. Fernanda resolve o incidente com a cliente e acusa o marido de a ter distraído, ameaçando separar-se dele mesmo a sério.

Laura perde a vergonha e pede a Hélder que lhe compre droga. A conversa é interrompida por Alice que mais uma vez discute com a mãe, agora porque ela se recusa a dar-lhe dinheiro para ir jantar com amigos.

Miguel volta a ser agressivo para Beatriz, depois de ela reafirmar que não quer casar com ele. A jornalista, apesar de estar apavorada com ele, faz-se mais forte do que na realidade é e diz que não lhe admite ameaças nem que ele lhe levante a voz, retirando-se para ir tomar um banho. Miguel, furioso e despeitado, telefona a Laura e convida-a para jantar, saindo de casa sem dar satisfações à namorada.

Adriana conversa com o pai, satisfeita por vê-lo a trabalhar tão bem e com tanta satisfação. Luís conta que até um Ministro que foi jantar ao Sirga o chamou à sua mesa para lhe dar os parabéns. Adriana confessa ter ficado aflita quando ele teve a última recaída e o pai assegura que está tudo controlado. No entanto, quando revela que anda sem tempo para ir às reuniões dos alcoólicos anónimos, Adriana pensa por um instante que o pai pode mesmo ter voltado a beber.

Leandro confessa a Rúben que está interessado na nova empregada do posto de combustível e o irmão compromete-se a não se intrometer. Fernanda entra em casa a discutir com Vítor, culpando-o por a ter distraído quando servia uma cliente, obrigando-a a pagar a reparação do carro onde colocou o combustível errado. Vítor sugere-lhe que venda o bilhete do cruzeiro para arranjar dinheiro. Rúben, perante a fúria da mãe, aconselha o pai a calar-se, conselho que ele segue, depois de ela bater a porta do quarto com estrondo.

Beatriz fica intrigada quando percebe que Miguel saiu de casa sem lhe dizer nada. Como está sozinha, tira da mala a pistola que comprou e observa-a, um pouco nervosa. Depois volta a guardá-la e telefona ao juiz. Miguel percebe que é ela que está a telefonar e não atende, preferindo usar de um discurso sedutor com Laura, acabada de chegar ao restaurante em que combinaram jantar. Miguel dá a clara ideia de que tem com Beatriz uma relação de tal maneira aberta que dá para se relacionar com outras mulheres.

João vai à clínica confrontar Catarina por ter chantageado Inês e avisá-la pela última vez que os deixe em paz. Catarina fica cheia de raiva.

Marta fica perplexa com Inácio porque ele acha que deve começar a comunicar por email, mesmo estando a trabalhar lado a lado.

Na copa da clínica, Joana toma um café com Filipe e o pai mostra-se sedento de saber se ela tem notícias da mãe. Para além disso, revela que a parceria com Duarte já está formalizada. Joana fica feliz por isso mas aconselha-o a esquecer Sara e a retomar as idas à pesca com os amigos.

Henrique visita Duarte em casa e o irmão aproveita para contar que se tornou sócio de Filipe na empresa dos barcos e que está a pensar em fazer da Quinta um ponto de passagem para os turistas. Henrique reaje com algum ceticismo mas acaba por concordar com a ideia.

No exterior do prédio de Joana, Catarina observa o carro de Henrique e faz sinal ao rapaz que a acompanha, para que se dirija ao carro de Henrique, levando um saco na mão.

Benedita excede-se no empenho com que procura cursos de música para Zé. William esforça-se por chamar a mulher à razão, lembrando-lhe que o rapaz não se mostrou muito receptivo à ideia mas ela não valoriza aquele facto.

Miguel telefona de manhã a Laura e diz-lhe que gostou muito de jantar na sua companhia e que têm de repetir. Ela corresponde ao “namoro” mas tem de concluir a conversa porque Beatriz assoma ao gabinete para falar com ela. Beatriz desafia Laura para almoçarem, pois precisa de desabafar com alguém, pois a relação com Miguel está a passar por uma fase difícil porque ele insiste em casar, acrescentando que ele tem revelado grandes alterações de humor ultimamente.

Henrique encontra Maria no posto de combustível e não resiste a aproximar-se e a ofendê-la. Maria, por seu lado, não se deixa rebaixar e responde-lhe à altura.

Sofia fica espantada quando Inês lhe conta que reatou com João e assume que nunca percebeu porque é que ela tinha desistido do casamento. A justificação da filha continua a ser pouco convincente mas Sofia não a questiona, dizendo apenas que o pai vai ficar satisfeito quando ela lhe contar.

Henrique é mandado parar por agentes da Polícia Judiciária que lhe apreendem o carro, informando-o de que está a ser investigado por suspeita de ter tentado violar uma menor. Henrique fica estupefacto com o que ouve.

nas redes

pesquisar