SIC

Perfil

72º Episódio - 28 de novembro (sábado)

Inês deixa-se seduzir pelo cantor; Beatriz descobre que Laura teve um caso com Manel

Diogo pergunta a Luís como é que vai explicar a Maria que há quinze anos atropelou mortalmente duas pessoas por ter pegado no carro quando estava completamente embriagado, ou como vai assumir que depois do que aconteceu se tentou suicidar. O chef indigna-se e Diogo assegura, carregado de cinismo, que guardará bem guardado aquele segredo, desde que ele convença Maria a fazer as pazes com Catarina, pois está farto de ver a mulher a sofrer por não estar com a mãe. Diogo acaba a conversa a dizer que fica a aguardar uma resposta e vai embora. Leandro vê-o a sair do escritório e pergunta a Luís o que é que o homem queria. O patrão está perturbado e mal lhe responde, autorizando-o a ir para o treino de futebol.

Rúben regressa a casa com Vítor e censura-o por ter sido obrigado a ir buscá-lo à esquadra onde esteve detido. O pai culpa-o pela situação, certo de que o tivesse ajudado na venda das sapatilhas, não teria sentido a necessidade de as vender de forma ilegal na feira. Rúben lembra-lhe que vai ser o bom e o bonito quando a mãe souber que ele foi preso e que tem uma multa gigante para pagar. Entretanto, Rúben recebe uma chamada do Porto a perguntar por Leandro e Vítor arranca o telefone da mão e trata de se assumir como pai e representante do filho mais novo, marcando uma reunião para combinar os pormenores da transferência para o clube dragão. Rúben leva as mãos à cabeça, incrédulo com a postura do pai.

Jéssica termina a sessão fotográfica no Douro e fica enciumada por ver Bruno numa conversa cúmplice com outras raparigas, também modelos e melindrada pela indiferença que ele demonstra a falar com ela. Apesar disso, convence-o a tomar um café consigo, na expectativa de que possam pelo menos ficar amigos.

Hélder tenta fazer amizade com Alice para tentar saber mais sobre Laura mas a rapariga percebe as suas intenções e insinua que a mãe gosta é de homens casados.

William faz uma visita a Benedita na Mundo e convida-a para um café. Ela mostra ao marido o questionário que Zé lhe enviou, num sinal claro de que quer conhecê-la melhor. William constata a felicidade de Benedita e sorri para ela.

Inácio desabafa com Joana e queixa-se de que teve trabalho a mais durante o dia, desejando que Henrique não tivesse ido embora. Joana, por sua vez, mostra-se desalentada por não saber o que mais pode fazer para que Duarte volte para casa.

Duarte conta a Teresa que saiu de casa e a irmã convida-o a ficar a morar com ela, certa de que Jonas seria o primeiro a fazer-lhe esse convite. Duarte aceita conta que Pedro ainda não sabe que lhe foi detectado um tumor, embora benigno, acrescentando que também nada lhe disse para não o preocupar. Entretanto, decide ligar ao filho que o atende à frente de Miguel e fica surpreendido com o facto de o pai não mencionar qualquer problema de saúde. Neste jogo do rato e do gato, depois de o miúdo se despedir do pai, Miguel conta-lhe que soube da doença de Duarte por Henrique e aconselha-o a passar mais tempo com a mãe, pois o pai precisa de mais tempo para ele, convicto de que eles os dois ainda se vão tornar em dois bons amigos. Pedro fica angustiado com aquela conversa.

Jéssica e Bruno recordam momentos felizes que viveram enquanto tomam café. Ele continua a sentir-se atraído por ela mas resiste. O telefone de Jéssica toca e Bruno decide despedir-se dizendo para atender a chamada. Jéssica responde ao telefonema de Fred.

Leandro regressa a casa e Vítor apresenta-lhe com grande entusiasmo o representante do Porto, dizendo que o contrato já está preparado para ele assinar. Leandro contraria o pai e manda-o embora, dizendo ao representante do clube que não tem empresário e que quer rever o contrato, anulando tudo o que o pai decidiu. Vítor fica furioso e chama-lhe Judas.

Catarina fica eufórica depois de Diogo lhe contar que encostou Luís à parede e que fez chantagem com ele para que convença Maria a fazer as pazes com ela. Catarina tranca a porta do gabinete e atira-se ao pescoço do marido em beijos frenéticos, pronta para lhe agradecer na intimidade o que fez por si.

Luís aconselha-se com Adriana e mostra vontade de contar todo o seu passado a Maria, contando que matou duas pessoas num acidente de automóvel por estar embriagado e que tentou matar-se depois por causa disso. A filha, sem saber que ele está a ser chantageado por Diogo, responde que não há qualquer necessidade de se expor, até porque pode perder Maria de vez.

O cantor que actuou no desfile de Inês surpreende-a com uma vista surpresa e desafia-a para jantar. Ela espreita à janela e vê que ele a espera à porta de casa ao lado da sua potente mota. Depois de reflectir durante uns segundos, Inês decide entregar-se à aventura e diz à mãe que afinal não janta em casa. Sofia fica perplexa.

Benedita fica muito desagradada quando em reunião de redacção Laura a informa de que lhe reduziu a reportagem que ela fez.

Beatriz fica intrigada quando ouve Hélder contar a David e outro jornalista que Laura gosta de homens casados.

Maria fica perplexa ao constatar que Catarina aparece em tudo o que é evento social. Entretanto, pesquisa instituições de solidariedade social e fica curiosa a observar os resultados.

Luís está à beira de uma recaída e depois de resistir a abrir uma garrafa de vinho no restaurante, telefona ao padrinho dos alcoólicos anónimos e pede-lhe ajuda, dizendo que precisa de falar.

Inês deixa-se seduzir pelo romantismo do cantor que a convidou para sair e acompanha-o até à piscina de um hotel onde é possível desfrutar de uma vista soberba da cidade do Porto. Ele desafia-a para um mergulho depois de já se ter atirado à água. Ela bebe o champanhe de um trago e nada até ele. Antes de se perder em beijos tórridos com o artista, diz-lhe que não tem medo de nada.

Beatriz conta a Laura que Alice andou a espalhar pela redacção que ela gosta de homens casados. A directora fica furiosa com a atitude da filha e decide castigá-la.

Luís esconde o que lhe vai na alma e conta a Maria que conversou um pouco no restaurante com Diogo e que talvez não fosse má ideia ela dar uma segunda oportunidade a Catarina. Ela responde que já deu oportunidades a mais à filha e muda de assunto, revelando que decidiu ajudar algumas instituições de solidariedade social com o dinheiro que ganhou com a venda da clínica. Luís enaltece o seu gesto nobre.

Fernanda diz a Vítor que vai pedir o divórcio, depois de saber que ele foi preso por andar a vender ténis falsos na feira, cujos comprou com o dinheiro que João lhe deu para a obra, acrescentando que por causa disso, o tribunal lhe decretou o pagamento de uma multa gorda.

Leandro assina contrato com o FC Porto e emociona-se ao visitar as instalações do Estádio do Dragão.

Alice irrompe pelo gabinete de Laura, revoltada com o desaparecimento dos seus skates. Como a mãe não lhe diz onde os escondeu, faz menção de ir contar a toda a redacção o que ela lhe fez, ameaçando inventar histórias a seu respeito só para a prejudicar. Laura agarra-a e impede-a de sair. Alice, que está bastante descontrolada agride a mãe com uma bofetada, deixando-a em estado de choque.

Laura discute violentamente com a filha depois de ter sido agredida por ela. Num impulso parece que vai responder na mesma moeda mas detém-se. A filha insiste em afrontá-la e dispara que mais valia ter continuado em Bruxelas ou ter arranjado outro namorado para a deixar em paz. Depois do que disse, Alice percebe que exagerou mas acaba por se ir embora. Laura, ainda descontrolada, telefona à empregada e manda-a repor os skates no quarto da filha, rendendo-se à culpa que sente.

nas redes

pesquisar