SIC

Perfil

87º Episódio - 16 de dezembro (quarta-feira)

Miguel tenta sufocar Beatriz quando esta diz que não é igual a Francisca

(c).RuiCarlosMateus.1954

Depois de Laura se ir embora, demonstra o seu desagrado e vai trabalhar para o escritório, deixando Miguel sozinho e amuado com aquela atitude.

Joana confessa os seus receios pelo facto de a mãe querer ir ajudar refugiados no estrangeiro. Duarte acha que Sara é uma mulher de coragem e que ela não a deve impedir de satisfazer o seu sonho. Joana mostra-se com pena do pai, que alimentava o sonho de voltar a casar com a mãe.

Catarina diz a Maria que está na hora de deixar a Quinta e voltar para a sua casa, atendendo a que já não está grávida e está recuperada. A mãe defende que ela deve permanecer mais algum tempo por ali, deixando-a radiante. Catarina lembra no entanto que isso pode desagradar a Luís mas Maria assegura que ele não se importa. A filha aproveita a oportunidade para lançar a suspeita sobre Luís, dizendo que achou estranho que ele tenha ficado em casa da filha, precisamente na noite em que jantou com a ex-mulher. Maria fica a pensar no assunto.

Pela manhã, Catarina acorda sem ânimo para nada e conta a Diogo que teve um sonho em que perdia um filho afogado na piscina. O marido esforça-se por fazê-la acreditar que vai conseguir levar uma gravidez até ao fim e que está apenas a atravessar uma fase má.

Maria ganha coragem e confessa a Luís ter achado estranho que ele tivesse ficado em casa de Adriana na noite em que jantou com a ex-mulher. Ele mostra-se ofendido e assegura que Cila é para si uma mulher insignificante. Maria não fica muito convencida.

Beatriz apressa-se a sair de casa para ir trabalhar, pois não quer encontrar Miguel. No entanto não consegue escapar e ele reclama por nem um beijo de despedida receber. A jornalista trata o namorado com frieza e quando ele afirma ser um homem sério e que não pretendeu seduzir Laura com a sua simpatia, Beatriz ri na sua cara e revela saber que ele andou metido em orgias com prostitutas, avisando que não vai tolerar o que Francisca tolerava, pois não precisa dele, acrescentando que quando algo lhe desagradar, irá embora de casa. Miguel fica possesso e revela a sua natureza violenta com as mulheres e aperta o pescoço de Beatriz, sufocando-a contra a parede e garantindo que ela não vai a lugar algum. Beatriz fica aterrorizada, sem esperar aquela reacção.

Miguel quase sufoca Beatriz, completamente fora de si. Como que por milagre, percebe que está a matá-la e que se excedeu, mudando de atitude e suplicando-lhe que o perdoe. Beatriz fica em pânico e tenta sair de casa rapidamente. O namorado barra-lhe o caminho, trancando a porta de casa e só a deixa ir trabalhar quando ela aceita as suas justificações para a ter atacado daquela forma.

Patrícia fica radiante com as musicas que Pedro lhe leva. Isabel sorri à felicidade da filha e Duarte segreda-lhe que eles gostam muito um do outro. Depois de ficarem a sós, Pedro reclama a atenção de Patrícia que o surpreende ao dar-lhe um beijo na face.

Luís ensina Maria a preparar um prato e pede desculpa por lhe ter respondido mal, justificando que a lhe desagrada que lhe desagrada que o reaparecimento da ex-mulher esteja a perturbar Adriana. Maria, por sua vez, também se desculpa por não ter percebido o momento que ele está a atravessar.

Jonas despede-se da família, triste por ter de partir de novo para Moçambique e pede a Thomas que tome conta da mãe e das irmãs. Teresa brinca com a situação e acha que o marido está a ser machista. Depois dos pais saírem de casa para o aeroporto, Thomas diz a Rita para vestir o casaco e perante a estranheza da irmã, que lembra que têm de ficar a tomar conta de Antónia, responde que a menina também vai com eles e que já lhe explica porquê.

Beatriz oculta as marcas que Migue lhe fez no pescoço e discute com Laura os próximos trabalhos a fazer. Fragilizada pela agressão que sofreu, propõe-se fazer uma reportagem sobre violência doméstica mas a directora prefere abordar o grau de felicidade das pessoas. No meio da conversa, agradece a Beatriz o jantar em sua casa e elogia a simpatia de Miguel, deixando a jornalista desconfortável. Entretanto, um estafeta entrega a Beatriz um embrulho e ela fica incomodada a constatar que se trata de um presente enviado por Miguel. Laura comenta que aquilo é que é amor e brinca dizendo que até está com inveja.

Na redação, William conversa sobre futebol com David quando Benedita se aproxima para irem almoçar e diz ao marido que decidiu convidar Zé para viver com eles. William receia que seja demasiado cedo para isso mas ao perceber que Benedita fica entristecida assume que a apoiará na decisão, o que a deixa de novo feliz.

Na festa de inauguração da loja de Inês, Henrique recebe uma chamada do advogado a informá-lo de que se não pagar mais de um milhão de euros ao fisco se arrisca a ir preso. A notícia deixa-o muito enervado e faz com que perca a paciência com o namorado da filha. Sofia percebe o desentendimento e apressa-se a evitar o escândalo, obrigando todos a pousarem para os fotógrafos que entretanto já estavam atentos ao mal-estar que se gerou.

Diogo fica muito feliz depois de Catarina regressar ao trabalho na clínica, disposta a retomar a vida normal e a fazer tuto para voltar a engravidar.

Luís pede novamente desculpas a Adriana por ter sofrido uma mais uma recaída com a bebida, mas esconde que ela se ficou a dever ao facto de a mãe dela o ter tentado seduzir. Para disfarçar, pergunta-lhe porque é que não foi ter com a mãe nos Estados Unidos e Adriana assume que já é tarde para terem uma relação normal como mãe e filha.

Já em casa, Rita observa Antónia, preocupada pelo facto de a irmã estar a dormir há muito tempo e censura Thomas por ter ido vacinar a bebé à revelia dos pais. O irmão desdramatiza e afirma que a mãe só saberá se ela contar o que fizeram, defendendo que só evitaram que Antónia possa ter doenças que matavam em tempos remotos.

Sandra fica muito irritada quando Fernanda lhe conta que Gabriela contratou Priscilla para trabalhar no posto, por ser uma antiga colega de quem ela nunca gostou.

Vítor desabafa com Rúben a sua irritação pelo facto de Celestino estar a candidatar-se à presidência do Cedofeita, pois no seu entendimento o lugar devia ser para ele. Rúben diz que ele tem é de se preocupar em livrar-se dos bifes que enchem o frigorífico lá de casa, sob pena de ter de enfrentar a fúria da mãe.

Jéssica fica desiludida por não ser escolhida para mais um trabalho de modelo. Fred conforta-a mas quando é desafiado para tomar um banho com ela prefere atender uma chamada, julgando que se trata de trabalho. Para sua surpresa, quem está a telefonar é Beatriz, que quer entrevistá-lo na qualidade de especialista de investimentos financeiros. Fred aceita depois de ela lhe garantir que o pai nada tem a ver com o assunto.

Depois de desligar o telefone, Beatriz conversa com Hélder que pergunta se ela não teve novidades sobre o caso das prostitutas assassinadas. Ela justifica que tem de ocupar-se de um outro trabalho que Laura lhe destinou. Entretanto, Miguel aparece na redação e oferece-lhe mais um presente, como desculpa por tê-la agredido. Quando lhe entrega o fio com uma pérola, justifica a sua atitude agressiva porque que ela o levou ao limite. Beatriz fica indignada mas tem de conter-se porque percebe que Hélder está a observá-los. Quando Miguel se despede e a beija, Beatriz estremece mas disfarça o nervosismo e o medo.

Inês mostra-se desagradada quando Sofia explica que o pai se enervou com Carlos por ter recebido a notícia de que se não pagar ao fisco o que deve será preso. A filha dá razão à avó quando ela diz que os pais que só se preocupam com a aparência do namorado, mas que não é ele que anda a cometer os crimes.

Joana e Vasco preparam-se para demover a mãe da ideia de ir trabalhar para Itália no apoio aos refugiados, quando o pai pretendia que voltassem a casar. Sara explica que ela e Filipe têm objectivos de vida muito diferentes e convence os filhos da sua opção, obtendo o seu apoio.

Filipe e Bruno acertam com Duarte a entrada dele na sociedade do negócio dos barcos de cruzeiro e ficam entusiasmados com a ideia de incluírem a Quinta como roteiro turístico do negócio.

Beatriz entrevista Fred, mas o seu verdadeiro interesse é saber pormenores do relacionamento dos pais dele e se Miguel teve alguma responsabilidade no suicídio da mulher. Fred fica muito irritado e acaba com a conversa. No entanto, antes de Beatriz se ir embora, recomenda-lhe que tenha muito cuidado com o pai.

Henrique e Sofia fazem contas para encontrarem uma forma de pagar as dívidas ao fisco e evitarem que ele seja preso. O médico desespera por ter de vender o iate mas a mulher encoraja-o, dizendo que juntos vão ultrapassar as dificuldades. Henrique avança para a seduzir mas Sofia continua a não se sentir atraída pelo marido.

Inês janta no Sirga com o namorado e irrita-se pelo facto de ele não conseguir respeitar o facto de ela estar em baixo com o que está a acontecer ao pai. Entretanto, Catarina entra no restaurante com Diogo e não resiste a ir provocar a irmã. Inês acaba por decidir ir embora sem jantar e Maria dá uma reprimenda a Catarina, furiosa por ela ter feito com que a irmã tivesse ido embora. Diogo avisa a mulher de que não é com atitudes daquelas que vai conquistar a mãe.

Antónia fica cheia de febre por causa das vacinas que tomou. Thomas tenta esconder o que fez, mas Rita fica com medo do que possa acontecer à irmã e conta tudo à mãe. Teresa fica furiosa com Thomas e decide ir com a bebé à clínica, ameaçando voltar a conversar sobre o assunto.

Beatriz sente-se ameaçada por Miguel, depois de ele a ter agredido e compra uma pistola no mercado negro para se defender.

nas redes

pesquisar